A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Desafio da Sustentabilidade ou As Oportunidades de Ouro!!!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Desafio da Sustentabilidade ou As Oportunidades de Ouro!!!"— Transcrição da apresentação:

1 O Desafio da Sustentabilidade ou As Oportunidades de Ouro!!!

2 Desenvolvimento Sustentável A satisfação das necessidades das gerações atuais não pode comprometer a capacidade de satisfação das necessidades de gerações futuras (Nosso Futuro Comum ou Relatório Brundtland, ONU 1987) Necessidades? Desejos? Gerações Futuras? Gerações Futuras? Quantas? Quantas? ECONÔMICA AMBIENTAL SOCIAL SUSTENTABILIDADE ECO-EFICIÊNCIASÓCIO-ECONÔMICA SÓCIO- AMBIENTAL THE TRIPLE BOTTOM LINE

3 Desenvolvimento sustentável está ligado a coisas que: não necessariamente conseguimos visualizar estão relacionadas a nós de formas complexas e imprevisíveis prolongam-se por séculos desafiam nossa forma convencional de pensar nos fazem rever nossos valores.

4 O conceito desenvolvimento sustentável pode ser definido como uma viagem a um ponto final chamado sustentabilidade Mas o que é exatamente sustentabilidade? Continuidade em longo prazo

5 Histórico, Atualidades, Posicionamento Há somente 100 anos, os recursos naturais da Terra pareciam infinitos. Crescimento populacional + Tecnologia Mudança de percepção. Degradação do meio ambiente e da sociedade durante o século XX é irreversível??? A tecnologia resolverá todos os problemas do mundo??? A questão é: as empresas podem ou deveriam fazer alguma coisa?

6 Reações à Sustentabilidade Desenvolvimento Sustentável não afeta, não vai afetar ou não deveria afetar os negócios de alguma maneira. Crença apoiada na falta de consciência sobre as questões e na relutância em aprender sobre isso. Foco em resultados financeiros sem análise das conseqüências ou os riscos aos negócios se o desenvolvimento sustentável for ignorado.

7 Reações à Sustentabilidade Ciência quanto à influência das questões sociais e ambientais nos negócios e até onde estas criam riscos legais ou à reputação em curto prazo. Acreditam que a conformidade com toda a legislação ambiental e social será suficiente para evitar maiores riscos. Há pouco esforço para explorar os impactos (bons ou ruins) a longo prazo do desenvolvimento sustentável nos negócios. Empresas com esta mentalidade tendem a manter um low profile enquanto observam o que as outras estão fazendo e as copiam quando isso interessa ao desempenho a curto prazo.

8 Reações à Sustentabilidade Procuram compreender suas responsabilidades sociais e ambientais se engajando com seus stakeholders. Entendem a necessidade de se manter abertas às mudanças e a considerar as conseqüências de suas atividades no longo prazo, mas ainda estão inseguras do grau de mudanças necessário. Geralmente se concentram em identificar oportunidades onde todos se beneficiam. Apreciam soluções técnicas para os desafios, mas não estão prontas para integrar a mentalidade do desenvolvimento sustentável às suas principais decisões.

9 Reações à Sustentabilidade Vêem o desenvolvimento sustentável como uma meta estrategicamente importante. As principais decisões refletem o compromisso com a responsabilidade ambiental e social. Há alta consciência das mudanças globais e tendências emergentes, promovidas por um alto grau de interação com o grupo de stakeholders e engajamento ativo com todas as questões.

10 A Verdade é Simples Uma empresa investe na busca pela sustentabilidade pelos mesmos motivos que investe em outras áreas: elevação dos rendimentos e/ou redução dos riscos. As empresas precisam de ambientes e sociedades sustentáveis para proteger sua própria sustentabilidade.

11 Benefícios do Desenvolvimento Sustentável Protegendo os Negócios da Empresa Redução dos Riscos: eliminação ou redução das inconsistências através da consideração pró-ativa das questões ambientais e sociais. Fortalecimento da Licença para Operar: licença legal (órgãos reguladores), licença local (aceitação, ou falta de oposição, da comunidade local) e licença global (aceitação, ou não oposição, da sociedade civil internacional para com a empresa). Elevação do Valor da Marca/Reputação: Acesso ao capital, habilidade de atrair e manter parceiros de negócios e colaboradores de qualidade.

12 Benefícios do Desenvolvimento Sustentável Gestão de uma Empresa Redução dos Custos: minimização de descargas de resíduos, multas e penalidades pela falta de responsabilidade penal, redução do consumo de energia e materiais (busca pela eco-eficiência). Aumento da Produtividade: aumento da motivação, estímulo à inovação, redução das ineficiências da produção. Elevar a Qualidade das Pessoas: captação e retenção de talentos para o alinhamento entre valores pessoais e corporativos, aumento da ambiência. Estimular o Conhecimento: promoção do aprendizado interdisciplinar, questionamento de velhos paradigmas, conscientização dos funcionários quanto ao ambiente externo, respeito aos limites.

13 Benefícios do Desenvolvimento Sustentável Expandindo os Negócios Melhor Acesso/Custo de Capital: redução do custo do capital por oferecer melhor perfil de riscos e estabilidade pelo atendimento às exigências ambientais e sociais Crescimento do Faturamento: motivação para a criação de novos produtos com baixo impacto, venda de resíduos, imagem de responsabilidade social e ambiental junto aos clientes Melhoria do Acesso ao Mercado: aumento da capacidade de entrar em novos mercados internacionais e domésticos, status de fornecedor preferencial após certificações ambiental e social Estímulo da Inovação: vantagem competitiva com a introdução de produtos novos ou melhores.

14 Alguns Elementos de Gestão para a Sustentabilidade Política Corporativa Índices de Sustentabilidade DJSI – Dow Jones Sustentability Index Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) Pacto Global Indicadores (Ibase, Ethos, Ethos-IBP, GRI) Verificação Externa das Atividades Relatórios de Responsabilidade Social e Ambiental

15 Plano Estratégico 2020

16 Políticas de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras Educar, capacitar e comprometer os trabalhadores com as questões de SMS, envolvendo fornecedores, comunidades, órgãos competentes, entidades representativas dos trabalhadores e demais partes interessadas; Estimular o registro e tratamento das questões de SMS e considerar, nos sistemas de conseqüência e reconhecimento, o desempenho em SMS; Atuar na promoção da saúde, na proteção do ser humano e do meio ambiente mediante identificação, controle e monitoramento de riscos, adequando a segurança de processos às melhores práticas mundiais e mantendo-se preparada para emergências; Assegurar a sustentabilidade de projetos, empreendimentos e produtos ao longo do seu ciclo de vida, considerando os impactos e benefícios nas dimensões econômica, ambiental e social; Considerar a ecoeficiência das operações e produtos, minimizando os impactos adversos inerentes às atividades da indústria.

17 Diretrizes Corporativas de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras 1. Liderança e Responsabilidade 2. Conformidade Legal 3. Avaliação e Gestão de Riscos 4. Novos Empreendimentos 5. Operação e Manutenção 6. Gestão de Mudanças 7. Aquisição de Bens e Serviços 8. Capacitação, Educação e Conscientização 9. Gestão de Informações 10. Comunicação 11. Contingência 12. Relacionamento com a Comunidade 13. Análise de Acidentes e Incidentes 14. Gestão de Produtos 15. Processo de Melhoria Contínua

18 Principais Estratégias para Preservação Ambiental Redução das emissões de poluentes na atmosfera (Pág. 103) Ampliação da ecoeficiência dos processos internos de produção (Pág. 99) Desenvolvimento de fontes alternativas de energia (Pág. 116)

19 A Petrobras e o DJSI Índice Dow Jones de Sustentabilidade World (DJSI) - mais importante índice mundial de sustentabilidade, usado como parâmetro para análise dos investidores sócio e ambientalmente responsáveis. O índice avalia os desempenhos econômico, ambiental e social de mais de empresas em 57 setores, em todo o mundo, considerando respostas a um questionário com 118 perguntas e análises das notícias sobre as companhias na mídia. O índice influencia as decisões de investimento de gestores de ativos, cujo mercado potencial de investidores em empresas social e ambientalmente responsáveis corresponde é de mais de US$ 4 trilhões, segundo dados da Organização das Nações Unidas, e mais de US$ 5,6 bilhões de investimentos baseados em empresas pertencentes aos índices DJSI. Petrobras Conquista do direito de renovar a participação na composição, a partir de Setembro de Reconhecimento de estar entre as 20 companhias mundiais do segmento de petróleo e gás e uma das sete empresas brasileiras mais sustentáveis.

20 A Petrobras e o ISE Iniciativa pioneira na América Latina Criado pela Bovespa, ABRAPP, ANBID, APIMEC, IBGC, IFC, Instituto Ethos e Ministério do Meio Ambiente, para ser referencial para os investimentos socialmente responsáveis no Brasil. A metodologia utilizada para avaliação das empresas foi elaborada pela FGV-EAESP e é baseada em questionário contendo 120 perguntas. O valor de mercado das 34 empresas, atuando em 14 setores, é de R$ 700,7 bilhões, ou 48,5 % da capitalização total da Bovespa. Petrobras Conquista da posição no rol de empresas cujas ações compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa (ISE) em Dezembro de A participação no índice ampliou a base de investidores na companhia por incluir aqueles que valorizam critérios de responsabilidade social e ambiental além do desempenho financeiro em suas aplicações. As ações da Petrobras totalizam 25%, o maior peso individual no ISE.

21 A Petrobras e o Pacto Global O Pacto Global está baseado na transparência e no incentivo às empresas, à força de trabalho e à sociedade civil para que iniciem e compartilhem ações direcionadas à prática dos Princípios nos quais o mesmo se baseia, sem ser um instrumento regulador ou fiscalizador das empresas. O Pacto é de livre adesão de qualquer empresa do mundo e tem dois objetivos principais: Disseminar a prática dos 10 princípios no meio empresarial em todo o mundo; Catalizar suas ações para dar suporte às iniciativas da ONU. Petrobras A empresa aderiu em outubro de 2003 aos Princípios do Pacto Global da ONU. Foi escolhida como empresa altamente comprometida com as questões relativas à Responsabilidade Social (e Ambiental) Corporativa, que irão trabalhar em conjunto no desenvolvimento de metodologia pioneira no mundo que será aplicada na formação dos novos líderes globais.

22 A Petrobras e o Pacto Global Declaração de Genebra DIREITOS HUMANOS Princípio 1: As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente; e Princípio 2: Assegurar-se de sua não-participação em violações desses direitos. CONDIÇÕES DE TRABALHO Princípio 3: As empresas devem apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva; Princípio 4: Apoiar a eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório; Princípio 5: Apoiar a erradicação efetiva do trabalho infantil; e Princípio 6: Apoiar a igualdade de remuneração e a eliminação da discriminação no emprego MEIO AMBIENTE Princípio 7: As empresas devem adotar uma abordagem preventiva para os desafios ambientais; Princípio 8: Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental; e Princípio 9: Incentivar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente sustentáveis. COMBATE À CORRUPÇÃO Princípio 10: As empresas devem combater a corrupção sob todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.

23 Indicadores de Responsabilidade Social e Ambiental Adoção dos indicadores ditados por: 1- GRI (Global Reporting Initiative – PNUD) 2- Índice Dow Jones 3- IBASE ( Inst. Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas) 4- Instituto Ethos 5- Instituto Ethos – IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) A matriz de indicadores possibilita conhecer as principais demandas por informações sobre responsabilidade social e ambiental, além dos principais pontos sobre o tema para uma gestão corporativa mais eficiente.

24 Verificação Externa das Atividades Management & Excellence (M&E): 2a companhia mais sustentável do mundo na indústria de petróleo e gás em 2006 com base em mais de 386 indicadores Goldman Sachs (Banco de Investimentos): está entre as 6 empresas de energia recomendadas para investimentos sustentável Pesquisas a partes interessadas: representantes do Governo Federal, da imprensa, de ONG´s, clientes e fornecedores para validação do Relatório de Sustentabilidade

25 Relatórios de Sustentabilidade A elaboração atende aos compromissos firmados com a adesão ao Pacto Global Avaliado pelos dirigentes do Pacto É considerado uma ferramenta de gestão Elaborado pela Comissão de Elaboração e Avaliação de Relatórios de Responsabilidade Social e Ambiental do Comitê de Gestão de Responsabilidade Social da Companhia O Relatório de 2005 foi destacado pelo Pacto Global como um relatório notável e exemplo a ser seguido por outras empresas

26 Principais Desafios Capacitação para formação de colaboradores integrados aos valores e objetivos estratégicos para o alcance da excelência. Integração de dados oriundos de toda a cadeia produtiva considerando a capilaridade e a diversidade da atuação nos segmentos do setor de óleo, gás e energia.

27 OBRIGADA!!!! Eraly Alves Silva Eng a. de Meio Ambiente Universidade Petrobras


Carregar ppt "O Desafio da Sustentabilidade ou As Oportunidades de Ouro!!!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google