A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DENOTAÇÃO e CONOTAÇÃO; SINTAGMA e PARADIGMA; DIMENSÕES SINTÁTICA, SEMÂNTICA e PRAGMÁTICA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DENOTAÇÃO e CONOTAÇÃO; SINTAGMA e PARADIGMA; DIMENSÕES SINTÁTICA, SEMÂNTICA e PRAGMÁTICA."— Transcrição da apresentação:

1

2 DENOTAÇÃO e CONOTAÇÃO; SINTAGMA e PARADIGMA; DIMENSÕES SINTÁTICA, SEMÂNTICA e PRAGMÁTICA

3 parte 1 DENOTAÇÃO e CONOTAÇÃO

4 S E M I Ó T I C A A compreensão de significados conduz para a abordagem dos fenômenos de: Denotação Conotação

5 S E M I Ó T I C A Denotação -Diz respeito ao significado mais direto de um signo em relação ao seu referente/objeto -Primeiro significado, sentido literal, mais óbvio -Sentido mais comum e usual -Objetividade

6 S E M I Ó T I C A jornais, bulas de remédios, manual de instruções, textos científicos Denotação

7 S E M I Ó T I C A Signo denotativo: Denotação -Graficamente, o signo denotativo pode vir expresso sob a forma: significantesignificado Ps: semelhante ao conceito de signo de Saussure Plano de expressão (como é expressado) Plano de conteúdo (como é compreendido)

8 Conotação -Significados segundos que vêm a juntar-se ao primeiro significado naquela mesma relação signo/objeto. -Sugere mais de uma interpretação, demais significados. -Sentido figurado. S E M I Ó T I C A

9 Conotação -Sentido de teor subjetivo, que uma palavra ou expressão pode apresentar paralelamente à acepção em que é empregada. S E M I Ó T I C A O tutu estava espalhado sobre a mesa Em sentido denotado-> Tutu -> prato à base de feijão Em sentido conotado -> Tutu -> conotação de dinheiro

10 Conotação -Significados segundos que não substituem o significado primeiro, mas sim acrescentam-se a ele. -Justamente por serem acrescentados, surge a ambiguidade, a dúvida. S E M I Ó T I C A Caso os significados fossem apenas trocados, muitos problemas de falta de comunicação seriam eliminados.

11 Conotação -Graficamente, o signo conotativo pode vir expresso sob a forma: S E M I Ó T I C A Signo conotativo: significantesignificado significantesignificado

12 Signo = significante + significado + significado fogo chama que queima Corresponde ao nível CONOTADO onde se acrescenta um significado além daquele primeiro S E M I Ó T I C A fogo da paixão

13 S E M I Ó T I C A Imagens e palavras são polissêmicas

14 S E M I Ó T I C A

15 parte 2 SINTAGMA & PARADIGMA

16 Sintagma & Paradigma Eixos necessários na configuração de uma língua, de um produto, de um edifício, de um cartaz e etc. S E M I Ó T I C A

17 Sintagma -Eixo da combinação. -Sequência de signos. -Eixo das relações entre os elementos de um objeto, -Ordem, organização. Exemplo: Língua caráter linear: uma palavra após a outra. S E M I Ó T I C A > Eu gosto de gato.

18 Paradigma -O eixo do sintagma não existe isoladamente, ele vem relacionado a outro eixo: o paradigmático. -Eixo da seleção: selecionar algo de um repertório de signos, de um banco de elementos. -Eixo das relações associativas. S E M I Ó T I C A Bola | Balão de couro | Esfera | Pelota | Menina

19 Sintagma & Paradigma -Para construir um sintagma volta-se ao paradigma. Ou seja, para combinar precisa-se escolher. S E M I Ó T I C A A bola entrou no gol = sintagma. OAOA pelota Bola balão penetrou entrou adentrou no na gol rede = paradigmas conjunto de signos

20 S E M I Ó T I C A sintagma paradigmas

21 S E M I Ó T I C A O templo é um sintagma na medida que um frontão combina-se com uma coluna, com um telhado, com um assoalho... Para a construção da edificação, o arquiteto dispôs de vários paradigmas: colunas das ordens jônicas, dórica ou coríntia, cariátides... A relação paradigma/sintagma é indispensável à existência de uma linguagem.

22 S E M I Ó T I C A Sintagma - Combinação Paradigmas - Seleção

23 parte 3 NÍVEL SINTÁTICO, SEMÂNTICO, PRAGMÁTICO

24 Charles Morris, semioticista e filósofo americano, desenvolveu uma teoria semiótica* a partir do modelo triádico de Peirce, criando as seguintes dimensões: S E M I Ó T I C A *Livro: Fundamentos da Teoria dos Signos (1938) **Também chamado de dimensão. Nível** Sintático Nível Semântico Nível Pragmático

25 A organização das linguagens deriva das operações de seleção e combinação. Quando organizamos as linguagens operamos nesses três níveis: sintático, semântico e pragmático. S E M I Ó T I C A

26 O signo pode ser visto como uma relação triádica na qual algo (um sinal/representamen/significante) faz referência a outro algo (objeto/referente), que significa alguma coisa (interpretante) para algo ou alguém que o interprete. S E M I Ó T I C A SIGNIFICANTE OBJETOINTERPRETANTE

27 S E M I Ó T I C A A relação dos signos entre si chama-se dimensão sintática A relação entre o signo e o objeto por ele representado chama-se dimensão semântica A relação do signo com seu interpretante chama-se dimensão pragmática

28 S E M I Ó T I C A 1.Nível Sintático - Forma -Diz respeito ao domínio da informação estética. -Refere-se às partes que compõe a estrutura e às relações formais das mesmas entre si: componentes | junções | sistema de fechamento e abertura | espaços vazados | formatos | cores | texturas | imagens | materiais | dimensões | tipografia | simetria | equilíbrio | peso | ritmo | simplicidade | complexidade e etc...

29 S E M I Ó T I C A 1.Nível Sintático - Forma -É o nível da representação, da formalização das estruturas. E o que é estrutura? É a relação das partes que formam o todo.

30 S E M I Ó T I C A 1.Nível Sintático - Forma >Descrever os elementos e suas inter-relações. Cadeira Escolar: Partes (assento, encosto, pés, braço), material, cor, acabamento e a sua organização. Aprender a olhar os elementos e o modo de organização/configuração deles.

31 S E M I Ó T I C A Design acima da linha Design abaixo da linha

32 S E M I Ó T I C A A ordenação dos elementos ajuda na transmissão das mensagem. Ex: Pés acima do assento: não é mais uma cadeira! -> subversão artística Xícara de Pêssego Califórnia, Peter Shire

33 S E M I Ó T I C A 2. Nível Semântico - Conteúdo -Domínio do conteúdo. -Ancorado ao nível sintático. -Nível dos significados. -Mediado por convenções sócio-culturais.

34 S E M I Ó T I C A 2. Nível Semântico - Conteúdo -Trata-se da relação das ideias/mensagens que nós queremos transmitir. -Significados, símbolos do produto. -Que ideias o produto parece representar? Ao que remete? -Denotações e Conotações: significados diretos e indiretos.

35 S E M I Ó T I C A Diferentes modelos de um mesmo tipo de produto oferecem valores semânticos distintos.

36 S E M I Ó T I C A

37

38

39 3. Nível Pragmático – Processo Relacional -Nível das relações de uso dos signos. > No design, é analisada a partir do ponto de vista do uso do produto: -Refere-se ao modo de utilização, reações advindas do uso. -Leis de utilidade do objeto. S E M I Ó T I C A

40 3. Nível Pragmático – Processo Relacional Alimentado pelo repertório dos conhecimentos que possuímos (aprendizado). S E M I Ó T I C A

41 Ram da Felicerossi: painel de tecido elástico que se molda ao corpo desvendando uma cadeira. O conceito de uso (sentar) é repensado. O fator surpresa se sobressai, pois a primeira vista não se identifica a função principal do produto.

42 3. Nível Pragmático – Processo Relacional -Ponto de vista ergonômico, ambiental e social. -Diz respeito ao modo de utilização (facilidade, praticidade, conforto, peso, segurança, potência, legibilidade, leiturabilidade). -Pode-se pensar também sobre quem utiliza (gênero, geração, classe social, estilo de vida) o produto; seu local de uso; sua ocasião de uso. S E M I Ó T I C A Questões mediadas por convenções sócio-culturais.

43 S E M I Ó T I C A Quem utiliza esse produto? Em que tipo de situação o produto é utilizado?

44 S E M I Ó T I C A

45

46

47

48

49

50 Chema Madoz Man Ray Dalí

51 S E M I Ó T I C A

52 As dimensões encontram-se em interdependência.

53 Análise das dimensões sintática, semântica e pragmática: 1. Dimensão Sintática -Descrever as partes que compõem o produto e seus respectivos elementos. Lembrar de descrever suas cores, formatos, materiais, texturas, tipografias e suas relações (equilíbrio peso, escala, contraste, simetria, simplicidade...). 2. Dimensão Semântica -Analisar a mensagem do produto, o que ele representa. As conotações não devem ser aprofundadas em direção ao usuário. Ou seja, a análise deve se encaminhar para o objeto (ao que se refere), sem pensar nas características pessoais do usuário. É preciso manter algum distanciamento. S E M I Ó T I C A

54 Análise das dimensões sintática, semântica e pragmática: 3. Dimensão Pragmática -Deve-se contemplar as questões de uso (conforto, segurança, potência, legibilidade, facilidade e etc.) advindas do uso. Pensar também sobre: -O local de utilização (espaço aberto ou fechado, íntimo...); -Perfil do usuário (gênero, geração, classe social, estilo de vida); -Ocasião de uso. S E M I Ó T I C A

55 Exemplo de Análise: Móvel de assento 1.Dimensão Sintática O material utilizado na cadeira é alumínio, metal leve, de aparência lisa e brilhante e de cor prata. A maioria das barras são retas, apresentando curvaturas nas dobras. O encosto e o assento possuem várias faixas paralelas entre si, com texturas listradas. As barras do encosto encontram-se com as pernas traseiras da cadeira através de uma conexão, também de alumínio. A cadeira tem estrutura mais vertical do que horizontal. As pernas são abertas, inclinadas para fora. Transmite sensação térmica fria.

56 S E M I Ó T I C A 2. Dimensão Semântica O móvel tem cor cinza prateada, que remete ao futuro, tecnologia e modernidade. A cadeira é associada a modernidade, por causa da cor, forma e material. A mistura de formas e a escolha do material dá um simbolismo ao móvel: parece ser segura como um berço.

57 S E M I Ó T I C A 3. Dimensão Pragmática Móvel resistente, durável e estável. Fácil de limpar devido ao material e por não apresentar muitos detalhes. Provavelmente usada em locais em que a pessoa não necessita ficar sentada por muito tempo, como lanchonetes. Parece poder ser utilizado tanto em espaços abertos quanto fechados. Mesmo sendo o prateado associado ao público masculino, as formas orgânicas também lhe dão um aspecto feminino. Logo, parece ser utilizado por ambos os sexos. A altura do móvel dificulta o uso de crianças muito pequenas. Por ser um móvel feito de um material diferenciado, pode ser dirigido a um público abastado, que busca originalidade.

58 S E M I Ó T I C A Exemplo de Análise: Cartaz 1.Dimensão Sintática Cartaz digital medindo 566 x 800 pixels veiculado na internet. Com ênfase vertical, apresenta background rosa com elementos geométricos levemente escurecidos. Há um tucano e folhas da árvore bordo. Eles são apresentados em várias cores: vermelho, amarelo, ciano. Traz também várias informações, todas inclinadas e grande parte com sombra. Também se apresentam nas cores ciano, amarelo e vermelho e sua tipografia tem aspecto geométrico gestual. Há também uma faixa inclinada em verde luminoso com outras informações funcionado como contrapeso do título.

59 S E M I Ó T I C A Exemplo de Análise: Cartaz 2. Dimensão Semântica Significados diretos: evento realizado no dia 26/08 no Espaço Acústica (RJ) com vários djs e com a banda Uó. Para maiores informações pode-se acessar o site ou seguir o Projeto Seis no twitter. Significados indiretos: várias cores intensas e luminosas podem evocar ideias de diversão, alegria, verão, tropical em menção ao tema do evento. Tucano como símbolo do Brasil. Folha do bordo como símbolo do Canadá em menção ao dj canadense. Tipografia pode evocar algo vernacular.

60 S E M I Ó T I C A Exemplo de Análise: Cartaz 3. Dimensão Pragmática O contraste entre as cores pode dificultar a leitura. O corpo pequeno e a pouca variação entre caixa alta e baixa também. Veiculado na internet, o evento, pela sua linguagem visual, parece se destinar a um público jovem e moderno antenado com as últimas tendências, que gosta de um estilo de música diferenciado, divertido e dançante.


Carregar ppt "DENOTAÇÃO e CONOTAÇÃO; SINTAGMA e PARADIGMA; DIMENSÕES SINTÁTICA, SEMÂNTICA e PRAGMÁTICA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google