A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: SÍSIFO: RETRATOS, CONVERSAS E ENCONTROS PRODUTO DO CICLO DE OFICINAS PROACESSUS, PROJETO DE EXTENSÃO DA ESCOLA DE ENFERMAGEM/UFMG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: SÍSIFO: RETRATOS, CONVERSAS E ENCONTROS PRODUTO DO CICLO DE OFICINAS PROACESSUS, PROJETO DE EXTENSÃO DA ESCOLA DE ENFERMAGEM/UFMG."— Transcrição da apresentação:

1 EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: SÍSIFO: RETRATOS, CONVERSAS E ENCONTROS PRODUTO DO CICLO DE OFICINAS PROACESSUS, PROJETO DE EXTENSÃO DA ESCOLA DE ENFERMAGEM/UFMG O MITO DE SÍSIFO VAI À UBS: DE PEDRAS A SONHOS POSSÍVEIS NO TRABALHO EM SAÚDE BLOG: Belo Horizonte Junho/Julho, 2010

2 Carregamos pedras todos os dias, chegamos ao cume da montanha e a pedra rola de volta para onde começamos a carregá-la; porém, nunca paramos para pensar neste sobe e desce em vão que fazemos todos os dias.Só com a sua ajuda conseguimos raciocinar melhor.

3 Encontro difícil, constatações dolorosas, semelhanças e diferenças; emoções intensas ! Como são difíceis as escolhas!! Como as decisões desdobram rumos, ônus, julgamentos!!! Mas fica uma coisa: a disposição e a certeza de que tudo vale pena, que pagar o preço faz parte da história que construímos!

4 Pensar em um bem-comum, sagacidade para alcançá-lo, tenacidade para persegui-lo, robustez para suportar o castigo imposto pelos deuses... Discernimento preciso de que se é o único responsável pelas conseqüências de seus atos, tanto da fonte que abastece Corinto, quanto do eterno rolar da pedra.

5 Estou cheia de esperança depois que descobri que não estou sozinha neste desafio, o qual a vida me proporcionou. Hoje estou conseguindo ver a importância de fazer e de sentir as dificuldades da vida com mais leveza.

6 Hoje é o 2º dia da oficina e uma luz no final do túnel é vista por mim e pelos demais. A esperança que a pedra pode ser levada até o topo se renova a cada dia. Não desista! E se você puder contar com alguém, ou com várias pessoas, os caminhos se tornam mais agradáveis e suaves.

7 Caro amigo Sísifo; Como é bom que tenha estado aqui ! Ver que tem alguém que se preocupa com alguém. Privilégio fazer parte destes momentos mágicos, descobrir a arte. Aqui reina a paz, o amor, o carinho. Daqui levarei saudade, propostas, esperanças.

8 Sísifo; Venho por meio desta carta lhe agradecer pelo dom do mito, da arte que tanto me tocou; pois aprendi que através da arte eu consigo melhorar a minha vida e consequentemente melhorar a do outro, pois o brilho, o encanto, a maravilha do espetáculo diz tudo.

9 Aprendi com você a refletir na dureza do viver e na solidariedade despertada durante cada situação. Padecer com o outro e viver com o outro exige não só do nosso saber, mas do nosso querer se envolver e morrer junto com o outro. Não é fácil rolar a pedra; mas torna-se menos pesado o fardo se o dividimos, se refletimos o nosso ato com os parceiros na subida e na descida.

10 A despeito das nossas inquietações e dúvidas temos a certeza de que o melhor ainda está por vir, não de uma forma agressiva, mas como a noite que nos oferece sua penumbra; não para nos assustar, mas acima de tudo para oferecer descanso e a certeza de um novo recomeço. Nossa pedra diária é um melhorar constante. Obrigada pelo aprendizado, pois me senti uma pedra sendo lapidada

11 Há dias que está difícil de levantar a pedra, mas é nestes momentos que a gente vê que é possível continuar. E que os sonhos são possíveis e que temos que continuar sempre. Obrigada por esse momento e de acreditar que ainda podemos sonhar.

12 Depois que te conheci aprendi que as pedras não são tão pesadas, ou difíceis de serem transpostas como às vezes se apresentam. Fique sempre próximo de mim, para que em todos os dias de minha vida eu possa carregar as pedras, cada uma com menos esforço e com mais poesia, música, pintura, teatro e fotografia, enfim, com muita arte.

13 Gostaria de te dizer, como a dor de uma mãe que produz vida, que a sua história é tão dolorosa que trouxe vida a minha vida. Gerou possibilidades e esperanças em momentos difíceis e dolorosos. Quero também rolar uma pedra, não como um castigo, mas como uma possibilidade diária que não se encerre

14 Você tem me ensinado a ser mais perseverante, a não ter medo de avançar e a me despir dos preconceitos. Desorganizou meus pensamentos para produzir transformações dentro de mim. Hoje carrego minhas pedras com um peso que suporto carregar. Sabe, acho que já consigo enxergar que as pedras que carrego são mais leves que muitas que estão rolando por aí.

15 Ao te conhecer, percebi sua existência dentro de mim e também reconheci que dentro de cada um de nós existe um Sísifo que não se permite desistir de lutar e de continuar a árdua tarefa de ludibriar a morte, adiando o máximo possível esse certeiro encontro. Obrigada por mostrar-me todos os outros Sísifos que colaboram no rolar das pedras

16 FICHA TÉCNICA Tema: Documentário Técnica: Preto e Branco Fotógrafo e tratamento de imagem: Tiago Vilela Concepção e curadoria: Maria Raquel GM Pires e Marcelo Castro Arte e diagramação: Leonardo Medeiros Textos e comentários: depoimentos estilizados, extraídos das Cartas para Sísifo, escritas pelos participantes durante o Ciclo de oficinas O Mito de Sísifo vai à Unidade Básica de Saúde: de pedras a sonhos possíveis no trabalho em saúde, para relato da experiência ao mito. Realização: Equipe ProAcesSUS –Promoção do acesso à saúde pela pesquisa e educação. Nota - Os profissionais de saúde participantes do evento autorizaram o uso dos depoimentos ora transcritos, mediante a assinatura de Termo de Concentimento Livre e Esclarecido (TCLE).


Carregar ppt "EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: SÍSIFO: RETRATOS, CONVERSAS E ENCONTROS PRODUTO DO CICLO DE OFICINAS PROACESSUS, PROJETO DE EXTENSÃO DA ESCOLA DE ENFERMAGEM/UFMG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google