A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aprendizagem Significativa: como promover a aprendizagem através da preparação de aulas significativas? A importância da aprendizagem deve ser maior que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aprendizagem Significativa: como promover a aprendizagem através da preparação de aulas significativas? A importância da aprendizagem deve ser maior que."— Transcrição da apresentação:

1 Aprendizagem Significativa: como promover a aprendizagem através da preparação de aulas significativas? A importância da aprendizagem deve ser maior que a importância do ensino. A importância da aprendizagem deve ser maior que a importância do ensino. O aluno só aprende o que é significativo para ele, aquilo que ele vivencia, conceitua e depois interioriza (vide texto da teoria da Aprendizagem Significativa de AUSUBEL. O aluno só aprende o que é significativo para ele, aquilo que ele vivencia, conceitua e depois interioriza (vide texto da teoria da Aprendizagem Significativa de AUSUBEL.

2 PLANEJAMENTO REGIMENTO PLANO DE ENSINO PLANO DE AULA PROJETOS PLANO DE AÇÃO PROJETOS INTERDISCIPLINARES PROJETO PEDAGÓGICO DCN E COMPETÊNCIAS DO ENADE PLANO DA ESCOLA/ INSTITUIÇÃO

3 ESTRUTURA DOS PLANOS Programas Pedagógicos de Disciplinas – PPDs Programas Pedagógicos de Disciplinas – PPDs Pontos em comum: objetivos, ementa/conteúdo, procedimentos de ensino/metodologia, avaliação, recursos e referências.

4 OBJETIVOS É a base para todos os itens: conteúdo, metodologia, recursos, avaliação e referências. Colocar o porquê e para quê. É a base para todos os itens: conteúdo, metodologia, recursos, avaliação e referências. Colocar o porquê e para quê. OBJETIVOS GERAIS: amplo Longo prazo ESPECÍFICOS: A curto prazo

5 GERAIS: Propósitos mais amplos acerca do papel da escola e do ensino diante das exigências postas pela realidade social e diante do desenvolvimento da personalidade dos alunos. (a longo prazo) GERAIS: Propósitos mais amplos acerca do papel da escola e do ensino diante das exigências postas pela realidade social e diante do desenvolvimento da personalidade dos alunos. (a longo prazo) ESPECÍFICOS: exigências e resultados esperados da atividade dos alunos, referente a conhecimentos, habilidades, atitude e convicções cuja aquisição e desenvolvimento ocorrem no processo de transmissão assimilação ativa das matérias de estudo. (imediato) ESPECÍFICOS: exigências e resultados esperados da atividade dos alunos, referente a conhecimentos, habilidades, atitude e convicções cuja aquisição e desenvolvimento ocorrem no processo de transmissão assimilação ativa das matérias de estudo. (imediato)

6 CONTEÚDOS Conjunto de conhecimentos. Correspodência entre objetivos; Correspodência entre objetivos; Caráter científico e sistemático; Caráter científico e sistemático; Relevância social, acessibilidade e solidez (atual). Relevância social, acessibilidade e solidez (atual). Ao invés do aprender fazendo seria aprender pensando naquilo que faz. (LIBÂNEO, 1994)

7 MÉTODOS DE ENSINO Mediação escolar tendo em vista ativar as forças mentais dos alunos para a assimilação da matéria. (LIBÂNEO, 1994)

8 Algumas divisões Técnicas: individualizante, em grupo, socializante, de exposição, de trabalho independente, de elaboração conjunta… Técnicas: individualizante, em grupo, socializante, de exposição, de trabalho independente, de elaboração conjunta… Aprendizagem Interacionista: Vygotski. Aprendizagem Interacionista: Vygotski. Aprendizagem Significativa: Ausubel. Aprendizagem Significativa: Ausubel. Requer Estratégias de Ensinagem: Léa Anastasiou. Requer Estratégias de Ensinagem: Léa Anastasiou.

9 RECURSOS DE ENSINO CLASSIFICAÇÃO: recursos visuais (projeções, cartazes, gravuras); recursos visuais (projeções, cartazes, gravuras); recursos auditivos (rádio, gravações); recursos auditivos (rádio, gravações); recursos audiovisuais (cinema, televisão); recursos audiovisuais (cinema, televisão); recursos humanos (professor, alunos, pessoal escolar, comunidade); recursos humanos (professor, alunos, pessoal escolar, comunidade); recursos materiais: do ambiente (natural: água, folha, pedra, etc; escolar: quadro, giz) e da comunidade (bibliotecas, indústrias, lojas, etc). recursos materiais: do ambiente (natural: água, folha, pedra, etc; escolar: quadro, giz) e da comunidade (bibliotecas, indústrias, lojas, etc).

10 Símbolos verbais Símbolos visuais Discos, rádios, fotografias Cinema Televisão Exposição Excursão Demonstração Dramatização Experiência simulada Experiência direta Abstrações (teóricos) Concretizações (práticos) (Alunos com maior número de conceitos e fatos conhecidos) (Alunos com menor número de conceitos e fatos conhecidos)

11 Método de ensino Dados retidos depois de três horas Dados retidos depois de três dias Somente Oral Somente Visual Visual e Oral simultaneamente 70%72%85%10%20%65%

12 Algumas dicas de uso… Quadro - Sempre apagar depois do uso; - Evite falar enquanto estiver escrevendo; - Mantenha-se ao lado; - Não sobrecarregue o quadro com informações.

13 Cartaz - Não divida a palavra em sílabas em final de frase; - Use cores fortes; - De modo geral, não escrever uma palavra usando mais de uma cor; - Deixar uma margem imaginária. - Sugestões para tamanho, espaço, ênfase, cor, estilo, direção, peso e forma em Piletti (2003).

14 Retroprojetor - Escreva com letra com tamanho 16; - Não deixe o retroprojetor ligado por muitas horas e nem ligue e desligue a todo momento; - Evite colocar muitas informações; - Utilize no máximo três cores; - Não aponte para a imagem projetada.

15 Data-Show - Tamanho de letra 24; - Coloque tópicos. Textos extensos deve ser evitado. - Não feche a tampa enquanto estiver projetando; - Nunca passe na frente da projeção se estiver explicando o conteúdo que está projetado.

16 Vídeo - Assista o vídeo para localizar as idéias principais e prováveis dificuldades que os acadêmicos encontrarão; - Apresente os objetivos do vídeo e a relação com o conteúdo a ser desenvolvido; - Promova discussão, fazendo relação do vídeo com o conteúdo.

17 AVALIAÇÃO Formativa: ao longo do processo. Avaliação diária; Somativa: atribuição de pontos como juízo de valor: necessidade do ser humano; Diagnóstica: Comprovação da Aprendizagem. Institucional (para o mundo, concursos, seleção, etc.). Função: Pedagógico-didática (Cumprimento dos objetivos); Diagnóstica (identificar progressos e dificuldades); Controle (verificação atenta dos resultados/ frequência – notas e conceitos)

18 AVALIAÇÃO: devemos nos perguntar à cada aula O QUE O PROFESSOR AVALIA? O QUE O PROFESSOR AVALIA? O QUE O ALUNO AVALIA? O QUE O ALUNO AVALIA? PARA QUE O PROFESSOR AVALIA? PARA QUE O PROFESSOR AVALIA? PARA QUE O ALUNO AVALIA? PARA QUE O ALUNO AVALIA? COMO O PROFESSOR AVALIA? COMO O PROFESSOR AVALIA? COMO O ALUNO AVALIA? COMO O ALUNO AVALIA?

19 Instrumentos de verificação do rendimento escolar Prova escrita dissertativa – compare, relacione, sintetize, descreva, resolva, apresente argumentos contra ou a favor, etc. Prova escrita dissertativa – compare, relacione, sintetize, descreva, resolva, apresente argumentos contra ou a favor, etc. Sugestão: corrigir pergunta por pergunta. Dissertação só de um tema: ler todas as provas, classificando-as em: boas, suficientes e insuficientes. Corrigir sem identificar o autor.

20 Prova escrita de questões objetivas: favorece a improvisação; oferece ocasião do acadêmico escolher a resposta por palpite. Prova escrita de questões objetivas: favorece a improvisação; oferece ocasião do acadêmico escolher a resposta por palpite. Questões certo-errado (C ou E/ F ou V) – ter cuidado para não colocar parte da idéia fundamental. Evite: todos, nunca, sempre (geralmente são as erradas) e geralmente, algumas vezes (são as corretas). Questões certo-errado (C ou E/ F ou V) – ter cuidado para não colocar parte da idéia fundamental. Evite: todos, nunca, sempre (geralmente são as erradas) e geralmente, algumas vezes (são as corretas).

21 Questões de lacunas (completar) – não deve aparecer no início da frase e não devem ser adjetivos, preposições, conjunções, exceto de gramática. Questões de lacunas (completar) – não deve aparecer no início da frase e não devem ser adjetivos, preposições, conjunções, exceto de gramática. Mais sugestões em Libâneo (1994) e Léa Anastasiou (2004). Mais sugestões em Libâneo (1994) e Léa Anastasiou (2004).

22 Não se trata de aprovar ou reprovar, dar nota baixa ou alta. Processo de acompanhamento sistemático do desempenho escolar dos alunos em relação aos objetivos, para sentir o progresso, detectar dificuldades, retomar a matéria quando o resultados não são satisfatórios. (LIBÂNEO, 1994, p. 212)

23 Avaliação Orientação: não coloquem questões objetivas que não dêem margem do acadêmico argumentar sobre a sua resposta. / Por que não discutir o resultado da avaliação com os acadêmicos????? Orientação: não coloquem questões objetivas que não dêem margem do acadêmico argumentar sobre a sua resposta. / Por que não discutir o resultado da avaliação com os acadêmicos????? O Professor deve dar instruções claras e seguras de como as questões podem ser respondidas; planejar o tempo de duração de uma prova. Colocar a pontuação nas questões. O Professor deve dar instruções claras e seguras de como as questões podem ser respondidas; planejar o tempo de duração de uma prova. Colocar a pontuação nas questões.

24 Orientações gerais para organizar uma avaliação Considerar os objetivos do curso Considerar os objetivos do curso Evitar perguntas capiciosas Evitar perguntas capiciosas Redigir com clareza Redigir com clareza Formular com precisão Formular com precisão Respeitar as regras gramaticais Respeitar as regras gramaticais Buscar situações novas para as questões Buscar situações novas para as questões Usar no mínimo quatro opções Usar no mínimo quatro opções Evitar: fale, comente, diga o que você sabe, dê sua opinião Evitar: fale, comente, diga o que você sabe, dê sua opinião Usar: descreva, exemplifique, compare, relacione Usar: descreva, exemplifique, compare, relacione Evitar questões ligadas entre si Evitar questões ligadas entre si Não dividir uma questão ao meio. Não dividir uma questão ao meio.

25 Outros tipos de avaliação Observação – subjetiva (Evite convertê-la em nota) Observação – subjetiva (Evite convertê-la em nota) Entrevista – ampliar dados previamente coletados Entrevista – ampliar dados previamente coletados As estratégias de Ensinagem de Léa Anastasiou. As estratégias de Ensinagem de Léa Anastasiou.


Carregar ppt "Aprendizagem Significativa: como promover a aprendizagem através da preparação de aulas significativas? A importância da aprendizagem deve ser maior que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google