A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Semiologia III NUTRIÇÃO ENTERAL Condições que requerem nutrição enteral Preparo pré-operatório com dieta elementar; Problemas gastrointestinais (fístulas,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Semiologia III NUTRIÇÃO ENTERAL Condições que requerem nutrição enteral Preparo pré-operatório com dieta elementar; Problemas gastrointestinais (fístulas,"— Transcrição da apresentação:

1 Semiologia III NUTRIÇÃO ENTERAL Condições que requerem nutrição enteral Preparo pré-operatório com dieta elementar; Problemas gastrointestinais (fístulas, colite, doença de Crhon, etc.); Coma; Condições hipermetabólicas ( queimaduras, fraturas, trauma, AIDS, sepse, transplante); Alcoolismo; Depressão crônica; Anorexia nervosa; Cirurgia maxilofacial ou cervical; Retardo mental grave; Senilidade. Indicações Quando o paciente corre risco de aspiração; Quando o paciente apresente condições que requerem este tipo de alimentação.

2 Semiologia III Vantagens A integridade gastrointestinal é preservada por uma entrega intralumiar dos nutrientes; A sequência normal do metabolismo renal e hepático é preservada; O metabolismo de gorduras e a síntese das lipoproteínas são mantidas; As taxas normais de insulina e glucagon são mantidas. Métodos de administração da dieta De infusão contínua (BI) Diminui a distensão abdominal; Diminui resíduos gástricos; Reduz o risco de aspiração Por ação da gravidade É mais barato; Previne a distensão abdominal; Pode ser realizada por um cuidador treinado Cuidados na administração da dieta Observar posicionamento da sonda; Manter a cabeceira elevada durante todo procedimento; Estar atento aos sinais de broncoaspiração

3 Semiologia III Lavar a sonda após a administração da dieta; Observar permeabilidade da sonda antes de conectá-la a BI; Trocar fixação diariamente; Auscultar movimentos peristálticos antes da administração da dieta; Observar distensão abdominal; Observar e respeitar o horário de administração da dieta, atentando para o cálculo de ml/h; A SNE deverá ser trocada a cada 15 dias; A dieta sempre deverá ser administrada em temperatura ambiente e conservada em geladeira; Cada frasco de dieta é individual e descartável. O que é então nutrição enteral? Dieta preparada a fim de atender as necessidades nutricionais do paciente sendo administrada através de uma SNE


Carregar ppt "Semiologia III NUTRIÇÃO ENTERAL Condições que requerem nutrição enteral Preparo pré-operatório com dieta elementar; Problemas gastrointestinais (fístulas,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google