A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Impacto da Avaliação Capes na Produção Científica e Qualidade das Revistas Brasileiras na Área Médica Prof. Dr. Jair de Jesus Mari Prof. Dr. Jair de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Impacto da Avaliação Capes na Produção Científica e Qualidade das Revistas Brasileiras na Área Médica Prof. Dr. Jair de Jesus Mari Prof. Dr. Jair de."— Transcrição da apresentação:

1 O Impacto da Avaliação Capes na Produção Científica e Qualidade das Revistas Brasileiras na Área Médica Prof. Dr. Jair de Jesus Mari Prof. Dr. Jair de Jesus Mari Coordenador da Pós Graduação da UNIFESP/EPM Coordenador da Pós Graduação da UNIFESP/EPM

2 Pressupostos A pós-graduação é reconhecidamente o componente mais bem sucedido do sistema educacional brasileiro. Esse êxito deve-se em grande parte ao fato de as ações governamentais voltadas para o desenvolvimento desse nível de ensino terem-se calcado, no decorrer das duas últimas décadas, em um processo sistemático e bem conduzido de acompanhamento e avaliação do desempenho dos cursos de mestrado e de doutorado existentes no país.

3 Avaliação da Pós-Graduação Avaliar o Processo ou o Produto? Avaliação por Pares or Avaliação Independente? Uniformidade ou Homogeneidade? Regras Intransponíveis ou Diretrizes?

4 Avaliação no Reino Unido Institutional Review (Academic Quality Audit)/ Instituição Subject Review (Teaching Quality Assessment)/ Cursos Professional Accreditation of Vocational and Professional Subject/Avaliação das Sociedades Profissionais Research Assessment/Pesquisa

5 Avaliação/Qualis Publicações com fator de impacto acima de 1 – Internacional A Publicações com fator de impacto abaixo de 1 – Internacional B Publicações sem fator de impacto medido, mas incluídas no Medline- Internacional C

6 Avaliação/Qualis Publicações indexadas no Scielo – Nacional A Publicações Indexadas no Lilacs, EMBASE, EXCERPTA MÉDICA, PSYCLIT – Nacional B Demais Publicações – Nacional C

7 Qualis Internacional C MEDLINE INTERNATIONAL PHARMACEUTICAL ABSTRACTS (IPA) CUMULATIVE INDEX TO NURSING & ALLIED HEALTH LITERATURE (CINAHAL) SPORTDISCUS ERIC TROPICAL DISEASES BULLETIN SOCIOLOGICAL PLANNING/POLICY & DEVELOPMENT

8 Produção Científica dos Orientadores 80% ou mais dos docentes NRD6 devem publicar 03 artigos nacionais em Qualis A ou superior. Na produção intelectual deve existir pelo menos 01 artigo em Qualis Internacional A ou B/docente/triênio. 60% dos docentes devem estar em NRD6.

9 Revistas Brasileiras no Medline 2005 Revista da Associação Médica Brasileira Brazilian Journal of Infectious Diseases Arquivos Brasileiros de Cardiologia Cadernos de Saúde Pública Arquivos de Gastroenterologia

10 Revistas Brasileiras no Medline 2005 Revista Paulista de Medicina Revista do Hospital Clinicas da FMUSP Revista Brasileira de Psiquiatria Jornal de Pediatria International Brazilian J. of Urology Acta Cirúrgica Brasileira

11 Revistas Brasileiras no Medline 2005 Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia Revista Brasileira de Oftalmologia Revista Brasileira de Otorrinolaringologia Revista do Instituto de Medicina Tropical

12 Revistas Brasileiras no Medline 2005 Brazilian Dental Journal Pesquisa Odontologica Brasileira Pró-fono: Revista de Atualização Científica

13 Revistas Brasileiras no Medline 2005 Revista Latino-Americana de Enfermagem Revista Brasileira de Enfermagem Revista da Escola de Enfermagem da USP Revista Gaúcha de Enfermagem

14 Revistas Brasileiras Indexadas no JCR 2004 Memórias do Instituto Oswaldo Cruz Brazilian Journal of Medical and Biological Research Genetics and Molecular Biology Brazilian Journal of Microbiology Arquivos de Neuro Psiquiatria Revista de Saúde Pública Dados - Revista de Ciências Sociais 0.217

15 Revistas Brasileiras Indexadas no JCR 2004 Journal of Brazilian Chemical Society Quimica Nova Anais da Academia Brasileira de Ciências Brazilian Journal of Physics Revista Brasileira de Zootecnia Pesquisa Veterinaria Brasileira Boletim Sociedade Brasileira Matemática 0.140

16 Total = 7206

17 Total = 2897

18 Total = 30837

19 Total = 9191

20 Total de Dissertações (Doutorado) por Ano Base e Área de Avaliação Primeiro TriênioSegundo Triênio% de Área Avaliação Total TotalCrescimento EDUCAÇÃO FÍSICA ,00 ENFERMAGEM ,03 FARMÁCIA ,66 MEDICINA I ,61 MEDICINA II ,83 MEDICINA III ,28 ODONTOLOGIA ,89 SAÚDE COLETIVA ,54

21 Total de Artigos em Periódicos MEDLINE por Média de Orientador, Triênio e Área de Avaliação Primeiro TriênioSegundo Triênio Área AvaliaçãoMEDLINEMed/Ori MEDLINE /MedOriMEDLINEMed/Ori MEDLINE/ MedOri % de Crescimento EDUCAÇÃO FÍSICA , ,7347,95 ENFERMAGEM , ,1531,16 FARMÁCIA , ,3934,73 MEDICINA I , ,8732,44 MEDICINA II , ,0438,61 MEDICINA III , ,7241,54 ODONTOLOGIA , ,7266,86 SAÚDE COLETIVA , ,4931,33

22 Total de Artigos em Periódicos ISI por Média de Orientador, Triênio e Área de Avaliação Primeiro TriênioSegundo Triênio% de Área AvaliaçãoISIMedOriISI/MedOriISIMedOriISI/MedOriCrescimento EDUCAÇÃO FÍSICA882600, ,6446,88 ENFERMAGEM423930, ,245,00 FARMÁCIA , ,9538,64 MEDICINA I , ,0435,89 MEDICINA II , ,4139,88 MEDICINA III , ,9641,33 ODONTOLOGIA , ,1762,39 SAÚDE COLETIVA , ,4324,48

23 Número de Artigos e Citações do Brasil por Área JCR Número de Artigos e Citações do Brasil por Área JCR ClinMed Física Quimica Bio/Bioqu Neurociência

24

25

26

27 PPG Pq/Psicobio/SaudMental Mari, Bressan & Miguel, Br J Psych 2004

28 Artigos ISI IES Programa Total UFPE NEUROPSIQUIATRIA UFRGS PSIQUIATRIA UFRJ PSIQ., PSICAN., S. MENT UFRN PSICOBIOLOGIA UNIFESP PSICOBIOLOGIA UNIFESP PSIQ, PSICOL MED USP PSIQUIATRIA USP/RP MEDICINA (S. MENT.) USP/RP PSICOBIOLOGIA Total

29 Artigos 1998 – 2002 Mari, Bressan & Miguel, Br J Psych 2004

30 Índice de Produtividade Produção Intelectual Produção Intelectual total do programa Total INT A+B/NRD6

31 Índice de Produtividade Formação de Recursos Humanos Número de Mestres e Doutores Formados no Período pelo Número de NRD6 Total M+D/NRD6

32 Coeficiente de Boa Produção, Índice Total de Produtividade e Porcentagem de Docentes para Nota 6 (Seis)

33 Coeficientes de boa produtividade obtido pelos programas com melhor desempenho do Comitê de Medicina II

34 Porcentagem dos docentes com qualificação para conceito 6 (seis) obtida pelos programas com melhor desempenho do Comitê de Medicina II.

35 Soma dos escores de produtividade geral e de artigos e da porcentagem de docentes NRD6 com qualificação para conceito 6(Seis).

36 Conclusões É bem verdade que ao longo desses mais de 30 anos de pós-graduação, um grande número de soluções criativas foram encontradas de maneira que vemos, por todo o país, programas de pós- graduação de bom nível. O sistema de avaliação e seu progressivo aprimoramento tem contribuído sobremaneira para o incremento da produção científica de qualidade no país.

37 Avaliação do Qualis A classificação das revistas deveria ser baseada no seu nível de indexação, tendo-se como pressuposto, uma hierarquização dos Bancos de Dados de Literatura. As revistas brasileiras que não integram o Scielo não deveriam ser classificadas como Internacional C.

38 Conclusões Com a valorização da produção científica no país, houve uma maior disponibilidade de artigos científicos de bom nível, refletindo na melhora da qualidade das revistas científicas brasileiras. O número de revistas na base Medline práticamente duplicou: em 2001 havia 15 títulos brasileiros e em 2005 são 30 títulos na base Medline.

39 Conclusões A avaliação Capes ao hierarquizar a produção científica através dos bancos de literatura, tem contribúido para que os editores de revistas científicas busquem um melhor nível de indexação de revistas, provendo maior visibilidade da ciência produzida na área da saúde no país.

40 Conclusões Em todas as áreas de ciência básica a pesquisa é executada essencialmente nas Universidades Públicas e nos institutos de pesquisa, está intimamente relacionada aos programas de pós graduação existentes no país e depende de verbas individuais ou institucionais concedidas por agências de fomento federais, estaduais ou internacionais

41 The Growing Competition in Brazilian Science The discrepancy between the scarcity of funds and the need for publication is leading to the publish or perish condition experienced in the USA during the seventies, with the difference that in the USA this occurred at a time when science was well established, while in Brazil it is taking place at an early stage of its scientific development. Thus, if this pattern is not reversed in the near future, Brazilian science may go from growth to decay without ever realizing its full potential. De Meis et al. (2003). The growing competition in Brazilian science: rites of passage, stress and burnout. Braz J Med Biol Res, 36;(9):


Carregar ppt "O Impacto da Avaliação Capes na Produção Científica e Qualidade das Revistas Brasileiras na Área Médica Prof. Dr. Jair de Jesus Mari Prof. Dr. Jair de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google