A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO INTERNET.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO INTERNET."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO INTERNET

2 Internet Criação Páginas Dream Weaver Macromedia Aspectos Genéricos Unidade 2 INTERNET

3 Aspectos Genéricos HistóriaServiçosEndereçosBrowserDefinição INTERNET Unidade 2 INTERNET

4 DEFINIÇÃO INTERNET é definida como diversas redes de computadores ligadas umas às outras. É considerada, uma rede de redes, formada por redes universitárias, comerciais, militares e científicas, ligando computadores do mundo inteiro. INTERNET REDE GLOBAL DE COMPUTADORES ASPECTOS GENÉRICOS

5 BREVE HISTÓRIA Internet não foi "planeada". Não houve nenhum grupo de pessoas que se sentou a uma mesa e disse "vamos criar a Internet". Para perceber como nasceu a Internet temos que recuar no tempo: em 1957, a União Soviética lançou para o espaço o primeiro satélite, o que causou bastante azáfama junto dos Estados Unidos. Parte da resposta americana ao avanço tecnológico da União Soviética foi a criação do "Advanced Research Projects Agency" (Agência de Projectos de Investigação Avançada). No final dos anos 60, esta agência criou uma rede experimental chamada ARPANET, que utilizava uma tecnologia chamada 'packet switching' (troca de pacotes) para o transporte de informação, tecnologia esta que é a base do que hoje conhecemos por Internet. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

6 BREVE HISTÓRIA (cont.) A tecnologia 'packet switching' funciona da seguinte forma : Quando um dos computadores desta rede quer enviar informação a outro computador, divide essa informação em diversos pacotes, e em vez de estabelecer uma ligação directa ao computador de destino, envia os pacotes para o computador mais perto de si, com a indicação em cada pacote do computador remetente e o computador destinatário. Os pacotes viajam pelos computadores que estão ligados entre si, e cada computador encarrega-se de enviar os pacotes pelo caminho mais curto disponível até ao destino. A grande vantagem deste sistema era o facto de ser à prova de ataque, porque se parte do sistema fosse inutilizado, a rede era inteligente o suficiente para enviar a informação através das linhas e computadores ainda disponíveis INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

7 BREVE HISTÓRIA (cont.) Os correios (CTT) funcionam de uma forma semelhante: ao colocar uma carta (pacote) no correio ela tem o endereço de destino mas não é enviada directamente para casa do destinatário. Primeiro a carta é recolhida pelos funcionários do posto local, é enviada para o posto mais próximo do destinatário e de seguida é levada pelo carteiro até à casa do destinatário. Se o posto de correios mais próximo do destinatário estiver "fechado" a carta é enviada para o posto imediatamente anterior e distribuído a partir daí. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

8 BREVE HISTÓRIA (cont.) Naquela altura, apenas organismos militares e grandes universidades estavam ligados entre si pela ARPANET, mas a rede foi crescendo, e com o tempo foi permitida a entrada de empresas. Outras redes mais pequenas foram-se ligando também a outros computadores desta rede, formando um conjunto de redes de computadores ligadas entre si, a que hoje chamamos de INTERNET. Assim, a INTERNET não tem nenhum ponto central, nem é gerida por ninguém, é apenas um conjunto de redes de computadores ligadas entre si, que utilizam a mesma tecnologia para enviar e receber informação. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

9 BREVE HISTÓRIA (cont.) O (correio electrónico) foi o primeiro "serviço" a ser inventado, em 1972, embora demorasse algum tempo até que a sua utilidade fosse totalmente compreendida. É de notar que o conceito de páginas web (a face mais visível e mais mediática da Internet) apenas foi inventado em 1993, e foi esta tecnologia utilizada na Internet a responsável pela verdadeira explosão de número de utilizadores, número de computadores, e redes ligadas. Até essa altura, os utilizadores da Internet apenas trocavam , descarregavam ficheiros e utilizavam serviços baseados em texto, hoje em dia pouco conhecidos. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

10 BREVE HISTÓRIA (cont.) E como nasceu a tecnologia que serviu de base para a criação das páginas web? Em 1992, no CERN - Laboratório Europeu de Física de Partículas, na Suíça, um cientista chamado Tim Berners-Lee inventou uma forma de disponibilizar páginas de texto com 'links' onde se podia clicar para saltar para outras páginas. Lee desenvolveu este método de navegação na informação porque queria ter a possibilidade de obter mais informação sobre um dado termo ou tópico presente num texto, quando necessário.CERN INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

11 BREVE HISTÓRIA (cont.) Em 1993 Marc Andreessen e os seus colegas de trabalho no NCSA - National Center for Supercomputing Applications (Centro Nacional para Aplicações de Super-computação), criaram o primeiro BROWSER - programa para navegar nas páginas web, chamado MOSAIC.MOSAIC O resto da história é já conhecida por muitos: O Mosaic foi evoluindo, e quando Marc Andreessen fundou uma pequena empresa chamada Netscape para desenvolver um 'browser' mais robusto, o crescimento e evolução da web tomou proporções verdadeiramente incríveis, e com o crescimento da web, cresceu também, a um ritmo alucinante, o número de utilizadores de Internet. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

12 SERVIÇOS Quando se liga o computador à Internet, através de um fornecedor de acesso à Internet, nada de especial acontece. Para tirar partido da ligação à Internet tem que usar um dos serviços disponíveis através desta "rede das redes", ou seja, tem que utilizar um programa para ver páginas web (programa a que se dá o nome de browser), ou um para enviar e receber mensagens de correio electrónico, ou um para conversar em tempo real com outras pessoas, etc. Com a rede telefónica acontece a mesma coisa, o simples facto do seu telefone estar ligado à ficha telefónica não é nada de especial, para que o telefone lhe seja útil terá que o utilizar para fazer ou receber chamadas. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

13 SERVIÇOS INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS Serviços E- mail ICQIRCWebFTP

14 SERVIÇOS - O que é o ? O , também conhecido por correio electrónico, é o envio e recepção de mensagens electrónicas através de um programa apropriado. Para enviar uma mensagem para um amigo que possui um endereço de correio electrónico, basta utilizar um programa de (por exemplo o Outlook Express que pertence ao pacote de programas incluídos no Internet Explorer) e digitar o endereço do destinatário, o assunto e o texto da mensagem. Quando se efectua o envio da mensagem, ela demora, normalmente, poucos segundos a chegar à "caixa" de do destinatário. Da próxima vez que o destinatário se ligar à Internet e verificar a caixa de , recebe a mensagem. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

15 SERVIÇOS - WEB A esta altura deve estar a estranhar a quantidade de termos diferentes para explicar "web". Para tirar as dúvidas aqui está uma breve síntese dos termos: - Web é o termo utilizado quando nos referimos à imensidão de páginas existentes em toda a Internet; - Página web é o termo utilizado para nos referirmos a uma determinada página; - Web site, também conhecido por "sítio" ou "sítio web" é o conjunto de páginas web num determinado endereço. Por exemplo: todas as páginas web do Clix formam um web site porque estão todas alojadas no endereço do Clix, que é o INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

16 SERVIÇOS - WEB Para ver páginas web e para "saltar" de página em página, o mais provável é estar a utilizar o Microsoft Internet Explorer ou o Netscape Navigator, programas aos quais se dá o nome genérico de browser. A Web é o segundo serviço mais utilizado em toda a Internet (logo a seguir ao ) e muitas pessoas confundem a web com a Internet, isto é, pensam que as páginas web são "A Internet" quando na realidade a web é apenas um dos serviços disponíveis através da Internet. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

17 SERVIÇOS - IRC O IRC (Internet Relay Chat) é o serviço que permite conversar com outros utilizadores em tempo real, em modo de texto. Ao utilizar um programa para este tipo de serviços (por exemplo o mirc) pode escolher um de muitos servidores de conversa disponíveis, um "nick" (pseudónimo) que pode ser o seu nome verdadeiro ou um nome inventado, e de seguida escolher um dos muitos canais (também chamados de salas) para conversar com os utilizadores que aí estiverem presentes. Tudo aquilo que escrever numa determinada sala pode ser lido pelos utilizadores da sala, e tudo aquilo que os outros utilizadores escreverem pode ser lido por si. É ainda possível conversar em privado com um só utilizador. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

18 SERVIÇOS - ICQ ICQ é o programa mais popular utilizado para um serviço que ainda não tem um nome consensual. Alguns chamam a este serviço "mensagens instantâneas", outros chamam-lhe "listas de amigos", outros chamam-lhe mesmo "ICQ", embora existam outros programas com nomes diferentes que fazem a mesma coisa. O ICQ permite-lhe definir uma lista de amigos e verificar, sempre que está ligado à Internet, quais dos seus amigos estão ligados (online). O ICQ permite ainda enviar mensagens "instantâneas" sem recorrer ao . O único inconveniente é a necessidade dos seus amigos utilizarem também o ICQ. Enquanto está ligado à Internet o ICQ fica sob a forma de uma pequena flor ao lado do relógio que está, normalmente, no canto inferior direito do ecrã. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

19 SERVIÇOS - FTP O uso do protocolo FTP permite a transferência de ficheiros de uma forma eficiente e segura. A transferência pode ser efectuada em qualquer direcção. No entanto, do lado do servidor existem as restrições do espaço disponível e dos directórios e ficheiros a que se tem acesso. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS SERVIÇOS

20 BROWSER O que é, e como usar o browser? O browser é o programa que permite navegar na web e, tal como outros, reside no disco rígido do seu computador. Vamos olhar com mais atenção para os botões e menus do browser, tomando como exemplo o Internet Explorer 5 versão Portuguesa: Na parte superior do ecrã podemos ver a barra de menus (Ficheiro, Editar, Ver, Favoritos, Ferramentas e Ajuda) a barra de botões (Retroceder, Avançar, Parar, Actualizar, Home Page, Procurar, Favoritos, Histórico, Correio, Imprimir e Editar) e a caixa Endereço. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

21 BROWSER (cont.) Na barra de menus há a destacar: Menu Ficheiro, permite, entre outras coisas, abrir uma nova janela do browser, gravar a página actual para o disco rígido ou imprimi-la. Menu Favoritos, permite adicionar a página que se está a ver no momento à sua lista de favoritos e consultar os web sites adicionados anteriormente. Menu Ferramentas, permite aceder ao Windows Update, o web site da Microsoft, que actualiza os componentes do Windows, e às Opções da Internet onde é possível alterar as configurações do Internet Explorer. Menu Ajuda, permite obter mais informações sobre todas as funções do Internet Explorer. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

22 BROWSER (cont.) Na barra de botões temos: O botão retroceder, permite voltar à página visitada imediatamente antes daquela que está a ver. botão avançar, coloca-o na página seguinte, mas este botão só funcionará se tiver utilizado antes, o botão retroceder. O botão Parar, suspende o carregamento da página, muito útil quando a página demora muito tempo a carregar. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

23 BROWSER (cont.) O botão actualizar, recarrega a página que está a ver no momento. O botão Home Page, leva-o para a página definida como inicial no Internet Explorer, aquela que carrega quando abre o seu "browser". O botão procurar, abre uma coluna na parte esquerda do ecrã que lhe permite efectuar buscas, através de web sites especiais de pesquisa na internet, conhecidos como motores de busca. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

24 BROWSER (cont.) O botão favoritos, abre uma coluna na parte esquerda do ecrã que lhe mostra a lista de web sites incluídos na sua lista de favoritos. O botão Histórico, abre uma coluna na parte esquerda do ecrã que lhe mostra uma lista das páginas que já visitou, organizada por datas. O botão correio, mostra uma lista de opções que permitem abrir o Outlook Express, um programa de correio electrónico, para ler e enviar mensagens ou participar em newsgroups. O botão Imprimir, permite-lhe imprimir a página que está a ver no momento. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

25 BROWSER (cont.) Na caixa Endereço pode digitar a morada da página web que pretende visitar. Depois de ter escrito, basta carregar em "Enter" ou clicar em "ir para". INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS Se utilizar a pequena seta que se encontra no final da caixa Endereço, aparece a lista de páginas web visitadas recentemente.

26 ENDEREÇOS Um endereço completo começa sempre por (por exemplo mas hoje em dia qualquer browser (incluindo o Internet Explorer) aceita que o utilizador digite apenas pois este adiciona automaticamente o INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS Para perceber as várias "partes" de um endereço vamos tomar em conta o seguinte endereço:

27 ENDEREÇOS Esta é a primeira parte do endereço e também a mais técnica. http (Hypertext Transfer Protocol) é o "protocolo (serviço), que queremos utilizar. Para simplificar vamos dizer que é uma "ordem" ao browser para abrir o resto do endereço como uma página web. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

28 ENDEREÇOS Esta é a parte que indica o nome do "servidor", ou seja o nome do computador onde estão alojadas as páginas web. A terminação (.pt) indica que o endereço do computador está registado em Portugal. Quando um endereço contém um nome terminado em.fr (por exemplo significa que está registado em França. Um nome como ".com" (por exemplo CNN.com), ao contrário dos anteriores, não indica o nome de um país, é uma designação que quer dizer "comercial". A maior parte dos países utiliza endereços terminados em siglas que significam nomes de países, mas os norte-americanos utilizam normalmente o.com, o que o tornou muito vulgar.CNN.com INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

29 ENDEREÇOS /index.html a barra (/) serve para separar o nome do servidor do nome da página web, ou seja, index.html é o nome do ficheiro que contém a página web. INTERNET ASPECTOS GENÉRICOS

30 Criação Páginas Como Começar? EtapasApresentação INTERNET Unidade 2 INTERNET

31 Como começar INTERNET Criação de páginas Para que um site tenha sucesso é necessário um correcto planeamento do mesmo. Todos os aspectos de desenho de um site devem ser pensados de forma a concretizar o seu objectivo e de forma a adequar-se ao perfil dos utilizadores. Por muito que se deseje, o site não é procurado/pretendido por todo o público. Devem encontra-se respostas par as seguintes questões: -Qual a audiência principal do site? -Que tipo de imagens ou de gráficos irá apreciar o público alvo? -Qual será a melhor forma da audiência aceder à informação? Através de frames? Através da navegação de texto? Através da navegação por imagens? framestextoimagens -Qual será a melhor forma de atrair/dar a conhecer a informação à audiência alvo?

32 ETAPAS no desenvolvimento de sites web O desenvolvimento de um site web deve seguir algumas etapas distintas: 1.Definir uma estratégia e identificar os objectivos para o site; 2.Desenvolver o site de modo a que se aproxime o mais possível do site anteriormente planeado e definido; 3.Realização de testes, nos quais a funcionalidade do site é posta à prova. Estes testes deverão realizados antes e depois do site ser publicado; 4.Realização de actualizações periódicas ao conteúdo do site INTERNET Criação de páginas

33 Apresentação de Páginas web INTERNET Criação de páginas Apresentação Páginas web LayoutDimensões Cabeçalhos e rodapés TextoGráficosNavegação

34 Layout (cores) INTERNET Criação de páginas O desenho do layout de uma página é uma forma de gerir e organizar a informação, utilizando ferramentas como a tipografia e a ilustração, de modo a conduzir a atenção do leitor através da página. Apresentação de páginas Cores - Background não deve distrair a atenção do utilizador, por isso deve estar com uma cor suave, de preferência tons de pastel; - Estudos revelam que fundo escuro dificulta a legibilidade; - A utilização de um grande número de cores, em especial cores fortes, também contribui para prejudicar a legibilidade; - Evitar cores incandescentes

35 Layout (tabelas) INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Tabelas São actualmente a opção mais flexível da linguagem HTM para disposição dos vários elementos numa página. O comportamento de uma tabela depende da forma como as células foram definidas. FIXED: A tabela aparece sempre do mesmo tamanho no browser (exemplo)exemplo AUTOSTRETCH: As dimensões da tabela irão ficar ajustadas ao tamanho da janela do browser.

36 Layout (frames) INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Frames Uma página com frames, tem a função de dividir a janela do browser em várias áreas, onde cada uma dessas áreas é uma pagina diferente, possibilitando a visualização de várias páginas web num só ecrã (exemplo)exemplo Desvantagens das frames: -Mais demora no download das páginas (4 frames = 4 páginas); -O botão back do browser não tema a funcionalidade habitual; -Se pretender-mos imprimir uma página que contenha frames, existe alguma dificuldade em seleccionar a frame que se deseja imprimir; -Ao utilizar frames, se mal dimensionadas, irá obrigar o utilizador a efectuar vários deslocamentos com as barras de scroll

37 Layout (frames) INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Frames Muito úteis em sites cujo conteúdo é alterado constantemente, uma vez que basta para o efeito alterar o ficheiro correspondente à frame que se pretende ver alterada. Frame 3 / Pág. W

38 Dimensões INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Para determinar a dimensão de uma página é necessário ter em conta alguns factores: -A relação entre a página e a resolução do monitor; -A necessidade de a página ser ou não impressa. Actualmente o mais comum é 800X600 Para impressão : largura de 550 pixels

39 Cabeçalhos e Rodapés INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Cada página de um website possui um identidade própria embora faça parte de um todo. É necessário que alguma informação acompanhe todas as páginas de um website. Exemplo de informação - Inclusão do copyright - Nome do autor - Endereço de mail - Data da última actualização (DIA de MÊS de ANO) 27 de Outubro de 2003

40 Cabeçalhos e Rodapés INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Cabeçalhos Colocado de forma cuidada uma vez que é a primeira informação a ser visualizada. Regra: incluir no topo a data de actualização Com a leitura do cabeçalho o utilizador deverá ficar a saber se é a página que procura e se contém a informação de que necessita.

41 Cabeçalhos e Rodapés INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Rodapés Fornecem informações após leitura da página, como: -Morada -Telefone -Fax da organização - -Endereço completo da página para futuras visitas -Um link para o topo da página no caso de serem longas -...

42 Texto INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas TEXTO -Legibilidade -Tipo de letra e dimensão -Não utilizar mais do que dois ou três tipos de letras por página Fontes: Arial, Times New Roman,... Tamanho: 10 a 14

43 Gráficos INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Apresentar informação sob a forma gráfica é um dos modos mais eficazes para captar a atenção do utilizador. No entanto, é necessário ter alguns cuidados: - Velocidade de carregamento das páginas - Dimensão dos gráficos (não exceder os 595X295) - Paleta de cores (os browsers minimizam o número de cores para 256)

44 Gráficos INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Formato dos ficheiros: GIF (Graphics Information File) JPG ou JPEG (Joint Picture/Photographic Experts Group) PNG (Portable Network Graphics)

45 Gráficos (cont) INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas GIF Aconselhável para a maioria dos elementos da página, desde que sejam simples e possuam poucas cores JPG ou JPEG É um dos mais utilizados na web por minimizar a dimensão dos ficheiros gráficos, daí ser aconselhado para fotografias, ilustrações médicas, fotografias de arte e outros tipos de imagens complexos

46 Gráficos (cont) INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Localização/Função dos gráficos na página: Inline -É mostrada directamente na página -Tamanho inferior a 45Kb -Dimensões inferiores a 535X295 pixels Linked -Todas as imagens que não se encontram com os tamanhos definidos Thumbail -São versões miniatura de imagem que excedem os limites para poderem ser consideradas inline. -São utilizados como links para as imagens com maior dimensão

47 Navegação INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Num site bem organizado a navegação é intuitiva e coerente ao longo das diferentes páginas. Em cada página deve-se saber responder a duas questões: Onde estou? Para onde posso ir? BARRA DE NAVEGAÇÃO Localização: Topo, rodapé ou laterais Simples e concisa Alinhada, destacada e visualmente agradável

48 Navegação INTERNET Criação de páginas Apresentação de páginas Imagemaps -É uma imagem para o qual estão definidos vários links, correspondendo a cada um deles um área da imagem; -Aqui é aconselhável a utilização de etiquetas; -Especial cuidado na sobreposição das áreas seleccionadas -Exemplo :


Carregar ppt "INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO INTERNET."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google