A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE Quais as principais fontes de poluição? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE Quais as principais fontes de poluição? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE."— Transcrição da apresentação:

1

2 Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

3

4 Quais as principais fontes de poluição? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

5 Quais são os principais impactes da actividade humana no ambiente? PoluiçãoContaminação Presença de compostos em concentrações superiores às normais, podendo derivar de fontes naturais (vulcões, etc.). Poluentes/Contaminantes Introdução de substâncias ou energia (poluição térmica) pelo Homem que afectam de uma forma directa ou indirecta os organismos e a saúde humana. São degradados pelos decompositores e saprófitas, não se acumulando nos ecossistemas por longos períodos de tempo. Compostos biodegradáveis

6 Esses compostos são transmitidos ao longo das cadeias alimentares e a sua acumulação provoca o aparecimento de patologias. Bioampliação Muitos compostos tóxicos acumulam-se no organismo (metais pesados, etc.). Bioacumulação Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

7 Na maioria das situações, os sintomas só aparecem quando os poluentes estão em elevadas concentrações. Toxicidade Definida pela dose letal (quantidade de composto tóxico que provoca a morte a 50% de uma dada população de organismos). Depende da: frequência duração da exposição Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

8 A contaminação e poluição afectam os seres humanos e podem ter vários efeitos. Efeitos graduais, durante um longo período de tempo. Efeito com reacção rápida e geralmente pouco demorada. Crónicos Agudos Os poluentes podem classificar-se em três categorias. Cancerígeno Teratogénico Mutagénico Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

9 Quais os principais impactes da actividade humana nos solos? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

10 Quais os principais impactes da actividade humana na água? A poluição da água, elemento fundamental à vida, é extremamente grave. Eutrofização (natural e cultural) O aumento de nutrientes – descarga orgânica – provoca o desenvolvimento de microrganismos decompositores que consomem o oxigénio, aumentando a Carência Bioquímica de Oxigénio (CBO). Os cursos de água recuperam após a descarga, com restabelecimento da maioria das populações de organismos. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

11 As plantas em profundidade não recebem luz. FitoplânctonTurbaçãoNutrientes Fotossíntese Oxigénio Alimento Em profundidade aumenta a CBO, principalmente em cursos de água com corrente fraca (lagos, rios, etc.). Ocorre a deposição de sedimentos resultantes da morte de muitos organismos. Combate à eutrofização: tratamentos químicos, remoção de plantas, dragagens de sedimentos, etc. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

12 Quais as principais fontes dos contaminantes atmosféricos? Os contaminantes podem ser divididos em duas classes: Secundários Primários A queima dos combustíveis fósseis (derivados do petróleo) pelos veículos motorizados, ou pela indústria (produção de energia) é a principal fonte de poluição atmosférica. Resultam directamente da combustão ou evaporação dos combustíveis fósseis, ou de fontes naturais (vulcões, etc.). Resultam da reacção dos contaminantes primários na atmosfera, pela acção da luz solar. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

13 Qual a origem das chuvas ácidas? Compostos químicos como óxidos de enxofre e de azoto combinam-se com a água dando origem a precipitações ácidas. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

14 A acidez das precipitações provoca uma dissolução do alumínio no solo, que se torna tóxico em elevadas concentrações, além de afectar o desenvolvimento das plantas (pode provocar a sua morte). Quais os principais impactes das chuvas ácidas? O pH reduzido afecta o desenvolvimento dos organismos, principalmente ao nível dos processos reprodutivos. Ocorre a lixiviação de metais pesados e outros poluentes. As emissões gasosas provocam um aumento da acidez das precipitações (água, neve, etc.), que afectam globalmente os ecossistemas. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

15 Quais as implicações da poluição atmosférica no Efeito de Estufa? A concentração dos gases de estufa variou ao longo do tempo, com implicações no nível das águas do mar e no clima do planeta. O CO 2 e outros gases de estufa reflectem os raios infravermelhos em direcção à Terra funcionando como uma estufa. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

16 Quais as causas e consequências do aquecimento global? O aumento da emissão de gases com efeito de estufa provoca um aumento da temperatura média do planeta, com impactes ao nível do clima e dos ecossistemas. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

17 Quais os impactes da poluição na camada de ozono? O ozono é fundamental para impedir a passagem da maioria das radiações Ultra-Violeta (UV). A diminuição da camada de ozono implica um aumento do número de mutações que podem originar cancros de pele, etc. Os átomos de cloro libertados dos CFC reagem com o ozono formando monóxido de cloro e oxigénio molecular. Os buracos de ozono são mais visíveis nas zonas polares. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

18 Embora a camada de ozono na estratosfera se encontre em regressão, na troposfera tem aumentado a concentração de ozono: O ozono é um gás muito tóxico para os organismos e afecta os indivíduos (principalmente os que têm problemas respiratórios). Resulta da poluição e de reacções atmosféricas. Os tratados internacionais são essenciais para controlar a emissão de ozono. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

19 Como tratar os resíduos líquidos produzidos pela actividade Humana? As ETARs são Estações de Tratamento de Águas Residuais, que permitem remover: nutrientes em excesso, microrganismos e resíduos sólidos, etc. Como funciona uma ETAR? Tratamento preliminar Tratamento primário Tratamento secundário Tratamento terciário Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

20 Tratamento preliminar Visa eliminar os resíduos sólidos de grandes dimensões, quando estes passam por tapetes e crivos. Os resíduos podem ser encaminhados para uma incineradora, para serem eliminados. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

21 Tratamento primário O tanque de sedimentação contém um conjunto de braços giratórios que visam separar a Matéria orgânica. No tratamento primário ocorre separação de materiais gordurosos (óleos, etc.). Os materiais sólidos recolhidos do fundo do tanque designam-se por lamas em bruto. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

22 Tratamento secundário O arejamento é essencial na manutenção dos níveis de O 2 para que ocorra uma decomposição eficiente, sem maus odores. O tratamento secundário visa a eliminação de parte da matéria orgânica, pela acção de decompositores e saprófitas. Os microrganismos depositam-se no fundo do tanque, sendo bombeados novamente para o sistema, entrando como lodos activados. Alguns sólidos e microrganismos são adicionados às lamas brutas. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

23 Tratamento terciário Ocorre uma série de reacções com intervenção de microrganismos, convertendo-os em compostos insolúveis ou gases, que facilmente se separam da água em tratamento. No tratamento terciário ocorre uma separação biológica dos nutrientes, evitando fenómenos de eutrofização. Os organismos em excesso, e o material que sedimenta adicionam-se às lamas. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

24 Que destino pode ser dado produzidas na ETAR? As lamas brutas são focos de contaminação, quando despejadas no meio ambiente. Elas podem ser convertidas em fertilizantes para a agricultura. Preparação de compostos Pasteurização (secagem) Estabilização com cal Digestão anaeróbia Estes tratamentos possibilitam a aplicação das lamas sob a forma de fertilizantes (no estado líquido ou sólido). Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

25 Como tratar os resíduos sólidos urbanos (RSU)? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

26 Os aterros sanitários permitem armazenar os resíduos sólidos urbanos. Evitam a contaminação dos recursos de água dos solos por lixiviação de compostos perigosos. Permitem aproveitar o gás resultante dos processos de decomposição, como por exemplo, o metano. Aproveitamento dos espaços para lazer, após o preenchimento completo dos depósitos. Constituem uma alternativa às lixeiras a céu aberto, altamente poluentes e sem controlo. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

27 Resíduos perigosos ou nas regiões urbanas, quando existem elevadas quantidades de resíduos. Co-incineração em fornos de indústrias, como por exemplo, as cimenteiras. Permite reduzir a quantidade de resíduos, produzir energia e controlar e emissão de gases. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

28 Que alternativas existem para diminuir os impactes da produção de resíduos? Diminuir o consumo humano, para diminuir a exploração de recursos naturais (matérias-primas). Estas medidas ficaram conhecidas como a política dos 3R. Reduzir Reutilizar Reciclar Aproveitar alguns compostos para novas aplicações, evitando a acumulação de resíduos, e o gasto excessivo de recursos. Produzir novas matérias a partir dos resíduos, diminuindo o impacte ambiental da actividade humana. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE

29 Que alternativas existem para diminuir os impactes da produção de resíduos? Compostagem Permite aproveitar os materiais biodegradáveis. Baseia-se na decomposição dos materiais, formando fertilizantes. Economicamente pouco dispendioso e ambientalmente vantajoso. Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE


Carregar ppt "Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE Quais as principais fontes de poluição? Unidade 5 – PRESERVAR E RECUPERAR O AMBIENTE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google