A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LINF. B T BFU- E CFU- E IL-3 Epo PE EB EPEO Eritrócito Mk TPO Plaquetas CFU-GM GranulócitosMonócito Self-renewal PSC Mk GM-CSF G-CSFM-CSF Epo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LINF. B T BFU- E CFU- E IL-3 Epo PE EB EPEO Eritrócito Mk TPO Plaquetas CFU-GM GranulócitosMonócito Self-renewal PSC Mk GM-CSF G-CSFM-CSF Epo."— Transcrição da apresentação:

1 LINF. B T BFU- E CFU- E IL-3 Epo PE EB EPEO Eritrócito Mk TPO Plaquetas CFU-GM GranulócitosMonócito Self-renewal PSC Mk GM-CSF G-CSFM-CSF Epo

2 Glicina Succinil-CoA -ALA -ALA-sintetase Porfobilinogénio Uro III Copro III Protoporfirina Fe +++ -Transferrina Fe ++ HEME Genes ( ) mRNA Globinas ( ) HEMOGLOBINA Hemesintetase

3 HEMOGLOBINA HH HH SRE Globinas A.A. Ureia Fe +++ Ferritina Protoporfirina Biliverdina CO Pulmões BILIRRUBINA conjugação hepática urobilinogénio coprobilinogénio Plasma Haptoglobina

4 SEMIOLOGIA DA ANEMIA SINTOMAS INESPECÍFICOS Fadiga Dispneia Taquicardia, palpitações Cefaleias, tonturas Vertigens, tinitos Síncope Irritabilidade, insónias, dificuldade de concentração Isquemia cerebral transitória, claudicação intermitente

5 SEMIOLOGIA DA ANEMIA - II SINTOMAS RELACIONADOS COM OS MECANISMOS DE COMPENSAÇÃO Insuficiência cardíaca, angor (> trabalho cardíaco) Aumento da sensibilidade ao frio (< fluxo cutâneo) Anorexia, náuseas, irregularidades do trânsito intestinal (< fluxo no aparelho digestivo)

6 SEMIOLOGIA DA ANEMIA - III SINAIS Palidez Taquicardia > diferencial da T.A. Sopro sistólico de ejecção SINAIS DE ANEMIA HEMOLÍTICA Icterícia Esplenomegalia Litíase biliar Dores ósseas Úlceras de perna

7 PAPEL DA HISTÓRIA PESSOAL E FAMILIAR Hereditariedade (autossómica, X-linked) Infecções, outras doenças, sintomatologia prévia Hábitos alimentares, etílicos, etc Exposição profissional ou em hobbies Viagens, residência noutros países Comportamento sexual Fármacos em uso

8 BASES DO DIAGNÓSTICO HEMATOLÓGICO A)CLÍNICA B)HEMOGRAMA C)RETICULÓCITOS D)SOBREVIDA ERITROCITÁRIA ( 51 Cr) E)BILIRRUBINAS, HAPTOGLOBINA, HEMOSIDERINÚRIA, LDH F)MIELOGRAMA

9 HEMOGRAMA PARÂMETROS Hb (g/dl) Hematócrito/VG ( l/l ) Nº eritrócitos (10 12 /l) VGM (fl) = VG/nº E HGM (pg) = Hb/nº E CHGM (g/dl) = Hb/VG

10 HEMOGRAMA - II ESFREGAÇO Anisocitose, poiquilocitose Macrocitose, macrovalocitose Microcitose, hipocromia, células em alvo Policromatofilia, pontuado basófilo fino, corpos de Howell-Jolly Esferócitos (micro), eliptócitos, equinócitos, estomatócitos Células falciformes Dacriócitos (tear drop cells), eritroblastos circulantes Acantócitos (células em espora) Esquizócitos, fragmentação eritrocitária, burr cells Corpos de Heinz Pontuado basófilo grosso, corpos de Pappenheimer, inclusões de Hb C, grânulos sideróticos Rouleaux

11 RETICULÓCITOS Normal = x 10 9 /l Taxa ou Índice (corrigido)= % de reticulócitos x VG/0.45 : life span periférico (N = 1 d; VG 0.35 = 1.5 d; VG 0.25 = 2 d; VG 0.15 = 2.5 d) Índice normal = / Reticulócitos aumentados = destruição periférica ou perda Reticulócitos diminuidos = produção insuficiente

12 MIELOGRAMA Densidade celular, relação M:E Desvio à esquerda Assincronismo maturativo núcleo/citoplasmático Hemoglobinização deficiente Diseritropoiese (anomalias mitóticas, E. multinucleados, cariorrexis) Anomalias das outras linhas e presença de elementos anormais Ferro medular (r. de Perles) : Fe reticular e nos eritroblastos (sideroblastos) Ausência (diminuição nos 2 compartimentos) Fe nos macrófagos Sideroblastos em anel

13 CLASSIFICAÇÃO ETIOPATOGÉNICA DAS ANEMIAS - I A)Expoliativas B)Por diminuição da produção medular 1) Defeito da PSC (ou da SC eritroide) Insuficiência dos factores estimulantes da eritropoiese Deficiência do microambiente hematopoiético 2) Ocupação da M.O. 3) Diseritropoiese - congénitas - anomalias da síntese dos ácidos nucleicos - anomalias da síntese do heme - anomalias da síntese das globinas

14 CLASSIFICAÇÃO ETIOPATOGÉNICA DAS ANEMIAS - II C) Por diminuição da sobrevida eritrocitária/aumento da destruição periférica 1) Alteração primária da membrana (Esferocitose e eliptocitose hereditárias, HPN) 2) Alteração secundária da membrana – de causa - tóxica - metabólica - deficiência do metabolismo energético e oxi-redox - imunes - hemoglobinopatias (talassémias, variantes estruturais) 3) Alteração exterior ao GR - hiperesplenismo - anemias microangiopáticas

15 ANEMIAS HEMOLÍTICAS Aumento da destruição periférica de GR Dimimuição da sobrevida eritrocitária Aumento compensador da eritropoiese

16 ANEMIAS HEMOLÍTICAS QUADRO CLÍNICO A)Dependente da anemia (palidez, astenia, etc) B)Dependente do aumento de destruição - icterícia - urina escura - cálculos biliares - esplenomegalia C) Dependente do aumento de produção medular - expansão dos ossos longos - aumento da cavidade medular D) Outros - úlceras de perna - crises aplásticas - deficiência de folatos

17 ANEMIAS HEMOLÍTICAS QUADRO LABORATORIAL A) Dependente do aumento de destruição - aumento da bilirrubina (livre), do urobilinogénio urinário e do estercobilinogénio fecal; diminuição da haptoglobina B) Dependente do aumento de produção - reticulocitose, policromatofilia, corpos de Howell-Jolly, pontuado basófilo fino, eritroblastos circulantes; alterações radiográficas ósseas C) Alterações morfológicas da célula vermelha - microsferócitos, fragmentação, contracção, outras formas anormais; corpos de Heinz D) Diminuição da sobrevida eritrocitária ( 51 Cr) E) Se houver hemólise intravascular - hemoglobinémia, hemoglobinúria, hemosiderinúria, metalbuminémia


Carregar ppt "LINF. B T BFU- E CFU- E IL-3 Epo PE EB EPEO Eritrócito Mk TPO Plaquetas CFU-GM GranulócitosMonócito Self-renewal PSC Mk GM-CSF G-CSFM-CSF Epo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google