A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1ª aula Necessidades orgânicas. 2 partes de 60. Energia: cálculo de necessidades Média - 2 DP + 2 DP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1ª aula Necessidades orgânicas. 2 partes de 60. Energia: cálculo de necessidades Média - 2 DP + 2 DP."— Transcrição da apresentação:

1 1ª aula Necessidades orgânicas. 2 partes de 60

2 Energia: cálculo de necessidades Média - 2 DP + 2 DP

3 Cálculo da Energia 1g de proteína = 4Kcal1g de proteína = 4Kcal 1g de glícidos = 4Kcal1g de glícidos = 4Kcal 1g de lípidos = 9Kcal1g de lípidos = 9Kcal 1g de álcool = 7Kcal1g de álcool = 7Kcal 1 caloria = 4,184 Joules

4 Balanço energético E in – E out = E stored E in – E out = E stored E out = RMR + EE act + TEF E out = RMR + EE act + TEF Hill JO, Drougas H, Peters JC, Ann Intern Med :604-7

5 Cálculo do metabolismo basal. Sexo masculino: MB = ( Peso em KG ) Sexo feminino: MB = x ( Peso em KG ) Tipo de actividade Factor de actividade SedentáriaModeradaImportante

6 Diferentes gastos de energia conforme as actividades.

7 Capitação de Energia. Alguns dados comparativos.

8 Terceira, que se guarde de gordura na saúde... D. Duarte, Leal Conselheiro. Do pecado da gula.

9 Nutrimentos: cálculo de necessidades Média - 2 DP + 2 DP Recomendado

10 Proteínas 0,4 – 0,6 - 0,8g/kg de peso e por dia. 0,4 – 0,6 - 0,8g/kg de peso e por dia. De origem animal? De origem animal? De origem vegetal? De origem vegetal?

11 Aminoácidos essenciais e aminoácidos dispensáveis. HistidinaHistidina IsoleucinaIsoleucina LeucinaLeucina LisinaLisina MetioninaMetionina (usada em parte para síntese da cisteína) (usada em parte para síntese da cisteína) FenilalaninaFenilalanina (usada em parte para síntese da tirosina) (usada em parte para síntese da tirosina) TreoninaTreonina TriptofanoTriptofano ValinaValinaEssenciais AlaninaAlanina ArgininaArginina AsparginaAspargina Ácido aspárticoÁcido aspártico CisteínaCisteína CistinaCistina Ácido glutámicoÁcido glutámico GlutaminaGlutamina GlicinaGlicina HidroxiprolinaHidroxiprolina ProlinaProlina SerinaSerina TirosinaTirosinaDispensáveis

12

13 Fígado Rim A.A. Resultantes da digestão das proteínas Desaminação Grupos amina + CO 2 Ureia. Cadeias de carbono (excepto a da leucina). Glicose A quantidade produzida por esta via é muito inferior à calculada teoricamente e, no diabético, ainda é menor.

14 Lípidos 30% ou menos da ração energética.30% ou menos da ração energética. 10% ou menos de AG saturados, 10% ou menos de AG saturados, 8% ou menos de AG poli-insaturados, 8% ou menos de AG poli-insaturados, 12% ou mais de AG mono-insaturados. 12% ou mais de AG mono-insaturados. Retardam a absorção dos glícidos.Retardam a absorção dos glícidos. Saturados aumentam a IR.Saturados aumentam a IR. Importância dos Ω 3.Importância dos Ω 3.

15 Ácidos Gordos A. Saturados: CH 3 - CH 2 - CH 2 - CH 2 - CH 2 - CH COOH B. Insaturados: 1. Mono 1. Mono CH 3 - CH 2 - CH 2 - CH 2 = CH 2 - CH COOH 2. Poli 2. Poli CH 3 - CH 2 - CH 2 = CH 2 - CH 2 = CH COOH

16 Ácidos gordos TRANS: Resultado da hidrogenação de AG insaturados. Promovem a subida das LDL. Provocam a descida das HDL.

17 Ácidos gordos voláteis Acético. Acético. Butírico. Butírico. Propiónico. Propiónico.

18 Ácidos Gordos Saturados 1. Cadeia Curta Até C6:0 ( Capróico ) Até C6:0 ( Capróico ) 2. Cadeia Média C8:0 a C10:0 ( Caprílico e Cáprico ) C8:0 a C10:0 ( Caprílico e Cáprico ) 3. Cadeia Longa C12:0 e mais longos C12:0 e mais longos

19 Ácidos gordos saturados que elevam o valor do colesterol 1. Ácido láurico ( 12:0 ). 2. Ácido mirístico ( 14:0 ). 3. Ácido palmítico ( 16:0 ).

20 Ácidos gordos saturados que não alteram o valor do colesterol 1. Ácidos gordos de cadeia curta. 2. Ácidos gordos de cadeia média. 3. Ácido esteárico ( 18:0).

21 Não alteram em relação a quê ? Em relação ao ácido oleico ( 18:1 ). Em relação ao ácido esteárico ( 18:0 ), muito provavelmente.

22 Variabilidade da resposta. 1. Sexo. 2. Sensibilidade individual. 3. Colesterol na dieta. 4. Colesterol basal. 5. Posição do AG no C do glicerol.

23 Modo de acção expressão dos receptores para LDL. expressão dos receptores para LDL. produção de VLDL e conversão em LDL. produção de VLDL e conversão em LDL.

24 Araquidónico Docosahexanóico Necessidades de ácidos gordos essenciais.

25 Glícidos da Dieta 1. Açúcares Livres: 1. Açúcares Livres: Glicose, Frutose, Sacarose, Maltose, Lactose. 2. Polissacáridos: 2. Polissacáridos: Formas de reserva - Amido, Dextrinas, Gomas, Glicogénio, Mucilagens, Pectina, Hemicelulose. Formas estruturais - Celulose, Lignina. ( L ignina: polímero do fenilpropano )

26 Principais componentes das fibras alimentares 1Material estrutural da parede celular: Celulose, Lignina, Hemicelulose, Pectina. Celulose, Lignina, Hemicelulose, Pectina. 2Polissacarídeos ( PS ) não estruturais: Naturais - Gomas, Mucilagens Naturais - Gomas, Mucilagens Aditivos - PS de algas, gomas e celuloses Aditivos - PS de algas, gomas e celuloses modificadas. modificadas. 3Substâncias adicionais: Indigeríveis ligados à parede celular, Ácido fítico, Sílica, Lípidos ( Ceras e Cutinas ), Esteróis, Proteínas, Saponinas, Taninos, etc. Indigeríveis ligados à parede celular, Ácido fítico, Sílica, Lípidos ( Ceras e Cutinas ), Esteróis, Proteínas, Saponinas, Taninos, etc. Mc Namee

27 AGV Atraso absorção dos glícidos Fermentação das fibras >Trânsito

28 CO 2 + H 2 O Clorofila Glicose CeluloseAmido Luz solar

29 Amido 1. Amilose Cadeia linear ligações 1-4. Cadeia linear ligações Amilopectina Cadeia ramificada ligações 1-4 e 1-6. Cadeia ramificada ligações 1-4 e 1-6.

30 25 ~ G - G - G - G | G - G - G - G ~ 25 Amilopectina (80%) Ligação 1-4, α-amilase Ligação 1-6, isomaltase G - G G - G - G G - G - G G - G G - G - G G - G - G G - G Dextrinas limite Maltotriose Maltose Amilose (20%) Amido resistente (10%)

31 Fibra alimentar Fibra alimentar ] É um grupo muito heterogéneo de substâncias mal definidas que inclui constituintes de vegetais, muitos deles polissacáridos associados à parede celular, resistentes à acção das secreções endógenas do aparelho digestivo do homem. Bijlani

32 Fibras Alimentares - Solubilidade - Insolúveis - Celulose, Lignina, Algumas Hemiceluloses. Algumas Hemiceluloses. Solúveis - Pectinas, Gomas, Mucilagens, Algumas Hemiceluloses. Algumas Hemiceluloses.

33 Fibras: Caracterização e papel Celulose: G - G - G - G - G - G - G... Ligações beta Ligações beta ,4 g H2O / 1g de celulose

34 Oligossacáridos: 2 a 8 açúcares simples. Rafinose ( 3 ): 1 glicose + 1 frutose + 1 galactose Estaquiose ( 4 ): 1 glicose + 1 frutose + 2 galactose Verbascose ( 5 ): 1 glicose + 1 frutose + 3 galactose

35 As três faces do álcool As três faces do álcool Fonte de energia. Fonte de energia. Droga psicoactiva. Droga psicoactiva. Toxina. Toxina.

36 Álcool Tipos de consumo: 1. Consumo moderado. 2. Consumo excessivo.

37 O que é consumo moderado ? Renaud S, Lorgeril M. ( Lancet : ), Consideram consumo moderado 30 a 50 g /dia. Mc Donald ( Nutrition Today, 1996 ), Considera 50 g /dia o limite superior do ideal. OMS, Considera aceitável que o consumo se cifre em 4% do valor da energia consumida diariamente.

38 Cálculo Exemplo: 1 litro de vinho com 12% vol. Tem 120 ml de álcool Tem 120 ml de álcool 120 ml x 0.8 ( peso específico do álcool ) = 96 g

39 Consumo de Álcool e IMC.

40 Padrão alimentar, hoje ?! 1. Elevada capitação de energia. 1. Elevada capitação de energia. 2. Capitação de proteínas = média da U.E. 2. Capitação de proteínas = média da U.E. Elevado consumo de peixe. Elevado consumo de peixe. Baixo consumo de leite. Baixo consumo de leite. 3. Baixa capitação de gorduras. 3. Baixa capitação de gorduras. 4. Elevada capitação de HC. 4. Elevada capitação de HC. Predomínio de arroz, batata e leguminosas. Predomínio de arroz, batata e leguminosas. Baixo consumo de açúcar, fruta e produtos Baixo consumo de açúcar, fruta e produtos hortícolas. hortícolas. 5. Consumo de álcool = média da U.E. 5. Consumo de álcool = média da U.E.

41 Portugal: Distribuição de Macronutrientes

42 Proporções sugeridas para uma alimentação correcta.

43 A AARODARODA DOS DOSALALIMENIMENTTOSOSAARODARODA DOS DOSALALIMENIMENTTOSOST ,5-4,5 1-2


Carregar ppt "1ª aula Necessidades orgânicas. 2 partes de 60. Energia: cálculo de necessidades Média - 2 DP + 2 DP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google