A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tema: SELO GRISTEC Palestrante: ANDRÉ GARRIDO 28 de Abril, 2010

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tema: SELO GRISTEC Palestrante: ANDRÉ GARRIDO 28 de Abril, 2010"— Transcrição da apresentação:

1 Tema: SELO GRISTEC Palestrante: ANDRÉ GARRIDO 28 de Abril, 2010
“Como a tecnologia embarcada pode melhorar a logística e diminuir os riscos” Tema: SELO GRISTEC Palestrante: ANDRÉ GARRIDO 28 de Abril, 2010

2 SUMÁRIO ESTRUTURA DO TRABALHO DO SELO GRISTEC CRITÉRIOS PARA O SELO GRISTEC DIAGRAMA DE AFINIDADES PROCESSO DE AUDITORIA PROJEÇÃO DE IMPLANTAÇÃO MENSAGEM

3 SEGURADORA DE VEÍCULOS SEGURADORA PATRIMONIAL
CLIENTE P. FISÍCA VEÍCULOS CARGAS ROUBO ACIDENTE FURTO SEGURADORA DE VEÍCULOS SEGURADORA DE CARGA SEGURADORA PATRIMONIAL PREST. SERV. GEREN. RISC. PREST. SERV. TRANSP. PREST. SERV. ESCOLTA PREST. SERV. MONIT. CARG. PREST. SERV. RAST. CARG. PREST. SERV. MONIT. VEÍC. PREST. SERV. RAST. VEÍC. INFR. ESTR. PREDIAL INFR. ESTR. OGANIZ. TÉCNOLOGIA HARDWARE SOFTWARE COMUNIC. INT. E EXT. FINANCEIRO GESTÃO DA INFORM. ATEND. A CLIENTES PROCESSOS DE SEGURAN. PLAN. E CONTR. OP. GEST. DE PROJETOS IND. DE DESEMP. IND. DE CONTR. IND. DE MONIT. GEST. DE PROCESSOS CONTROLE DOC. GESTÃO DE COMPET. AUDITORIA INTER. GEST. OCORRÊN. RECEBIMEN. GESTÃO DE FORNECED. INTER. INFR. P. JURIDÍCA Fonte: Garrido, André. FRAUDADOR CONDUTOR MELIANTE CAPACIT. TREINAMEN. BACK-OFFICE CONTRA O QUE? PARA QUEM? EM QUE? PROCESSOS? EM QUAIS E ESTRUTURA DO TRABALHO SELO GRISTEC EM QUEM?

4 CRITÉRIOS DO SELO IBGC TRANSQUALITY COSO BASILEIA II
OMA- ORGANIZAÇÃO MULDIAL DAS ADUANAS IBGC COSO ENTERPRISE RISK MANAGEMENT (ERM) RESOLUÇÕES BACEN LEI SARBANES-OXLEY BASILEIA II CRITÉRIOS CERTIFICAÇÃO GRISTEC NEC. STAK. ISO´s EXP. MERC. NR´s BOAS PRÁT. LEIS Fonte: Programa de Pesquisa em Gestão de Riscos da FGV Grisco – Coordenação do Prof Sérgio L. Hoeflich, MSc CRITÉRIOS DO SELO

5 Metodologia de Parametrização DIAGRAMA DE AFINIDADES para SELO
Identificar os requisitos comuns e estabelecer a aderência com as certificações utilizadas pelos embarcadores, transportadores e demais stakeholders PREMISSAS Flexibilidade: Qualquer organização pode ser certificada levando-se em consideração sua capacidade instalada. Facilidade: Os requisitos devem ser amigáveis e de fácil compreensão. Fonte: Garrido, André.

6 PROCESSO DE AUDITORIA Pré-Auditoria Auditoria de Certificação
Melhoria contínua Pré-Auditoria Auditoria de Certificação Manutenção Re-certificação 1 Ano 3 dias 2 auditores 2 dias 1 auditor 1 Mês RAG – Registro de Auditores de Riscos ABENDI / RAC – Registro de Auditores Certificados (Brasil). SBAC - Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade. IRCA – International Register of Certificated Auditors (Reino Unido) Fonte: Garrido, André.

7 PROJEÇÃO DE IMPLANTAÇÃO
Estabelecer documentos Implantar piloto Divulgar método Junho Dezembro Fevereiro 2010 2011 Formar auditores Revisar documentos Seminário resultados Setembro Janeiro Abril Fonte: Programa de Pesquisa em Gestão de Riscos da FGV Grisco – Coordenação do Prof Sérgio L. Hoeflich, MSc

8 MENSAGEM “...Que a partir de nossa esfera de atribuições, com sinergia e competência, ajudemos no cumprimento da missão maior, servindo o próximo com dignidade e eficácia. Que tenhamos, sempre, a certeza de não sermos melhores quando elogiados, tampouco piores se censurados, porque agimos aos olhos de Deus e à luz de nossa consciência...” Fonte: General de Exército ENZO MARTINS PERI Comandante do Exército 25/12/2009

9 ANDRÉ GARRIDO OBRIGADO!
Contatos: Skype: andregarridobrasil msn: Cel (11) /


Carregar ppt "Tema: SELO GRISTEC Palestrante: ANDRÉ GARRIDO 28 de Abril, 2010"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google