A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

16ª Convenção de Vendas Mig-Plus Florianópolis/SC, 06 de novembro de 2010 Roberto Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "16ª Convenção de Vendas Mig-Plus Florianópolis/SC, 06 de novembro de 2010 Roberto Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 16ª Convenção de Vendas Mig-Plus Florianópolis/SC, 06 de novembro de 2010 Roberto Rodrigues

2 Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização

3 Finalmente uma nova ordem econômica mundial? O Pós-Crise - Regulação do Sistema Financeiro? - O neoprotecionismo: novas barreiras - O poder relativo das instituições multilaterais: ONU, FAO, OMC, OMS, OIT, OEA, G20 - A economia verde: * Sustentabilidade * Aquecimento Global - Copenhague: COP 15 México: COP 16 O velho morreu; o novo ainda não nasceu. Organização da sociedade? Elaboração: GV Agro

4 Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade

5 PIB Mundial (2000 – 2011) Fonte: FMI Elaboração: GV Agro Nota: projeções de Julho/10 PIB a preços constantes Crescimento em 2010 e 2011 (%) China: + 10,5% e 9,6% Índia: + 9,4% e 8,4% Brasil: + 7,1% e 4,2%

6 Urbanização Mundial Fonte: ONUElaboração: GV Agro MundoBrasil ChinaÍndia

7 Escassez de Terras Fontes: FAO e ONU. Nota: A área utilizada na agropecuária compreende lavouras temporárias, permanentes e pastagens. Elaboração: Fiesp-Deagro Área Agrícola x População

8 Sustentabilidade Elaboração: GV Agro Uma sociedade sustentável é aquela que satisfaz as suas necessidades sem diminuir as possibilidades das gerações futuras de satisfazer as delas Lester Brown, fundador do Worldwatch Institute Gestão Ambiental - Preservar os recursos naturais - Biocombustíveis Responsabilidade Social Desenvolvimento Econômico Triple Bottom Line

9 Trópico de Câncer Trópico de Capricórnio Equador tons petróleo equivalente Elaboração: GV Agro Fonte: BPStatistical Review of World Energy Uma Nova Geopolítica Mundial Mundo: Consumo per capita de Energia (2006) Região Tropical: favorável à produção de cana-de-açúcar 100 países podem fornecer biocombustíveis para mais de 200 nações, enquanto 20 produtores de petróleo fornecem combustíveis fósseis para o Mundo

10 Renovável: 47,2% Não- Renovável: 52,8% Matriz Energética (2009) – Mundo, OCDE e Brasil Mundo: milhões t.e.p Brasil: 243,7 milhões t.e.p Fonte: MME/BEN Elaboração: GV AgroNota: dados preliminares O Brasil representa 2% da energia mundial OCDE: milhões t.e.p Não-Renovável Renovável 87% 13% Não-Renovável Renovável 93% 7% Renovável Não-Renevável Petróleo: 37,9% Cana: 18,0% Hidro: 15,2%

11 veículos / 100 habitantes Fontes: ANFAVEA, ANU, JAMA, ACEA. Nota: dados de 2005 e Índia (2004) Potencial: Número de Veículos por 100 hab. Média: 1,6 Média: 61,1

12 Mais países têm aderindo à mistura compulsória Fontes: UNICA, Petrobras, F.O Licht Canadá E-5 (2010) EUA - RFS (2022) 136,3 Bi litros Colômbia E-10 (2012) Brasil E-20 – E-25 Diretiva Européia 5,75% em % em 2020 China E-10 (10 Províncias) Austrália - Queensland E-5 (2010) Japão 3% não obrigatório Uruguai E-5 (2015) Argentina E-5 (2015) Alguns Países Africanos E-5 Índia E-5 12

13 O papel do Brasil no novo cenário: O Pós-Crise - Agroenergia - Tecnologia Sustentável - Amazônia: Código Florestal - O Agronegócio Elaboração: GV Agro

14 Fontes: CEPEA, IPEA e MAPA.Elaboração: Fiesp-Deagro Exportações (2009) PIB (2008) 37% 27% 43% US$ 64,8 bi A Importância do Agronegócio para o Brasil Empregos (2007)

15 Fontes: MAPA e MDIC Elaboração: GV Agro US$ bilhões A Importância do Agronegócio – Saldo Comercial

16 Produção Brasileira de Grãos (Safras 1990/ /11) 16 *Área Preservada = área adicional necessária para se produzir a safra atual dada a produtividade de 1990/91. Grãos: algodão, amendoim, arroz, aveia, canola, centeio, cevada, feijão, girassol, mamona, milho, soja, sorgo, trigo e triticale. Fonte: Conab (out2010 – 1º Levantamento da Safra ). Elaboração: Fiesp-Deagro. Área Preservada* 48 MM ha

17 Cenário Mundial: Soja Fontes: USDA e FMIElaboração: GV Agro Produção (255 MMT) Consumo (252 MMT) Estoques Mundiais (dias de consumo) Preços Internacionais (US$/bushel) Safra 2010/11 Var.% 10 anos

18 Cenário Mundial: Milho Fontes: USDA e FMIElaboração: GV Agro Estoques Mundiais (dias de consumo) Preços Internacionais (US$/bushel) Produção (820 MMT) Consumo (830 MMT) Safra 2010/11 Var.% 10 anos

19 Cenário Mundial: Trigo Fontes: USDA e FMIElaboração: GV Agro Estoques Mundiais (dias de consumo) Preços Internacionais (US$/bushel) Produção (641 MMT) Consumo (660 MMT) Safra 2010/11 Var.% 10 anos

20 Produção Brasileira de Carnes Bovina: + 83% Frango: + 376% Suína: + 195% Fontes: USDA, UBABEF, ABIPECS, ABIEC e CNPC Elaboração: GV Agro

21 Cenário Mundial: Carne Bovina Fonte: USDA (out2010) Elaboração: GV Agro Produção 56,7 milhões de toneladas Consumo 56,4 milhões de toneladas Desde 2000, a produção e o consumo aumentaram aproximadamente 6%.

22 Fonte: USDA (out2010) Elaboração: GV Agro Produção 74,4 milhões de toneladas Consumo 73,3 milhões de toneladas Nos últimos 10 anos, a produção e o consumo cresceram cerca de 40%. Cenário Mundial: Carne de Frango

23 Fonte: IBGE / Pesquisa Pecuária Municipal(mar/2010) Elaboração: GV Agro Produção Brasileira de Leite Produtividade Média Nacional (litros/vaca ordenhada) – Crescimento de 18,0%, no período –

24 Fonte: IBGE/SIDRA/PPM (mar/2010) Elaboração: GV Agro Produção Brasileira de Leite Principais UF Produção Física Produtividade Média por UF Média Brasil (litros/vaca ordenhada) 27,6 bilhões de litros

25 Fonte: USDA (2010) Elaboração: GV Agro Mundo: Produção e Consumo de Leite Fluido (milhões de t) ProduçãoConsumo Part.%: Mundo: 27%22%17%6% , ,5 27%22%7%6% , ,3 17%6%

26 Fonte: USDA (2010) Elaboração: GV AgroLeite em Pó: Dry Whole Milk Powder ProduçãoConsumo Part.%: Mundo: 27%22%21%13% , , , ,58 44%20%13%7% Mundo: Produção e Consumo de Leite em Pó (milhões de t)

27 Produção Brasileira de Cana-de-açúcar milhões de hectaresmilhões de toneladas Área Preservada* 8,7 MM ha Elaboração: GV Agro Nota: * Estimativa **Area calculada a partir da produtividade de 1970 Fontes: IBGE (Censo Agropecuário: ; PAM (1990 até 2008); e LSPA (2009 e 2010)

28 Área plantada (anual/perene)72,08,5%21,2% Brasil: Uso da Terra para Alimentos e Energia Fontes: IBGE, CONAB e MAPA Elaboração: GV Agro % área total % área agricultável Distribuição Territorial – milhões de ha Brasil851100%---Área agricultável34040%100% 9611,3%28,2% Área Disponível Área Agricultável Total – (Agrícola + pastagens) Pastagem17220,2%50,6% Cana para Etanol4,70,5%1,4% Café2,10,2%0,6% Laranja0,90,1%0,3% Soja21,32,5%6,3%Milho14,61,7%4,3% Cana-de-açúcar7,80,9%2,3%

29 Fonte: Elaboração: GV Agro 29 A Pecuária Pode Ceder Área à Agricultura 29 Pastagem (milhões ha) Rebanho (milhões cab.) Lotação: 0,5 0,6 0,7 0,7 0,9 1,0 Elaboração: GV Agro Fontes: IBGE (Censo Agropecuário) e IEA/SP

30 É uma alternativa à recuperação de pastagens degradadas. No Cerrado, 60% a 70% das pastagens encontram-se em algum grau de degradação. Melhora as características físico-químicas do solo. Elimina a necessidade de abertura de novas áreas. 30

31 Fonte: FEBRAPDP – Federação Brasileira de Plantio Direto na PalhaElaboração: GV Agro A prática teve início no Brasil em 1972/73, quando foram plantados 180 ha. Benefícios da Prática: * Diminui o número de operações com máquinas * Reduz o consumo de óleo diesel * Viabilizou a 2ª safra de verão (safrinha) * Melhora o planejamento da lavoura milhões ha Sequestro de C 0,5 t / ha / ano Anual: ~ 13 milhões de t de C Plantio Direto na Palha

32 Fonte: Céleres (fev/09)Nota: considerando-se algodão e milho resistentes a insetos e soja tolerante a herbicida Elaboração: GV Agro Benefícios Ambientais da Biotecnologia no Brasil Benefícios Resultantes no Período 2008/09 a 2017/18 Equivalência dos Benefícios em Vantagens Sociais

33 Principais Players Crescimento das exportações do Brasil (1980 – 2008): 8,85% a.a Fonte: OMC Elaboração: Deagro/FiespConsiderando o comércio intra-U.E Exportações Agrícolas Mundiais Brasil: 6ª posiçãoBrasil: 3ª posição

34 Fonte: AgroStat Brasil Elaboração: GV Agro US$ 20,5 biUS$ 64,7 bi Brasil – Exportações do Agronegócio: Produtos

35 Exportações Brasileiras do Complexo Soja (US$ milhões) Fonte: AgroStat Brasil / MAPA Elaboração: GV Agro Em 2009, as exportações do complexo soja totalizou US$ 17 bi e 42 MMT.

36 Exportações Brasileiras do Complexo Soja Fonte: AgroStat Brasil / MAPA Elaboração: GV Agro Grão 46 destinos Farelo 50 destinos Óleo 66 destinos

37 Exportações Brasileiras de Carnes (US$ milhões) Fonte: AgroStat Brasil / MAPA Elaboração: GV AgroNota: as demais carnes totalizaram US$ 1,13 bi e 501 mil t. Em 2009, o Brasil exportou US$ 11,8 bi e 5,8 milhões de t.

38 Exportações Brasileiras de Carnes Fonte: AgroStat Brasil / MAPA Elaboração: GV Agro Bovina 142 destinos Frango 146 destinos Suína 81 destinos

39 Fonte: MAPAElaboração: GV Agro* Lácteos – conceito do MAPA (0401 a 0406; ; ; ) Balança Comercial Brasileira de Lácteos *

40 Fonte: MAPA Elaboração: GV Agro* Lácteos – conceito do MAPA (0401 a 0406; ; ; ) Balança Brasileira de Lácteos * - Produtos (valor) Exportação 1999Exportação 2009 Importação 1999Importação 2009

41 Fonte: USDA (jan/2010) Elaboração: GV Agro* Lácteos – conceito do MAPA (0401 a 0406; ; ; ) Lácteos *: Parceiros Comerciais do Brasil (valor) Exportação 1999 (16 destinos) Exportação 2009 (95 destinos) Importação 1999Importação 2009

42 EUA + U.E = 58%EUA + U.E = 36% 1999 (189 destinos) 2009 (215 destinos) Brasil – Exportações do Agronegócio: Destinos Fonte: AgroStat Brasil Nota: Considerou-se U.E27 em 1999 Elaboração: GV Agro

43 Exportações do Agronegócio: A Importância dos Países em Desenvolvimento Fonte: AgroStat Brasil Elaboração: GV Agro US$ 20,5 bi US$ 64,7 bi Desenvolvidos US$ 13,9 bi para US$ 29,8 bi Var.% (99-09): + 7,9% a.a. Em Desenvolvimento US$ 6,6 bi para US$ 34,9 bi Var.% (99-09): +18,1% a.a.

44 Estratégia Nacional Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade Potencial do Brasil

45 Vantagens Comparativas Elaboração: GV Agro Terra disponível Tecnologia Recursos humanos

46 Fonte: FMI Elaboração: GV Agro Nota: projeções de Abril/10 PIB a preços constantes A Demanda de Alimentos no Mundo + 40% + 26% + 4% + 26% + 21% + 10/15% + 7% % de aumento da produção A OCDE projeta um crescimento da produção agrícola global cada vez menor ao longo da próxima década, quando comparada aos últimos 10 anos, mas, no entanto, continua com capacidade para atender o aumento de 70% da produção mundial de alimentos necessários para atender a demanda, em O Brasil é o país que mais ampliará a produção agrícola, com previsão de aumento de mais de 40% até 2019/20. China, Índia, Rússia e Ucrânia também deverão incrementar suas produções, a uma taxa em torno de 20%. (OCDE, )

47 A The Economist reconhece o papel do Brasil Elaboração: GV Agro

48 Brasil: Projeções para 2019/2020 Produção (milhões t) Consumo (milhões t) + 33% + 30% + 146% + 42% + 21% + 17% + 38% + 43% + 24% + 22% + 137% + 20% + 22% + 28% + 37% + 21% Elaboração: GV AgroNota: Leite e Etanol em bilhões de litros Fonte: AGE / MAPA (fevereiro / 2010)

49 Brasil: Projeções para 2019/2020 Exportação (milhões t) + 46% + 52% + 5% + 50% + 65% + 10% + 182% + 45% + 33% Elaboração: GV AgroNota: Trigo – os dados referem-se ao volume importado Fonte: AGE / MAPA (fevereiro / 2010) Etanol – dados em bilhões de litros + 76%

50 Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade Potencial do Brasil Estratégia Nacional Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização

51 Constrangimentos 51 Os problemas estão fora do Ministério da Agricultura -Crédito Rural: Custeio, Investimento, Comercialização -Recursos materiais e financeiros -Infra-estrutura e logística -Macroeconomia: Juros e Câmbio -Negociações Internacionais -Legislação Ambiental Brasileira -Organização Associativismo, Sindicalismo, Cooperativismo Elaboração: GV Agro

52 Estratégia Nacional Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade Potencial do Brasil

53 Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Mundo sem Governança (–) Economia Verde Compatibilização Cenário Atual Mundo e Brasil Sustentabilidade Potencial do Brasil Estratégia Nacional Liderança Global

54 54 Conclusão 1.Temos um potencial formidável no agronegócio: competitivo, levará o Brasil ao primeiro mundo; 2. Mas há uma longa tarefa de casa para realizar; 3. Depois disso, é preciso informar, comunicar, convencer, dentro e fora do Brasil; 4. O novo Governo.

55 Elaboração: GV Agro Comércio exterior. 3. Pesquisa, desenvolvimento e inovação. 4. Defesa agropecuária. 5. Institucionalidade do poder público. 6. Garantia de renda ao produtor. 1. Infraestrutura e logística. 2. Propostas do Cosag aos Presidenciáveis

56 Presidente Fonte: Folha de São Paulo

57 Governadores Fonte: Folha de São Paulo

58 Foto: Unica +55 (11) Obrigado!


Carregar ppt "16ª Convenção de Vendas Mig-Plus Florianópolis/SC, 06 de novembro de 2010 Roberto Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google