A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão de Estoques na Cadeia de Logística Integrada Grupo: 100.04 - CaMaDa JR² 19/04/2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão de Estoques na Cadeia de Logística Integrada Grupo: 100.04 - CaMaDa JR² 19/04/2009."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão de Estoques na Cadeia de Logística Integrada Grupo: CaMaDa JR² 19/04/2009

2 Caso 1: Modelo direto de negócio da Dell Escritório nascido de um pequeno dormitório Escritório nascido de um pequeno dormitório Interação com os clientes Interação com os clientes Com a simplicidade, eliminou-se despesas de revenda e custos de estocagem. Com a simplicidade, eliminou-se despesas de revenda e custos de estocagem.

3 Custos associados a estoques Excluindo o custo de aquisição da mercadoria, os custos associados aos estoques podem ser divididos em três categorias: Excluindo o custo de aquisição da mercadoria, os custos associados aos estoques podem ser divididos em três categorias: 1. Custos de pedir – Aquisição e reposição do estoque. 2. Custos de manter estoque – Armazenagem, seguro, deterioração Custo Total – Soma dos de todos os custos Fonte: Pág. 29 Gestão de Estoques na cadeia de Logística Itegrada

4 Caso 1: Modelo direto de negócio da Dell Valorização dos Fornecedores (integração com os clientes) Valorização dos Fornecedores (integração com os clientes) Eficiente e responsiva às mudanças Eficiente e responsiva às mudanças Controla a velocidade do estoque, possui uma gestão de estoques Controla a velocidade do estoque, possui uma gestão de estoques

5 Gestão de Estoque No momento de sua criação, a gestão de estoque era vista como um meio de reduzir os custos totais associados com a aquisição e a gestão de materiais. Quando a gestão de estoque não é colocada como um conceito integrado, esses diferentes estágios são gerenciados geralmente por departamentos diferentes. No momento de sua criação, a gestão de estoque era vista como um meio de reduzir os custos totais associados com a aquisição e a gestão de materiais. Quando a gestão de estoque não é colocada como um conceito integrado, esses diferentes estágios são gerenciados geralmente por departamentos diferentes. Fonte: Pág. 33 Gestão de Estoques na cadeia de Logística Itegrada

6 Caso 2: Cadeia de suprimentos das impressoras Deskjet da Hewlett-Packard Qualidade de vida dos gerentes (ir de bicicleta ao trabalho) Qualidade de vida dos gerentes (ir de bicicleta ao trabalho) Problemas de estoque da HP Deskjet Problemas de estoque da HP Deskjet Conflito entre HP-Europa x HP-Vancouver (Produzir mais ou não produzir mais?) Conflito entre HP-Europa x HP-Vancouver (Produzir mais ou não produzir mais?)

7 Previsão de Incertezas (demanda) Dentro deste impasse que viviam as filiais européias com Vancouver, deveriam ser anaçlisadas as previsões de demanda: Prever o produto e qual a quantidade que os clientes deverão comprar é assunto crítico paa todo planejamento empresarial. Dessa forma, grande esforço deve ser dedicado ao desenvolvimento deste tópico. Fonte: Pág. 33 Gestão de Estoques na cadeia de Logística Itegrada

8 Caso 2: Cadeia de suprimentos das impressoras Deskjet da Hewlett-Packard Pioneirismo HP ao lado da Cannon Pioneirismo HP ao lado da Cannon (impressoras jato de tinta) Empresa Aberta às Novas idéias Empresa Aberta às Novas idéias Redução de estoques após aderirem o sistema Just-in-Time (JIT) Redução de estoques após aderirem o sistema Just-in-Time (JIT)

9 Propósito do Just-in-Time (JIT) No JIT, O produto é solicitado quando necessário, e o material é movimentado para a produção quando é necessário. É um sistema de produção ligado a make to order (sob encomenda). O planejamento é agora realizado em direção para trás e puxado pelo cliente e não realizado em direção para frente e empurrado para o estoque. Fonte: Pág. 39 Gestão de Estoques na cadeia de Logística Itegrada

10 Caso 2: Cadeia de suprimentos das impressoras Deskjet da Hewlett-Packard Personalização do produto para atingir a Europa. Personalização do produto para atingir a Europa. Na busca por estoque zero, inovação na logística Na busca por estoque zero, inovação na logística Montaram uma capacitada equipe para a Gestão de Estoque Montaram uma capacitada equipe para a Gestão de Estoque

11 Objetivos da gestão de estoque Por gestão de estoque entendemos: Por gestão de estoque entendemos: 1. Planejamento do estoque – consiste na determinação dos valores que o estoque terá com o correr do tempo. 2. O controle – consiste no registro dos dados reais, correspondentes ao planejados mencionados 3. Sua Retroalimentação sobre o planejamento – comparação dos dados de controle com os dados de planejamento Fonte: Pág. 36 Gestão de Estoques na cadeia de Logística Itegrada

12 Perguntas e suas respectivas respostas

13 A integração virtual dos processos de produção permitiu a Dell Computer Corporation a aumentar a velocidade do estoque, que é a quantidade média de tempo que um produto permanece no estoque. (V) A integração virtual dos processos de produção permitiu a Dell Computer Corporation a aumentar a velocidade do estoque, que é a quantidade média de tempo que um produto permanece no estoque. (V) Para que a HP obtivesse sucesso no modelo Just-In- Time de gestão de estoques foi necessário conseguir maior exatidão possível na previsão de demanda e previsão de vendas. (V) Para que a HP obtivesse sucesso no modelo Just-In- Time de gestão de estoques foi necessário conseguir maior exatidão possível na previsão de demanda e previsão de vendas. (V) Os conflitos existentes na HP entre os departamentos de produção e de distribuição decorriam da utilização da logística integrada na gestão de estoques. (F) Os conflitos existentes na HP entre os departamentos de produção e de distribuição decorriam da utilização da logística integrada na gestão de estoques. (F)

14 A Utilização da tecnologia da informação pela Dell, para confundir os limites tradicionais da cadeia de suprimentos entre fornecedores, fabricantes e usuários finais chama-se: integração virtual (V) A Utilização da tecnologia da informação pela Dell, para confundir os limites tradicionais da cadeia de suprimentos entre fornecedores, fabricantes e usuários finais chama-se: integração virtual (V) Na Dell, a integração vertical permitiu um alto nível de comunicação, e grande capacidade de desenvolver novos produtos. (V) Na Dell, a integração vertical permitiu um alto nível de comunicação, e grande capacidade de desenvolver novos produtos. (V) Para alcançar as vantagens de uma empresa integrada, a Dell considerada os fornecedores e prestadores de serviços como se eles estivessem dentro da empresa (V) Para alcançar as vantagens de uma empresa integrada, a Dell considerada os fornecedores e prestadores de serviços como se eles estivessem dentro da empresa (V)

15 A HP tinha um crescimento dos seus estoques, pois queria mante- los em volumes substancialmente superiores ao necessário. ( F ) A HP tinha um crescimento dos seus estoques, pois queria mante- los em volumes substancialmente superiores ao necessário. ( F ) O principal motivo da HP procurar aumentar o giro dos seus estoques foi devido ao grande risco dos seus produtos se tornarem obsoletos, pois a produção estava superando a demanda. ( F ) O principal motivo da HP procurar aumentar o giro dos seus estoques foi devido ao grande risco dos seus produtos se tornarem obsoletos, pois a produção estava superando a demanda. ( F ) A previsão de incertezas eh um recurso crucial para o sucesso de uma empresa na gestão de estoques. Essa ferramenta eh utilizada pelas empresas com objetivo de obter a maior exatidão possível em relação a quantidade de suprimentos solicitadas pelo cliente e a quantidade a ser enviada para armazenagem. HP tinha três fontes principais de incerteza que a ajudavam a controlar sua cadeia de suprimentos. Essas fontes eram: chegada de materiais, processo interno e previsão de demanda. ( V ) A previsão de incertezas eh um recurso crucial para o sucesso de uma empresa na gestão de estoques. Essa ferramenta eh utilizada pelas empresas com objetivo de obter a maior exatidão possível em relação a quantidade de suprimentos solicitadas pelo cliente e a quantidade a ser enviada para armazenagem. HP tinha três fontes principais de incerteza que a ajudavam a controlar sua cadeia de suprimentos. Essas fontes eram: chegada de materiais, processo interno e previsão de demanda. ( V )

16 A impressora Deskjet foi lançada em 1988, e tornou-se um dos produtos mais bem-sucedidos da HP. Sendo um sucesso também graças à excelência prestada logo inicialmente na Gestão de Estoques, não havendo muita sobra e os pátios estavam sempre vazios. (F) A impressora Deskjet foi lançada em 1988, e tornou-se um dos produtos mais bem-sucedidos da HP. Sendo um sucesso também graças à excelência prestada logo inicialmente na Gestão de Estoques, não havendo muita sobra e os pátios estavam sempre vazios. (F) Sempre houve compatibilidade nos planos e no perfil das unidades HP-Europa e HP-Vancouver. Sempre houve compatibilidade nos planos e no perfil das unidades HP-Europa e HP-Vancouver. A expectativa da Alta-Gerência da HP-Vancouver era minimizar o númeor de ativos-improdutivos e atender sempre os clientes com o menor número de estoque possível. (V) A expectativa da Alta-Gerência da HP-Vancouver era minimizar o númeor de ativos-improdutivos e atender sempre os clientes com o menor número de estoque possível. (V)

17 A HP Company foi fundada em 1939 e não obteve sucesso nos primeiros 50 anos, devido à pouca diversificação na base de seus equipamentos. (F) A HP Company foi fundada em 1939 e não obteve sucesso nos primeiros 50 anos, devido à pouca diversificação na base de seus equipamentos. (F) Vendas de impressoras pessoais e para pequenos escritórios eram feitas de forma direta da fábrica. (F) Vendas de impressoras pessoais e para pequenos escritórios eram feitas de forma direta da fábrica. (F) A HP e a Cannon foram pioneiras da tecnologia à laser no início da década de (F) A HP e a Cannon foram pioneiras da tecnologia à laser no início da década de (F)

18 A HP viu em Vancouver (Canadá) e Washington (EUA) uma oportunidade o fornecimento de impressoras para um mercado relativamente novo e de crescimento rápido de computadores pessoais. (V) A HP viu em Vancouver (Canadá) e Washington (EUA) uma oportunidade o fornecimento de impressoras para um mercado relativamente novo e de crescimento rápido de computadores pessoais. (V) Vender a Deskjet na Europa exigia personalizar a impressora para atender à idioma e exigências de alimentação dos países locais, um processo conhecido como, zoneamento. (V) Vender a Deskjet na Europa exigia personalizar a impressora para atender à idioma e exigências de alimentação dos países locais, um processo conhecido como, zoneamento. (V) A indústria de impressoras era altamente competitiva. Os clientes de produtos de informática da HP (revendedores) queriam manter um mínimo estoque e um alto nível de disponibilidade para os usuários finais (V) A indústria de impressoras era altamente competitiva. Os clientes de produtos de informática da HP (revendedores) queriam manter um mínimo estoque e um alto nível de disponibilidade para os usuários finais (V)


Carregar ppt "Gestão de Estoques na Cadeia de Logística Integrada Grupo: 100.04 - CaMaDa JR² 19/04/2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google