A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capitulo 11 Microeconomia: A Procura Curso de Economia Fabio Nusdeo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capitulo 11 Microeconomia: A Procura Curso de Economia Fabio Nusdeo."— Transcrição da apresentação:

1 Capitulo 11 Microeconomia: A Procura Curso de Economia Fabio Nusdeo

2 Procura e Preço Procura = quantidade de determinado bem ou serviço adquirida a dado preço em dado tempo. –Relaciona 2 variáveis: quantidade (Dependente) e preço (Independente) –Suposição: D = f (p) –Função decrescente quando uma cresce a outra decresce quanto mais alto o Preço, mais baixa a Quantidade procurada e vice-versa. –As variáveis caminham inversamente em sentidos opostos; –A curva da procura descendente, exceto: bens de alto luxo (ostentatório) e de camadas de baixíssima renda (redirecionam o consumo).

3 Elasticidade da Procura Economia precisa saber: COMO e QUANTO variam as Quantidades em função dos Preços para medir a sensibilidade da Procura à variação dos Preços. Elasticidade = relação entre o Acréscimo (Decréscimo) % de Quantidade e o Decréscimo (Acréscimo) % de Preços. A elasticidade varia ao longo da curva. Classificação da Procura sua elasticidade: Procura extra-elástica coeficiente de elasticidade > 1 Procura perfeitamente elástica coeficiente elasticidade = 1 Procura inelástica coeficiente de elasticidade = entre 0 e 1 Procura rígida coeficiente de elasticidade = 0 Classificação: reação da Receita de um Bem em relação ao aumento ou baixa do seu Preço.

4 Receita Receita = produto do preço pela quantidade. Suposições: –Se baixa o preço procura reage com elevação proporcional Receita total subirá mesmo com a baixa dos preços; –Se a elasticidade for < que 1 a redução dos preços aumenta a procura, mas menos que a proporção necessária para compensar cai a Receita. Ex: café no mercado internacional. Elasticidades baixas associadas à essência do produto. Ex: hábitos arraigados, produtos supérfluos. Curvas início próxima a 0 aos poucos vai se aproximando de 1. Ex: vinho importado, liquidações. –Empresa custo marginal = preço de mercado.

5 Outros fatores determinantes da procura : Renda Renda: a cada nova posição de alguns fatores de produção nova curva de procura diferente da original 2 níveis de renda. Outra forma de relacionamento: Variável Renda com Variável Procura (variação com a renda e não mais com a procura). Então: Renda = Variável Independente Quantidade = Variável Dependente Preços = Constantes. Sensibilidade dos produtos em relação à Renda é > do que em relação aos Preços baixa elasticidade-preço e alta elasticidade-renda. Ex: café (preços crescem e o rendimento permanece constante).

6 Outros fatores determinantes da procura :Sucedâneos, Complementares e Hábitos de Consumo Sucedâneos = curva da procura em relação à Quantidade de bens e preço do Sucedâneo curva ascendente (tendência a se ficar com o bem original). Ex: álcool e gasolina –Elasticidade cruzada: quando se mede a Quantidade Procurada em função da Variação do Preço de outro bem. = Mercado Relevante. Prejudica tendências a trustes e monopólios. Complementares = > procura do bem complementar < procura do bem principal. Ex: carro e combustível. Hábitos de consumo = > difusão do hábito, + inclinação da curva à direita. Utilidade Marginal base das decisões econômicas.


Carregar ppt "Capitulo 11 Microeconomia: A Procura Curso de Economia Fabio Nusdeo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google