A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ACESSIBILIDADE Para pessoas com visão limitada!. O QUE É ACESSIBILIDADE? Em termos gerais, é a possibilidade de qualquer pessoa, independentemente de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ACESSIBILIDADE Para pessoas com visão limitada!. O QUE É ACESSIBILIDADE? Em termos gerais, é a possibilidade de qualquer pessoa, independentemente de."— Transcrição da apresentação:

1 ACESSIBILIDADE Para pessoas com visão limitada!

2 O QUE É ACESSIBILIDADE? Em termos gerais, é a possibilidade de qualquer pessoa, independentemente de suas capacidades físico-motoras e perceptivas, culturais e sociais, usufruir os benefícios de uma vida em sociedade.Em termos gerais, é a possibilidade de qualquer pessoa, independentemente de suas capacidades físico-motoras e perceptivas, culturais e sociais, usufruir os benefícios de uma vida em sociedade.

3 O QUE É ACESSIBILIDADE? É o direito de usar os meios de transporte e serviços, de freqüentar locais públicos, de se divertir, estudar, e, também, de acessar qualquer meio de comunicação, desde a televisão até sistemas de informação computadorizados, como a Internet.É o direito de usar os meios de transporte e serviços, de freqüentar locais públicos, de se divertir, estudar, e, também, de acessar qualquer meio de comunicação, desde a televisão até sistemas de informação computadorizados, como a Internet.

4 ACESSO À INFORMAÇÃO SEM DISTINÇÃO Num mundo globalizado como o de hoje, ainda é possível encontrar velhos preconceitos de que o portador de deficiência nunca será melhor do que aquele dito normal;Num mundo globalizado como o de hoje, ainda é possível encontrar velhos preconceitos de que o portador de deficiência nunca será melhor do que aquele dito normal; Por muitos o considerarem inapto ao trabalho formal, ainda são poucas as entidades que se preocupam em desenvolver aplicações que ajudem essas pessoas.Por muitos o considerarem inapto ao trabalho formal, ainda são poucas as entidades que se preocupam em desenvolver aplicações que ajudem essas pessoas.

5 FORMAS DE ACESSO À INFORMAÇÃO BRAILE = forma de grafia especial para os cegos terem acesso às mesmas informações que contém um livro comum; BRAILE = forma de grafia especial para os cegos terem acesso às mesmas informações que contém um livro comum; COMPUTADOR = principalmente pela web, pessoas com visão limitada pode ter acesso às informações que normalmente não viriam em jornais e revistas.COMPUTADOR = principalmente pela web, pessoas com visão limitada pode ter acesso às informações que normalmente não viriam em jornais e revistas.

6 DIFICULDADES ENCONTRADAS Pessoas com limitações visuais encontram muitos problemas ao visitarem um site na web. Vejamos alguns exemplos: Pessoas com limitações visuais encontram muitos problemas ao visitarem um site na web. Vejamos alguns exemplos:

7 EXEMPLOS: Imagens que não possuem texto alternativo;Imagens que não possuem texto alternativo; Imagens complexas. Exemplo: gráfico ou imagem com importante significado que não possuem descrição adequada;Imagens complexas. Exemplo: gráfico ou imagem com importante significado que não possuem descrição adequada; Vídeos que não possuem descrição textual ou sonora;Vídeos que não possuem descrição textual ou sonora; Tabelas que não fazem sentido quando lidas célula por célula ou em modo linear;Tabelas que não fazem sentido quando lidas célula por célula ou em modo linear;

8 EXEMPLOS: Formulários que não podem ser navegados em uma seqüência lógica ou que não estão rotulados;Formulários que não podem ser navegados em uma seqüência lógica ou que não estão rotulados; Navegadores e ferramentas de autoria que não possuem suporte de teclado para todos os comandos;Navegadores e ferramentas de autoria que não possuem suporte de teclado para todos os comandos; Navegadores e ferramentas de autoria que não utilizam programas de interfaces padronizadas para o sistema operacional em que foram baseados;Navegadores e ferramentas de autoria que não utilizam programas de interfaces padronizadas para o sistema operacional em que foram baseados;

9 EXEMPLOS: Documentos formatados sem seguir os padrões web que podem dificultar a interpretação por leitores de tela;Documentos formatados sem seguir os padrões web que podem dificultar a interpretação por leitores de tela; Páginas com tamanhos de fontes absoluta, que não podem ser aumentadas ou reduzidas facilmente;Páginas com tamanhos de fontes absoluta, que não podem ser aumentadas ou reduzidas facilmente; Páginas que, devido ao layout inconsistente, são difíceis de navegar quando ampliadas por causa da perda do conteúdo adjacente.Páginas que, devido ao layout inconsistente, são difíceis de navegar quando ampliadas por causa da perda do conteúdo adjacente.

10 EXEMPLOS: Páginas ou imagens que possuem pouco contraste.Páginas ou imagens que possuem pouco contraste. Textos apresentados como imagens, porque não quebram as linhas quando ampliadas.Textos apresentados como imagens, porque não quebram as linhas quando ampliadas. Quando a cor é usada como único recurso para enfatizar o texto.Quando a cor é usada como único recurso para enfatizar o texto. Contrastes inadequados entre as cores da fonte e fundo.Contrastes inadequados entre as cores da fonte e fundo.

11 O QUE PODE SER FEITO PARA MELHORAR? Existem recursos que podem ajudar as pessoas com visão limitada a se sentirem mais seguras e confiantes quando usam o computador para pesquisar informações. Vejamos alguns deles: Existem recursos que podem ajudar as pessoas com visão limitada a se sentirem mais seguras e confiantes quando usam o computador para pesquisar informações. Vejamos alguns deles:

12 NO AMBIENTE WINDOWS: No Windows XP, clique em iniciar – programas – acessórios – acessibilidade. São encontradas várias ferramentas, como o teclado virtual para pessoas com deficiências motoras, e a lente de aumento, que amplia a tela onde o mouse está posicionado. No Windows XP, clique em iniciar – programas – acessórios – acessibilidade. São encontradas várias ferramentas, como o teclado virtual para pessoas com deficiências motoras, e a lente de aumento, que amplia a tela onde o mouse está posicionado.

13 SOFTWARES ADICIONAIS: Os softwares ampliadores de tela ou de caracteres aumentam o tamanho da fonte e das imagens na tela do computador para os usuários que têm baixa visão. Muitos deles utilizam combinações específicas de cores contrastantes para texto e fundo da página ou escolhem certos tipos de fontes com traços mais adequados e condizentes com o campo ou ângulo de visão.Os softwares ampliadores de tela ou de caracteres aumentam o tamanho da fonte e das imagens na tela do computador para os usuários que têm baixa visão. Muitos deles utilizam combinações específicas de cores contrastantes para texto e fundo da página ou escolhem certos tipos de fontes com traços mais adequados e condizentes com o campo ou ângulo de visão.

14 EXEMPLO DE VIDA: Para o Professor Hercen Hilderbrandt do Instituto Benjamin Constant, a Web modificou a vida dos cegos, pois lhes deu uma liberdade nunca antes imaginada. Antes, eu não podia ler um jornal ou uma revista, a não ser que alguém lesse para mim. Agora, através dos programas leitores de tela, consigo ler jornais todos os dias. O Professor Hilderbrandt nasceu cego, é filho de pais cegos e, desde os seis anos, estudou no Instituto, onde hoje leciona (HILDERBRANDT, 2005).Para o Professor Hercen Hilderbrandt do Instituto Benjamin Constant, a Web modificou a vida dos cegos, pois lhes deu uma liberdade nunca antes imaginada. Antes, eu não podia ler um jornal ou uma revista, a não ser que alguém lesse para mim. Agora, através dos programas leitores de tela, consigo ler jornais todos os dias. O Professor Hilderbrandt nasceu cego, é filho de pais cegos e, desde os seis anos, estudou no Instituto, onde hoje leciona (HILDERBRANDT, 2005).

15 SOFTWARES ADICIONAIS: WAT (Web Adaptation Tecnology) = Desenvolvido pela IBM, é recomendado para pessoas com visão limitada. O software permite ao usuário configurar o site, alterando cor de fundo, tamanho do texto e espaço entre as letras. Além disso, torna possível a navegação por meio de atalhos no teclado e diminui a sensibilidade das teclas, evitando a repetição desnecessária de letras e números. WAT (Web Adaptation Tecnology) = Desenvolvido pela IBM, é recomendado para pessoas com visão limitada. O software permite ao usuário configurar o site, alterando cor de fundo, tamanho do texto e espaço entre as letras. Além disso, torna possível a navegação por meio de atalhos no teclado e diminui a sensibilidade das teclas, evitando a repetição desnecessária de letras e números.

16 SOFTWARES ADICIONAIS: HPR (Home Page Header) = também desenvolvido pela IBM e gratuito como o WAT, funciona como um leitor de telas;HPR (Home Page Header) = também desenvolvido pela IBM e gratuito como o WAT, funciona como um leitor de telas; WebAdapt2Me = Semelhante ao gratuito WAT, é voltado para pessoas com visão reduzida, permitindo a customização da página consultada. As alterações feitas podem ser salvas pelo usuário. Só encontrado na versão paga;WebAdapt2Me = Semelhante ao gratuito WAT, é voltado para pessoas com visão reduzida, permitindo a customização da página consultada. As alterações feitas podem ser salvas pelo usuário. Só encontrado na versão paga;

17 COMO RESOLVER A QUESTÃO? Seria muito melhor que os desenvolvedores de programas e internet já pensassem nessas pessoas portadoras de necessidades especiais e criassem umas regras que servissem para todos! Seria muito melhor que os desenvolvedores de programas e internet já pensassem nessas pessoas portadoras de necessidades especiais e criassem umas regras que servissem para todos!

18 PADRONIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS: Em dezembro de 2004 foi assinado, no Brasil, um decreto-lei regulamentando leis anteriores e estabelecendo um prazo de doze meses para a acessibilização de todo portal ou site eletrônico da administração pública, de interesse público ou financiado pelo governo;Em dezembro de 2004 foi assinado, no Brasil, um decreto-lei regulamentando leis anteriores e estabelecendo um prazo de doze meses para a acessibilização de todo portal ou site eletrônico da administração pública, de interesse público ou financiado pelo governo;

19 PADRONIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS: Foi criado um Comitê da ABNT incumbido de comparar as normas de acessibilidade de vários países e analisar as diretrizes propostas pelo W3C (comitê internacional que regula os assuntos ligados à Internet). Como resultado, foi desenvolvido um Modelo de Acessibilidade Brasileiro (eMAG) para fazer com que a acessibilização dos sites ocorra de forma padronizada e fácil.Foi criado um Comitê da ABNT incumbido de comparar as normas de acessibilidade de vários países e analisar as diretrizes propostas pelo W3C (comitê internacional que regula os assuntos ligados à Internet). Como resultado, foi desenvolvido um Modelo de Acessibilidade Brasileiro (eMAG) para fazer com que a acessibilização dos sites ocorra de forma padronizada e fácil.

20 CONCLUSÃO: Ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas é preciso que a sociedade reconheça que perde muito por não dignificar a posição do portador de necessidades especiais. São cidadãos com os mesmos direitos constitucionalmente garantidos e com o devido tratamento social e moral, só tendem a colaborar com o crescimento do país e do mundo. Ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas é preciso que a sociedade reconheça que perde muito por não dignificar a posição do portador de necessidades especiais. São cidadãos com os mesmos direitos constitucionalmente garantidos e com o devido tratamento social e moral, só tendem a colaborar com o crescimento do país e do mundo.

21 MAIS INFORMAÇÕES: WAT Rede Saci Homepage Reader Associação Fluminense de Reabilitaçao (RJ) Fundação Dorina Nowil (SP) Biblioteca Braille do Centro Cultural São Paulo Instituto Benjamim Constant (RJ) Avape (SP)

22 MAIS INFORMAÇÕES: Morpheus - Revista Eletrônica em Ciências Humanas - Ano 06, número 10, 2007Morpheus - Revista Eletrônica em Ciências Humanas - Ano 06, número 10, Portaria nº 3.284, de 7 de NOVEMBRO de (DOU 11/11/2003 p. 12, Seção 1Portaria nº 3.284, de 7 de NOVEMBRO de (DOU 11/11/2003 p. 12, Seção 1

23 Aluno: Michel da Rocha Fragoso Felipe de Moura Correa Sedrim


Carregar ppt "ACESSIBILIDADE Para pessoas com visão limitada!. O QUE É ACESSIBILIDADE? Em termos gerais, é a possibilidade de qualquer pessoa, independentemente de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google