A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 1.Quando olhamos o mundo à nossa volta temos a necessidade de ORGANIZAR o que observamos mas fazêmo-lo tão rápida e automaticamente que, muitas vezes,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 1.Quando olhamos o mundo à nossa volta temos a necessidade de ORGANIZAR o que observamos mas fazêmo-lo tão rápida e automaticamente que, muitas vezes,"— Transcrição da apresentação:

1 1 1.Quando olhamos o mundo à nossa volta temos a necessidade de ORGANIZAR o que observamos mas fazêmo-lo tão rápida e automaticamente que, muitas vezes, não nos damos conta. 2.Nessa organização é importante ter a percepção: da FORMA (o que vemos), do MOVIMENTO (o que está a fazer) e da PROFUNDIDADE e da DISTÂNCIA (onde está). A PERCEPÇÃO ORGANIZAÇÃO PERCEPTIVA

2 2 1. PERCEPÇÃO DA FORMA imagens retidas anteriormenteO reconhecimento da forma é feito com base em imagens retidas anteriormente; mesmo quando há deturpações verifica-se uma transposição da forma padrão.

3 3 ESTRATÉGIAS ESTRATÉGIAS de processamento para interpretar a informação visual de objectos: Constância Figura-Fundo Agrupamento –Proximidade –Semelhança Simetria Continuidade Fechamento

4 4 CONSTÂNCIA Os objectos quando olhados de diferentes ângulos, distâncias ou condições de iluminação continuam a ser percebidos como tendo a mesma forma, tamanho e cor. (e.g. a aproximação de uma pessoa não implica que cresça). experiências anteriores A imagem da retina é completada com conhecimento de experiências anteriores, mesmo sem que os indivíduos tenham consciência disso.

5 5 FIGURA FUNDO Tendemos a ver um objecto contra um fundo: dependendo da direcção que se dá à atenção o mesmo objecto pode ser visto como figura ou fundo, alternadamente mas nunca ambos em simultâneo. Os estímulos que parecem figuras dão os contornos à mesma e ao fundo. As figuras são vistas como nítidas e com formas definidas. Este princípio é importante uma vez que não se pode ver nenhum objecto se este não for destacado do fundo.

6 6 FIGURA FUNDO

7 7 AGRUPAMENTO PROXIMIDADE os elementos visuais próximos entre si são vistos como pertencentes à mesma categoria. GGGGGGGGGGGG linhas G G G colunas

8 8 SEMELHANÇA os elementos visuais que têm cor, forma ou textura semelhantes são vistos como sendo da mesma categoria. Também há uma tendência para agrupar elementos que se movem em direcções semelhantes (e.g. aberturas de jogos olímpicos) AGRUPAMENTO

9 9 SIMETRIA Os elementos visuais que constituem formas regulares, simples e bem equilibradas são vistos como pertencentes ao mesmo grupo.

10 10 CONTINUIDADE Tende-se a agrupar os elementos visuais que fazem com que linhas curvas ou movimentos continuem numa direcção já estabelecida.

11 11 FECHAMENTO Os objectos incompletos são geralmente completados e vistos como completos (sobretudo se são objectos conhecidos – memória). O cérebro fornece informações que os sentidos podem não ter trazido.

12 12 FECHAMENTO

13 13 O Fechamento, a Proximidade, a Semelhança e a Continuidade são princípios que fazem parte da denominada Leis da Gestalt da Organização Perceptiva.

14 14 2. PERCEPÇÃO DO MOVIMENTO Importante não só na percepção de objectos mas também de acontecimentos. Ilusões de movimento: 1.Movimento estroboscópico: 1.Movimento estroboscópico: (ex. lâmpada acesa intermitentemente - a deslocação relativa no tempo leva o nosso sistema nervoso central a interpretar a existência de movimento). 2.Movimento induzido: 2.Movimento induzido: (ex. vemos lua mover-se, quando é a terra que se move – nem sempre percepção e realidade física coincidem). 3.Estabilidade percebida: 3.Estabilidade percebida: o sistema nervoso central compensa as deslocações da retina decorrentes do movimento dos olhos promovendo a estabilidade visual (assim os olhos movem-se mas os objectos permanecem imóveis).

15 15 1.Os indícios de profundidade permitem saber a que distância está o objecto do observador e dos outros objectos. 2.A retina regista imagens em duas dimensões (esquerda-direita e em cima-em baixo), mas são percepcionadas a três dimensões. 3. PERCEPÇÃO DA PROFUNDIDADE E DISTÂNCIA

16 16 Tipos de indícios: Indícios binoculares: Indícios binoculares: existe uma disparidade binocular dado que vemos o mundo através de 2 olhos que estão posicionados diferentemente donde cada retina regista uma imagem ligeiramente diferente, o que se atenua quanto mais longe está o objecto (visão binocular). Indícios monoculares: Indícios monoculares: mesmo com um só olho percebemos o mundo a três dimensões pois existem indícios monoculares de profundidade (muitos deles são pictóricos). 3. PERCEPÇÃO DA PROFUNDIDADE E DISTÂNCIA

17 17 INDICADORES DE PROFUNDIDADE E DISTÂNCIA Fisiológicos –Convergência: quando os nossos olhos se fixam num objecto próximo viram-se um para o outro (sobretudo a menos de 10 metros) –Acomodação: durante a acomodação os músculos oculares fazem com que a lente do olho se espesse para focar objectos próximos ou se achata para focalizar os distantes.

18 INDICADORES DE PROFUNDIDADE E DISTÂNCIA De Movimento –Paralaxe de Movimento: o virar da cabeça faz os objectos deslocarem-se na retina fornecendo indícios de profundidade. Objectos próximos – passam rapidamente; Objectos distantes – passam lentamente. Este movimento relativo dos objectos proporciona informação fidedigna sobre a distância a que os objectos se encontram. 18

19 19 INDICADORES DE PROFUNDIDADE E DISTÂNCIA. PICTÓRICOS As indicações de desenho (pictóricas) fornecem informações sobre distância embora nem sempre estejamos conscientes de nos basearmos nestas. Há 6 indicadores monoculares de profundidade que são especialmente úteis: i)Tamanho conhecido i)Perspectiva linear a) a)a) b)b) b)

20 20 III.Luz e sombra IV.Graduação de textura V.Perspectiva aérea VI.Interposição Os indicadores pictóricos parecem ser aprendidos. Compara-se a imagem com experiências anteriores (tamanho, forma, acuidade e integridade). As experiências anteriores dão-nos informações sobre os objectos e a sua relação com outros no espaço.

21 21

22 22

23 23

24 PERCEPÇÃO DAS CORES Os seres humanos percebem as cores da mesma forma; Pouco depois do nascimento os bebés tendem a agrupar as cores da mesma forma que os adultos. 24

25 PERCEPÇÃO DAS CORES.Vermelho : usado juntamente com outras cores, é psicologicamente eficaz em diversos níveis (tem efeito ilusório de aproximação; chama a atenção; Amarelo : faz com que os objectos pareçam maiores. Azul : publicidade de detergentes (limpeza), eficiência (gerentes), segurança (carro de polícia),... Laranja : usado nos fast-food. Verde : hospitais, salas de cirurgia. Tons pastel : usados para cosméticos, embalagens alimentares e produtos para crianças. 25


Carregar ppt "1 1.Quando olhamos o mundo à nossa volta temos a necessidade de ORGANIZAR o que observamos mas fazêmo-lo tão rápida e automaticamente que, muitas vezes,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google