A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAMPANHA DA FRATERNIDADE Organizado por Deusdede Marques de Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAMPANHA DA FRATERNIDADE Organizado por Deusdede Marques de Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 CAMPANHA DA FRATERNIDADE Organizado por Deusdede Marques de Oliveira

2 Professor MARQUES Movimento nacional de sensibilização do povo brasileiro com o objetivo de conscientizar, a partir da reflexão, de que é fundamental o aumento de atitudes de amor e consequentemente diminuir o egoísmo.

3 Professor MARQUES Proposta: Neste tempo de quaresma, acolher com especial atenção e fé a Palavra de Deus e transformar nossa vida, olhando para o exemplo de Jesus Cristo, inspirados por São Marcelino Champagnat e amparados por Maria nossa Boa Mãe.

4 Professor MARQUES Momento forte: Quaresma: Tempo de aperfeiçoar o nosso compromisso com a oração, o jejum, a penitência e a caridade. Reconhecer a presença de Deus na caminhada, no trabalho, na luta, no sofrimento e na dor da vida do povo! É tempo forte de conversão da pessoa em todas as suas dimensões: pessoal, comunitária e social.

5 Professor MARQUES Histórico: Cáritas Brasileiras (arrecadar fundos para suas atividades) Realizada pela 1ª vez na quaresma - Natal-RN de dezembro, impulso renovador do Concílio Vaticano II, lançamento nacional de dezembro, projeto aprovado e assumido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

6 Professor MARQUES Fases da Campanha da Fraternidade: 1ª fase: 1ª fase: em busca da renovação interna da igreja. ( de 1964 a 1972) 2ª fase: 2ª fase: preocupação com a realidade social do povo brasileiro. (Vaticano II, Medellin e Puebla - de 1973 a 1984) 3ª fase: 3ª fase: situações existenciais do povo brasileiro. ( de 1985 até hoje)

7 Professor MARQUES OBJETIVO PERMANENTE DA CF: Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo-os na busca do bem comum; Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho; Renovar a consciência da responsabilidade, de todos, na Evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa (Justiça e Inclusão social) e solidária.

8 Professor MARQUES Método de trabalho Ver: Ver: conhecer a realidade; Julgar: Julgar: discernimento, responsabilidade e esperança à luz da Palavra de Deus; Agir: Agir: propostas de ação concreta.

9 Professor MARQUES ECONOMIA E VIDA Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro Mt 6, 24 CONIC Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil

10 Professor MARQUES IGREJAS MEMBROS DO CONIC: Igreja Católica Apostólica Romana Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil Igreja Episcopal Anglicana do Brasil Igreja Presbiteriana Unida do Brasil Igreja Sírian Ortodoxa de Antioquia

11 Professor MARQUES OBJETIVO GERAL 2010 Colaborar na promoção de uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum em vista de uma sociedade sem exclusão.

12 Professor MARQUES OBJETIVOS ESPECÍFICOS: 1 – Sensibilizar a sociedade sobre a importância de valorizar todas as pessoas que a constituem. 2 – Buscar a superação do consumismo, que faz com que o TER, PODER, PRAZER, sejam mais importantes do que as pessoas. 3 – Reconhecer as responsabilidades individuais diante dos problemas decorrentes da vida econômica, em vista da própria conversão.

13 Professor MARQUES ECONOMIA: (do Grego) – oikos + nomos: administração da casa – providenciar tudo que é necessário à sobrevivência. BEM COMUM: é o conjunto de condições sociais que permitem e favorecem às pessoas o desenvolvimento integral da personalidade. Obs: Pio XII afirma que a riqueza de uma nação não se mede por critérios quantitativos, mas pelo bem- estar do seu povo.

14 Professor MARQUES A VIDA EM PRIMEIRO LUGAR: A dádiva da vida e a lógica do mercado Agradecer é diferente de pagar A vida de cada um, ligada à vida de todos Economia a serviço da vida ou a vida à disposição da economia Valor econômico da água/mercadoria Mas há toda uma propaganda que vai noutra direção Planeta Terra, casa de todos Desafios e esperanças

15 Professor MARQUES A VIDA AMEAÇADA: O número de pobres é incontável e não são destinatários de nossa compaixão Um sonho de todas as pessoas Obstáculo a ser superado Um desenvolvimento desequilibrado A degradação do meio ambiente As condições de trabalho Poder e direitos sociais Respostas do Estado A cultura do consumismo Novos caminhos e participação popular Apelo às Igrejas

16 Professor MARQUES ECONOMIA PARA A VIDA Sistema econômico para todas as pessoas A Bíblia e o bem comum/Justiça para todos O descanso da Terra Créditos e juros Os direitos dos trabalhadores No Reino de Deus a lei é a solidariedade O papel do Estado Os discípulos de Jesus e outra economia

17 Professor MARQUES PROMOVER A VIDA Como viver hoje a mensagem da Boa Nova de Jesus? Urgência de ações coletivas Ecumenismo e opção pelos pobres Educação para a solidariedade Políticas públicas e seguridade social Preservação do meio ambiente e Reforma Agrária Economia Solidária e compromisso social

18 Professor MARQUES ECONOMIA SOLIDÁRIA CAPITALISMO SELVAGEM ECONOMIA E VIDA Concorrência/Disputa Patrão/Dono/Chefe Trabalho individual Superiores x Inferiores Produtos nocivos à saúde Exploração da natureza Exploração do trabalhador Mulheres/Crianças/Idosos/Excluídos Índios/Quilombolas/Negros inferiorizados Cultura padronizada Comerciante explorador(agric. e consum.) Dar o peixe Ensinar a pescar Solidariedade Autogestão Trabalho coletivo/Mutirão Igualdade de dignidade Produtos saudáveis Respeito e preservação Partilha igual dos ganhos Respeito e Participação Igualdade promovida Valorização das diferenças culturais Rede de produtores e comunidade Ensinar a pescar Pescar juntos no mesmo barco

19 Professor MARQUES ORAÇÃO DA CFE 2010 HOMENS:Ó Deus criador, do qual tudo nos vem, nós te louvamos pela beleza e perfeição de tudo que existe como dádiva gratuita para a vida. HOMENS: Ó Deus criador, do qual tudo nos vem, nós te louvamos pela beleza e perfeição de tudo que existe como dádiva gratuita para a vida.

20 Professor MARQUES MULHERES: Nesta Campanha da Fraternidade Ecumênica, acolhemos a graça da unidade e da convivência fraterna, aprendendo a ser fiéis ao Evangelho. HOMENS: Ilumina, ó Deus, nossas mentes para compreender que a boa nova que vem de ti é amor, compromisso e partilha entre todos nós, teus filhos e filhas.

21 Professor MARQUES MULHERES:Reconhecemos nossos pecados de omissão diante das injustiças que causam exclusão social e miséria. Pedimos por todas as pessoas que trabalham na promoção do bem comum e na condução de uma economia a serviço da vida. MULHERES: Reconhecemos nossos pecados de omissão diante das injustiças que causam exclusão social e miséria. Pedimos por todas as pessoas que trabalham na promoção do bem comum e na condução de uma economia a serviço da vida.

22 Professor MARQUES TODOS: Guiados pelo teu Espírito, queremos viver o serviço e a comunhão, promovendo uma economia fraterna e solidária, para que a nossa sociedade acolha a vinda do teu Reino. Por Cristo, nosso Senhor. AMÉM.

23 Professor MARQUES

24

25

26

27


Carregar ppt "CAMPANHA DA FRATERNIDADE Organizado por Deusdede Marques de Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google