A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRASIL NO SÉCULO XIX CRISE DA MONARQUIA. QUESTÃO MILITAR Exército fortalecido após a Guerra do Paraguai: salvação nacional; queriam ter voz ativa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRASIL NO SÉCULO XIX CRISE DA MONARQUIA. QUESTÃO MILITAR Exército fortalecido após a Guerra do Paraguai: salvação nacional; queriam ter voz ativa."— Transcrição da apresentação:

1 BRASIL NO SÉCULO XIX CRISE DA MONARQUIA

2

3

4

5

6 QUESTÃO MILITAR Exército fortalecido após a Guerra do Paraguai: salvação nacional; queriam ter voz ativa na vida pública tradicionais políticos civis do Império - casacas – continuaram indiferentes ao Exército Exército adotou idéias republicanas divulgadas por Benjamin Constant, professor da Escola Militar do Rio de Janeiro nas escolas militares crescia a mentalidade positivista* *teoria de Auguste Comte em meados do século XIX, fundada na idéia de ordem com base na aliança das classes sociais e de progresso com o crescimento das ciências exatas 1884: importantes oficiais foram punidos quando denunciavam publicamente pela imprensa a corrupção ou se manifestavam contra a escravatura

7 QUESTÃO RELIGIOSA Igreja submetida ao Estado através do Padroado e do Beneplácito Bula Syllabus (papa Pio IX) católicos proibidos de participarem da Maçonaria bispos de Olinda e de Belém cumpriram a bula Imperador mandou prender bispos e os condenou a trabalhos forçados

8 CAMPANHA ABOLICIONISTA até 1865, muitos países haviam abolido a escravidão (exceto Brasil, Cuba e Porto Rico) lei do Ventre Livre (28/091871): estavam livres os filhos de escravos nascidos a partir dessa data; proprietários estavam obrigados a criá-los até os 8 anos, quando seriam entregues ao Estado década de movimento abolicionista ganhou força entre as camadas médias dos centros urbanos: fundação de clubes e associações para divulgar ideais antiescravistas caifases: ajudavam na fuga de escravos, pagavam cotas para comprar sua liberdade lei dos Sexagenários (28/08/1885): os que tinham 60 anos foram obrigados a trabalhar mais três anos para indenizar proprietário contribuiu para aumentar as divergências entre proprietários – muitos deles admitiam a utilização do trabalho assalariado e aderiram à causa abolicionista lei Áurea (1888) – abolição de quase 800 mil escravos: fundamental para a economia, ainda que a industrialização tenha demorado chegada de imigrantes trouxe perspectiva de novas relações de trabalho dificuldades dos ex-escravos para se incorporar ao mercado de trabalho livre

9 CAMPANHA REPUBLICANA liberais descontentes rompem com o Partido Liberal e fundam o Partido Radical (1860) eleições diretas Partido Radical fim do poder Moderador governo descentralizado: federalismo membros do Partido Radical fundam o Partido Republicano Partido Republicano Paulista - aristocracia cafeeira paulista aliança entre republicanos (cafeicultores) e militares para o golpe que faria cair o Império


Carregar ppt "BRASIL NO SÉCULO XIX CRISE DA MONARQUIA. QUESTÃO MILITAR Exército fortalecido após a Guerra do Paraguai: salvação nacional; queriam ter voz ativa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google