A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anúncio institucional. Supervalorização e super exposição da marca Anúncio de página dupla de revista. Vê-se claramente a hierarquia da informação e o.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anúncio institucional. Supervalorização e super exposição da marca Anúncio de página dupla de revista. Vê-se claramente a hierarquia da informação e o."— Transcrição da apresentação:

1

2 Anúncio institucional. Supervalorização e super exposição da marca Anúncio de página dupla de revista. Vê-se claramente a hierarquia da informação e o aproveitamento dos espaços na distribuição do texto. O grafismo da marca compõe harmoniosamente com o alinhamento da massa de texto. Observe o respeito à área de segurança, mesmo com o plano de fundo sangrado.

3 Anúncio institucional. Supervalorização e superexposição da marca Anúncio de página dupla de revista. Repare a preocupação com o equilíbrio entre a marca e a mancha de texto.

4 Anúncio de varejo. Anúncio em página dupla para revista Veja. Este anúncio faz parte de um conjunto de peças da campanha, com mídias de rádio, jornal e Tv.

5 Explorando o contraste. Letras Cx. Alta, para provocar impacto visual, onde a leitura se dá em bloco. Como cada caso é um caso em PP, vale o bom-senso no momento de optar. Aqui observamos as letras vazadas. Observe, na lateral, o texto legal em letras bem miúdas.

6 Placa ou painel back light, de rua (Semusa) Peça publicitária com iluminação interna.

7 Outdoor em quatro linhas de texto, com posicionamento estratégico (visibilidade), com iluminação frontal e externa (front light).

8 Poluição visual. Baixa visibilidade.

9 Mal posicionamento de mídia à direita e objetividade à esquerda.

10 Aplicação da logomarca no prédio (Adesivação).

11 Empena na fachada principal do prédio.

12 Empenas, com spots de luz.

13 Balcão de degustação. Stand que tem como objetivo divulgar, de maneira personalizada, um produto. Normalmente realizado por um demonstrador ou promotor de vendas.

14 Inflável gigante Inflável, produzido em material plástico ou nylon, com a impressão externa, geralmente no formato do objeto que representa. É mantido inflado por um compressor de ar, ligado à sua parte posterior, na base.

15 Cavalete Peça de sinalização ou expositora de material promocional (cartaz, marca institucional, ou impressos) móvel, geralmente colocada no ponto de vendas.

16 Blimp Inflável hermético, com mensagem promocional, colocado estrategicamente no interior de feiras e exposições ou em áreas abertas. Em vários formatos e tamanhos. É inflado com gás hélio.

17 Blister Apresentação de um produto embalado entre um suporte de cartão e uma estrutura de plástico transparente, permitindo visualização.

18 Boton/Pin ( Metálico, com alfinete) Peça promocional em forma de broche, que pode ser produzida em diferentes formatos, com diferentes materiais. Quando impressa em material adesivo é chamada de melequinha ou meleca,

19 Brainstorm Técnica de reunião coletiva de criação, adotada principalmente em agências de Publicidade e Propaganda. Consiste em reunir pessoas de diferentes especialidades, envolvidas na elaboração de uma campanha, para a discussão livre e descontraída, onde os participantes podem expor qualquer idéia, por mais absurda que pareça, sobre todos os aspectos relacionados à criação e ao desenvolvimento da campanha, sobre o produto, seu mercado, possibilidades, características, possíveis slogans, etc...

20 Brainstorm Os princípios básicos são os seguintes: a) nenhuma critica às idéias apresentadas durante a reunião. b) Livre curso à imaginação dos participantes c) Grande número de idéias d) Aperfeiçoamento das idéias consideradas aproveitáveis. É geralmente com brainstorm que se iniciam, na agência, os trabalhos de criação de uma campanha. (tempestade cerebral, chuva de idéias).

21 Briefing Conjunto de dados comerciais ou de marketing que servem de base para estudos de promoção e merchandising, elaboração de campanhas e confecção de peças em geral. Formulário/Roteiro para elaboração de um briefing Cliente: Breve histórico das atividades do cliente (se necessário): Data e hora da visita: Responsável pelo atendimento: Contato representante do cliente: Cargo/função: Descrição da solicitação ou problema do cliente: Prazo previsto para apresentação de proposta de alternativas e início dos trabalhos solicitados ___/___/___ Prazo de apresentação____/___/_____

22 Objetivos do Check list 1.Descrever o problema do cliente. 2.Analisar, pesquisar e propor solução. 3.Destacar atributos/ o diferencial do cliente ou produto. 4.Rever informações importantes / legais. 5.Conhecer o histórico do cliente ou produto: deve-se pedir folhetos e anúncios que foram produzidos e outras informações que permitam conhecer a história da instituição ou do produto. 6.Possibilita a descrição dos benefícios, pontos fortes e fracos do cliente ou do produto. 7.Permite verificar a possibilidade de visita à fábrica / marcar visita. 8.Indica a necessidade de solicitar desenhos e plantas técnicas da empresa. 9.Possibilita a informação sobre todos os envolvidos direta ou indiretamente no processo, objeto de análise/manter contato.

23 Análise de Mercado/Categoria 1.Características do mercado/dimensões e peculiaridades. 2.Posição e participação do cliente ou do produto no mercado. 3.Concorrência/nomeação/participação: é aconselhável ter os dados da concorrência na reunião de briefing (?). 4.Pesquisas; caso existam, devem ser solicitadas, mesmo que antigas. 5.Indicação de locais para estudo de campo.

24 Identificação de Consumidor 1.Qualificar por sexo / idade / classe socioeconômica e ou cultural. 2.Consultar e pesquisas sobre hábitos e atitudes do consumidor em relação à instituição e à categoria do produto (como compra? como usa? com que freqüência?, etc.). 3.Descrever os benefícios da instituição e/ou do produto que o consumidor percebe e deseja. 4.Tentar entender por que ele compraria o produto ou por que gosta da instituição.

25 Objetivos de Marketing 1.Primário – O que a empresa pretende com a peça ou campanha? Qual a imagem pretendida? 2.Secundário – Qual o objetivo de marketing do cliente ou do produto 3.(participação no mercado)? 4.Obstáculos – Quais as interferências internas ou externas podem 5.comprometer o projeto ou campanha? 6.Prazos – Qual a data limite para a apresentação das propostas, da campanha e dos layouts? 7.Recursos/Investimentos – Quanto a empresa pretende investir na campanha? 8.Pesquisa – todas as pesquisas inerentes à campanha, se necessária, será feita antes do início da campanha publicitária. 9.Planejamento/estratégias de mídia – definir tempo de duração da campanha, em quantas fases será distribuída e quais as estratégias de comunicação definidas pelo planejamento de mídia?

26 Broadside Folheto destinado ao público interno e intermediário (distribuidores e varejistas) apresentando o produto e a sua campanha de comunicação. Pode também ser um comunicado no ponto de venda.

27 Busdoor Impresso auto-adesivado, colado na parte traseira do ônibus. É um outdoor ambulante. Uma mídia poderosa quando bem aplicada.

28 Aéreo Cartaz produzido em qualquer material destinado a ser exposto no alto, no ponto de venda. Cartaz de ponto de venda Peça impressa em papel ou outra superfície, apresentando mensagem e/ ou imagem, para ser fixado no ponto de venda.

29 Catálogo Material destinado a ilustrar os produtos/serviços que a empresa disponibiliza aos clientes.

30 Conta Entidade ou pessoa que entrega a uma agencia a responsabilidade de sua propaganda. Contato ou atendimento É o profissional responsável por representar a agência diante do cliente e representar o cliente dentro da agência. Ele é o responsável pelas informações que o cliente repassa à agência e vice- versa. É ele quem faz o relatório de visitas, elabora o briefing e inspeciona o material produzido pela agência e que levará à aprovação do cliente, depois de ter sido aprovada pelo diretor de criação.

31 Cromalim, Du Pont Prova obtida rapidamente por um processo fotográfico com depósito de pigmentos coloridos.

32 Cupom Impresso, encartado em publicações ou impresso diretamente nos rótulo dos produtos. Em alguns casos vem contido dentro do produto ou de sua embalagem, oferecendo vantagens, descontos, sorteios, brindes e outros, na aquisição de determinado produto. O cupon também pode ser uma ficha eletrônica, encontrado na internet. É uma estratégia de Mkt para medir o recall ou para a montagem de um mailling list.

33 Demonstrador Profissional designado para fazer a demonstração de uso do produto ou para promover o teste de degustação do produto pelos consumidores.

34 Display Peça destinada a promover, apresentar, expor, demonstrar e ajudar a vender qualquer produto ou serviço, podendo ser colocado diretamente no solo, vitrine, balcão ou gôndola.

35 Embalagem display Embalagem que acondiciona e expõe os produtos no ponto de vendas

36 Adesivação Colocação de adesivo em carros, que pode ser no vidro por dentro ou por fora, ou mesmo na lataria do veículo. Pode ter a função de campanha publicitária ou simplesmente a identificação de frota.

37 Envelopamento É o envolvimento de todo o veículo com película auto- adesiva, impressa. Além de ser uma mídia ambulante, identifica e enfatiza a marca ou o produto.

38 Faca de corte Dispositivo de madeira com lâminas de aço que cortam e traçam para moldar papel, papelão e outros suportes.

39 Facing Parte frontal de uma embalagem que lhe dá maior visibilidade ao ser exposta em uma prateleira.

40 Faixa de Gôndola ou régua Peça promocional, impressa, colocada na parte frontal e divisórias horizontais das gôndolas, junto aos produtos da promoção.

41 Filipeta Impresso em uma única lâmina, podendo ser impressa apenas de um lado ou frente e verso, sem dobradura.

42 Flâmula ou Bandeirola Peça impressa, confeccionada em diversos materiais e que ficam suspensas nos pontos de venda

43 Floor graphics Impressos auto-adesivados que se colam no chão ou em escadas rolantes. São mídias de apoio e reforçam o posicionamento do produto ou da marca.

44 Banner Peça em material rígido ou flexível terminada em formato arredondado, reto ou em V para ser fixada verticalmente.

45 Folder ou folheto É um impresso em folha única, com dobra ou dobras.

46 Front light Outdoor ou painel com iluminação frontal.

47 Fotolito É o filme negativo ou positivo, resultante da arte final, que será utilizado para a gravação das chapas de impressão.

48 Gargaleira Peça de acoplagem, que serve para unir duas peças pelo gargalo. É utilizada em embalagens de cosméticos e garrafas plásticas ou de vidro. Dispensa impressão.

49 Gôndola Prateleiras utilizadas para exposição de produtos no ponto de vendas (supermercados, farmácias, etc.).

50 House Organ Jornal de circulação interna das empresas. Tem por objetivo básico, manter os funcionários informados sobre o que acontece com e na instituição.

51 Institucional É um anúncio ou comercial eletrônico, cujo objetivo é promover a instituição, a marca ou o órgão público ou privado. Cria uma imagem favorável à instituição em questão.

52 Jingle Fundo musical de um comercial de rádio ou o próprio comercial cantarolado ou musicado. O jingle pode compor com uma cena de comercial para Tv também.

53 Móbile peça promocional impressa, suspensa por fios, nos pontos de venda.

54 Logomarca é o símbolo ou o elemento gráfico que traduz a imagem de uma empresa. Logotipo (logos + tipia ou tipo) Pode tanto ser o conjunto gráfico (logomarca e tipia) ou simplesmente a tipia, com design exclusivo e que também expressa a personalidade da empresa. Exemplo: Vasp, Veja, etc. Marca é o mesmo que logomarca. Exemplo:

55 Mock up Cópia fiel do produto original, produzido em escala maior e com materiais mais resistentes para facilitar a filmagem ou ensaio fotográfico.

56 Multipack Embalagem que agrupa uma certa quantidade do mesmo produto com finalidade promocional.

57 Packshot O close do produto numa foto ou num filme publicitário.

58 Portfólio É o conjunto dos melhores trabalhos produzidos por um profissional ou por uma agência de publicidade.

59 Rascunho ou rafe É o desenho rápido e em linhas gerais do que se imagina ser o layout ou a arte-final de uma peça.

60 Sacola Peça impressa, multifuncional. Se caracteriza por estampar o nome ou a marca da loja e tem a finalidade, além de embalar o produto, de difundir a empresa. È uma mídia de apoio bastante eficiente. Geralmente é reutilizada pelo consumidor.

61 Stoper Peça promocional, fixada perpendicularmente na gôndola para chamar a atenção do consumidor para um determinado produto.

62 Teaser Anúncio ou comercial que tem por objetivo causar curiosidade. Não descreve o produto ou instituição.

63 Testeira Peça impressa no sentido horizontal, colocada em fachada superior de stands ou gôndolas.

64 Totem Elemento sinalizador vertical, identificador de uma instituição ou empresa.

65 Viseira É uma mídia não muito eficiente, mas se aplica bem como brinde a formadores de opinião e a atletas, de modo geral.


Carregar ppt "Anúncio institucional. Supervalorização e super exposição da marca Anúncio de página dupla de revista. Vê-se claramente a hierarquia da informação e o."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google