A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MORFOLOGIA EXTERNA DAS PLANTAS. RAIZ Sustentação da planta Absorção de substrato Armazenamento de reservas nutritivas Aeração Em geral são cilíndricos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MORFOLOGIA EXTERNA DAS PLANTAS. RAIZ Sustentação da planta Absorção de substrato Armazenamento de reservas nutritivas Aeração Em geral são cilíndricos,"— Transcrição da apresentação:

1 MORFOLOGIA EXTERNA DAS PLANTAS

2 RAIZ Sustentação da planta Absorção de substrato Armazenamento de reservas nutritivas Aeração Em geral são cilíndricos, subterrâneos, aclorofilados, geotropismo positivo, fototropismo negativo

3 REGIÕES DA RAIZ

4 Coifa ou caliptra- local das células meristemáticas e local de proteção contra atrito e microorganismos Zona lisa ou de crescimento- as células estão se alongando promovendo o crescimento longitudinal da raiz

5 Zona pilífera- formada por pêlos que são prolongamentos das células epidérmicas e aumentam a superfície de absorção das raízes Zona suberosa ou de ramificação- é a mais antiga e mais endurecida. Nesta região formam-se raízes laterais

6 Sistema pivolante ou axial 1. Todas as raízes são formadas a partir de um único meristema 2. Gimnospermas e dicotiledôneas 3. Raízes tuberosas(estruturas de reserva) RAÍZES TERRESTRES OU SUBTERRÂNEAS:

7 Sistema radicular fasciculado ou em cabeleira 1. Raízes adventícias forma-se a partir de outros órgãos ( caule) 1. Monocotiledôneas ( pé de capim)

8 RAÍZES AQUÁTICAS Destacam-se pelos aerênquimas que permitem a flutuação da planta 1. Lodosas –fixas no substrato, pântanos ou fundo dos rios ( vitória-régia) 2. Natantes – flutuam livres na água (aguapé)

9 RAÍZES AÉREAS E SITUAÇÕES ESPECIAIS Desenvolvem-se parcialmente ou totalmente em contato com a atmosfera Raízes suporte Raiz cintura ou estranguladora Raiz tabular Raiz grampiforme Raiz pneumatóforo Raiz sugadora ou haustório

10 pneumotóforo tabular haustório Suporte ou escora

11 Escora/ suportegrampiforme

12 CAULE Órgão de sustentação Condutor de seiva bruta e elaborada Podem ser aéreos, subterrâneos e aquáticos

13 CAULE Caule aéreo: Ereto 1. Colmo 2. Estipe 3. Hastes 4. Escapo 5. Tronco Caule ratejante (abóbora) Caule trepador (videira)

14 CAULE 1. Colmo -geralmente sem ramificação e ao longo do eixo entrenós ( gomos )separados pelos nós 2. bambu, cana de açúcar, milho

15 CAULE Estipe- forma cilíndrica, em geral não se ramificam e folhas surgem da extremidade superior mamão e palmeira

16 CAULE Haste- lisas, delgadas, flexíveis e verdes (rosa e soja, feijão)

17 CAULE Escapo- capim dandá

18 CAULE Tronco- grande espessura, base mais desenvolvida que ápice ( árvores)

19 CAULE Subterrâneo: Rizoma- crescem horizontalmente no solo( samambaia, espada de são Jorge) e outros acumulam substâncias nutritivas( gengibre, bananeira e batata inglesa Bulbo- pequenos caules envolvidos por folhas modificadas( lírio e cebola)

20 CAULE Caules aquáticos- são aqueles que se desenvolvem em meio aquoso Vitória-régia, plantas ornamentais, elódea VITÓRIA- RÉGIA ELÓDEA

21 CAULE Partes especializadas dos caules- 1- gavinha dos chuchuzeiros 2- espinhos dos limoeiros 3- cladódio- especializado em fotossíntese e ocorre mais em cactos

22 FOLHAS Órgão com função de captação de luz e trocas gasosas Realizar fotossíntese Condução da seiva

23

24 Folhas completas possuem: Limbo-forma de lâmina e grande superfície, possibilita eficiente captação de luz Pecíolo- haste que prende a folha ao caule Bainha – mais em monocotiledôneas e envolve o caule

25

26


Carregar ppt "MORFOLOGIA EXTERNA DAS PLANTAS. RAIZ Sustentação da planta Absorção de substrato Armazenamento de reservas nutritivas Aeração Em geral são cilíndricos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google