A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Henrique Costa Hermenegildo da Silva BOTÂNICA SISTEMÁTICA II. Semestre letivo 2013.1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Henrique Costa Hermenegildo da Silva BOTÂNICA SISTEMÁTICA II. Semestre letivo 2013.1."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Henrique Costa Hermenegildo da Silva BOTÂNICA SISTEMÁTICA II. Semestre letivo

2 Treinar os estudantes a reconhecer os distintos grupos de plantas classificadas a partir diferentes Sistemas de Classificação. Estudar adventos que tornam as plantas aptas a sobreviver no ambiente terrestre e como cada órgão que surgiu na história evolutiva das plantas auxiliam em seu domínio na Terra. Exercitar a identificação de famílias e espécies botânicas contextualizadas a cada classe e subclasse por meio de chaves de identificação. OBJETIVO:

3 I.1 Apresentação da disciplina; O que são Fanerógamos? I.2 Evolução das plantas vasculares com semente, organização do corpo do filo extinto Proymnospermophyta e dos filos existentes Coniferophyta e Cicadophyta. I.3 Caracterização dos filos Ginkgophyta, Gnetophyta e principais características do Ciclo de vida das Gimnospermas. I.4 Origem, evolução e dos órgãos de Angiospermas I.5 Observação dos sistemas reprodutivos e de proteção das flores de angiospermas como base para identificação I.6 Coleta e técnicas de herborização de material botânico I.7 Apresentação de Seminários I.8 Visita a Reserva Biológica de Pedra Talhada II.1 Sistemas de Classificação: Engler, Cronquist e APG II II.2 Famílias da subclasse Magnoliidae, Hamamelidae, Rosidae e Dileniidae / Expositiva II.3 Identificação de material botânico II.4 Visita ao herbário MAC-IMA II.5 Famílias da subclasses Caryophyliidae e Asteridae / Expositiva II.6 Identificação de material botânico II.7 Famílias da subclasse Alistematidae e Arecidae/ Expositiva II.8 Identificação de material botânico II 9 Famílias da subclasse Commelinidae, Zingiberidae e Liliidae/ Expositiva II 10 Identificação de material botânico

4 REVISÃO DE CONCEITOS A SEREM CONSIDERADOS DURANTE A DISCIPLINA FUNDAMENTOS DA CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA

5 O QUE É SISTEMÁTICA E QUEM (ou O QUÊ) INFLUENCIOU OS ATUAIS SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

6 O estudo científico da diversidade biológica e de sua história evolutiva (Raven, et al., 2007). FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL Sistemática vegetal?

7 Contextualizando à sistemática vegetal Adansonia gibboa (Australia). Adansonia digitata (África). Adansonia madagascariensis (Madagascar). Ancestral em comum

8 ... Caracteres que, segundo os naturalistas, mostram uma verdadeira afinidade entre duas ou mais espécies são aqueles que foram herdados de um ancestral em comum, portanto a classificação verdadeira é genealógica (Charles Darwin 1859). FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

9 O sistema geral de referencia da diversidade biológica e o sistema lineano NOMES; OBJETOS; CLASSES DE OBJETO. Novamente, não é possível quebrar um grupo natural, Aves por exemplo, colocando sob diferentes bifurcações, como é feito em algumas dicotomias publicadas, onde algumas aves são classificadas com os animais aquáticos, e outras colocadas em em uma classe diferente. (Aristóteles, Das partes dos animais, Livro 1,2).

10 O QUE É TÁXON? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

11 Em sistemática, os objetos são organismos e as classes táxons, que sempre poderão ser incluídos em classes maiores; TAXON – do grego s, disposição, boa ordem ordenação. FATOR COMLPICADOR – Classes são abstrações cujas características são definidas por quem classifica. FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

12 O QUE É CLADO? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL Grupo formado por um ancestral e todos os seus descendentes (Raven et al., 2007).

13 O QUE É CLASSIFICAÇÃO HIERÁRQUICA? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

14 Species - Espécies Genus - Gênero Ordo - Ordem Classis - Classe Regnum - Reino REINO, CLASSE, ORDEM, FAMÍLIA, GÊNERO E ESPÉCIE FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

15 QUAL A ATUAL CONFIGURAÇÃO DOS GRANDES GRUPOS DE ORGANISMOS? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

16 Os três domínios da Vida (baseados na seqüência de nucleotídeos do RNA ribossômico) FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

17 QUAIS SÃO AS ETAPAS DA SISTEMÁTICA VEGETAL? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

18 SISTEMÁTICA X TAXONOMIA IdentificaçãoNomenclaturaClassificação Identificação: determinação de táxon como idêntico ou semelhante a outro já conhecido; Nomenclatura: emprego correto dos nomes das plantas; Classificação: é a ordenação das plantas em um táxon.

19 REINO DIVISÃO CLASSE *ORDEM *FAMÍLIA GÊNERO ESPÉCIE Unidades Sistemáticas ae ales aceae GÊNERO ESPÉCIE Sub-ORDEM ineae *Sub-FAMÍLIA oidae FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

20 Unidades Sistemáticas Gênero: O primeiro de duas palavras que constituem um binômio. Substantivo latino sempre no singular. Pode subdividir-se em seções, subseções ou séries; Espécie: Categoria na qual foi estabelecido o sistema lineano. Categorias infraespecíficas: subespécie, variedade, subvariedade e forma; FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

21 O QUE É UMA ESPÉCIE? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

22 O conceito de espécie mais comum é o conceito biológico de espécie de Dobzhansky e Mayr: Espécies são grupos de populações naturais que estão ou tem o potencial de estar se intercruzando, e que estão reprodutivamente isolados de outros grupos. FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

23 COMO SE DÁ O PROCESSO DE ESPECIAÇÃO? FUNDAMENTOS DA SISTEMÁTICA VEGETAL

24 INTRODUÇÃO ÀS PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE

25 Algas verdes (grupo externo) Briófitas PteridófitasGimnospermasAngiospermas Gametângios revestidos por células estéreis Embrião retido no gametângio feminino Vasos condutores de seiva Sementes Flores e frutos Espermatófitas (plantas que produzem sementes) Traqueófitas (plantas vasculares) Embriófitas

26 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE O QUE É UMA SEMENTE?

27 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE O QUE É UMA SEMENTE? A SEMENTE CONSTITUI UMA UNIDADE DE REPRODUÇÃO DAS PLANTAS. Lembrete: todas as plantas com semente são heterosporadas Enfim, é um óvulo maduro contendo um embrião

28 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE QUAL O VALOR DE INOVAÇÃO DESSA ESTRUTURA? Aumento do valor de sobrevivência; Proteção; Nutrição;...

29 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Eventos que levaram a evolução do óvulo nucelo Retenção do megásporo; Redução de células-mãe de megásporo (1/megasporângio); Sobrevivência de apenas um megásporo funcional; Formação de único megagametófito; Desenvolvimento do embrião no megagametófito; Desenvolvimento da micrópila; Modificação do ápice do megasporângio pra receber o grão de pólen.

30

31

32

33

34

35 QUE CARACTERÍSTICA PODEMOS DESTACAR EM RELAÇÃO ÀS FASES DO CICLO DE VIDA DAS PLANTAS QUANDO COMPARAMOS GRUPOS MAIS DERIVADOS COM OUTROS MAIS PRIMITIVOS?

36 Gametófito Esporófito PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE

37 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE NUA Ausente em plantas vasculares com semente Anterídeo Arquegônio

38 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE HETEROSPORIA

39 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Progymnospermophyta (Filo extinto). Produz xilema e floema secundário; Reprodução por esporos;

40 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Existem cinco filos de plantas vasculares com semente Cycadophyta Ginkgophyta Coniferophyta Gnetophyta Anthophyta 840 espécies espécies

41 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE GIMNOSPERMA = SEMENTE NUA GRUPO PARAFILÉTICO

42 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Filo Coniferophyta 70 gêneros e 630 espécies

43 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Filo Cycadophyta 11 gêneros e 140 espécies

44 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Filo Ginkgophyta

45 PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE Filo Gnetophyta

46 LIVROS RECOMENDADOS SOBRE PLANTAS VASCULARES COM SEMENTE (ÊNFASE EM ANGIOSPERMAS) Judd, W.S.; Campbell C.S.; Kellogg, E.A.; Stevens, P.F.; Donoghu, M.J. Sistemática Vegetal - Um enfoque Filogenético. Artmed. 3ed. 632p Barroso, G.M. Sistemática de Angiospermas do Brasil. Vol. 1,2 e 3. EDUSP Souza, V.C.; Lorenzi, H.. Botânica Sistemática: guia ilustrado para identificação das famílias de Angiospermas da flora brasileira, baseado em APG II. Instituto Plantarum. 640p

47 SISTEMA DE AVALIAÇÃO: 1ª Avaliação – 30% seminário (29/07) 70% prova (05/08) 2ª Avaliação – 70% prova Teórica (01/10) 30% Prova prática (01/10) Reavaliação – 08/10 Final – 15/10

48 Temas*: Plantas de jardim; Plantas de zonas antrópicas; Árvores de arborização pública; Plantas de paisagismo público (ênfase em herbáceas); Plantas de vegetação nativa (Caatinga); Plantas de vegetação nativa (Mata Atlântica); Plantas medicinais; Plantas utilizadas em recomposição florestal; Famílias de plantas agrícolas.


Carregar ppt "Prof. Henrique Costa Hermenegildo da Silva BOTÂNICA SISTEMÁTICA II. Semestre letivo 2013.1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google