A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sulfadiazina de Prata 1% Bruno Tiago Chirli Vechi Elton Miyakava Péricles Seganfredo Vanessa Franco.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sulfadiazina de Prata 1% Bruno Tiago Chirli Vechi Elton Miyakava Péricles Seganfredo Vanessa Franco."— Transcrição da apresentação:

1 Sulfadiazina de Prata 1% Bruno Tiago Chirli Vechi Elton Miyakava Péricles Seganfredo Vanessa Franco

2 Sulfadiazina de Prata 1% É um agente tópico utilizada na superfície da pele, podendo ter ação antimicrobiana ou não. Alguns agentes tópicos ajudam no debridamento dos tecidos. É um agente tópico utilizada na superfície da pele, podendo ter ação antimicrobiana ou não. Alguns agentes tópicos ajudam no debridamento dos tecidos. Dentre os diferentes tipos de agentes tópicos, existem os cremes que são constituídos por emulsões de água e óleo, em que a quantidade de água é superior ao óleo. Dentre os diferentes tipos de agentes tópicos, existem os cremes que são constituídos por emulsões de água e óleo, em que a quantidade de água é superior ao óleo.

3 Por volta de 1976, estudiosos relataram o tratamento de queimaduras com a preparação de um composto de Nitrato de Cério e Sulfadiazina de Prata, com o objetivo de reduzir a infecção de feridas. Por volta de 1976, estudiosos relataram o tratamento de queimaduras com a preparação de um composto de Nitrato de Cério e Sulfadiazina de Prata, com o objetivo de reduzir a infecção de feridas. A combinação dessas duas substâncias leva à deposição de uma fina camada de sais de cálcio sobre a lesão, formando uma barreira contra bactérias. A combinação dessas duas substâncias leva à deposição de uma fina camada de sais de cálcio sobre a lesão, formando uma barreira contra bactérias.

4 CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS Bactericida para Gram-positivas e Gram- negativas e algumas espécies de fungos. Bactericida para Gram-positivas e Gram- negativas e algumas espécies de fungos. A atividade é mediada pela reação do íon prata com o DNA microbiano, impedindo sua replicação. A atividade é mediada pela reação do íon prata com o DNA microbiano, impedindo sua replicação. Age sobre membrana e parede celulares enfraquecendo-as, com consequente rompimento por pressão osmótica. Age sobre membrana e parede celulares enfraquecendo-as, com consequente rompimento por pressão osmótica. O componente prata é excretado pela via hepatobiliar e a Sulfadiazina pela renal. O componente prata é excretado pela via hepatobiliar e a Sulfadiazina pela renal.

5 INDICAÇÕES Tratamento de feridas com grande potencial de sepse: queimaduras, úlcera de pressão, úlceras venosas e feridas cirúrgicas infectadas. Tratamento de feridas com grande potencial de sepse: queimaduras, úlcera de pressão, úlceras venosas e feridas cirúrgicas infectadas. Ação profilática em cateterismo venosos e arteriais. Ação profilática em cateterismo venosos e arteriais.

6 A Sulfadiazina de Prata 1% é um dos agentes tópicos mais utilizados no tratamento de queimaduras, sendo recomendada em queimaduras de segundo e terceiro graus. A Sulfadiazina de Prata 1% é um dos agentes tópicos mais utilizados no tratamento de queimaduras, sendo recomendada em queimaduras de segundo e terceiro graus. É facilmente aplicada e removida, não provoca dor e apresenta poucos efeitos colaterais. É facilmente aplicada e removida, não provoca dor e apresenta poucos efeitos colaterais.

7 CONTRA INDICAÇÕES Grávidas, crianças prematuras e recém- natos quando a utilização for em grande área do corpo. Grávidas, crianças prematuras e recém- natos quando a utilização for em grande área do corpo. Pacientes alérgicos a sulfas e demais componentes da formulação. Pacientes alérgicos a sulfas e demais componentes da formulação.

8 MODO DE USO Aplicar de 1 a 2 vezes ao dia. Aplicar de 1 a 2 vezes ao dia. Limpar lesão, aplicar uma camada do creme, fazer um curativo com gaze. Limpar lesão, aplicar uma camada do creme, fazer um curativo com gaze. Em lesão muito úmida, reaplicar o creme uma segunda vez ao dia. Em lesão muito úmida, reaplicar o creme uma segunda vez ao dia. Utilizar até a cicatrização da ferida. Utilizar até a cicatrização da ferida. Freqüência de Troca: Freqüência de Troca: - É recomendada a cada 12 horas.

9 A aplicação de Sulfadiazina de Prata 1%, segue a prescrição médica, que recomenda a sua utilização nos primeiros dias de tratamento da queimadura, enquanto há presença de tecido necrótico ou infecção. A aplicação de Sulfadiazina de Prata 1%, segue a prescrição médica, que recomenda a sua utilização nos primeiros dias de tratamento da queimadura, enquanto há presença de tecido necrótico ou infecção.

10 CUIDADOS Pacientes que utilizam o produto em grandes áreas do corpo: SUPERDOSAGEM, aumento da concentração do Sulfadiazina de Prata no sangue. Pacientes que utilizam o produto em grandes áreas do corpo: SUPERDOSAGEM, aumento da concentração do Sulfadiazina de Prata no sangue. Interromper o uso imediatamente e procurar médico. Interromper o uso imediatamente e procurar médico.

11 CUIDADOS Em idosos, crianças e outros grupos de risco, só fazer a administração sobre a orientação médica. Em idosos, crianças e outros grupos de risco, só fazer a administração sobre a orientação médica. Não deve ser usado concomitantemente com enzimas proteolíticas (ex: colagenases e proteases). Não deve ser usado concomitantemente com enzimas proteolíticas (ex: colagenases e proteases).

12 ARMAZENAMENTO Mantido em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Mantido em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz a umidade. Proteger da luz a umidade.


Carregar ppt "Sulfadiazina de Prata 1% Bruno Tiago Chirli Vechi Elton Miyakava Péricles Seganfredo Vanessa Franco."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google