A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é comunicação?. Diego não conhecia o mar que ficava longe de sua casa. Um dia manifestou ao pai seu grande desejo de conhecer o mar. O pai, sensível.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é comunicação?. Diego não conhecia o mar que ficava longe de sua casa. Um dia manifestou ao pai seu grande desejo de conhecer o mar. O pai, sensível."— Transcrição da apresentação:

1 O que é comunicação?

2 Diego não conhecia o mar que ficava longe de sua casa. Um dia manifestou ao pai seu grande desejo de conhecer o mar. O pai, sensível ao desejo do menino resolveu atender seu pedido e saíram na sua direção. A caminhada foi longa, o mar estava atrás da montanha, das dunas.

3 Depois de muito caminhar chegaram ao cume de uma das montanhas, de onde Diego podia avistar o mar e sua imensidão Depois de muito caminhar chegaram ao cume de uma das montanhas, de onde Diego podia avistar o mar e sua imensidão.

4 Diego olhou aquele espetáculo oferecido pela natureza. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto seu encanto, que o menino ficou mudo diante a de tanta beleza. Quando conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu: Pai, me ajude a olhar! Pai, me ajude a olhar! Por que ele pede ajuda para olhar?

5

6 Definições Compartilhar elementos de comportamento ou modos de vida, pela existência de um conjunto de regras" Compartilhar elementos de comportamento ou modos de vida, pela existência de um conjunto de regras" Colin Cherry ( ) era professor de telecomunicações no Imperial College, da Universidade de Londres e cientista cognitivo. Autor de A comunicação humana uma recapitulação, uma vista de conjunto e uma crítica Colin Cherry ( ) era professor de telecomunicações no Imperial College, da Universidade de Londres e cientista cognitivo. Autor de A comunicação humana uma recapitulação, uma vista de conjunto e uma crítica Processo de fazer participar um indivíduo, um grupo de indivíduos ou um organismo, situados numa dada época e lugar, nas experiências de outro, utilizando elementos comuns" Processo de fazer participar um indivíduo, um grupo de indivíduos ou um organismo, situados numa dada época e lugar, nas experiências de outro, utilizando elementos comuns" Abraham Moles ( ) foi um engenheiro elétrico e engenheiro acústico francês além de doutor em física e filosofia. Foi o fundador do Instituto de Psicologia da Comunicação Social,conhecido como Escola de Estrasburgo. Abraham Moles ( ) foi um engenheiro elétrico e engenheiro acústico francês além de doutor em física e filosofia. Foi o fundador do Instituto de Psicologia da Comunicação Social,conhecido como Escola de Estrasburgo.

7 1. Conceito Etimológico Comunicação vem do latim communis, comum, dando idéia de comunidade. Comunicação vem do latim communis, comum, dando idéia de comunidade. Comunicar significa: participação, troca de informações, tornar comum aos outros idéias, volições e estados dalma. (Padre Augusto Magne) Comunicar significa: participação, troca de informações, tornar comum aos outros idéias, volições e estados dalma. (Padre Augusto Magne) Esse conceito preza o fato das pessoas poderem entender umas às outras, expressando pensamentos e até mesmo unindo o que está isolado, o que está longe da comunidade. Esse conceito preza o fato das pessoas poderem entender umas às outras, expressando pensamentos e até mesmo unindo o que está isolado, o que está longe da comunidade.

8 2. Conceito Biológico Nesse conceito, a comunicação é relacionada com a atividade sensorial e nervosa do ser humano. É através da linguagem que é exprimido o que se passa em seu sistema nervoso. Algumas espécies têm a necessidade de intercambiar informações apenas para multiplicar-se, enquanto a espécie humana procura comunicar-se intensamente com outros porque necessita participar ativamente da sua própria evolução biológica. Segundo Wilbur Schramm, a comunicação segue a seguinte ordem: 1-A coleta de informações pela atividade nervosa, 2-A armazenagem, 3- A disposição da informação, 4 -A circulação das mesmas para os centros da ação 5-O preparo de ordens que resultam no envio de mensagens. Um conceito parcial, pois a comunicação não se resume a impulsos nervosos.Existe, por exemplo, o lado emocional que contribui para a formulação das idéias. A inteligência emocional é parte biológica do ser humano, uma vez que sentimentos como ira e alegria alteram batimentos cardíacos, influenciando pensamentos e reformulando informações.

9 3. Conceito Pedagógico A comunicação é uma atividade educativa que envolve troca de experiências entre pessoas de gerações diferentes, evitando-se assim que grupos sociais retornem ao primitivismo. Entre os que se comunicam, há uma transmissão de ensinamentos, onde modifica-se a disposição mental das partes envolvidas. 4. Conceito Histórico Baseada na cooperação, a comunicação no conceito histórico funciona como instrumento de equilíbrio entre a humanidade, neutralizando forças contraditórias. Desse ponto de vista, o conceito propicia o resgate diacrônico imprescindível ao avanço do homem em direção ao futuro. Não fossem os meios de comunicação, ampliando as possibilidades de coexistência mais pacífica entre os homens, estes já estariam extintos em meio às disputas por poder. E não menos importante que os conceitos anteriores, a comunicação atua na forma de: sobrevivência social e no fundamento da existência humana

10 5. Conceito Sociológico O papel da comunicação é de transmissão de significados entre pessoas para a sua integração na organização social. Os homens têm necessidade de estar em constante relação com o mundo, e para isso usam a comunicação como mediadora na interação social, pois é compreensível enquanto código para todos que dela participam. Além desse aspecto, os sociólogos entendem a comunicação como fundamental nos dias de hoje para o bom entendimento da sociedade e na construção social do mundo. Quanto mais complicada se torna a convivência humana, mais se faz necessário o uso adequado e pleno das possibilidades de comunicação. 6. Conceito Antropológico A tendência predominante em alguns estudos da Antropologia é a de analisar a comunicação como veículo de: transmissão de cultura ou como formador da bagagem cultural de cada indivíduo. Esse é um assunto de grande importância, haja vista o surgimento da cultura de massa neste século XX, transformando as formas de convivência do homem moderno. Tanto que, dentre as principais teorias da comunicação de massa, encontramos a Teoria Culturológica, desenvolvida por Edgar Morin. Os antropólogos e comunicólogos não devem esquecer que sem o desenvolvimento da comunicação, não se poderia estudar o homem em suas origens.

11 Semiótica: teoria dos signos e do pensamento deliberado. Tem por função classificar e descrever todos os tipos de signos logicamente possíveis. Isso parece dotá-la de um caráter ascendente sobre todas as ciências especiais, dado que estas ciências são linguagens.

12 Comunicação Trata-se de uma habilidade, exclusivamente humana, que ocorre através da linguagem. Como o ser humano é eminente social, ou seja, incapaz de viver isolado e solitário, podemos dizer que: O fenômeno da Comunicação é também um fenômeno Social Linguagem «Todo o sistema de signos que permite a comunicação entre os homens ' ou possibilita que um conjunto complexo se torne inteligível». «a função de expressão do pensamento e da comunicação entre os homens, exercida pelos órgãos de fonação (palavra) ou por uma notação de signos materiais (escrita)» (Petit Robert, 1967). A este tipo de linguagem, tipicamente humano, chamaremos a linguagem verbal, para sublinharmos bem que ele se baseia no verbo, na palavra. Para estudar as linguagens, recorremos à semiologia, essa «ciência que estuda a vida dos signos no seio da vida social», e da qual o pai da lingüística moderna, Ferdinand de Saussure

13 A linguagem áudio é temporal e linear. Ela desfruta unicamente da dimensão do tempo, não é visível no espaço. O registro sonoro permite a conservação de mensagens acústicas, o princípio da escrita é o mesmo. O som desenvolve-se como se fosse uma linha - cada signo sonoro é percebido consecutivamente, um após outro, palavra após palavra, nota após nota. O ritmo é um dos elementos essenciais da linguagem áudio, escande o desenrolar do som, marca o tempo, é um dos elementos sonoros fundamentais que dá origem à música. O ritmo está para o áudio como a distância está para o visual - delimita as durações, enquanto a distância delimita as extensões.

14 A linguagem visual é espacial e global. O objecto, tal como a imagem fixa que representa objectos, está situado no espaço. Essa linguagem cria a ilusão de profundidade. A distância é uma variável visual fundamental, comparável de certo modo ao ritmo, que é uma variável temporal.

15 A linguagem audiovisual é sintética e integral. É perfeitamente sintética, visto que funde o áudio e o visual para dar uma nova comunicação. Não se trata de uma adição e sim de uma fusão do som e da imagem em movimento, que permite ao cérebro integrar simultaneamente as informações que percebe e aquelas que a memória visual e acústica conservarão, as quais lhe dão todo o seu sentido.... Esta linguagem é também completa, porque dá acesso às quatro dimensões e se inscreve perfeitamente no "contínuum" espaço-temporal.

16 I)Referente a comunicação, defina os conceitos: 1. Etimológico 2. Biológico 3.Pedagógico 4.Histórico 5.Sociológico 6.Antropológico II)Descreva o seu conceito de comunicação III) Explique o que é linguagem e as linguagens audio, visual e audio visual, mostrando a diferença entre elas.


Carregar ppt "O que é comunicação?. Diego não conhecia o mar que ficava longe de sua casa. Um dia manifestou ao pai seu grande desejo de conhecer o mar. O pai, sensível."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google