A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROJETO COMPUTADOR NA ESCOLA DER_MIRACATU. O que é o Projeto Computador na Escola? O projeto tem por objetivo equipar as escolas e demais Órgãos da SEE-SP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROJETO COMPUTADOR NA ESCOLA DER_MIRACATU. O que é o Projeto Computador na Escola? O projeto tem por objetivo equipar as escolas e demais Órgãos da SEE-SP."— Transcrição da apresentação:

1 PROJETO COMPUTADOR NA ESCOLA DER_MIRACATU

2 O que é o Projeto Computador na Escola? O projeto tem por objetivo equipar as escolas e demais Órgãos da SEE-SP com computadores de última geração, substituindo os equipamentos obsoletos e ampliando o parque informático: 1.Serviço de locação de equipamentos; 2.Serviço de tele-atendimento técnico – 0800 FDE 3.Serviços de diagnóstico e avaliação do parque tecnológico existente.

3 Procedimentos de entrega dos equipamentos No momento da entrega dos equipamentos: 1. Solicitem ao entregador a Nota Fiscal dos equipamentos e verifiquem se a mesma é realmente a destinada ao endereço de sua instituição; 2. Confiram também se a quantidade e a espécie de volumes (caixas) que estão sendo entregues estão corretas e de acordo com a quantidade descrita na Nota Fiscal; 3. Chequem o estado das embalagens, que não podem estar amassadas ou danificadas 4. Verifiquem se todas as caixas encontram-se fechadas com a logomarca da Diebold ou Positivo Informática.

4 Procedimentos de entrega dos equipamentos Não observado nenhum problema nos passos mencionados acima e verificando que os volumes estão corretos e intactos, os diretores ou responsáveis da escola devem assinar e carimbar o canhoto da Nota Fiscal de Remessa e o Termo de Recebimento da Transportadora. A Nota Fiscal deve permanecer em poder da escola e todas as caixas devem permanecer fechadas em local seguro, devendo ser abertas somente pela equipe de instalação. Caso contrário, o lote de equipamentos não deve ser recebido e a Nota Fiscal de entrega bem como o Termo de Recebimento da Transportadora, não devem ser assinados, devendo a carga retornar com a transportadora. Neste momento, o responsável da Escola pelo recebimento deverá descrever a irregularidade constatada no verso do Termo de Recebimento da Transportadora.

5 Cenários CENÁRIO 1AÇÃOEXEMPLO A escola informou na pesquisa a quantidade exata de computadores de que dispõe, tanto na parte administrativa quanto na pedagógica. A quantidade informada é entregue e os equipamentos substituídos são catalogados, embalados e lacrados para retirada posterior pela transportadora com a anuência do (a) diretor (a). A escola informou que tem 15 equipamentos (Adm e Ped). São entregues e substituídos os 15. Etiquetam-se e lacram-se na caixa os 15 substituídos para posterior retirada.

6 Cenários CENÁRIO 2AÇÃOEXEMPLO A escola informou na pesquisa uma quantidade maior de computadores do que realmente possui. A quantidade entregue a mais permanecerá na escola, mas se não houver pontos de energia ou de rede terá que solicitar a sua diretoria de ensino a ampliação ou reforma da mesma, para posterior aproveitamento dos equipamentos. Os equipamentos substituídos são catalogados, embalados e lacrados para retirada posterior pela transportadora com a anuência do (a) diretor (a) A escola informou na pesquisa que tinha 20 equipamentos (Adm e Ped), mas ela tem apenas 15. São entregues os 20 e substituídos os 15. Etiquetam-se e lacram-se na caixa os 15 supridos para posterior retirada. Permanecem na escola os 5 novos a mais informados.

7 Cenários CENÁRIO 3AÇÃOEXEMPLO A escola informou na pesquisa uma quantidade menor de computadores do que realmente possui. Os equipamentos entregues substituirão os equipamentos por ordem de disposição de ponto de rede e de elétrica. Os equipamentos supridos substituirão os demais que não foram informados na pesquisa, de acordo com o diagnóstico do técnico e a anuência do (a) diretor (a) no local da substituição. O responsável pela escola poderá optar por esse procedimento mantendo a mesma quantidade de máquinas na sala. Os equipamentos que permanecerão, de acordo com a análise técnica, serão integrados ao novo projeto. Não havendo a possibilidade de permanência de nenhum equipamento antigo, o diretor poderá então solicitar a retirada de todas as máquinas que estavam anteriormente e permanecer apenas com os novos equipamentos numa quantidade menor, solicitando a complementação do parque pré-existente na sala. A escola informou na pesquisa que tinha 10 equipamentos (Adm e Ped), mas ela tem 20. São entregues os 10 e substituídos os 10 equipamentos por ordem de disposição de ponto de rede e de elétrica. A escola poderá optar nesse instante por: a) Permanecer com 20 equipamentos na sala -10 novos e 10 a serem integrados ao novo projeto ou; b) Poderá optar por permanecer apenas com os 10 equipamentos novos e solicitar a retirada dos 20 – 10 que foram substituídos e os 10 que estavam anteriormente. Qual seja a opção, os equipamentos serão etiquetados e lacrados nas caixas para posterior retirada.

8 Procedimentos de cópia de arquivos (backup) Cumprida a etapa de entrega, é de suma importância que a escola realize a cópia (backup) dos arquivos e documentos oficiais dos equipamentos que serão substituídos. Este procedimento deve ser realizado antes da visita agendada para instalação.

9 Procedimentos de instalação e testes dos equipamentos O responsável da Escola deverá acompanhar todo o processo de instalação e testes dos equipamentos, como se segue: 1.Prioritariamente os equipamentos serão instalados nos locais onde estiverem disponíveis pontos de rede e/ou elétricos; 2. A empresa responsável pela instalação irá desembalar, testar e demonstrar que os equipamentos encontram-se em perfeito estado de funcionamento, ainda que não existam ponto elétrico e lógico ou local físico suficiente para manter todos os equipamentos em funcionamento. Portanto, será solicitado o teste de instalação de todos os equipamentos, ainda que alguns não possam se manter ativos;

10 Procedimentos de instalação e testes dos equipamentos 3. Para o aceite da instalação será apresentado pelo técnico o relatório de instalação. Caso algum dos equipamentos apresente defeito que não possa ser solucionado no momento da instalação, a empresa responsável pela instalação re-agendará visita técnica e providenciará o reparo necessário no equipamento; 4. Recomenda-se que os equipamentos que não puderem ser mantidos em funcionamento (por falta de ponto elétrico ou lógico) sejam armazenados em local seguro até que sejam ativados;

11 Procedimentos de instalação e testes dos equipamentos 5. Em cada equipamento haverá uma etiqueta onde constam letras iniciais seguida de números – nome do equipamento - e o telefone da central de atendimento.

12 Procedimentos de retirada dos equipamentos substituídos Os equipamentos fazem parte do patrimônio das escolas, portanto, de responsabilidade das mesmas quanto ao seu destino. Contudo, ressaltamos que os que forem substituídos serão colocados nas caixas dos novos equipamentos e deverão ser guardados em local seguro até a completa retirada.

13 Procedimentos de retirada dos equipamentos substituídos Caberá a Unidade Escolar: Conferir os equipamentos embalados, inclusive o nº da etiqueta colada na caixa; Enviar ofício à Diretoria de Ensino informando: Quantidade; Discriminação por item (ex: monitor, CPU, teclado, mouse e outros) Nº patrimônio Preencher planilha conforme modelo a seguir e enviar uma via à Diretoria de Ensino a/c Janete.

14 CONTROLE DE RETIRADA DOS EQUIPAMENTOS - PROJETO COMPUTADOR NA ESCOLA UNIDADE ESCOLARDESCRIÇÃO DO BEM Nº PATR. ESTADO Nº PATR. APM Nº FDE/CAIX A Nº NOTA ENTREGA Encaminhar à Diretoria de Ensino – a/c Janete em até 5 dias úteis após a instalação dos equipamentos.

15 Procedimentos de retirada dos equipamentos substituídos Caberá a Diretoria de Ensino: Após conferência dos dados enviados pela Escola a DER deverá: Tabular os dados e enviar uma via à CEI e enviar outra via juntamente com a nota de entrega; Emitir nota de entrega dos bens que após assinada deverá retornar a escola para assinatura do diretor. A mesma deve permanecer com os equipamentos, para procedimentos futuros. Após avaliação dos equipamentos pela Empresa terceirizada pela FDE providenciar a Baixa por Inservível, Excedente e/ou Doação para outro órgão da Administração Direta.

16 Outros Procedimentos Em hipótese alguma permita que alguém abra qualquer dos volumes entregues antes da chegada do técnico habilitado para a instalação dos equipamentos.

17 Procedimento em caso de roubo dos equipamentos A escola deverá enviar para a Diretoria de Ensino a seguinte documentação: - Cópia do boletim de ocorrência B.O. - Cópia da Nota fiscal dos computadores - Oficio com a descrição do furto e solicitação de reposição dos computadores. - Outros documentos que achar necessário para comprovar o roubo (fotos, relatório, etc) A Diretoria encaminhará esta documentação para a FDE.

18 Rotina de utilização dos computadores da SAI PRIMEIRO – ligar computador que funciona como servidor (administrador da rede) e efetuar login clicando no ícone Professor Senha: SOMENTE APÓS esse procedimento os demais computadores poderão ser ligados.

19 Rotina de utilização dos computadores da SAI ACESSO ALUNOS: USUÁRIO – digitar o RA exemplo: RA: , digitar: SENHA: digitar os 4 últimos dígitos do RA do aluno Exemplo: 6789

20 Rotina de utilização dos computadores da SAI Todos estes procedimentos garantirão a conexão dos computadores da SAI com um servidor (computador central) na FDE, o que permitirá o controle e acompanhamento remotos, em tempo integral, do uso e funcionamento das máquinas nas escolas, possibilitando o gerenciamento do parque informático à distância, de modo a garantir seu permanente funcionamento e intervir rapidamente sempre que houver alguma interrupção no serviço disponibilizado.

21 COORDENADORIA DE ENSINO DO INTERIORdata base: março/2009 Relação de problemas SAI - P/ Escola Escola Quant.p ontos lógicos Quant. Ponto s Rede Elétric a Computadores Origem dos Computadores Total geral de Micros S/ condição de uso C/ necessidade de reparos Obsoletos, que funcionam Quant.R ou-bados Quant.Mi cros nas caixas Doação MEC/PROI NFO FDE IGUAPEJEREMIAS JUNIOR CEL IGUAPEJOFRE MANOEL PREFEITO IGUAPEJOSE MUNIZ TEIXEIRA IGUAPESEBASTIANA MUNIZ PAIVA IGUAPEVEIGA JUNIOR PROF ILHA COMPRIDA JUDITH SANT'ANA DIEGUES PROFA

22 Levantamento de Necessidades MUNICIPIOCODESCESCOLAS PEDAGÓGICOAdministrativo Micros Pedagógico recebidos necessário providenciar Micros Administrativos recebidos necessário providenciar Quantidade de mesas Quantidade de cadeiras Quantidade de pontos de rede elétrica Quantidade de pontos de rede lógica Quantidade de mesas Quantidade de cadeiras Quantidade de pontos de rede elétrica Quantidade de pontos de rede lógica Encaminhar à Diretoria de Ensino até 10 de junho – impreterivelmente.

23 Download dos arquivos da reunião - Projeto Computador na Escola:

24 Central de Atendimento da FDE


Carregar ppt "PROJETO COMPUTADOR NA ESCOLA DER_MIRACATU. O que é o Projeto Computador na Escola? O projeto tem por objetivo equipar as escolas e demais Órgãos da SEE-SP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google