A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecnologias na Educação: Mídias em Ação Será que nós realmente sabemos o que significa este termo? Quais são as suas aplicações? Será que nossos alunos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecnologias na Educação: Mídias em Ação Será que nós realmente sabemos o que significa este termo? Quais são as suas aplicações? Será que nossos alunos."— Transcrição da apresentação:

1 Tecnologias na Educação: Mídias em Ação Será que nós realmente sabemos o que significa este termo? Quais são as suas aplicações? Será que nossos alunos já estão inseridos nesse novo mundo da web? E nós? Como fazer uso dessa ferramenta no processo de ensino-aprendizagem?

2 AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA K-W-L Para iniciarmos a nossa discussão sobre a web 2.0 e sua aplicação na área da educação faremos uma reflexão para responder, no formulário online, três questões:formulário online - O que eu sei sobre web 2.0? - O que eu gostaria de saber sobre web 2.0? - Como eu gostaria de aprender sobre web 2.0? Know, Wonder, Learn

3 "Web 2.0 é a mudança para uma Internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a Inteligência Coletiva" Tim O'Reilly

4

5 - É a segunda geração da World Wide Web; - Conceito de troca de informações; - Ambientes on-line se tornam mais dinâmicos; - Usuários colaboram com a organização do conteúdo; - Sistema e conteúdo mais ricos. O QUE É A WEB 2.0? A WEB 2.0 É A INTERNET VIVA!

6 - Surge em 2004 durante uma brainstorm; - Foi utilizado para nomear uma conferência; - Criado pela OReilly Media e pela MediaLive International; - Significa uma série de conceitos agrupados. O QUE É A WEB 2.0? O TERMO WEB 2.0

7 - Sites deixam de ser estáticos; - Sites tornan-se verdadeiros aplicativos; - Funcionalidades dos sites são muito mais poderosas; - Integração mais eficiente com a interface no cliente. REGRAS DA WEB 2.0 A WEB COMO PLATAFOMA

8 - Nunca chegar a versão final ; - Aplicativo em rede – feedback constante dos usuários; - Evolução sem fim. REGRAS DA WEB 2.0 BETA ETERNO

9 - Sites que formam e catalisam comunidades; (Orkut, Facebook, MySpace entre outros); - Evolução das antigas redes de relacionamento; (BBS, chat, fóruns etc.) - Aceleração do número de usuários; - Maior riqueza de conceito; - Sofisticação tecnológica dos sites aplicativos ; - Aumento da base instalada de banda larga. REGRAS DA WEB 2.0 REDES SOCIAIS

10 - Conteúdo dinâmico; - Publicação muito mais flexível; (tanto por editores profissionais como pelos próprios usuários) - Ferramentas de publicação multi-plataforma - Próprio usuário gera e classifica conteúdo; (Como no YouTube, por exemplo) - Usuário pode editar o conteúdo. (As Wikis são talvez a forma mais extrema de edição colaborativa, onde qualquer pessoa teoricamente qualificada pode melhorar a qualidade de determinado conteúdo – ex. Wikipedia) REGRAS DA WEB 2.0 FLEXIBILIDADE NO CONTEÚDO

11 -Uma das funções mais importantes da Web 2.0; -Facilitam a busca da informação; -Taxonomia invertida. (conteúdos se auto-classificam em categorias definidas, como no site del.icio.us, por exemplo) REGRAS DA WEB 2.0 TAGS – ETIQUETAMENTO

12 Na web 2.0 o usuário é que faz o conteúdo do site. Um bom exemplo é Flickr, site de compartilhamento de fotos em que o usuário disponibiliza e organiza suas fotos online. CARACTERÍSTICAS DA WEB 2.0 COLABORAÇÃO

13 O usuário vê o conteúdo que quer, do jeito que quer. Um novo conceito de home page foi criado na web 2.0: a home page pessoal. Em sites como Google.com/ig, netvibes.com e live.com é possível criar a sua própria home page com o conteúdo que você quiser, através de RSS. Essas home pages são totalmente personalizaveis. A idéia é dar ao usuário toda a possibilidade de personalização do conteúdo para que este seja realmente relevante para aquela pessoa. CARACTERÍSTICAS DA WEB 2.0 PERSONALIZAÇÃO

14 o usuário pode mudar o conteúdo e republicá-lo. Sites como a Wikipedia dão a possibilidade do usuário copiar a informação e reutilizá-la como quiser. Para isso foram criadas outras formas de direitos autorais, como a Common Creatives, que flexibiliza os direitos autorais permitindo que o usuário reutilize o conteúdo do site. CARACTERÍSTICAS DA WEB 2.0 REMIX

15 o usuário decide o que é melhor Sites como a Amazon, Submarino, Mercado Livre e Buscapé utilizam a colaboração do usuário para definir o que é melhor no seu conteúdo. Na web 2.0 este conceito pode ser radicalizado como em sites de notícia em que só aparecem as noticias bem avaliadas pelos usuários (exemplo digg.com). A maior qualidade deste conceito é elevar o grau de relevância do conteúdo deixando o trabalho para o usuário. CARACTERÍSTICAS DA WEB 2.0 AVALIAÇÃO

16 Confiança total no usuário O conceito é o mesmo do software livre: se há muitas pessoas olhando, todos os erros são corrigidos facilmente. Comunidades que se auto-moderam, através da participação dos usuários indicando ao sistema qual usuário não deve mais participar da comunidade é outro exemplo. A web 2.0 dá entender que o usuário é confiável, sempre. CARACTERÍSTICAS DA WEB 2.0 CONFIANÇA

17 O QUE MUDOU COM A WEB 2.0 ? WEB 1.0 Produção de Conteúdo CENTRALIZADA TAXONOMIA Rede de Computadores Complexidade WEB 2.0 Produção de Conteúdo DESCENTRALIZADA FOLKSONOMIA Rede + Plataforma Simplicidade

18 AdSense: Um plano de publicidade do Google que ajuda criadores de sites, entre os quais blogs, a ganhar dinheiro com seu trabalho. Tornou-se a mais importante fonte de receita para as empresas Web 2.0. Ao lado dos resultados de busca, o Google oferece anúncios relevantes para o conteúdo de um site, gerando receita para o site a cada vez que o anúncio for clicado Ajax: Um pacote amplo de tecnologias usado a fim de criar aplicativos interativos para a web. A Microsoft foi uma das primeiras empresas a explorar a tecnologia, mas a adoção da técnica pelo Google, para serviços como mapas on-line, mais recente e entusiástica, é que fez do Ajax (abreviação de "JavaScript e XML assíncrono") uma das ferramentas mais quentes entre os criadores de sites e serviços na web PRINCIPAIS TERMOS DA WEB 2.0 GLOSSÁRIO

19 Mash-ups: Serviços criados pela combinação de dois diferentes aplicativos para a internet. Por exemplo, misturar um site de mapas on-line com um serviço de anúncios de imóveis para apresentar um recurso unificado de localização de casas que estão à venda RSS: Abreviação de "really simple syndication" [distribuição realmente simples], é uma maneira de distribuir informação por meio da internet que se tornou uma poderosa combinação de tecnologias "pull" --com as quais o usuário da web solicita as informações que deseja-- e tecnologias "push" --com as quais informações são enviadas a um usuário automaticamente. O visitante de um site que funcione com RSS pode solicitar que as atualizações lhe sejam enviadas (processo conhecido como "assinando um feed"). O presidente do conselho da Microsoft, Bill Gates, classificou o sistema RSS como uma tecnologia essencial 18 meses atrás, e determinou que fosse incluída no software produzido por seu grupo PRINCIPAIS TERMOS DA WEB 2.0 GLOSSÁRIO

20 Tagging [rotulação]: Uma versão Web 2.0 das listas de sites preferidos, oferecendo aos usuários uma maneira de vincular palavras-chaves a palavras ou imagens que consideram interessantes na internet, ajudando a categorizá-las e a facilitar sua obtenção por outros usuários. O efeito colaborativo de muitos milhares de usuários é um dos pontos centrais de sites como o del.icio.us e o flickr.com. O uso on-line de tagging é classificado também como "folksonomy", já que cria uma distribuição classificada, ou taxonomia, de conteúdo na web, reforçando sua utilidade Wikis: Páginas comunitárias na internet que podem ser alteradas por todos os usuários que têm direitos de acesso. Usadas na internet pública, essas páginas comunitárias geraram fenômenos como a Wikipedia, que é uma enciclopédia on-line escrita por leitores. Usadas em empresas, as wikis estão se tornando uma maneira fácil de trocar idéias para um grupo de trabalhadores PRINCIPAIS TERMOS DA WEB 2.0 GLOSSÁRIO

21 Mídias Sociais O conceito de Mídias Sociais (social media) precede a Internet e as ferramentas tecnológicas - ainda que o termo não fosse utilizado. Trata-se da produção de conteúdos de forma descentralizada e sem o controle editorial de grande grupos. Significa a produção de muitos para muitos. As "ferramentas de mídias sociais" são sistemas online projetados para permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Eles possibilitaram a publicação de conteúdos por qualquer pessoa, baixando a praticamente zero o custo de produção e distribuição- antes esta atividade se restringia a grande grupos econômicos. Elas abrangem diversas atividades que integram tecnologia, interação social e a construção de palavras, fotos, vídeos e áudios. Esta interação e a maneira na qual a informação é apresentada dependem nas várias perspectivas da pessoa que compartilhou o conteúdo, visto que este é parte de sua história e entendimento de mundo.

22 Comunicação Blogs: Blogger, Wordpress Microblogs: Twitter, Pownce Redes sociais: Orkut, Facebook, LinkedIn, MySpace, skoob Eventos: Upcoming

23 Colaboração Wikis: Wikipedia Social bookmarking / Agregadores de sites: Del.icio.us and StumbleUpon Social News ou crowdsourcing: Digg, Reddit, EuCurti, Rec6 Sites de opiniões: Epinions

24 Multimídia Compartilhamento de fotos: Flickr, Zooomr, Fotolog, Picasa Compartilhamento de vídeo: Videolog,YouTube, Vimeo Livecasting ou transmissão ao vivo: Justin.tv Compartilhamento de música/áudio: imeem, Last.fm, Jamendo

25 Entretenimento Mundos virtuais: Second Life Jogos online: World of Warcraft Compartilhamento de jogos: Miniclip.com

26 Skoob Uma rede social colaborativa brasileira para leitores. Através de cadastro se recebe um perfil no sistema e é possível listar o que se está lendo, o que já foi lido, o que se pretende ler, formando uma "estante" virtual. Títulos ainda ausentes no banco de dados podem ser adicionados pelos próprios utilizadores, que também podem compartilhar suas opiniões sobre as obras através de avaliações e resenhas.

27 Enfim, Web 2.0 é Internet Inteligente, que busca resultados concretos em vez de desperdiçar dinheiro. É entender que a Internet é um meio que tem a sua própria linguagem e seus próprios modelos, diferentes dos modelos convencionais onde não há interatividade e relacionamento entre as pessoas. A Web 2.0 é Internet feita de gente. [Webinsider] O QUE PENSAR DA WEB 2.0 ? CONCLUSÃO

28 Referências Material web 2.0 NTE Jacarei – PCOP Rodrigo Pesquisa web 2.0, mídias sociais – Wikipidia


Carregar ppt "Tecnologias na Educação: Mídias em Ação Será que nós realmente sabemos o que significa este termo? Quais são as suas aplicações? Será que nossos alunos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google