A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento Estratégico 2010-2012 Estratégia S7 Study Abril de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento Estratégico 2010-2012 Estratégia S7 Study Abril de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento Estratégico Estratégia S7 Study Abril de 2010

2 DISCLAIMER Esse relatório foi produzido pela Carlomagno Co. como parte do projeto planejamento estratégico para uso exclusivo da gestão da S7. A totalidade ou parte desse documento só poderá ser reproduzida ou compartilhada com autorização da empresa.

3 Sobre a Carlomagno Consulting A Carlomagno Consulting é uma firma de consultoria especializada em estratégia empresarial. Assessora a alta-gestão de empresas de diferentes portes e setores a obterem e sustentarem desempenho superior. Sobre este projeto A Carlomagno Consulting assessora a S7 na Gestão da Estratégia. Esta apresentação contém a estratégia Sobre as informações As informações que basearam o presente relatório são, a princípio, fidedignas, e com boa fé, mas não garantimos que todas informações são precisas, imparciais, completas ou corretas. As informações e opiniões referem-se a presente data, não podendo ser analisadas isoladamente ou consideradas como conceito final sobre os assuntos abordados. Declarações feitas a respeito de expectativa de desempenho não constituem garantia de que as mesmas serão atingidas. É recomendada avaliação criteriosa antes de qualquer decisão.

4 Sobre a Equipe Coordenadora do Projeto MSc. Maximiliano Selistre Carlomagno Quem é: Diretor da Carlomagno Consulting; consultor de empresas especializado em estratégia empresarial; experiência em projetos com setores como TI, Comunicação, ONGs, Varejo, Instituições Financeiras, Prestação de Serviços entre outros; professor de graduação e MBA em administração do IBGEN; graduado em administração de empresas pela ULBRA; mestre em Administração de Empresas com ênfase em Estratégia Empresarial pela MAN/PUCRS. MSc. Felipe Ost Scherer Quem é: Diretor da Carlomagno Consulting; consultor de empresas especializado em estratégia empresarial; experiência em projetos com setores como TI, Comunicação, ONGs, Varejo, Instituições Financeiras, Prestação de Serviços entre outros; professor de graduação e MBA em administração do IBGEN; graduado em engenharia civil pela UFRGS; mestre em Administração de Empresas pela UFRGS.

5 Sobre a Equipe do Projeto Caroline Fante Quem é: Analista da Carlomagno Consulting; com experiência em projetos com setores como Varejo, Instituições Financeiras, Prestação de Serviços; acadêmica da ESPM-RS. Mariana Wink Quem é: Analista da Carlomagno Consulting com experiência em projetos com setores como Varejo, Instituições Financeiras, Prestação de Serviços; acadêmica da ESPM-RS. Lucianne do Canto Quem é: Analista da Carlomagno Consulting com experiência em projetos com setores como Varejo, Instituições Financeiras, Prestação de Serviços; acadêmica da ESPM-RS.

6 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 1.NORTEADORES ESTRATÉGICOS S7 STUDY 2.CURVA DE ESTRATÉGIA S7 STUDY 3.MAPA ESTRATÉGICO S7 STUDY 4.PROJETOS ESTRATÉGICOS 5.PROJEX - PLANOS DE AÇÃO S7 STUDY 6.ORGANOGRAMA 7.FUNCIONOGRAMA 8.MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE GLOSSÁRIO

7 1- NORTEADORES ESTRATÉGICOS S7 STUDY VISÃO: Ser a empresa referência nos destinos em que atua, reconhecida por sua qualidade de atendimento e atuação via web. NEGÓCIO: Realização de Sonhos através de Cursos e Experiências de vida no exterior MISSÃO: Oferecer cursos no exterior para pessoas que querem crescer e ter novas experiências de vida, de forma especializada, via web, nos destinos em que atua.

8 1- NORTEADORES ESTRATÉGICOS S7 STUDY VALORES: 1.Honestidade acima de todas as coisas: Empresa na qual as ações de todos são pautados por conduta ética, as promessas são cumpridas, os erros reconhecidos e as relações internas transparentes. 2.Profissionalismo como base para o desempenho: Empresa na qual as pessoas buscam o conhecimento e domínio dos assuntos com cuidado e capricho aos detalhes. 3.Excelência no Relacionamento com os Clientes: Empresa na qual todos tem responsabilidade de agilidade e eficiência no relacionamento com os clientes: 4.Parceiros de Verdade: Empresa que seleciona e disponibiliza a seus clientes, parceiros confiáveis e que compartilham nossos valores. 5.Clima interno motivador: Empresa que busca a melhoria de suas operações a partir de um ambiente interno informal, desafiador e focado na realização dos sonhos de seus colaboradores. 6.Lucro como garantia de sustentabilidade: Empresa na qual a busca de resultados econômico financeiros é pré-condição para sua competitividade e viabilidade do sonho de todos envolvidos.

9 Adaptado de Kim e Mauborgne (2002) Fatores de Competição Elementos centrais de produto, serviço e entrega Nível Relativo Suporte lá fora Especializ ação WebAmplitude de Mix Variedade de cursos LojaMarketing Offline Amplitude Destinos Presença Física STB/CI Information Planet S7 2- CURVA DE ESTRATÉGIA S7 STUDY

10 Fatores de Competição Elementos centrais de produto, serviço e entrega Nível Relativo Suporte lá fora Especializ ação WebAmplitude de Mix Variedade de cursos LojaMarketing Offline Amplitude Destinos Presença Física S7 Todo suporte local durante a viagem Conhecedora dos destinos que opera Com tudo pela Web Com foco nos cursos e mix reduzido Sem lojas para venda 3 destinos Muito mais cursos nos destinos do que os concorrentes Marca pouco desenvolvida fora da Web Presença física nos principais mercados de atuação 2- CURVA DE ESTRATÉGIA S7 STUDY

11 Fatores de Competição Os principais elementos de produto, oferta e serviços ofertados pelas empresas do setor sobre os quais estão desenhadas as Curvas de Estratégia. 1.Suporte lá fora – nível de apoio nos países de destino do intercambio. 2.Especialização – domínio do local e atendimento. 3.Web - atuação via internet. 4.Amplitude de mix – número de produtos comercializados. 5.Loja: disponibilidade de lojas de rua para atendimento e venda. 6.Amplitude de destinos – número de destinos para intercambio. 7.Variedade de cursos – número de escolas e cursos nos destinos. 8.Marketing offline – nível de atuação da comunicação em propaganda, publicidade e demais ve;iculos alem da web. 9.Presença física - escritórios de apoio no Brasil para atendimento e venda. 2- CURVA DE ESTRATÉGIA S7 STUDY

12 Financeira Clientes Pessoas e Tecnologia Processos P7 - Melhorar a conversão de leads a distância F1 – Ampliar significativamente a receita C6 – Aumentar o volume de leads A13 – Consolidar uso do Salesforce F2 – Incrementar a lucratividade C4 – Consolidar a satisfação dos clientes A15 – Prover treinamento aos SAs Conversão de Leads Satisfação de Clientes TI Ser a empresa referência nos destinos em que atua, reconhecida por sua qualidade de atendimento e atuação via web. F3 – Reduzir custos operacionais P9 – Otimizar suporte de back office comercial Back Office P11 – Rentabilizar suporte no exterior C5 – Ampliar o consumo dos clientes atuais P12 – Fomentar consumo de turismo do entorno A16 – Fomentar uma cultura de alta performance A17 – Controlar o turn over Consumo de Clientes 3- MAPA ESTRATÉGICO S7 STUDY P8 - Melhorar a conversão de leads P10 – Otimizar suporte de back office Adm/Financ. Volume de Leads Recursos Humanos A14 – Ampliar volume de visitantes absolutos nos sites

13 Produtos Complementares Novos Destinos Otimização Operacional PROJETOS ESTRATÉGICOS

14 5- PROJEX - PLANOS DE AÇÃO S7 STUDY

15 Comitê de Gestão Diretoria de Negócios Diretoria Infra Estrutura Comercial MKT ADM Financeiro DP Gestão Corporativa Gestão Executiva Gestão Operacional Modelo 1 - versão /04/2010. Formalização Diretoria de Operações Escritórios nos Destinos Relac. com Escolas Websites/ Salesforce RH 6- ORGANOGRAMA

16 Á reaAtividades Comitê de Gestão Prover o direcionamento estratégico do negócio Deliberar sobre os resultados econômico financeiro Acompanhar mudan ç as no cen á rio de mercado ADM/ FINANC/DP Administra ç ão de pessoal (folha de pagamento) Contas a pagar e receber Tesouraria Processamento de opera ç ões Baixas e lan ç amentos cont á beis Manuten ç ão, compras e contratos Questões jur í dicos e quebra de contratos Gerar as informa ç ões econômico financeiras Consolidar e disponibilizar as informa ç ões gerenciais para tomada de decisão Realizar o planejamento e controle or ç ament á rio Administrar o fluxo de caixa Relacionamento com bancos Comercial Gestão da atua ç ão comercial dos escrit ó rios Controle, recebimento e distribui ç ão de leads Atendimento de clientes, or ç amento, negocia ç ão e conversão de leads Alimenta ç ão de salesforce, visto, passagem, cursos, recep ç ão de documentos e pagamentos de clientes Follow up e p ó s venda Back Office Comercial Processamento de opera ç ões Registro de lan ç amentos Elabora ç ão de voucher, emissão de seguro e VTM Modelo 1 - versão /04/ FUNCIONOGRAMA

17 Á reaAtividades Escrit ó rios nos Destinos Recep ç ão e suporte aos clientes Venda de produtos complementares (renova ç ões) Recep ç ão de feedback dos clientes A ç ões de marketing e relacionamento com clientes no destino Websites/ Salesforce Otimiza ç ão dos sites - Google Atualiza ç ão de informa ç ões dos sites Configura ç ão, atualiza ç ão, parametriza ç ão e controle do Salesforce Desenvolvimento de novos sites Marketing Gestão da comunica ç ão (palestra, r á dio, assessoria de imprensa, redes sociais) Gestão da arquitetura de marcas Desenvolvimento de produtos Implementa ç ão de melhorias comerciais nos sites Rel. com Escolas Obten ç ão de patroc í nios Atualiza ç ão de informa ç ões sobre os produtos/escolas/cidades Negocia ç ão de comissões e condi ç ões especiais Fomento do relacionamento com os fornecedores (RP) Encaminhamento do feedback de clientes sobre as escolas Desenvolvimento de novas parcerias RH Recrutamento, sele ç ão e desligamento Avalia ç ão de desempenho e remunera ç ão Treinamento e desenvolvimento 7- FUNCIONOGRAMA

18 Revisão Estratégica Processo de Estratégia Aprofundamento, refinamento ou mudança da estratégia O Que fazer? Análise de Cenário Economia, política, mercado, tecnologia e concorrência Análise de Cenário Economia, política, mercado, tecnologia e concorrência Analise Interna Recursos e Capacidades Analise Interna Recursos e Capacidades Refinamento do Posicionamento Refinamento do Posicionamento Novo Desdobramento Novo Desdobramento Estrutura Informações internas e externas. Acionistas e Diretores Preparação de material prévio Apresentação aos acionistas Análise do Desempenho Grupo, Portifolio, Mapa Estratégico 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

19 Análise Semestral de Desempenho Processo de Estratégia Ajuste de indicadores, objetivos e planos Foco na implementação Indicadores -Avaliação de causa -Ajuste e Proposição Indicadores -Avaliação de causa -Ajuste e Proposição Planos de Ação -Eficicência -Eficácia Planos de Ação -Eficicência -Eficácia Estrutura Informações de mercado e do desempenho interno. Acionistas Diretores Executivos Preparação prévia Geração de decisões e ações. O Que fazer? 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

20 RGEs - Reuniões de Gestão Estratégica Mensais Reuniões de monitoramento dos objetivos, indicadores, metas e planos de ação mediadas por consultoria especializada Consolidação de informações necessárias. 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

21 Acompanhamento e Implementação Processo de Estratégia Desempenho da Implementação (objetivos e planos estratégicos Grupo) O Que fazer? Resultado Financeiro Vendas/DRE Resultado Financeiro Vendas/DRE Objetivos Estratégicos -Indicadores -metas Objetivos Estratégicos -Indicadores -metas Projetos Estratégicos - planos de ação Projetos Estratégicos - planos de ação Cobinações e geração de Ata Cobinações e geração de Ata Estrutura Reuniões Mensais de 3hs Acionistas Diretores Executivos Consultoria Especializada RGEs - Reuniões de Gestão Estratégica 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

22 RGOs - Reuniões de Gestão Operacionais Mensais Reuniões de monitoramento dos objetivos, indicadores, metas e planos de ação Consolidação de informações necessárias. 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

23 Acompanhamento e Implementação Processo de Estratégia Desempenho da Implementação (objetivos e planos operacionais Unidades) O Que fazer? Resultado Financeiro Vendas/DRE Resultado Financeiro Vendas/DRE Objetivos Unidade -Indicadores -metas Objetivos Unidade -Indicadores -metas Projetos Operacionais - planos de ação Projetos Operacionais - planos de ação Cobinações e geração de Ata Cobinações e geração de Ata Estrutura Reuniões Mensais de 3hs Diretores Executivo Gerentes RGOs - Reuniões de Gestão Operacionall 8- MECÂNICA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E CONTROLE

24 Norteadores Estratégicos Negócio (área de atuação) Visão (senso de direção), Missão (propósito) e Valores (crenças e personalidade Esferas de Influencia O relacionamento e função de cada negócio no Portfólio Corporativo do Grupo Curva de Estratégia As ênfases da oferta da empresa em função dos principais fatores de competição do setor Mapa Estratégico Desdobramento da estratégia a partir de um conjunto de objetivos com indicador e meta definido Objetivos Estratégicos As principais intenções de médio e longo prazo da empresa com indicador e meta (quantificação do objetivo) Projetos Estratégicos As principais iniciativas a serem realizadas para atingir os objetivos Planos de Ação Estratégicos As principais partes dos projetos estratégicos com prazo e responsável definido. Orçamento Estratégico Conjunto de investimentos dos projetos estratégicos Mecânica de Gestão Método de implementação e mudança da estratégia para gerar valor para o acionista. Objetivos de Unidades Desdobramento dos objetivos estratégicos para diferentes áreas/unidades (intenção, indicador e meta) Planos Operacionais Desdobramento das ações estratégicas em ações de cada área/unidade. GLOSSÁRIO


Carregar ppt "Planejamento Estratégico 2010-2012 Estratégia S7 Study Abril de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google