A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Inglaterra: a oficina do mundo Prof. Alan Carlos Ghedini.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Inglaterra: a oficina do mundo Prof. Alan Carlos Ghedini."— Transcrição da apresentação:

1 Inglaterra: a oficina do mundo Prof. Alan Carlos Ghedini

2 No artesanato: O artesão domina todas as etapas da produção. O homem é agente ativo Na manufatura: Vários trabalhadores controlados por um chefe. O homem é agente ativo Na maquinofatura: Ocorre divisão de funções, e as atividades são feitas por máquinas O homem é agente passivo

3 Presença de uma burguesia forte e com poder político (após a Revolução Gloriosa) Adoção do liberalismo econômico Ato de Navegação de Cromwell garante o domínio da marinha mercante inglesa Grandes jazidas de Ferro e Carvão Oferta de crédito: Banco da Inglaterra Enorme oferta de Mão-de-Obra Massa de yeomen egressos das áreas rurais após os enclosures (cercamentos)

4 (UFSJ/MG) - Universidade Federal de São João del Rei A máquina a vapor surge em 1769 por James Watt, revolucionando realmente a produção. Desenvolveu-se ainda a mineração e a metalurgia, possibilitando uma maior utilização do carvão e do ferro na produção industrial. Eric Hobsbawm. A Era das Revoluções: Rio de Janeiro: paz e Terra, Em meados do século XVIII a Inglaterra protagonizou um conjunto de transformações que ficou conhecido como Revolução Industrial. Constituem fatores para esse pioneirismo A - a acumulação primitiva de capital, o cercamento dos campos e o parlamentarismo. B - as empresas multinacionais, a agroindústria mecanizada e o parlamento europeu. C - a exportação de capitais, a pequena propriedade rural e o regime republicano. D - a acumulação de metais preciosos, a exploração feudal e o regime absolutista.

5 (UDESC) - Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina As questões abaixo referem-se aos movimentos operários, no contexto da Revolução Industrial do século XIX. I – Ao longo do século XIX a consolidação do capitalismo tornaria as condições de vida e de trabalho do nascente proletariado extremamente precárias. II – O ludismo traduz as primeiras manifestações de resistência da nascente classe operária que ocupou os últimos anos do século XVIII e os primeiros do século XIX. III – Em meados do século XIX a greve geral dos trabalhadores na Europa, organizada pelo sindicato que representava a classe operária, provocou importantes mudanças na legislação trabalhista da época. IV – O movimento cartista, movimento operário que surgiu na primeira metade do século XIX, não se constituiu um fato isolado, pois foi precedido de greves, motins,insurreições e outras manifestações da classe operária. V – Na segunda metade do século XIX, e principalmente com a formação das associações internacionais dos trabalhadores, percebeu-se uma estreita relação entre o marxismo e o movimento operário europeu. Assinale a alternativa correta. A - Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras. B - Somente as afirmativas I, II, IV e V são verdadeiras. C - Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras. D - Somente as afirmativas II e III são verdadeiras. E - Todas as afirmativas são verdadeiras.

6 O admirável século XIX Prof. Alan Carlos Ghedini

7 Século da Burguesia? Consolidação dos ideais burgueses Liberalismo econômico Não intervenção do Estado na economia Livre iniciativa e livre concorrência Capitalismo Posição social auferida pela renda Voto censitário

8 Liberalismo Econômico (séc VIII) (UDESC) - Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina Entre os argumentos que justificam a defesa das doutrinas liberais surgidas no final do século XVIII e início do século XIX, encontramos: I. Crença nas leis naturais da economia. II. Publicação e divulgação de idéias como as de Adam Smith. III. Críticas dos socialistas ao progresso industrial. IV. Desejo de atingir o comunismo pela superação das classes sociais. Assinale: A - se as afirmativas I e II estiverem corretas; B - se as afirmativas II e III estiverem corretas; C - se as afirmativas III e IV estiverem corretas; D - se as afirmativas II e IV estiverem corretas; E - se as afirmativas I e III estiverem corretas.

9 Mais socialismo Representação da ideologia do proletariado Proletário: trabalhador de chão de fábrica Duas correntes distintas: Utópicos: apresentavam o problema, mas não a solução Charles Fourier, Saint-Simon, Robert Owen Científicos: defendiam a luta de classes Karl Marx e Friedrich Engels Capitalismo Socialismo Comunismo

10 Anarquismo Assim como o socialismo, defendia uma sociedade sem classes, porém pregava a DESTRUIÇÃO do Estado capitalista Modelo de autogestão Pensadores: Proudhon: a propriedade privada é um roubo Bakunin: terrorismo contra dirigentes

11 Socialismo e Anarquismo ( UFJF/MG) - Universidade Federal de Juiz de Fora Entre fins do século XIX e as primeiras décadas do século XX, os trabalhadores se organizavam na defesa de seus interesses. Com base em seus conhecimentos sobre o tema, marque a alternativa INCORRETA. A - A Comuna de Paris foi um movimento social ocorrido ao final do século XIX, que resultou na organização de um governo popular na França, inspirado sobretudo pelos ideais anarquistas e socialistas. B - A I Internacional, fundada em Londres em 1864, expressou uma das estratégias de luta dos trabalhadores, que consistia na organização de associações nacionais e internacionais. C - As greves de 1918 e 1919, ocorridas no Brasil, constituíram-se em exemplos de resistência operária, na maior parte das vezes, duramente reprimidas pelas autoridades policiais. D - Entre as conquistas obtidas pela luta dos trabalhadores podemos destacar o fordismo nos Estados Unidos e o corporativismo sindical no Brasil. E - Em geral, o movimento operário ocorrido neste período foi inspirado pelas ideias anarquistas e socialistas, que remontavam às teses de Bakunin e Marx, respectivamente.


Carregar ppt "Inglaterra: a oficina do mundo Prof. Alan Carlos Ghedini."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google