A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir"— Transcrição da apresentação:

1 TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Banco de dados em aplicativos WEB Aula 2
01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

2 Agenda Revisão : Modelo Bibliografia Projeto ER
Conceitual Lógico Físico Modelo ER Relacional (proxima aula) Bibliografia 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

3 Projeto Conceitual Não tem dependência com a classe do GBD a ser escolhido 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

4 Projeto Conceitual – cont.
O Projeto Conceitual produz um esquema conceitual a partir de “requisitos” de um mundo real. • Projeto conceitual usa modelo de dados para descrever a realidade. • Um modelo de dados se ampara em um conjunto de blocos de construção primitivas. Abstração Processo que consiste em mostrar as características e propriedades essenciais de um conjunto de objetos, ou esconder as características não essenciais. Quando pensamos no objeto “bicicleta” de uma forma abstrata, normalmente “esquecemos” seus detalhes e as particularidades que as diferem entre si. Abstrações em Projetos Conceituais Existem 3 Tipos: • Classificação • Agregação • Generalização 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

5 Projeto Conceitual – cont.
Classificação Usada para reunir objetos do mundo real com propriedades comuns, formando (ou definindo) classes. 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

6 Projeto Conceitual – cont.
01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

7 Projeto Conceitual – cont.
01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

8 Projeto Lógico O Projeto Lógico de Banco de Dados consiste em criar um modelo lógico de dados a partir do modelo conceitual. 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

9 Projeto Fisico 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

10 Modelo Entidade-Relacionamento (ER)
É um modelo de dados conceitual popular de alto nível, utilizado no projeto conceitual de aplicações de banco de dados. É o mais difundido modelo de dados para projeto conceitual de base de dados. Foi introduzido por Peter Chen (1976) e posteriormente recebeu extensões. Capitulo 7 Navathe, pag 131; Um modelo de dados é uma coleção de conceitos usados para descrever uma dada realidade. Estes conceitos são construídos com base nos mecanismos de abstração e são descritos através de representações gráficas e lingüísticas. (Classificação, Agregação, Generalização) 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

11 Modelo Entidade-Relacionamento (ER)
Capitulo 7 Navathe, pag 131; Um modelo de dados é uma coleção de conceitos usados para descrever uma dada realidade. Estes conceitos são construídos com base nos mecanismos de abstração e são descritos através de representações gráficas e lingüísticas. (Classificação, Agregação, Generalização) 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

12 Modelo ER – Cont. Capitulo 7 Navathe, pag 131 em diante
01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

13 Modelo ER – Cont. Capitulo 7 Navathe, pag 131 até 154, exercicios proxima aula 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

14 Modelo ER – Cont. Tipos de Entidade, conjunto de Entidades, atributos e chaves Nesse modelo dados são descritos como Entidades, relacionamentos e Atributos Entidade – Objeto básico do modelo, pode ser objeto com existência física como pessoa, carro, casa ou funcionário Atributos – Propriedades especificas que descrevem a entidade, Ex.: Entidade Funcionário tem atributos nome, idade, endereço. Capitulo 7 Navathe, pag 134 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

15 Modelo ER – Cont. Atributos :
Compostos , Simples (atômicos), Valor único, Multivalorados Armazenados, Valores Null, Complexos Tipos de Entidades e conjuntos de entidade Atributos –chave Conjunto (Domínios) de Valores dos atributos Tipos de conjuntos de relacionamentos, papeis e restrições estruturais Compostos ex. endereço; simples não divisíveis ex.: nr casa; valor único ex.:idade; multivalorados ex.: pessoas com formações diversas pg 135,136 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

16 Modelo Relacional Criado por Edgar Frank Codd em 1970, baseado em lógica e teoria de conjuntos, Em definição simplificada, o modelo baseia-se em dois conceitos: conceito de entidade e relação - Uma entidade é um elemento caracterizado pelos dados que são recolhidos na sua identificação vulgarmente designado por tabela. Na construção da tabela identificam-se os dados da entidade a atribuição de valores a uma entidade constrói um registro da tabela. A relação determina o modo como cada registro de cada tabela se associa a registros de outras tabelas. Compostos ex. endereço; simples não divisíveis ex.: nr casa; valor único ex.:idade; multivalorados ex.: pessoas com formações diversas pg 135,136 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

17 Modelo Relacional Compostos ex. endereço; simples não divisíveis ex.: nr casa; valor único ex.:idade; multivalorados ex.: pessoas com formações diversas pg 135,136 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

18 Bibliografia BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1 2
DATE, C.J. Introdução a Sistemas de Bancos de Dados. 8ª Ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004. 2 NAVATHE, S. B.; ELMASRI, R. E. Sistemas de Banco de Dados, 4ª edição, Editora Pearson Addison Wesley, 2005. 3 SETZER, V. W., SILVA, F.S.C. Banco de Dados. 1ª Ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2005. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR 4 COUGO, P. Modelagem Conceitual e Projeto de Banco de Dados, Editora Campus. 5 KORTH, H. F.; SILBERSCHATZ, A.; SUDARSHAN, S., Sistemas de Banco de Dados, Editora Makron Books, 1999. 6 MACHADO, Felipe Nery Rodrigues: Análise Relacional de Sistemas; São Paulo: Editora Érica, 7 SETZER, V.W., NASSU, E.A. Banco de Dados Orientados a Objetos. São Paulo: Ed. Edgard Blucher, 01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com


Carregar ppt "01/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google