A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capítulo 1: SQL-PSM (Persistent Stored Modules) Banco de Dados II Prof. Carlos Eduardo Pires

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capítulo 1: SQL-PSM (Persistent Stored Modules) Banco de Dados II Prof. Carlos Eduardo Pires"— Transcrição da apresentação:

1 Capítulo 1: SQL-PSM (Persistent Stored Modules) Banco de Dados II Prof. Carlos Eduardo Pires

2 Capítulo 1: SQL-PSM2 Motivação Ex.: Escreva um programa Pascal que leia a matricula de um empregado e imprima as informações sobre este empregado. program Imprima; var loop: char; matricula: integer; E: record of nome: string[15]; endereco: string[30]; funcao: string[10]; salario: real; end; begin loop := S; while (loop = S) do begin writeln(Entre com a matricula:); readln(matricula); $ select nome, endereço, função, salario into :E.nome, E.endereco, :E.funcao, :E.salario where matricula = :matricula; writeln(E.nome, :E.endereco, E.funcao, E.salario); writeln(Deseja ler mais empregados(S/N)?); readln(loop); end; end. Uma consulta é executada a cada iteração: E o desempenho?

3 Capítulo 1: SQL-PSM3 Cursor No programa anterior uma única tupla (ou linha) é selecionada pelo SQL embutido Em geral, uma consulta resulta em várias tuplas Problema SQL processa um conjunto de tuplas, enquanto que C e Pascal (ou outra linguagem host) processam uma tupla por vez Solução Introduziu-se o conceito de cursor para permitir processar uma tupla por vez nas linguagens hospedeiras

4 Capítulo 1: SQL-PSM4 Cursor Problema: Impedance Mismatch SQL trabalha com relações Linguagens de programação trabalham de forma orientada a registro Como fazer para ler os dados de um conjunto retornado pelo SQL em uma linguagem de programação? Precisamos ter um mecanismos para associar os valores retornados pelo SGBD em variáveis da aplicação Faz-se isso usando variáveis hospedeiras

5 Capítulo 1: SQL-PSM5 Cursor Ponteiro para uma única tupla do resultado da consulta (result set) Cada cursor possui uma consulta associada, especificada como parte da operação que define o cursor A consulta é executada quando o cursor for aberto Em uma mesma transação, um cursor pode ser aberto ou fechado qualquer número de vezes Pode-se ter vários cursores abertos ao mesmo tempo

6 Capítulo 1: SQL-PSM6 Cursor Sintaxe para especificação de um cursor EXEC SQL DECLARE nome-cursor CURSOR FOR cláusula-select Um cursor possui as seguintes operações: OPEN Executa a consulta especificada e põe o cursor para apontar para uma posição anterior à primeira tupla do resultado da consulta FETCH Move o cursor para apontar para próxima linha no resultado da consulta, tornando-a a tupla corrente e copiando todos os valores dos atributos para as variáveis da linguagem hospedeira usada CLOSE Fecha o cursor

7 Capítulo 1: SQL-PSM7 OPEN FETCH CLOSE SELECT ename FROM employee Banco de Dados KING SMITH JOHN... Cursor KING SMITH JOHN... Cursor KING SMITH JOHN... Cursor

8 Capítulo 1: SQL-PSM8 Cursor UPDATE … CURRENT OF: realiza a atualização dos atributos da tupla que está sendo apontada pelo cursor (linha corrente). Sintaxe: UPDATE tabela SET lista de atribuições WHERE CURRENT OF cursor DELETE... CURRENT OF: elimina a tupla que está sendo apontada pelo cursor (linha corrente). Sintaxe: DELETE FROM tabela WHERE CURRENT OF cursor

9 Capítulo 1: SQL-PSM9 Um Exemplo de Uso de Cursor em C EXEC SQL BEGIN DECLARE SECTION; char SQLSTATE[6]; char titulo[101]; char ano[5]; EXEC SQL DECLARE filme_cursor CURSOR FOR SELECT titulo FROM filmes WHERE ano = :ano; void main () { EXEC SQL WHENEVER SQLERROR GOTO erro; strcpy(ano,1998); EXEC SQL OPEN filme_cursor; while (strcmp(SQLSTATE, 02000) != 0) { EXEC SQL FETCH filme_cursor INTO :titulo; printf(%s\n, titulo); }; EXEC SQL CLOSE filme_cursor; return; erro: printf(Um Erro ocorreu!\n); };

10 Capítulo 1: SQL-PSM10 Exemplo Usando DELETE e UPDATE // Se empregado ganha mais de é demitido; senão tem seu // salário reduzido em 20% void reducaodeFolhadePagamento() { EXEC SQL BEGIN DECLARE SECTION; char SQLSTATE[6]; float salario; EXEC SQL END DECLARE SECTION; EXEC SQL DECLARE salCursor CURSOR FOR SELECT salario FROM Empregado ; EXEC SQL OPEN salCursor; while(1) { EXEC SQL FETCH FROM salCursor INTO :salario; // Verifica se não há mais tuplas if (strcmp(SQLSTATE, 02000)) break; if (salario > 10000) EXEC SQL DELETE FROM Empregado WHERE CURRENT OF salCursor; else EXEC SQL UPDATE Empregado SET salario = salario - salario * 0.2; WHERE CURRENT OF salCursor; }EXEC SQL CLOSE salCursor; }

11 Capítulo 1: SQL-PSM11 Scrolling Cursors Por default, cursores movem-se do início do result set para frente (forward) Podemos movê-los também para trás e/ou para qualquer posição no result set Devemos acrescentar SCROLL na definição do cursor Exemplo EXEC DECLARE meuCursor SCROLL CURSOR FOR Empregado;

12 Capítulo 1: SQL-PSM12 Scrolling Cursors Num FETCH, podemos adicionar as seguintes opções: NEXT ou PRIOR: pega o próximo ou anterior FIRST ou LAST: obtém o primeiro ou último RELATIVE seguido de um inteiro: indica quantas tuplas mover para frente (se positivo) ou para trás (se negativo) ABSOLUTE seguido de um inteiro: indica a posição da tupla contando do início (se positivo) ou do final (se negativo)

13 Capítulo 1: SQL-PSM13 Exercício de Sala Sem usar a sintaxe de uma linguagem de programação (ou seja, usando o bom e velho português) escrever um código fictício para recuperar e imprimir o nome dos alunos matriculados na turma de BD2, período

14 Capítulo 1: SQL-PSM14 Motivação Vimos anteriormente que código SQL pode ser misturado com o código de uma linguagem de programação Porém, é perfeitamente possível separar Código da LP na aplicação Código SQL no BD, nesse caso precisamos dar um nome ao código SQL O código da LP faz chamadas ao código SQL através desses nomes

15 Capítulo 1: SQL-PSM15 Integração Estreita com SGBDs O uso de SQL/PSM (Stored Procedures) como PL/SQL, SQLJ, TransactSQL,…, são extensões de SQL Processadas no lado servidor da arquitetura cliente- servidor: muito bom para o desempenho

16 Capítulo 1: SQL-PSM16 Stored Procedures (SP) Em português, procedimentos armazenados Conjuntos de comandos SQL definidos pelo usuário que ficam armazenados num BD como um procedimento/função para eventuais processamentos São processamentos de tarefas da aplicação que residem no SGBD ao invés de no código da aplicação (cliente)

17 Capítulo 1: SQL-PSM17 Vantagens das Stored Procedures Desempenho Ex.: Seja a consulta SELECT codigop, nome FROM Projeto p, Alocacao a WHERE p.codproj = a.codigop Se vários usuários realizarem esta consulta o tráfego de rede (dados e texto SQL) será alto Se criarmos uma SP para executar a consulta, os usuários necessitarão apenas de um comando para executar a consulta anterior: EXEC nomeProcedimento; A consulta anterior seria compilada a cada chamada, enquanto o SP contendo a consulta seria compilado uma única vez

18 Capítulo 1: SQL-PSM18 Vantagens das Stored Procedures Manutenção Facilita o gerenciamento do BD, pois a consulta é escrita em um único lugar A manutenção torna-se mais eficaz e segura Segurança Podemos usar SPs para limitar o acesso de alguns usuários ao BD A maneira em que o BD pode ser modificado é estritamente definida

19 Capítulo 1: SQL-PSM19 Stored Procedures: SQL/PSM SQL/PSM (Persistent Stored Modules) Parte do padrão SQL relativo às Stored Procedures Cada SGBD oferece sua própria linguagem (PL/SQL, Transact/SQL, PL/pgSQL, etc.) Em PSM, definimos módulos que são coleções de definições de funções ou procedimentos, declarações de tabelas temporárias, dentre outros

20 Capítulo 1: SQL-PSM20 Stored Procedures: SQL/PSM Criando Funções e Procedimentos CREATE PROCEDURE ( ) declarações locais corpo do procedimento; CREATE FUNCTION ( ) RETURNS declarações locais corpo da função; obs.: parâmetros são do tipo modo-nome-tipo, onde modo indica IN, OUT ou INOUT Parâmetros em funções devem ter modo IN

21 Capítulo 1: SQL-PSM21 Stored Procedures: SQL/PSM Exemplo CREATE PROCEDURE MudaEndereco ( IN endAntigo VARCHAR(255), IN endNovo VARCHAR(255) ) UPDATE Empregado SET endereco = endNovo WHERE endereco = endAntigo;

22 Capítulo 1: SQL-PSM22 Stored Procedures: SQL/PSM Alguns comandos 1) Chamada a um procedimento: CALL ( ); Obs.: CALL é aplicado apenas a Procedures (não a Function) Esta chamada pode ser realizada de vários lugares: Programa com SQL embutido EXEC SQL CALL calcula(:x, 3); Como comando em outro procedimento ou função PSM: CALL calcula (10); 2) Comando de Retorno (usado apenas em funções) RETURN ; Obs.: este comando não encerra a função

23 Capítulo 1: SQL-PSM23 Stored Procedures: SQL/PSM 3) Declaração de variáveis locais: DECLARE ; 4) Comando de atribuição SET = ; 5) Grupo de comandos: delimitados por BEGIN e END 6) Label Colocamos labels em comandos precedendo estes pelo nome do label e dois pontos

24 Capítulo 1: SQL-PSM24 Stored Procedures: SQL/PSM 7) Comandos condicionais IF THEN ELSEIF THEN … ELSE END IF; 8) Laços LOOP END;

25 Capítulo 1: SQL-PSM25 Stored Procedures: SQL/PSM Exemplo: função que recebe um ano e nome de estúdio e retorna TRUE se não produziu nenhum filme naquele ano ou se aquele estúdio produziu apenas um filme preto e branco CREATE FUNCTION PretoeBranco (p_ano int, studio char[15]) RETURNS BOOLEAN IF NOT EXISTS (SELECT * FROM Filme WHERE ano = p_ano AND nomeStudio = studio) THEN RETURN TRUE; ELSEIF 1 = (SELECT COUNT(*) FROM Filme WHERE ano = p_ano AND nomeStudio = studio AND NOT emcores) THEN RETURN TRUE; ELSE RETURN FALSE; END IF;

26 Capítulo 1: SQL-PSM26 Stored Procedures: SQL/PSM Exemplo: Procedimento que calcula a duração média dos filmes de um estúdio CREATE PROCEDURE MeanVar (IN s char[15], OUT mean REAL) DECLARE NotFound FOR SQLSTATE 02000; DECLARE filmeCursor CURSOR FOR select duracao from Filme where nomeStudio = s; DECLARE novaDuracao INTEGER; DECLARE contaFilmes INTEGER; BEGIN SET mean = 0.0; SET contaFilmes = 0; OPEN filmeCursor; filmeLOOP: LOOP FETCH filmeCursor INTO novaDuracao; IF NotFound THEN LEAVE filmeLOOP END IF; SET contaFilmes = contaFilmes + 1; SET mean = mean + novaDuracao; END LOOP; SET mean = mean / contaFilmes; CLOSE filmeCursor; END;

27 Capítulo 1: SQL-PSM27 Laços em PSM Laços FOR FOR AS CURSOR FOR DO END FOR; Exemplo FOR alunoLOOP AS alunoCursor CURSOR FOR SELECT nome, idade FROM Aluno WHERE periodo = ; DO... END FOR;

28 Capítulo 1: SQL-PSM28 Exemplo do Laço FOR Exemplo: Mesmo procedimento anterior, usando Laço FOR CREATE PROCEDURE MeanVar (IN s char[15], OUT mean REAL) DECLARE contaFilmes INTEGER; BEGIN SET mean = 0.0; SET contaFilmes = 0; FOR filmeLOOP AS filmeCursor CURSOR FOR SELECT duracao FROM Filme WHERE nomeStudio = s; DO SET contaFilmes = contaFilmes + 1; SET mean = mean + duracao; END FOR; SET mean = mean / contaFilmes; END; Obs.: veja que não precisa de OPEN, FETCH e CLOSE do cursor

29 Capítulo 1: SQL-PSM29 Outros Tipos de Laços em PSM Laço WHILE WHILE DO END WHILE; REPEAT UNTIL END REPEAT;

30 Capítulo 1: SQL-PSM30 Exceções em PSM É possível testar o SQLSTATE para verificar a ocorrência de erros e tomar uma decisão, quando erros ocorram Isto é feito através do EXCEPTION HANDLER que é associado a blocos BEGIN END (o handler aparece dentro do bloco) Os componentes do handler são: 1) Lista de exceções a serem tratadas 2) Código a ser executado quando exceção ocorrer 3) Indicação para onde ir depois que o handler concluir SINTAXE: DECLARE HANDLER FOR As escolhas de são: CONTINUE EXIT (sai do bloco BEGIN.. END) UNDO

31 Capítulo 1: SQL-PSM31 Exemplo de Exceções em PSM CREATE FUNCTION getSalario (mat integer) RETURNS FLOAT DECLARE NotFound CONDITION FOR SQLSTATE 02000; DECLARE TooMany CONDITION FOR SQLSTATE 21000; BEGIN DECLARE EXIT HANDLER FOR NotFound, TooMany RETURN NULL; RETURN (SELECT salario FROM Empregado WHERE matricula = mat); END; TooMany muitas linhas retornadas pelo SELECT NotFound nenhuma linha retornada pelo SELECT

32 Capítulo 1: SQL-PSM32 PL/SQL – Oracle Stored Procedures Linguagem de desenvolvimento do SGBD Oracle que implementa SQL/PSM (não é fiel ao padrão) Significa Procedural Language extensions to SQL Permite variáveis locais, laços, condições, procedures, consulta à relações one tuple at a time, etc Forma geral DECLARE declarações (optativo) BEGIN comandos executáveis; (obrigatórios) EXCEPTION comandos para manipular erros (optativo) END;

33 Capítulo 1: SQL-PSM33 Oracle Stored Procedures Código PL/SQL é feito de blocos com uma única estrutura Existem dois tipos de blocos em PL/SQL: 1. Blocos Anônimos: não possuem nomes (são como scripts) Podem ser escritos e executados imediatamente no iSQL*Plus Podem ser usados em um trigger (gatilho) 2. Blocos Nomeados: são armazenados no banco de dados Procedures Functions Pacotes

34 Capítulo 1: SQL-PSM34 Blocos Anônimos DECLARE (opcional) /* aqui se declaram as variáveis que serão usadas no bloco */ BEGIN (obrigatório) /* define-se os comandos que dizem o que o bloco faz*/ EXCEPTION (opcional) /* define-se as ações que acontecem se uma exceção for lançado durante a execução deste bloco */ END; (obrigatório) /

35 Capítulo 1: SQL-PSM35 DECLARE Sintaxe Exemplos identifier [CONSTANT] datatype [NOT NULL] [:= | DEFAULT expr]; identifier [CONSTANT] datatype [NOT NULL] [:= | DEFAULT expr]; DECLARE birthdayDATE; age NUMBER(2) NOT NULL := 27; name VARCHAR2(13) := 'Levi'; magicCONSTANT NUMBER := 77; validBOOLEAN NOT NULL := TRUE; DECLARE birthdayDATE; age NUMBER(2) NOT NULL := 27; name VARCHAR2(13) := 'Levi'; magicCONSTANT NUMBER := 77; validBOOLEAN NOT NULL := TRUE; Note que PL/SQL inclui todos tipos SQL, e outros mais…

36 Capítulo 1: SQL-PSM36 Declarando Variáveis com %TYPE Exemplos DECLARE snamesailors.sname%TYPE; fav_boatVARCHAR2(30); my_fav_boatfav_boat%TYPE := GrafSpee';... Acessando coluna sname na tabela Sailors Acessando outra variável

37 Capítulo 1: SQL-PSM37 Criando um PL/SQL Record (Registro) Um record é um tipo de variável que podemos definir (como struct em C ou object em Java) DECLARE TYPE sailor_record_type IS RECORD (sname VARCHAR2(10), sid VARCHAR2(9), ageNUMBER(3), rating NUMBER(3)); sailor_recordsailor_record_type;... BEGIN sailor _ record.sname:= peter ; sailor _ record.age:=45; … DECLARE TYPE sailor_record_type IS RECORD (sname VARCHAR2(10), sid VARCHAR2(9), ageNUMBER(3), rating NUMBER(3)); sailor_recordsailor_record_type;... BEGIN sailor _ record.sname:= peter ; sailor _ record.age:=45; …

38 Capítulo 1: SQL-PSM38 Oracle Stored Procedures São objetos armazenados no BD que usam comandos PL/SQL e SQL em seus corpos Sintaxe CREATE OR REPLACE PROCEDURE ( ) AS / IS BEGIN END; Atenção: AS ou IS substituem o DECLARE

39 Capítulo 1: SQL-PSM39 Oracle Stored Procedures tem triplas nome-modo- tipo. Modo: IN, OUT ou IN OUT para read-only, write-only, read/write, respectivamente. Tipos de Dados Padrão SQL + tipos genéricos como NUMBER = qualquer tipo inteiro ou real Como tipos nas procedures devem casar com tipos no esquema do BD, pode-se usar uma expressão da forma tabela.campo%TYPE para capturar o tipo corretamente

40 Capítulo 1: SQL-PSM40 Exemplo de Oracle Stored Procedure Uma procedure que inclui uma nova cerveja e seu preço no menu do bar AlviRubro Vende (bar, cerveja, preço) CREATE OR REPLACE PROCEDURE MenuAlviRubro ( p_cerva IN Vende.cerveja%TYPE, p_preco IN Vende.preço%TYPE) AS BEGIN INSERT INTO Vende VALUES(AlviRubro, p_cerva, p_preco); COMMIT; END; /

41 Capítulo 1: SQL-PSM41 Executando Stored Procedures Uma chamada a uma procedure pode aparecer no corpo de um comando PL/SQL BEGIN MenuAlviRubro('AlviRubro','Bud', 2.50); MenuAlviRubro('AlviRubro','Carlsberg', 5.00); END; Uma chamada a uma procedure pode aparecer no prompt da ferramenta (iSQL*Plus) EXEC(UTE) MenuAlviRubro ('AlviRubro','Sol', 1.15);

42 Capítulo 1: SQL-PSM42 Um Segundo Exemplo CREATE OR REPLACE PROCEDURE p1 (p_empid IN NUMBER, p_sal OUT NUMBER) IS BEGIN SELECT salary INTO p_sal FROM employees WHERE employee_id = p_empid; END; / CREATE OR REPLACE PROCEDURE p2 IS v_sal NUMBER; v_empid NUMBER := 101; BEGIN p1(v_empid,v_sal); DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('O empregado '||TO_CHAR(v_empid)||' recebe '||TO_CHAR(v_sal)); END; / SQL> SET SERVEROUTPUT ON SQL> EXECUTE p2 O empregado 101 recebe Atenção: Não é necessário informar o tamanho dos parâmetros

43 Capítulo 1: SQL-PSM43 Oracle Stored Procedure Atribuição de valores a variáveis é denotada por := Desvio IF THEN ELSIF THEN ELSE END IF; Laço LOOP... EXIT WHEN... END LOOP;

44 Capítulo 1: SQL-PSM44 Consultas em PL/SQL Single-row selects permitem atribuir a uma variável o resultado de uma consulta que produz uma única tupla Um select-from-where em PL/SQL deve ter uma cláusula INTO listando as variáveis que recebem os resultados da consulta Ocorre erro se o select-from-where retornar mais de uma tupla; neste caso, é preciso usar um cursor Ocorre erro também se o select-from-where retornar zero tupla

45 Capítulo 1: SQL-PSM45 Single-Row SELECT Exemplo: Encontrar o preço da cerveja Schincariol no bar AlviRubro Vende(bar, cerveja, preço) DECLARE p Vende.preço %TYPE; BEGIN SELECT preço INTO p FROM Vende WHERE bar = AlviRubro AND cerveja = Schincariol; END;

46 Capítulo 1: SQL-PSM46 Cursores Declaração CURSOR IS comando select-from-where O cursor aponta para cada tupla por vez da relação- resultado da consulta select-from-where, usando um fetch statement dentro de um laço. Fetch statement: FETCH INTO lista_variáveis; Um laço é interrompido por: EXIT WHEN %NOTFOUND; O valor é TRUE se não houver mais tupla a apontar OPEN e CLOSE abrem e fecham um cursor

47 Capítulo 1: SQL-PSM47 Criando um Cursor Exemplo DECLARE CURSOR c IS SELECT name, salary FROM customer; v_name customer.name%TYPE; v_salary customer.salary%TYPE; BEGIN open c; fetch c into v_name, v_salary; …

48 Capítulo 1: SQL-PSM48 Exemplo DECLARE pi constant NUMBER(8,7) := ; area NUMBER(14,2); CURSOR rad_cursor IS SELECT * FROM rad_vals; rad_value rad_cursor%ROWTYPE; BEGIN OPEN rad_cursor; LOOP FETCH rad_cursor INTO rad_value; EXIT WHEN rad_cursor%NOTFOUND; area := pi * power(rad_value.radius,2); INSERT INTO areas VALUES (rad_value.radius, area); END LOOP; CLOSE rad_cursor; COMMIT; END; DECLARE pi constant NUMBER(8,7) := ; area NUMBER(14,2); CURSOR rad_cursor IS SELECT * FROM rad_vals; rad_value rad_cursor%ROWTYPE; BEGIN OPEN rad_cursor; LOOP FETCH rad_cursor INTO rad_value; EXIT WHEN rad_cursor%NOTFOUND; area := pi * power(rad_value.radius,2); INSERT INTO areas VALUES (rad_value.radius, area); END LOOP; CLOSE rad_cursor; COMMIT; END; radius Rad_cursor FetchFetch Rad_val RadiusArea AREAS RAD_VALS O código completo do exemplo está disponível no Google Groups

49 Capítulo 1: SQL-PSM49 Atributos Explícitos de Cursor Obtém informação de status sobre um cursor Atributo Tipo Descrição %ISOPEN Boolean Retorna TRUE se o cursor estiver aberto %NOTFOUND Boolean Retorna TRUE se o fetch mais recente não retorna uma tupla %FOUND Boolean Retorna TRUE se o fetch mais recente retorna uma tupla (complemento de %NOTFOUND) %ROWCOUNT Number Retorna o total de tuplas acessadas até o momento

50 Capítulo 1: SQL-PSM50 Exemplo Uma procedure que examina o menu do bar AlviRubro e aumenta em 1.00 todos os preços que são menores que 3.00 Vende(bar, cerveja, preço) Um simples UPDATE poderia resolver esse problema, mas mudanças mais complicadas podiam exigir uma procedure

51 Capítulo 1: SQL-PSM51 Exemplo CREATE PROCEDURE Aumento AS aCerveja Vende.cerveja%TYPE; oPreço Vende.preço%TYPE; CURSOR c IS SELECT cerveja, preço FROM Vende WHERE bar =`AlviRubro´; BEGIN OPEN c; LOOP FETCH c INTO aCerveja, oPreço; EXIT WHEN c%NOTFOUND; IF oPreço < 3.00 THEN UDPATE Vende SET preço = oPreço WHERE bar = `AlviRubro´ AND cerveja = aCerveja; END IF; END LOOP; CLOSE c; END;

52 Capítulo 1: SQL-PSM52 Tipo %ROWTYPE Qualquer estrutura (e.g. cursores e nomes de tabela) que tem um tipo tupla pode ter seu tipo capturado com %ROWTYPE Pode-se criar variáveis temporárias tipo tupla e acessar seus componentes como variável.componente (dot notation) Muito útil, principalmente se a tupla tem muitos componentes

53 Capítulo 1: SQL-PSM53 Declarando Variáveis com %ROWTYPE Declare uma variável (registro) com o tipo de uma linha de uma tabela. E como acessar os campos de reserves_record? reserves_record Reserves%ROWTYPE; reserves_record.sid:=9; Reserves_record.bid:=877; Tabela Reserves

54 Capítulo 1: SQL-PSM54 Exemplo A mesma procedure com a variável tupla cp. CREATE PROCEDURE Aumento AS CURSOR c IS SELECT cerveja, preço FROM Vende WHERE bar = `AlviRubro´; cp c%ROWTYPE; BEGIN OPEN c; LOOP FETCH c INTO cp; EXIT WHEN c%NOTFOUND; IF cp.preço < 3.00 THEN UDPATE Vende SET preço= cp.preço WHERE bar = `AlviRubro´ AND cerveja = cp.cerveja; END IF; END LOOP; CLOSE c; END;

55 Capítulo 1: SQL-PSM55 Funções Podemos definir uma função: CREATE FUNCTION ( ) RETURN AS... No corpo da função, "RETURN ;" sai (retorna) da função e retorna o valor de

56 Capítulo 1: SQL-PSM56 Exemplo CREATE OR REPLACE FUNCTION func01 (valor IN NUMBER) RETURN VARCHAR2 AS BEGIN IF valor IN (0,1) THEN RETURN('if'); ELSIF valor IN (1,2,3) THEN RETURN('elsif'); ELSE RETURN('else'); END IF; DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('Fui até o fim'); RETURN('Fim'); END; / SET SERVEROUTPUT ON /* Para testar com outros valores, basta substituir o parâmetro passado na função func01 */ DECLARE texto VARCHAR2(1000); BEGIN texto := func01(2); DBMS_OUTPUT.PUT_LINE(texto); END; /

57 Capítulo 1: SQL-PSM57 Dica Para descobrir quais procedures e functions você já criou: SELECT object_type, object_name, status FROM user_objects WHERE object_type IN ('PROCEDURE','FUNCTION');

58 Capítulo 1: SQL-PSM58 Removendo Procedures e Funções Para remover uma stored procedure/function: DROP PROCEDURE ; DROP FUNCTION ;

59 Capítulo 1: SQL-PSM59 Outras Formas de Laços Comando FOR Permite que uma determinada sequência de comandos seja executada n vezes Sintaxe FOR contador IN [REVERSE] valorInicial..valorFinal LOOP sequência de comandos END LOOP

60 Capítulo 1: SQL-PSM60 Exemplo de Comando FOR CREATE OR REPLACE PROCEDURE VerificaEstoque AS codInicial Produto.codProduto%Type; codFinal CodInicial%Type; v_estoque Produto.estoque%Type; BEGIN SELECT Min(CodProduto), Max(codProduto) INTO codInicial, codFinal FROM Produto; FOR contador IN codInicial..codFinal LOOP SELECTestoque INTOv_estoque FROMproduto WHEREcodProduto = contador AND estoque > 0; DBMS_OUTPUT.PUT_LINE ('O código '|| contador || ' tem em estoque' || v_estoque); END LOOP; END; Pergunta: E se houverem brechas em codProduto? Exemplo: 1, 2, 4...

61 Capítulo 1: SQL-PSM61 Exemplo de Cursor FOR CREATE OR REPLACE PROCEDURE p10 IS BEGIN FOR emp_rec IN ( SELECT last_name, salary FROM employees WHERE salary >= 10000) LOOP DBMS_OUTPUT.PUT_LINE ('O empregado '||emp_rec.last_name||' ganha '||emp_rec.salary||' dólares por mês'); END LOOP; END; / SET SERVEROUTPUT ON EXEC p10

62 Capítulo 1: SQL-PSM62 Outras Formas de Laços Comando WHILE WHILE condição LOOP Comandos END LOOP; Exemplo DECLARE TEN number:=10; inumber_table.num%TYPE:=1; BEGIN WHILE i <= TEN LOOP INSERT INTO number_table VALUES (i); i := i + 1; END LOOP; END;

63 Capítulo 1: SQL-PSM63 Exercício Criar uma função (calc_sal_total) que calcule o salário total de um empregado (salário fixo + comissão). A função deve receber dois valores numéricos e devolver um valor numérico. Criar uma procedure (update_sal) que atualize o salário total de todos os empregados usando a função calc_sal_total. Um cursor deve ser usado dentro da procedure Tabela Empregado (id, nome, salário, comissão, sal_total)

64 Capítulo 1: SQL-PSM64 Pacotes São objetos que agrupam logicamente elementos de programação PL/SQL Tipos definidos pelo usuário, variáveis, exceções PL/SQL, cursores, procedures e funções Um pacote possui duas partes: Especificação Corpo

65 Capítulo 1: SQL-PSM65 Exemplo de Pacote CREATE OR REPLACE PACKAGE pck_emp IS PROCEDURE query_emp (in_employee_id employees.employee_id%TYPE, out_name OUT employees.first_name%TYPE, out_salary OUT employees.salary%TYPE, out_phone_number OUT employees.phone_number%TYPE); END pck_emp; /

66 Capítulo 1: SQL-PSM66 Exemplo de Pacote CREATE OR REPLACE PACKAGE BODY pck_emp IS PROCEDURE query_emp (in_employee_id employees.employee_id%TYPE,out_name OUT employees.first_name%TYPE,out_salary OUT employees.salary%TYPE,out_phone_number OUT employees.phone_number%TYPE) IS BEGIN SELECT first_name, salary, phone_number INTO out_name, out_salary, out_phone_number FROM employees WHERE employee_id = in_employee_id; EXCEPTION WHEN NO_DATA_FOUND THEN DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('Empregado '||in_employee_id||' não existe'); END query_emp; END pck_emp; /

67 Capítulo 1: SQL-PSM67 Exemplo de Pacote DECLARE aEmployee_idemployees.employee_id%TYPE:=206; aFirst_nameemployees.first_name%TYPE; aSalaryemployees.salary%TYPE; aPhone_numberemployees.phone_number%TYPE; BEGIN pck_emp.query_emp(aEmployee_id,aFirst_name,aSalary,aPhone_numbe r); DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('aFirst_name --> '||aFirst_name); DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('aSalary --> '||aSalary); DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('aPhone_number --> '||aPhone_number); END; /

68 Capítulo 1: SQL-PSM68 Trigger (Gatilho) Trecho de código armazenado executado implicitamente quando ocorre um certo evento Criados para executar operações relacionadas Não devem ser criados quando já existirem funcionalidades que já façam o trabalho

69 Capítulo 1: SQL-PSM69 Exemplo de Trigger

70 Capítulo 1: SQL-PSM70 Criando Triggers Instante de Execução Tabela: BEFORE, AFTER Visão:INSTEAD OF Evento: INSERT, UPDATE ou DELETE Objeto associado: tabela ou visão Tipo: linha ou sentença Cláusula WHEN: condição de restrição Corpo do trigger: bloco contendo comandos

71 Capítulo 1: SQL-PSM71 Sequência de Disparo DEPTNO DNAME ACCOUNTING RESEARCH SALES OPERATIONS LOC NEW YORK DALLAS CHICAGO BOSTON Ação do TriggerAção do Trigger BEFORE statement trigger BEFORE row trigger AFTER row trigger AFTER statement trigger SQL> INSERT INTO dept (deptno, dname, loc) 2 VALUES (50, 'EDUCATION', 'NEW YORK'); SQL> INSERT INTO dept (deptno, dname, loc) 2 VALUES (50, 'EDUCATION', 'NEW YORK'); Comando DMLComando DML Sequência de disparo de um trigger em uma tabela quando apenas uma linha é manipulada

72 Capítulo 1: SQL-PSM72 Sequência de Disparo EMPNO ENAME KING BLAKE SMITH DEPTNO 30 BEFORE statement trigger BEFORE row trigger AFTER row trigger BEFORE row trigger AFTER row trigger BEFORE row trigger AFTER row trigger AFTER statement trigger SQL> UPDATE emp 2 SET sal = sal * WHERE deptno = 30; SQL> UPDATE emp 2 SET sal = sal * WHERE deptno = 30; Sequência de disparo de um trigger em uma tabela quando muitas linhas são manipuladas

73 Capítulo 1: SQL-PSM73 Criando um Statement Trigger SQL> CREATE OR REPLACE TRIGGER secure_emp 2 BEFORE INSERT ON emp 3 BEGIN 4 IF (TO_CHAR (sysdate,'DY') IN ('SAT','SUN')) OR 5 (TO_CHAR(sysdate,'HH24') NOT BETWEEN 6 '08' AND '18') 7 THEN RAISE_APPLICATION_ERROR (-20500, 8 'You may only insert into EMP during normal hours.'); 9 END IF; 10 END; 11 / SQL> CREATE OR REPLACE TRIGGER secure_emp 2 BEFORE INSERT ON emp 3 BEGIN 4 IF (TO_CHAR (sysdate,'DY') IN ('SAT','SUN')) OR 5 (TO_CHAR(sysdate,'HH24') NOT BETWEEN 6 '08' AND '18') 7 THEN RAISE_APPLICATION_ERROR (-20500, 8 'You may only insert into EMP during normal hours.'); 9 END IF; 10 END; 11 /

74 Capítulo 1: SQL-PSM74 Testando o Trigger secure_emp SQL> INSERT INTO emp (empno, ename, deptno) 2 VALUES (7777, 'BAUWENS', 40); INSERT INTO emp (empno, ename, deptno) * ERROR at line 1: ORA-20500: You may only insert into EMP during normal hours. ORA-06512: at "A_USER.SECURE_EMP", line 4 ORA-04088: error during execution of trigger 'A_USER.SECURE_EMP' SQL> INSERT INTO emp (empno, ename, deptno) 2 VALUES (7777, 'BAUWENS', 40); INSERT INTO emp (empno, ename, deptno) * ERROR at line 1: ORA-20500: You may only insert into EMP during normal hours. ORA-06512: at "A_USER.SECURE_EMP", line 4 ORA-04088: error during execution of trigger 'A_USER.SECURE_EMP'

75 Capítulo 1: SQL-PSM75 Usando Predicados de Condição CREATE OR REPLACE TRIGGER secure_emp BEFORE INSERT OR UPDATE OR DELETE ON emp BEGIN IF (TO_CHAR (sysdate,'DY') IN ('SAT','SUN')) OR (TO_CHAR (sysdate, 'HH24') NOT BETWEEN '08' AND '18') THEN IF DELETING THEN RAISE_APPLICATION_ERROR (-20502, 'You may only delete from EMP during normal hours.'); ELSIF INSERTING THEN RAISE_APPLICATION_ERROR (-20500, 'You may only insert into EMP during normal hours.'); ELSIF UPDATING ('SAL') THEN RAISE_APPLICATION_ERROR (-20503, 'You may only update SAL during normal hours.'); ELSE RAISE_APPLICATION_ERROR (-20504, 'You may only update EMP during normal hours.'); END IF; END;

76 Capítulo 1: SQL-PSM76 Criando Row Triggers SQL> CREATE OR REPLACE TRIGGER DERIVE_COMMISSION_PCT 2 BEFORE INSERT OR UPDATE OF sal ON emp 3 FOR EACH ROW 4 BEGIN 5 IF NOT (:NEW.JOB IN ('MANAGER', 'PRESIDENT')) 6 AND :NEW.SAL > THEN 8 RAISE_APPLICATION_ERROR 9 (-20202, 'EMPLOYEE CANNOT EARN THIS AMOUNT'); 10 END IF; 11 END;

77 Capítulo 1: SQL-PSM77 Usando Qualificadores OLD e NEW SQL>CREATE OR REPLACE TRIGGER audit_emp_values 2 AFTER DELETE OR INSERT OR UPDATE ON emp 3 FOR EACH ROW 4 BEGIN 5 INSERT INTO audit_emp_table (user_name, 6 timestamp, id, old_last_name, new_last_name, 7 old_title, new_title, old_salary, new_salary) 8 VALUES (USER, SYSDATE, :OLD.empno, :OLD.ename, 9 :NEW.ename, :OLD.job, :NEW.job, 10 :OLD.sal, :NEW.sal ); 11 END; 12 /

78 Capítulo 1: SQL-PSM78 Tabela audit_emp_values USER_NAME EGRAVINA NGREENBE TIMESTAMP 12-NOV DEC-97 ID NULL 7844 OLD_LAST_NAME NULL MAGEE NEW_LAST_NAME HUTTON TURNER OLD_TITLE NULL CLERK NEW_TITLE ANALYST SALESMAN NEW_SALARY Continuação OLD_SALARY NULL 1100 INSERTUPDATE

79 Capítulo 1: SQL-PSM79 Trigger INSTEAD OF Aplicação SQL> INSERT INTO my_view 2...; SQL> INSERT INTO my_view 2...; MY_VIEW INSTEAD OF Trigger INSERT TABLE1 UPDATE TABLE2

80 Capítulo 1: SQL-PSM80 Trigger INSTEAD OF EMPNO ENAME KING CLARK MILLER JONES SAL DEPTNO DNAME NEW YORK DALLAS TOT_DEPT_SAL INSERT INTO EMP_DETAILS (EMPNO, ENAME, SAL, DEPTNO) VALUES (9001,'ABBOTT',1000,10) INSERT INTO EMP_DETAILS (EMPNO, ENAME, SAL, DEPTNO) VALUES (9001,'ABBOTT',1000,10) INSTEAD OF INSERT into EMP_DETAILS EMPLOYEES EMPNO ENAME KING BLAKE CLARK ABBOTT SAL DEPTNO DNAME ACCOUNTING RESEARCH SALES TOT_DEPT_SAL UPDATEDEPARTMENTS

81 Capítulo 1: SQL-PSM81 Exemplo CREATE VIEW myview AS SELECT e.EMPLOYEE_ID, e.LAST_NAME, e. , e.HIRE_DATE, e.JOB_ID, d.DEPARTMENT_ID, d.DEPARTMENT_NAME FROM employees e, departments d WHERE e.department_id = d.department_id / CREATE OR REPLACE TRIGGER myview_trig INSTEAD OF INSERT ON myview FOR EACH ROW BEGIN INSERT INTO departments (department_id, department_name) VALUES (:NEW.department_id, :NEW.department_name); INSERT INTO employees (EMPLOYEE_ID, LAST_NAME, , HIRE_DATE, JOB_ID) VALUES (:new.EMPLOYEE_ID, :new.LAST_NAME, :new. , :new.HIRE_DATE, :new.JOB_ID); END; / INSERT INTO myview VALUES select * from departments where department_id = 55; select * from employees where employee_id = 11;

82 Capítulo 1: SQL-PSM82 Manipulando Exceções Exceções são todos os erros e imprevistos que podem ocorrer durante a execução de um bloco PL/SQL Quando uma exceção ocorre, o SGBD Oracle aborta a execução e procura a área de exceções (EXCEPTION) para tratar a falha As exceções podem ser Pré-definidas Definidas pelo usuário

83 Capítulo 1: SQL-PSM83 Manipulando Exceções Sintaxe EXCEPTION WHENnomeExceção1THEN Comandos; WHENnomeExceção2THEN Comandos; WHEN others THEN Comandos;

84 Capítulo 1: SQL-PSM84 Manipulando Exceções Exemplo CREATE TABLE pais (id NUMBER PRIMARY KEY, nome VARCHAR2(20)); SET SERVEROUTPUT ON BEGIN INSERT INTO pais VALUES (100, 'Brasil'); COMMIT; DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('Inserção realizada com sucesso'); EXCEPTION WHEN dup_val_on_index THEN DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('País já cadastrado! '); WHEN others THEN DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('Erro ao cadastrar país'); END;

85 Capítulo 1: SQL-PSM85 Exceções Pré-definidas Cursor_Already_Open DUP_Val_On_INDEX INVALID_CURSOR Invalid_Number Login_Denied No_Data_Found Not_Logged_On RowType_Mismatch Storage_Error Too_Many_Rows Value_Error Zero_Divide Others

86 Capítulo 1: SQL-PSM86 Exceção Definida pelo Usuário Devem ser declaradas na área de declarações de um bloco ou procedure/function ou package Comando: Declare nomeExceção EXCEPTION; Begin Seqüência de comandos If … then RAISE nomeExceção; End If; Comandos Exception When NomeExceção then Comandos End

87 Capítulo 1: SQL-PSM87 Exceção Definida pelo Usuário Exemplo DECLARE out_of_stock EXCEPTION; number_on_hand NUMBER(4); BEGIN... IF number_on_hand < 1 THEN RAISE out_of_stock; END IF; EXCEPTION WHEN out_of_stock THEN -- handle the error END;

88 Capítulo 1: SQL-PSM88 Quando se cria uma procedure, se houver erros na sua definição, estes não serão mostrados Para ver os erros de procedure chamada myProcedure, digite: SHOW ERRORS PROCEDURE myProcedure no iSQLPLUS prompt Para funções, digite: SHOW ERRORS FUNCTION myFunction Visualizando Erros na Criação de uma Procedure/Function

89 Capítulo 1: SQL-PSM89 Exemplo CREATE OR REPLACE PROCEDURE proc10 IS DECLARE contador NUMBER; BEGIN contador := 10 END; / SQL> sho err procedure proc10 Falta ponto-e-vírgula

90 Capítulo 1: SQL-PSM90 table1 index1 view1 proc1 func1 seq1 user01 table1 index1 view1 proc1 func1 seq1 user02 table1 index1 view1 proc1 func1 seq1 user03 Oracle Database user01s schema user03s schema user02s schema

91 Capítulo 1: SQL-PSM91 Exemplo de Stored Procedure no SGBD SQL Server

92 Capítulo 1: SQL-PSM92 Java Stored Procedure no SGBD Oracle import java.sql.*; import java.io.*; import oracle.jdbc.*; public class BookDML { public static void insertBook (String title, String publisher) throws SQLException { String sql = INSERT INTO Livros VALUES (?, ?); try { Connection con = DriverManager.getConnection(jdbc:default:connection:); PreparedStatement pstmt = con.prepareStatement(sql); pstmt.setString(1, title); pstmt.setString(2, publisher); pstmt.close(); } catch (SQLException e) { system.err.println(e.getMessage()); }

93 Capítulo 1: SQL-PSM93 Java Stored Procedure no SGBD Oracle Carregando a Classe no Banco de dados: > loadjava –user baptista BookDML.java Acessando a classe: CREATE OR REPLACE PROCEDURE InsertBookJava (title VARCHAR, publisher VARCHAR) AS Language java Name 'BookDML.insertBook(java.lang.String, java.lang.String)'; Executando do SQL*Plus: CALL insertBookJava('Meulivro', 'LMV'); Usuário do BD Oracle


Carregar ppt "Capítulo 1: SQL-PSM (Persistent Stored Modules) Banco de Dados II Prof. Carlos Eduardo Pires"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google