A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação e Orientação Nutricional de Nutrizes Patricia Padilha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação e Orientação Nutricional de Nutrizes Patricia Padilha."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação e Orientação Nutricional de Nutrizes Patricia Padilha

2 COMPOSIÇÃO DO LH, NÍVEL SÓCIOECONÔMICO E USO DE ANTICONCEPCIONAIS Nutrizes de BNSE de paises em desenvolvimento: 400-700ml de leite/dia no 1º. semestre de lactação, 300 a 500 ml de leite/dia no 2º. semestre de lactação. Desnutrição materna severa: diminuição da produção láctea, ainda que não ocorra variação na composição dos macronutrientes do leite. Nutrizes de ANSE: 600-900 ml/dia. Anticoncepcionais contendo estrogênio e progesterona: inibem a prolactina, provocando a diminuição da produção láctea (40%) com efeito a longo prazo no crescimento do lactente

3 Estado nutricional materno, hábitos sociais e produção láctea LH é fonte completa de nutrientes para o lactente amamentado exclusivamente, com possível exceção para vits. D e B12 A ingestão dietética usual de macronutrientes influencia pouco na quantidade total de nutrientes no LH, com exceção para a proporção de ácidos graxos A concentração de minerais no LH não é afetada pela dieta materna ou uso de suplementos acima das IDRs, exceção para vit. B6, selênio e iodo

4 Estado nutricional materno, hábitos sociais e produção láctea Cigarro e o uso de bebidas alcoólicas em excesso (> 5 g/kg/pc - equivalente a 2 latas de cerveja): diminuição da produção láctea. Ingestão materna de álcool durante a lactação: transferência de álcool para o LH, causando alteração do sabor e diminuição da sucção pelo lactente.

5 Avaliação do estado nutricional de nutrizes Avaliação Dietética, Bioquímica, Clínica, Funcional, Sociodemográfica e Obstétrica Diminuição no volume plasmático após 6 semanas pós-parto (53,6 ml/kg de peso), maior que em mulheres não lactantes (50,1 ml/kg). Recordatório de 24 horas, registro alimentar (3 a 7 dias), FCSQ. Nutrientes-problema: cálcio, ferro, magnésio, vitaminas A e C. Investigar anemia e cegueira noturna no período da lactação.

6 Avaliação do estado nutricional de nutrizes Avaliação antropométrica 1º Passo: Avaliação do IMC pré-gestacional, adequação do ganho de peso gestacional (IOM, 1990,1992) e do peso pós- parto (30d). 2º Passo: Avaliação da perda de peso após 30d até a data da consulta. Perda de peso normal: 0,5 a 1kg/mês Perda de peso nas nutrizes com SP pré-gestacional: aproximadamente 2 kg/mês Perda considerada rápida e indesejada: >2kg/mês (para nutrizes com peso pré-gestacional normal) >3kg/mês (para nutrizes com SP ou Ob pré- gestacional)

7 Avaliação do estado nutricional de nutrizes Avaliação antropométrica 3º. Passo: Avaliação do IMC na lactação, 30d pós-parto (MS, 2004, WHO, 1998) Baixo peso <18,5 kg/m 2 (Risco nutricional: 20,3kg/m 2 ) Adequado >18,5 < 25,0 kg/m 2 Pré-obesidade (SP) >25,0 < 30,0 kg/m 2 Obesidade >30,0kg/m 2

8 Avaliação do estado nutricional de nutrizes Avaliação antropométrica - Circunferência Corporal Circunferência da coxa: é útil. Em brasileiras lactantes durante os 4 primeiros meses da lactação: redução significativa na circunferência da coxa.

9 Cálculo das necessidades energéticas da nutriz Cálculo do VET: considerar a nível de atividade física e o adicional energético para a lactação

10 Adicional energético/dia: 675 Kcal/dia (807 g leite/dia, com eficiência de conversão de Kcal/0,80) Perda de peso de mulheres bem nutridas: 0,8 Kg/mês. Mobilização de 170 Kcal de seus estoques energéticos. Esta quantidade pode ser deduzida das 675 Kcal/dia necessárias durante os 6 primeiros meses de lactação, resultando em 505 Kcal/dia (675 Kcal – 170 Kcal) Adicional energético para mulheres bem nutridas com adequado ganho gestacional, durante os 6 primeiros meses de lactação é de 505 Kcal/dia. Adicional energético para mulheres com ganho de peso gestacional inadequado ou sem reservas será de 675 kcal/dia, durante os 6 primeiros meses de lactação. Para o período de 6 meses em diante: a produção de leite é de 550 mL/dia, com custo energético de 460 Kcal/dia. Recomendações de Energéticas para a Lactação para mulheres que amamentam seus bebês exclusivamente por 6 meses (FAO, 2004)

11 VET = TMB x NAF + adicional energético (505 a 675kcal) Considerando o estado nutricional antropométrico materno pré-gestacional e o ganho de peso gestacional, adotar: 1) BP pré-gestacional Considerar no cálculo da TMB, o peso desejável (IMC de 18,7 a 23,8) Adicional energético: Se o ganho gestacional total foi adequado + 505 kcal Se o ganho gestacional total foi inadequado + 675 kcal 2) Peso pré-gestacional normal Considerar no cálculo da TMB, o peso pré-gestacional ou o desejável (IMC de 18,7 a 23,8) Adicional energético: Se o ganho gestacional total foi adequado + 505 kcal Se o ganho gestacional foi inadequado +675 kcal 3) SP ou Ob pré-gestacional Considerar no cálculo da TMB, o peso pré-gestacional Adicional energético: Independente do ganho gestacional +505 kcal Nas consultas subseqüentes: no caso de manutenção, perda desprezível ou ganho de peso, o cálculo deve ser feito sem o adicional

12 Recomendações de Proteínas, Vitaminas e Minerais Proteínas: ANVISA (Brasil, 2005): 71g/dia Vitaminas e Minerais: Seguir as recomendações da ANVISA (2005)

13 Orientações Nutricionais No. de consultas: 15d, 30d e 90d pós-parto. Ajustar VET conforme a perda de peso Esclarecer à nutriz quanto à perda de peso adequada. VET mínimo de 1800 Kcal/dia, para atingir as recomendações de vitamina e minerais. Desencorajar dietas com VET <1500kcal, estão relacionadas com menor produção láctea Atender as recomendações nutricionais através de dieta balanceada. Aumentar consumo de líquidos.

14 Orientações Nutricionais Restrinigir o uso de alimentos alergênicos, em caso de aparecimento de cólicas ou gases no lactente. Aconselhar a correta substituição dos alimentos, segundo a lista de substituições. Desencorajar a ingestão de bebidas alcoólicas. Desencorajar utilização de café e alimentos com cafeína, restringido à 2 xícaras/dia, pois, influenciam o teor de ferro do leite materno. Desencorajar o hábito de fumar devido a possível influência da nicotina sobre o volume de leite produzido. Orientação nutricional individualizada


Carregar ppt "Avaliação e Orientação Nutricional de Nutrizes Patricia Padilha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google