A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MEOPA (ENTONOX) A NOSSA EXPERIÊNCIA Teresa Schwalbach.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MEOPA (ENTONOX) A NOSSA EXPERIÊNCIA Teresa Schwalbach."— Transcrição da apresentação:

1

2 MEOPA (ENTONOX) A NOSSA EXPERIÊNCIA Teresa Schwalbach

3 MEOPA (ENTONOX) Mistura equimolar de Oxigéneo (O 2 ) e Protóxido de azoto (N 2 O): MEOPA MEOPA pré-acondicionado num cilindro foi comercialisado em Inglaterra em 1961 sob o nome de Entonox MEOPA pré-acondicionado num cilindro foi comercialisado em Inglaterra em 1961 sob o nome de Entonox Em França e Portugal, por exemplo é comercializado como Kalinox Em França e Portugal, por exemplo é comercializado como Kalinox

4 Utilização de MEOPA (ENTONOX) Objectivo da sua utilização Prevenir ou tornar tolerável a dor, em caso de gestos de diagnóstico e terapêuticos de curta duração, geradores de dores iatrogéneas Método Analgesia inalatória Característica Analgésico que permite ao doente um estado de sedação consciente Particularidade Necessita a colaboração do doente

5 MEOPA/ENTONOX Efeito analgésico com diminuição do limiar de percepção dos estímulos dolorosos Efeito antálgico de superfície, com persistência da sensação táctil Sedação sem perda de consciência, permitindo contacto verbal Efeito ansiolítico

6 Farmacocinética Absorção por via pulmonar Absorção por via pulmonar Difusão rápida, efeito em 3 minutos Difusão rápida, efeito em 3 minutos Solubilidade fraca no sangue (sem acumulação) Solubilidade fraca no sangue (sem acumulação) Ausência de biotransformação no organismo Ausência de biotransformação no organismo Eliminação exclusivemente pulmonar Eliminação exclusivemente pulmonar A reversibilidade dos efeitos é extremamente rápida A reversibilidade dos efeitos é extremamente rápida Difunde para todas as cavidades aéreas naturais ou patológicas Difunde para todas as cavidades aéreas naturais ou patológicas

7 Propriedades farmacológicas (1) Acção sobre o SNC Analgesia sem perda de consciência Na ausência de hipoxia, nenhuma acção sobre os centros da tosse e do vómito

8 Propriedades farmacólogicas (2) Acção sobre o aparelho respiratório Nenhuma acção sobre os movimentos respiratórios Potencia acção dos morfínicos e dos psicotropos com risco de depressão respiratória

9 Propriedades farmacológicas (3) Acção sobre o aparelho cardiovascular Risco de agravamento nos doentes com hipovolémia, em choque…

10 Propriedades farmacológicas (4) Acção sobre os outros aparelhos Na ausência de hipoxia, o protóxido de azoto não apresenta nenhuma acção notável sobre o fígado, rim, glândulas endócrinas, sangue, coagulação, músculo Pelo contrário agrava uma distenção intestinal pré-existente

11 Indicações Utilisação nos actos dolorosos de curta duração (< 1 h contínuo) no adulto e na criança Cuidados das escaras Cuidados das escaras Punção lombar Punção lombar Mielograma Mielograma Punção venosa Punção venosa Ablação de sutura Ablação de sutura Em radiologia Em radiologia Em obstetrícia Em obstetrícia Pensos dos queimados Pensos dos queimados Limpezas dolorosas Limpezas dolorosas Retirada de drenos Retirada de drenos Pequena cirurgia superficial Pequena cirurgia superficial Redução de fracturas simples Redução de fracturas simples Redução de certas luxações Redução de certas luxações …

12 Contra-indicações DPOC, enfisema… DPOC, enfisema… Todas as situações de hipoxia Todas as situações de hipoxia Insuficiência cardíaca Insuficiência cardíaca Choque Choque Distensão gasosa abdominal Distensão gasosa abdominal Intervenção recente do olho, SNC Intervenção recente do olho, SNC Traumatismo facial HIC Traumatismo torácico com um risco de pneumotórax Alteração do nível de consciência

13 Efeitos secundários Euforia, logorreia Euforia, logorreia Sonhos Sonhos Angústia, agitação Angústia, agitação Aprofundamento da sedação Aprofundamento da sedação Náuseas, vómitos Náuseas, vómitos Vertigens Vertigens Parestesias Parestesias …. …. Estes efeitos desaparecem com a paragem da administração

14 Material para administração de MEOPA (Entonox)

15 Transporte da garrafa de MEOPA (Entonox)

16 A nossa experiência Mudança de pensos em queimados

17

18 Introdução Em Moçambique as queimaduras graves são uma patologia frequente Os doentes são submetidos à mudança diária sem nenhum procedimento analgésico A importância da prevenção e controle da dor na cura destes doentes levou à condução deste estudo

19 Objectivo Avaliar o uso de MEOPA (Entonox) nas condições de Moçambique em relação a Aceitabilidade pelos doentes Eficácia Segurança Facilidade de emprego

20 Estudo clínico experimental, aberto, com dois braços Incluídos todos os doentes queimados do serviço de cirurgia plástica de acordo com critérios de inclusão e exclusão Material e Métodos (1)

21 Material e Métodos (2) Primeira fase do estudo: Doentes submetidos aos pensos das queimaduras, seguindo os procedimentos habituais do serviço, sem inalação de MEOPA (Entonox) Segunda fase do estudo Doentes submetidos aos pensos das queimaduras, com inalação de MEOPA (Entonox)

22 Material e Métodos (3) Avaliação diária da dor, comportamento e ocorrência de náusea e vómitos Avaliação do impacto da MEOPA (Entonox) na duração dos pensos + dificuldades na sua administração Análise estatística: Intercooled Stata 5.0

23 Resultados e Discussão (1) Resultados e Discussão (1) Estudo incluiu 30 doentes, idade média 26 (min. 7 e máx 64), 60% mulheres. A maioria dos doentes, 96,7%, tinham queimadura II ou II + III Média de área queimada 17,1% Localização +frequente: face, face e pescoço, tórax, abdómen, membros superiores e inferiores Cerca de 80% de queimaduras acidentais - fogo e líquidos causas mais frequentes

24 Resultados e Discussão (2) Resultados e Discussão (2) MEOPA (Entonox) reduziu intensidade da dor (p=0.000) Em média doentes sentiram-se mais comfortáveis (p=0.000) Abolição da dor contínua durante mudança dos pensos – a dor tornou-se predominantemente de curta duração A qualidade do sono melhorou (p=0.000)

25 Resultados e Discussão (3) Resultados e Discussão (3) Impacto positivo na tristeza (p=0.0000) e ansiedade (p=0.0020) Não houve diferença significativa (p>0.01) em relação aos efeitos secundários com uso de MEOPA (Entonox) Não houve dificuldade no uso do equipamento nem diferença significativa na duração dos pensos

26 EVA avaliada pelos doentes em vários momentos do dia Graph in table 1 illustrates the median distribution of EVA when evaluated in various moments of the day. EVA's decrease is due to the patients that present very high EVA values. It is verified that the moment pain is less decreased is during the night.

27 Conforto do doente durante a realização do penso

28 Qualidade do sono dos doentes

29 Conclusões MEOPA (Entonox) é eficaz no alívio da dor O alívio da dor ocorreu não só durante a execução dos pensos mas também ao longo do dia A dor contínua foi abolida – dor tornou-se predominantemente de curta duração Houve uma melhoria na qualidade do sono Impacto positivo na tristeza e ansiedade Ausência de efeitos secundários Não houve dificuldades no uso do equipamento pelo pessoal de enfermagem

30

31 A nossa experiência Interrupção voluntária da gravidez (IVG) Limpeza e mudança de pensos em feridas extensas nas enfermarias de cirurgia Com a experiência adquirida estendeu-se esta técnica, com os mesmos resultados, para:

32


Carregar ppt "MEOPA (ENTONOX) A NOSSA EXPERIÊNCIA Teresa Schwalbach."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google