A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O ESTUDO DA LOGÍSTICA E O MODELO DIRETO DE NEGÓCIO DELL Um convite à reflexão sobre: a Gestão da Cadeia de Suprimentos e a Adição de Valor ao Cliente Maio,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O ESTUDO DA LOGÍSTICA E O MODELO DIRETO DE NEGÓCIO DELL Um convite à reflexão sobre: a Gestão da Cadeia de Suprimentos e a Adição de Valor ao Cliente Maio,"— Transcrição da apresentação:

1 O ESTUDO DA LOGÍSTICA E O MODELO DIRETO DE NEGÓCIO DELL Um convite à reflexão sobre: a Gestão da Cadeia de Suprimentos e a Adição de Valor ao Cliente Maio, 2010, Universidade de Brasilia 1

2 Modelo Dell, Pergunta (a) 2 Segundo Pozo (2010) pag Os recursos patrimoniais constituem os elementos primordiais para uma organização poder operar, produzir produtos e serviços que irão atender às demandas de mercados. O que aprendeu no caso da Dell sobre o que constituiu elemento primordial em termos das instalações e dimensão do patrimonio requerido para em 1984 iniciar esse negócio em informática por Michael Dell?

3 Modelo Dell, Pergunta (b) 3 Como se configura um canal de distribuição tradicional? O que quer dizer no texto evitar o canal de distribuição. Os canais de distribuição podem ser eliminados? Qual a mudança em termos de canal de distribuição introduzida pela Dell à época. Quem desempenha algum papel na distribuição de bens e serviços é um intermediário? Os intermediários são dispensáveis em que situações? Que papeis os intermediários e ninguém mais pode exercer? Sistemas de computação podem exercer o papel de intermediários?

4 Modelo Dell, Pergunta (c) 4 Customização de configurações de equipamentos de computação tal como um alfaiate customiza o terno do presidente ou o vestido da primeira dama pode ser comandada remotamente pelo cliente? Como essa customização afeta os estoques nos diversos momentos da cadeia logística? Customização se relaciona com o modelo de venda direta? Como?

5 Modelo Dell, Pergunta (d) 5 Viabilizar a montagem sob encomenda requer um fluxo contínuo na relação cliente-fornecedor nas diversas interações que esses papéis tem ao longo da Cadeia de Suprimento? A montagem sobre encomenda é compatível com um fluxo comandado pela oferta ou pela demanda? A montagem sobre encomenda é sinônimo de conduzir uma relação cliente-fornecedor em que o primeiro toma a iniciativa de demandar de seu fornecedor aquilo que de fato precisa?

6 Modelo Dell, Pergunta (e) 6 Além de reduzir custos diretos com estocagem e indiretos com revendas o Modelo DELL de Negócios ou Modelo Direto de Negócios apresenta outras vantagens em termos de adição de valor ao cliente menos imediatas e óbvias do que a redução de custos? A obtenção de informação personalizada diretamente da fonte de quais são os desejos e anseios do cliente naquele instante de tempo, quanto ao produto de seu interesse? E a informação quanto aos serviços de que precisa para obter esse produto, tipo serviço de entrega, quanto tempo ele esta disposto a esperar pelo produto e quanto está disposto a pagar para reduzir esse tempo? Qual o valor dessa informação para a logística e como estabelecer Indicadores de Desempenho Logístico para avaliar a mesma?

7 Modelo Dell, Pergunta (f) 7 O que muda na essencia dos processos de negócio logísticos com o Modelo DELL de Negócios? Qual a diferença de enxergar a empresa como um processo e ver a mesma como uma hierarquia onde se configura sua estrutura de poder, tomada de decisão e alocação de recursos?

8 Modelo Dell, Pergunta (g) 8 A tecnologia da informação sem a adequação dos processos viabiliza o Modelo DELL de Negócios? É possível mudar a tecnologia e deixar os processos como estão?

9 Modelo Dell, Pergunta (h) 9 A política de negócios da DELL de depender de fornecedores externos para a pesquisa e o desenvolvimento contrastou com política de negócios com um dos dinosauros mais sagrados da era da computação on-line, a DIGITAL. Explique de que forma isto ocorreu? Quais as diferenças entre as políticas de integração vertical e de integração horizontal nos processos de pesquisa, desenvolvimento, produção e distribuição?

10 Modelo Dell, Pergunta (i) 10 De que modo a velocidade e a competitividade no mundo dos negócios de informatática atuais altamente voláteis, apresenta riscos estratégicos significativos a organizações verticalizadas? A visão da cadeia de suprimentos como alternativa à integração verticalizada apresenta que desafios? Como a DELL enfrenta esses desafios na busca de operar com o mesmo alto nível de comunicação de uma empresa verticalizada mesmo utilizado uma integração virtual?

11 Modelo Dell, Pergunta (j) 11 O que é giro de estoque? Grosso modo quer dizer quantas vezes a venda no período (digamos de quatro meses) foi igual ao estoque médio nesse período. Ou seja se em média o estoque que permanece nas prateleiras é de 50 e vende-se 50 por mes o giro nos 4 meses foi 4. Agora no ramo de informática as características do valor do estoque são diferentes do que quando se estoca sal, por exemplo. No caso de produtos para PC, como monitores de video, a obsolecência é muito grande, logo custosa. Qual a medida que a DELL prefere usar ao invês de giro de estoque?

12 Modelo Dell, Pergunta (k) 12 O que é valor ao cliente? Como o valor ao cliente é medido? Como a tecnologia de informação é utilizada apra aumentar o valor ao cliente na cadeia de suprimentos? Como a gestão da cadeia de suprimentos contribui para o valor ao cliente?

13 Modelo Dell, Pergunta (l) 13 A DELL provocou sério impacto no sentido montante da cadeia de suprimentos, pois seus fornecedores se benefiaram de: (a) informações sobre.... e (b) pelo fato da DELL manter um nível de compras...


Carregar ppt "O ESTUDO DA LOGÍSTICA E O MODELO DIRETO DE NEGÓCIO DELL Um convite à reflexão sobre: a Gestão da Cadeia de Suprimentos e a Adição de Valor ao Cliente Maio,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google