A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Saúde e Segurança Corporativa ArcelorMittal 4 de Março de 2011 Treinamento Espaços Confinados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Saúde e Segurança Corporativa ArcelorMittal 4 de Março de 2011 Treinamento Espaços Confinados."— Transcrição da apresentação:

1 Saúde e Segurança Corporativa ArcelorMittal 4 de Março de 2011 Treinamento Espaços Confinados

2 confidencial 4 de Março de Sumário 1) Introdução 2) Definições 3) Responsabilidades 3.1) Emissor de Permissão 3.2) Recebedor de Permissão 3.3) Oficial Responsável 3.4) Gerentes e Supervisores 3.5 Departamentos de Segurança 3.6) Contratantes 3.7) Entrada Autorizada 3.8) Pessoa de Prontidão 4) Processo de Entrada em Espaço Confinado 4.1) Adicional para Homem – Cestos 5) Procedimentos de Espaço Confinado 6) Condições da Atmosfera dentro e em volta de Espaços Confinados 6.1) Atmosferas com DEFICIÊNCIA em Oxigênio 6.2) Atmosferas RICAS em Oxigênio 6.3) Atmosferas Inflamáveis 6.3.1) Definições 6.4) Atmosferas Tóxicas 6.5) Gases mais comuns em Espaços Confinados 6.6) Limite Explosivo Mais Baixo vs. Limite Explosivo Mais Alto 7) Teste de atmosfera antes de entrar 7.1) Instrumentos de teste 8) Preparando para Entrar em um Espaço Confinado 8.1) Ventilação Formas de ventilação 8.2) Isolamento de Espaço 8.3) Pessoa de Prontidão 8.4) Resgate e Emergência 8.4.1) Quais são algumas das precauções de resposta de emergência? 9) Equipamentos de Proteção Individual (EPI) 9.1) Manutenção de EPI 10) O treinamento de trabalhadores é importante? 11) Visão Geral de Perigos em Potencial

3 confidencial 4 de Março de Trabalhar em espaços confinados apresenta uma variedade de perigos e risco aumentado de lesões àqueles que estão na área circundante. A Regulamentação de Saúde e Segurança Ocupacional da ArcelorMittal estabelece requisitos específicos para entrada segura em espaços confinados. Essa diretriz detalha controles a serem adotados para se entrar ou trabalhar em ou ao redor de um espaço confinado. Esse documento é baseado em exigências legislativas específicas contidas no Padrão da ArcelorMittal para Espaços Confinados 1. Introdução

4 confidencial 4 de Março de REX Lazaro Cardenas Janeiro de 2010 Fatalidade A vítima foi retirar uma amostra de óleo no depósito do sistema hidráulico do Bischoff na área de Alto Forno. Aparentemente, a causa da morte foi devido à presença de gás não notado (CO) na área de vedação do pistão Nº 1. A vítima decidiu não usar a máscara de proteção com tubo de ar e foi sozinho sem detector de gases. Acúmulo de gás tóxico ou asfixiante Setembro de 2008 e Janeiro de 2010 Fatalidade com Gás CO Saldhana Setembro de 2008 Fatalidade Assim que a flange foi levantada de sua posição utilizando um guindaste, uma grande quantidade de gás rico em CO escapou como resultado de uma abertura inesperada de uma das válvulas de isolamento. Isso causou um acúmulo repentino de gás CO no ambiente imediato. O falecido e seus colegas, naquele momento, estavam posicionados a um nível de 5 metros, ao lado da flange. Devido à quantidade de gás que escapou próximo aos 3 funcionários, os monitores de CO usados entraram em modo de alarme. O falecido, junto a seus colegas, tentou evacuar o local, mas devido à inalação de gás CO no compressor, eles inalaram CO por meio de seus aparelhos de tubo de ar independentes. A vítima foi encontrada dentro desta área, cerca de dois metros da abertura de entrada Região onde a estação e as mangueiras para conectar um tubo vital estão localizadas

5 confidencial 4 de Março de Nitrogênio Vanderbijlpark Abril de 2008 Primeiros socorros Um colega notou que a vítima foi perdendo consciência após tê-lo instruído a inserir o último parafuso da placa de apoio para a tampa limitadora. Ele mesmo começou a sentir tontura. Um outro colega viu o que estava acontecendo e segurou a vítima em seus braços e a retirou do local. Ele imediatamente suspeitou que havia gás na área, apesar de seus monitores de gás não terem dado um alarme. Ele suspeitou que pudesse ser exposição a nitrogênio. Ele tinha material nitrogênio marcado na caixa de embreagem : foi notado que a válvula de nitrogênio ainda estava aberta. Acúmulo de gás tóxico ou asfixiante Abril de 2008 e Junho de 2009 Primeiros Socorros Gás Nitrogênio / Fatalidade com Gás Metano 1.1 REX Metano Tenteskaya Junho de 2009 Fatalidade A concentração de metano na face foi de 0,4-0,5% e 0,45% no ar de retorno; as condições da face eram satisfatórias. A concentração de metano no ar de retorno aumentou para 0,7%. O operador de ar e de controle de gás informou ao gerente do turno deste aumento. Então houve um grande aumento de concentração de metano. O ventilador auxiliar em modo de espera ligou automaticamente e seu desligamento aconteceu imediatamente. O ferido estava aqui

6 confidencial 4 de Março de Vinton Outubro de 2010 Fatalidade Na Segunda-Feira, 18 de Outubro de 2010, por volta de 2:30h, a vítima, um operador de equipamentos com 4 anos de experiência neste departamento, estava ajudando o pessoal nas preparações iniciais (é rotineiro parar a produção as 23h às sextas e iniciar o turno da noite aos domingos para as operações da semana seguinte, numa programação de trabalho de 5 dias). Acredita-se que ele começou a acender a têmpera da fornalha. Neste momento, presume-se que a vítima iniciou o processo de acendimento e durante esse processo, a explosão aconteceu. Antes deste incidente, o gás não foi detectado (por cheiro) pelo pessoal e nem pelo supervisor do turno. Imediatamente após o som da explosão, a equipe de trabalho (operadores e supervisor) iniciou o procedimento de emergência, o que concluiu a contagem da força de trabalho. A vítima foi encontrada inconsciente no chão, perto da fornalha, com material refratário e placas de metal no teto da fornalha em volta dele, sofrendo de um severo trauma na cabeça. Misturas explosivas ou zonas de atmosferas explosivas Outubro de 2010 Fatalidade 1.1 REX Olhando para o sul Seção Norte retirada do telhado da fornalha Tubo de gás principal de suprimento da fornalha Olhando para o norte Seção Sul retirada do telhado da fornalha

7 confidencial 4 de Março de Termitau Dezembro de 2010 Fatalidade Um grupo de três homens estava removendo uma carga suspensa (limpeza de poço). A vítima estava em uma área de perigo com possibilidade de colapso da carga de carvão no fundo do poço a uma altura de 3m e se encontrava numa escada de metal instalada no poço (altura da escada - 12m), ele usava um protetor e o grande cordão de segurança que ele usava estava preso (apertado) ao protetor. Dois supervisores estavam na plataforma de cima do poço e deviam garantir a segurança da vítima. Eles apertaram o cordão de segurança no degrau do topo da escada. Uma vez que o cordão de segurança preso ao protetor da vítima era muito grande, quando a carga de coque caiu (a carga caiu das paredes do poço), a coque atingiu a vítima, que caiu no fundo do poço e foi coberto por uma mistura (com areia), como resultado ele sofreu uma lesão fatal (asfixia do trato respiratório). Enclausurado em espaço confinado por queda de material Dezembro de 2010 Fatalidade 1.1 REX Cabo de segurança preso à escada A escada dentro do poço estava presa (fixada) a um tudo de metal

8 confidencial 4 de Março de Newcastle Dezembro de 2009 Fatalidades Múltiplas Três pessoas entraram no compartimento via escada de incêndio portando monitores de gás. Ao atingirem um determinado nível, as pessoas desmaiaram na plataforma. Os monitores de gás deram um alarme por meio do operador no topo da fornalha, e as pessoas desmaiaram quase simultaneamente. Devido ao fato da perna de uma pessoa ter ficado presa na escada de incêndio, a plataforma não pôde ser elevada para evacuar as pessoas. Mais duas outras pessoas entraram no compartimento via escada de incêndio numa tentativa de resgatar as pessoas na plataforma; elas também desmaiaram e caíram embaixo da plataforma. A causa foi uma falta de oxigênio devido a aparente ingresso de argônio através do sistema de agitação inferior, em razão de isolamento inadequado do gás de agitação inferior Atmosferas sem nível seguro de oxigênio, em particular, devido à presença de CO, CO2, Ar, N2 Dezembro de 2009 Fatalidade 1.1 REX

9 confidencial 4 de Março de Gent Fevereiro de 2011 Fatalidade Naquela noite, as mangueiras flexíveis de agitação inferior estavam conectadas novamente, mas os circuitos de Nitrogênio e Argônio ainda estavam isolados, ambos protegidos por um sistema de bloqueio e vazamento. O operador tomou conta do isolamento para garantir que o Nitrogênio e o Argônio permanecessem trancados. Mais tarde ele começou o trabalho no BOF junto a seu colega para remover o andaime. O trabalho foi iniciado sem o uso dos medidores de multigás, como constatado até o presente momento na investigação, eles ainda não foram achados. Ao tentar remover a primeira parte da plataforma de trabalho, o operador caiu inconsciente, enquanto seu colega estava fora do BOF. A primeira ideia não estava ligada a risco de gás e seu colega chamou um operário da manutenção de AMG para ajudar. Com a cabine do elevador, ele caiu (+/- 12 m) dentro do BOF, sentiu imediatamente a falta de oxigênio e também caiu inconsciente. Operários locais de AMG naquele momento associaram o incidente com o gás e lançaram uma mangueira de ar comprimido no BOF. Os serviços de emergência que foram chamados, chegaram ao local e tiraram as duas vítimas do BOF. Eles conseguiram reanimar a segunda vítima. No entanto, as tentativas de reanimação no primeiro operário falharam Atmosferas sem nível seguro de oxigênio Em particular, devido à presença de CO, CO2, Ar, N2 Fevereiro de 2011 Fatalidade 1.1 REX

10 confidencial 4 de Março de Espaço Confinado é qualquer espaço ou espaços total ou parcialmente fechados onde o movimento é limitado ou fisicamente restrito e que: 1.tenha meios de entrada ou saída limitados ou restritos (às vezes fazendo-se necessário um sistema mecânico) e 2.seja grande o bastante para que uma pessoa entre a fim de realizar tarefas e 3.não tenha sido projetado ou configurado para ocupação contínua ou trabalho e 4.possa apresentar a qualquer momento uma atmosfera com contaminantes potencialmente danosos, um nível inseguro de oxigênio, substâncias armazenadas que possam causar submersão ou onde houver risco de morte ou lesões graves de substâncias nocivas ou condições perigosas e 5.que apresente perigos específicos ao trabalhador, incluindo acúmulo de gases tóxicos ou asfixiantes, incêndio, quedas, inundação e aprisionamento pode ser classificado como espaço confinado que exija autorização de acesso dependendo da natureza e severidade dos perigos. 2. Definições Não é possível fornecer uma lista completa de espaços confinados. Alguns locais podem se tornar espaços confinados quando o trabalho é executado ou durante seu desenvolvimento, fabricação ou modificação subsequente.

11 confidencial 4 de Março de Espaços confinados podem ser abaixo ou acima do solo. Espaços confinados podem ser encontrados em quase todos os locais de trabalho. Um espaço confinado, apesar do nome, não é necessariamente pequeno. Espaços confinados incluem, mas não são limitados a: –Tanques de armazenamento, silos ou áreas de armazenamento, cubas, tremonhas, cofres de utilidade, tanques, esgotos, tubulações, poços de acesso, caminhão ou vagões tanques ferroviários, asas de aeronaves, tanques de processamento, compartimentos estilo tanque que tenham apenas um poço para entrada, espaços no teto e térreo, espaços ocupados por tubulações e cabos (considerando particularmente galerias). Valas e trincheiras podem ser também espaços confinados quando o acesso ou saída são limitados. –Os espaços a céu aberto como poços, caixas coletora de graxa ou escavações têm mais de 1,5 metros de profundidade. –Tubulações, bombas, esgotos, poços, dutos, drenos, túneis, adegas, espaços abaixo de equipamentos/instalações, porões e estruturas similares. –Compartimento BOF (Forno de Oxigênio Básico), compartimento EAF (Forno de Arco Elétrico) etc. … uma vez que entrar / sair não é fácil e / ou pode haver presença de gás Porões Tanques Poços Bueiros Vala aberta Galerias Túneis Câmara frigorífica Cofres

12 confidencial 4 de Março de Extrator de Gás e Vapor Trabalhador em prontidão Sirene de Alarme SCBA de Emergência Conexão vital para Cinto de Segurança Gás e Vapores coletados na fonte

13 confidencial 4 de Março de Categorizando um Espaço de Trabalho Espaço largo suficiente para entrar e entrada ou saída Limitada ou Restrita e Não criada para ocupação contínua do trabalhador. NÃO Não é um Espaço confinado Permissão Exigida para Espaço Confinado Nenhuma Permissão Exigida para Espaço Confinado Espaço Confinado Atmosfera Perigosa Perigo de Enclausuramento Perigo de Configuração Qualquer outro sério perigo encontrado SIM NÃO Ou Além disso, o espaço confinado contém uma ou mais das seguintes situações

14 confidencial 4 de Março de Espaço confinado que exija permissão "Espaço confinado que exija permissão (espaço restrito)" é um espaço confinado onde um ou mais riscos a seguir estão presentes; –A possibilidade de uma atmosfera perigosa existir (AM ST 012) –Não apresenta um nível seguro de oxigênio (ex.: após eliminação de nitrogênio) –A possibilidade de enclausurar operadores –Uma configuração que possa fazer com que o entrante fique preso ou asfixiado por paredes internas convergentes ou por um piso que se incline para baixo e afunile para uma seção transversal menor. –Contém quaisquer outros riscos à segurança ou saúde encontrados que não possam ser eliminados e o espaço confinado não possa ser mantido em uma condição segura para se entrar. Nestes casos os pontos de acesso devem indicar claramente que uma autorização é necessária previamente à entrada. Espaço confinado que não exija permissão Espaço confinado que não exija permissão significa um espaço confinado que não contenha ou, a respeito dos perigos atmosféricos, não tenha a possibilidade de conter qualquer risco capaz de causar morte ou lesão física grave

15 confidencial 4 de Março de Emissor de Permissão Garante que perigos associados a espaços confinados foram: –Identificados –Avaliados –Adotados com controles apropriados Recebedor da Informação de Permissão: –Os locais dos espaços e os potenciais perigos associados aos respectivos espaços –A exigência de que apenas pessoal autorizado e treinado pode entrar em espaços usando os procedimentos descritos nessas diretrizes. Assegure que a conclusão da permissão de entrada seja enviada. Assegure que todo o pessoal envolvido no trabalho seja apropriadamente treinado para executar as tarefas exigidas. 3. Responsabilidades

16 confidencial 4 de Março de Recebedor de Permissão Aderir às exigências de Permissão de Entrada. Assegure que o trabalho seja executado de maneira segura. Informar Operadores e Pessoal de Prontidão da localização dos espaços, os potenciais perigos associados aos respectivos espaços e a exigência de que apenas pessoal autorizado e treinado pode entrar nos espaços usando os procedimentos descritos nestas diretrizes. Tenha cuidado com perigos que podem existir e tenha em funcionamento os controles necessários. Assegure-se de que entendam as exigências da permissão. Seja capacitado, treinado, qualificado e competente para executar esse trabalho. Assegure-se de que medidas apropriadas de controle sejam seguidas (ex: colocação de travas e etiquetas de acordo com os procedimentos de bloqueio/etiquetas, ventilação, se necessário). Reporte as exigências de permissão de entrada para qualquer operador autorizado trabalhando no espaço. Deixe os equipamentos e a área segura executando as tarefas acima.

17 confidencial 4 de Março de Oficial responsável Assegure que os contratantes sob contrato da ArcelorMittal estejam cientes de qualquer perigo à saúde ocupacional e à segurança que possam existir na área em que estão trabalhando. Assegure que os contratantes trabalhem de forma segura e finalizem o trabalho como especificado nas permissões e outros documentos associados. Assegure-se de que antes de entrar em um espaço confinado ou liberado, uma avaliação de riscos tenha sido conduzida. Assegure-se de que antes de um funcionário entrar em um espaço liberado, a atmosfera interna foi testada com um instrumento de leitura direta calibrada na seguinte ordem: – Conteúdo de oxigênio (atmosferas com falta de oxigênio ou ricas em oxigênio) – Gases e vapores inflamáveis – Potenciais contaminantes tóxicos de ar

18 confidencial 4 de Março de Gerentes e Supervisores Supervisores devem entender o trabalho pelo qual uma permissão foi prevista e os procedimentos de isolamento e Bloqueio / Etiquetagem da ArcelorMittal, Assegure-se de que proteção adequada seja oferecida aos operadores ao se verificar Bloqueio / Etiquetagem adequada, e que todos os riscos sejam isolados de forma segura. Assegure que todo o pessoal envolvido esteja ciente dos perigos associados ao espaço. Assegure que uma permissão seja entregue antes dos trabalhos começarem. Assegure que as pessoas que estejam trabalhando sejam qualificadas para executar tal trabalho. Assegure-se de que todas as verificações sejam feitas para garantir que a permissão foi usada corretamente. Assegure-se de resgatar serviços informados e disponíveis como possíveis antes de entrar. Assegure que as pessoas sejam informadas quando um trabalho for finalizado ou suspenso, e que a permissão seja cancelada.

19 confidencial 4 de Março de Departamentos de Segurança Fornecer guia técnico na aplicação dessas diretrizes. Avaliar e atualizar as diretrizes da permissão para trabalhar no período de revisão ou após mudança nos procedimentos. Oferecer experiência em segurança e guia regulatório para o Emissor de Permissão. 3.6 Contratante Cumprir com as exigências conforme detalhado nessas diretrizes. Assegurar que a entrada em um espaço confinado aconteça com uma permissão de trabalho de acordo com o Padrão de Segurança da ArcelorMittal para Espaços Confinados. Oferece evidência de treinamento em espaço confinado para o emissor de permissão, operadores autorizados, pessoal de prontidão e supervisores. Não deverá entrar em espaços confinados sem a permissão para espaços confinados da ArcelorMittal concedida. Preparar procedimentos seguros de trabalho e/ou avaliações de risco para espaço confinado antes de entrar.

20 confidencial 4 de Março de ) Operador Autorizado Avaliado como competente a entrar em um espaço confinado Entender as entradas perigosas potenciais e ficar atento à sinais e sintomas de exposição a ambientes perigosos. Assegurar de que medidas apropriadas de controle sejam seguidas (ex: colocação de travas e etiquetas de acordo com os procedimentos de bloqueio/etiquetagem, ventilação se necessário). Assegurar de que existam critérios definidos para determinar se um novo teste periódico é necessário, dependendo das operações e condições no espaço liberado e a volta dele. Sempre manter comunicação com o Pessoal de Prontidão. Evacuar o espaço imediatamente após uma emergência, um disparo do alarme detector de gás ou uma notificação da Pessoa de Prontidão. Alertar a Pessoa de Prontidão e deixar o espaço imediatamente sempre que: – um sinal de alerta ou sintoma de exposição a uma situação perigosa é reconhecida – uma condição proibida é identificada – um alarme de evacuação é acionado. Siga os requisitos conforme estipulados na permissão de entrada a espaços confinados

21 confidencial 4 de Março de Pessoa de Prontidão Fique sempre do lado de fora de um Espaço Confinado ou até ser liberado por outra Pessoa de Prontidão. Atividades que possam interferir nessas obrigações são proibidas. Observar as condições de trabalho no espaço confinado Monitorar operadores durante o trabalho e entrada e saída para ajudar a garantir a segurança deles. –O atendente não pode abandonar seu posto sob nenhuma circunstância enquanto algum pessoal estiver no espaço, a menos que permitido por outro atendente qualificado. Controlar se operadores usam/usaram de forma apropriada seus EPIs Monitorar continuamente as condições atmosféricas no espaço antes e durante o trabalho (se for preciso). Controlar se o sistema de ventilação está funcionando corretamente (se for preciso) Controlar o acesso ao espaço confinado. Avaliar riscos no espaço e a volta dele, e tome medidas, se necessário. Mantenha registros relacionados ao trabalho em espaços confinados como resultados de teste de ar, entrada/saída de pessoal etc... Manter comunicação contínua com os Operadores Autorizados para que estejam cientes de quaisquer problemas que possam ocorrer. Iniciar procedimentos de emergência, incluindo procedimentos de resgate, se necessário. Pare o trabalho e evacue as pessoas se qualquer inconformidade (interna ou externa) for detectada

22 confidencial 4 de Março de Antes de entrar em um espaço confinado, o pessoal Próprio ou o pessoal Contratado deve: 1.Realizar uma nova/própria HIRA e a comparar com a existente. 2.Completar uma permissão de entrada para espaço confinado (de acordo com o Padrão da ArcelorMittal se necessário) 3.Obter uma permissão junto à ArcelorMittal para entrada em espaços confinados (se necessário) 4.Verificar se todo o pessoal envolvido na entrada do espaço confinado está ciente e compreende suas responsabilidades 5.Verificar se o pessoal é treinado de acordo com as exigências dos espaços confinados 6.Fornecer os equipamentos de segurança e de monitoramento e acessórios necessários para seu pessoal. Itens chave incluem dispositivos de monitoramento atmosférico, barricadas para isolar a área, dispositivos de comunicação para o operador e o pessoal de prontidão e iluminação adequada. 7.Usar todos os EPIs, protetores de segurança e outros dispositivos exigidos pela avaliação de riscos aprovada. 4. Processo de Entrada em Espaço Confinado

23 confidencial 4 de Março de Sistema de Permissão –O processo de autorização deve incluir os seguintes elementos: Uma Análise de Risco, incluindo a necessidade de uma pessoa competente para avaliar riscos como níveis de oxigênio ou de contaminantes, extremos de temperatura e concentrações de substâncias inflamáveis Procedimentos de isolamento e outras fontes de energia Necessidade de ventilação, a exigência para aparelho respiratório A entrada e saída de todo o pessoal que entra no espaço confinado; iluminação e sinalização interna Luzes de emergência, luzes auxiliares Condições de proteção atmosférica; Exibição da permissão Equipamentos de comunicação Especificações de segurança dos equipamentos a serem levados ao espaço confinado Barricada (área de trabalho isolada) Plano de resgate e equipamentos Pessoa de prontidão Todos os procedimentos de trabalho Possibilidades de modificação: –Se um novo risco é encontrado ou introduzido durante o curso de trabalho, a permissão deve ser modificada e revalidada A Análise de Risco pode exigir que as pessoas trabalhando em espaços confinados usem um protetor de segurança, conectado a um cabo ou corda estendida do lado de fora do espaço confinado, permitindo uma fácil evacuação em caso de emergência

24 confidencial 4 de Março de O procedimento interno local deve estar de acordo com a Lei e com o Padrão ST 002 e ST 012 da ArcelorMittal –Um registro de identificação de todos os Espaços Confinados existentes e Áreas Restritas no local –Uma avaliação de risco deve ser feita antes da execução de qualquer trabalho no espaço confinado; –Diferentes permissões de entrada em espaço confinado são exigidas para entrar em um espaço, dependendo do tipo de trabalho conduzido, como trabalhos em ambientes frios ou quentes. –Isolamento de todos os Serviços potencialmente perigosos antes de entrar em um espaço confinado com serviços perigosos deve ser feito ou, de alguma forma, controlado. –Monitoramento de ar deve ser feito antes de se entrar em um espaço confinado. Se o trabalho parar por um período maior que uma hora, e o espaço confinado não ter sido ocupado por esse mesmo período, um novo teste de gás será exigido. –Antes de se entrar, o espaço confinado deve estar limpo de qualquer contaminante (purificação) –Um plano de emergência deve ser documentado e comunicado a todas as pessoas trabalhando no espaço confinado e a volta dele –Qualquer pessoa requisitada a emitir/receber permissões ou trabalho dentro ou a volta do espaço confinado deve ser apropriadamente treinado e avaliado como competente antes de executar essas atividades. 5. Procedimentos de Espaço Confinado

25 confidencial 4 de Março de Condições da Atmosfera dentro e a volta de Espaços Confinados As fotos abaixo mostram diferentes faixas de Oxigênio no Ar. Para trabalhar em condições seguras no espaço confinado, o nível de oxigênio deve estar entre (19,5 – 22,5) % Uma atmosfera com deficiência em oxigênio começa em < 19,5 % Uma atmosfera rica em oxigênio começa em < 22,5 % Em ambos os casos, entrar em espaços confinados é proibido. Dificuldade para respirar, morte em minutos 6 % Julgamento falho, rápido, fadiga 14 % Poder de julgamento e respiração comprometida 16 % Máximo para Entrada Segura 22,5 % Mínimo para Entrada Segura 19,5 % Rico em oxigênio, alto perigo de incêndio > 22,5 %

26 confidencial 4 de Março de Deficiência de Oxigênio Pode ser Causada por CONSUMO "Trabalho a Quente" (soldagem) Respiração Reações químicas (por ex.: Oxidação de químicos ou metal) Ação biológica (por ex.: Matéria orgânica em decomposição) 19,5 %Nível mínimo aceitável de oxigênio %Capacidade diminuída de trabalhar. Coordenação comprometida. Sintomas iniciais %Aumento de respiração. Poder de julgamento falho %Aumento de respiração. Lábios roxos %Falha mental. Desmaio. Náusea Perda de consciência. Vômito %8 minutos fatal, 6 minutos 50% fatal minutos possível recuperação %Coma em 40 segundos Morte 6.1 Atmosferas com DEFICIÊNCIA em Oxigênio

27 confidencial 4 de Março de Deficiência de Oxigênio Pode ser Causada por DESLOCAMENTO Não ter um nível seguro de oxigênio, particularmente devido à presença de: Argônio (Ar) Nitrogênio (N 2 ) (por ex.: após expurgo por nitrogênio). Hélio (He) Monóxido de carbono (Co) Dióxido de Carbono (Co 2 ) Ações bacterianas (processo de fermentação) Formação de ferrugem na superfície do espaço confinado (óxido de ferro/ corrosão) Consumo de ar pelo total de pessoas trabalhando em um espaço confinado Agentes de limpeza, adesivos ou Outros químicos 6.1 Atmosferas com DEFICIÊNCIA em Oxigênio

28 confidencial 4 de Março de Nível de oxigênio acima de 22,5%. Causa a queima violenta de materiais inflamáveis e combustíveis quando inflamados. –Cabelo, vestimenta, materiais, etc. –Vestimentas e materiais encharcados de óleo. Nunca utilize oxigênio puro para ventilar. Nunca armazene ou coloque tanques comprimidos em um espaço confinado. 6.2 Atmosferas RICAS em Oxigênio Vazamento de oxigênio Porão Liege Fevereiro de 2008 Fatalidade As duas vítimas foram ao porão para executar um trabalho simples. De repente, a atmosfera inflamou-se e o fogo atingiu as duas pessoas. Uma morreu imediatamente, a outra morreu no hospital. O motivo do acidente foi a alta concentração de oxigênio devido ao vazamento em um tubo de oxigênio que estava enterrado na parte de fora da construção.

29 confidencial 4 de Março de Fatores Críticos: –O teor de oxigênio no ar. –A presença de gás ou vapor inflamável –Presença de poeira (visibilidade de 5"/12 cm ou menos) A mistura adequada de ar/gás pode levar à explosão Fontes Comuns de Ignição: –Faísca ou ferramenta elétrica. –Operações de solda / corte. –Fumar 6.3 Atmosferas Inflamáveis

30 confidencial 4 de Março de O valor admissível de exposição (TLV) de uma substância química é o nível no qual acredita- se que um operário possa ser exposto todos os dias durante sua vida útil de trabalho sem efeitos adversos à saúde. O TLV para substâncias químicas é definido como uma concentração no ar, tipicamente para inalação ou exposição da pele. Suas unidades estão em partes por milhão (ppm) para gases e em miligramas por metro cúbico (mg/m³) para partículas como poeira, fumaça e neblina. Valor admissível de exposição – Limite de exposição a curto prazo (TLV-STEL) : exposição demarcada para uma dada substância no ar do local de trabalho, à qual o operário pode ser exposto por um curto período (duração de 15 minutos, não podendo ser repetido mais que quatro vezes por dia) Valor admissível de exposição –Média de peso por tempo (TLV-TWA) : indica a concentração média no ar das estações de trabalho em um dado poluente que, no atual estado de conhecimento, não ameaça a saúde da grande maioria dos operários saudáveis expostos a eles, e isso por uma duração de 42 horas por semana, uma média de 8 horas por dia, por longos períodos. O poluente em questão deve estar em forma de gás, vapor ou pó O TLV-TWA deve ser sempre respeitado Definições de TLV-STEL e TVL-TWA

31 confidencial 4 de Março de Atmosferas Tóxicas Fonte de Produtos Estocados: –Gases liberados ao limpar. (por ex.: expurgo por Argônio (Ar)) –Materiais absorvidos pelas paredes do espaço confinado. –Decomposição de materiais em espaço confinado. Fonte por trabalho realizado: –Soldagem, corte, brasagem, solda. –Pintura, extração, raspagem, lixação, desengordurar. –Vedação, colagem, fusão. Áreas adjacentes a um espaço confinado: ventilar ou entrar no espaço

32 confidencial 4 de Março de PPMEfeito Tempo 35Nível de Exposição Permitida8 horas 200Leve dor de cabeça, desconforto2 - 3 horas 400Dor de cabeça e náusea1 - 2 horas 800Dor de cabeça, tontura, náusea45 min. 600Dor de cabeça, tontura, náusea20 min Dor de cabeça e tontura min Dor de cabeça e tontura1 - 2 min. Asfixiante químico descolorido / gás sem odor / gás inflamável / Mortal! Colapso veloz devido às altas concentrações Suavemente mais leve que o ar Fonte Primária: –Combustão incompleta de material orgânico –Motor de combustão movido à gasolina –…. Sinais/Sintomas: –Confusão. Tontura. Dor de cabeça. Náusea. –Perda de consciência. Fraqueza Monóxido de Carbono (CO) 6.5 Gases mais comuns em Espaços Confinados e Atmosferas com Gás Perigoso Possíveis efeitos humanos se você ficar preso a uma atmosfera com Monóxido de Carbono com estes diferentes níveis de alta exposição

33 confidencial 4 de Março de PPMEfeitoTempo 10Nível de Exposição Permitida8 horas Leve Irritação - olhos, garganta1 hora 100 Dessensibilização do nervo olfativo2 - 5 min Perda de consciência, morte horas Perda de consciência, morte min. >1000 Perda de consciência, morteminutos Incolor / Forte asfixiante com odor de ovo podre / gás inflamável / Mortal! Exposição a odor: 0,02-0,2 ppm Mais pesado que o ar possivelmente sem alerta em altas concentrações Fonte Primária: –Subproduto de combustão incompleto da decomposição de matéria orgânica / 4 vezes –… Sinais/Sintomas: –Forte odor, MAS cansa seus sentidos. –Concentrações muito altas levam a parada cardiorrespiratória por causa da toxicidade no tronco encefálico. –Afeta o sistema nervoso Sulfeto de hidrogênio (H 2 S) Possíveis efeitos humanos se você ficar preso a uma atmosfera com Sulfeto de Hidrogênio com estes diferentes níveis de alta exposição

34 confidencial 4 de Março de Metano (CH 4 ) Gás inflamável incolor/inodoro, ou aromatizado Gás natural, gás do pântano. Fonte Primária: –Devido a vazamento de gás ou deterioração orgânica LEL = 5%; UEL = 15%

35 confidencial 4 de Março de Argônio (Ar) Incolor / inodoro, gás não inflamável e mistura insípida, é o mais abundante dos gases nobres na Terra e um dos mais usados na indústria Mais pesado que o ar. Fonte Primária: –Depuração de espaços confinados. –Combate a incêndios em salas de eletricidade ou de computadores –Compartimento BOF (Forno de Oxigênio Básico), –Compartimento EAF (Forno de Arco Elétrico) O principal risco à saúde associado às liberações desta mistura de gás é asfixia por deslocamento de oxigênio

36 confidencial 4 de Março de Limite Explosivo Mais Baixo vs. Limite Explosivo Mais Alto Definições: Concentração mais baixa (porcentagem) de um gás ou vapor no ar capaz de produzir uma fagulha de chamas na presença de uma fonte de ignição (arco, chamas, calor). Concentrações mais baixas que o Limite Explosivo Mais Baixo (LEL) [ Limite Inflamável Mais Baixo (LFL)] são 'muito fracas' para queimar. Concentrações mais baixas que o Limite Explosivo Mais Alto (UEL) [ Limite Inflamável Mais Alto (UFL)] são 'muito ricas' para queimar. UEL LEL Muito fraco Região Inflamável Ponto de Faísca Temperatura Concentração no Ar Muito rico 10% de LEL É importante evidenciar onde 10% de LEL está em relação ao LEL.

37 confidencial 4 de Março de Por quê 10% é usado? O instrumento de detecção de gás combustível mede a % de LEL, e não a % real de gás no ar. Dependendo da calibração do gás usado, alguns gases darão uma leitura muito mais baixa de LEL do que a real concentração de LEL. Há uma pequena diferença de porcentagem a 10%. Por esse motivo, 10% de LEL deve ser usado como a máxima concentração de LEL para a entrada do operário. Ar 100% Metano 100% Ar 0% Metano 0% Muito Rico 5,3% LFL 15,0% UFL Boom! Muito Fraco Exemplo de metano É sempre uma boa ideia manter o triângulo de fogo e/ou explosão em mente.

38 confidencial 4 de Março de Antes de uma pessoa entrar em um espaço confinado, deve ser assegurado que; –a concentração de contaminantes inflamáveis na atmosfera está abaixo de 5% de seu LEL –Não se deve entrar em um espaço confinado quando contaminantes inflamáveis estão maiores ou iguais a 5% de LEL –Onde é descoberta uma concentração de contaminantes inflamáveis acima de 5% e mais baixa que 10% de seu LEL, todos devem deixar o espaço confinado, a menos que um monitoramento contínuo, detector de contaminantes inflamáveis bem calibrado, seja sempre usado no espaço confinado enquanto pessoas estiverem lá dentro. –Onde é descoberta uma concentração de contaminantes inflamáveis na atmosfera de um espaço confinado de 10% ou mais de seu LEL, todos devem deixar o espaço confinado. 6.6 Limite Explosivo Mais Baixo vs. Limite Explosivo Mais Alto

39 confidencial 4 de Março de Teste de atmosfera antes de entrar O monitoramento do ar deve ser feito antes de se entrar em um espaço confinado para assegurar que a atmosfera está segura. Se o trabalho parar por um período maior que uma hora, e o espaço confinado não foi ocupado por esse mesmo período, um novo teste de gás será exigido. Após o período de ventilação (se a ventilação for necessária); Teste inicial deve ser executado por uma "Pessoa competente" que irá emitir em certificado declarando se um espaço é 'seguro ao homem' e/ou trabalho, e se quaisquer condições especiais devem ser observadas. De nenhuma maneira o operador / operário deve ser considerado uma Pessoa Competente – mesmo se ele estiver equipado com seu próprio equipamento pessoal de teste. A ventilação deve ser interrompida por cerca de 10 minutos antes dos testes serem feitos, e não reiniciada até que esses testes sejam finalizados.

40 confidencial 4 de Março de Teste de atmosfera antes de entrar O teste deve ser executado na seguinte sequência –Atmosferas com deficiência ou rica em oxigênio –Atmosferas inflamáveis –Atmosferas tóxicas quando consideradas necessárias Para avaliar as medidas tomadas, os seguintes valores de limites devem ser usados. Monitoramento contínuo é exigido para o período total de trabalho

41 confidencial 4 de Março de Sempre teste o ar em VÁRIOS níveis para assegurar que todo o espaço de trabalho esteja seguro Ar Bom Ar Ruim Ar Mortal Parte de cima do compartimento Parte de baixo do compartimento Parte central do compartimento Ar bom perto das aberturas NÃO significa que o ar é bom na parte de baixo ! Essa constelação NÃO é sempre dada (ver exemplo na página seguinte)

42 confidencial 4 de Março de Veja alguns exemplos de Gravidade Específica ( kg/m 3 ) de Gases.

43 confidencial 4 de Março de Avisos Sobre Concentrações Perigosas de Gás O dispositivo avisa com precisão sobre as perigosas concentrações do: monóxido de carbono (CO), sulfeto de hidrogênio (H2S), oxigênio (O2), dióxido de carbono (CO2), dióxido de enxofre (SO2), cloro (Cl2), cianeto de hidrogênio (HCN), amônia (NH3), dióxido de nitrogênio (NO2), monóxido de nitrogênio (NO), fosfina (PH3) e vapores orgânicos. Exemplos de detector de gás único: 7.1. Instrumentos de Teste Os exemplos mostrados nos próximos slides são apenas 2 dos muitos outros dispositivos de teste de atmosfera existentes no mercado. Faça sua própria escolha !

44 confidencial 4 de Março de Avisos Sobre Concentrações Perigosas de Gás O dispositivo avisa com precisão sobre concentrações perigosas do: Monóxido de Carbono (CO), Oxigênio (O2). Exemplos do detector de gás único:

45 confidencial 4 de Março de Avisos Sobre Concentrações Perigosas de Gás Esse Monitor de Gás Portátil detectar gases de Monóxido de Carbono (CO), Sulfato de Hidrogênio (H2S) ou Oxigênio (O2). Exemplos de detector de gás único:

46 confidencial 4 de Março de Avisos Sobre Concentrações Perigosas de Gás O dispositivo avisa com segurança sobre concentrações perigosas dos seguintes gases, alterando os sensores: Amônia (NH3), Arsina (ASH3), Monóxido de Carbono (CO), Cloro (CI2), Cianeto de hidrogênio (HCN), Sulfeto de hidrogênio (H2S), Fosfina (PH3) e Dióxido de Enxofre (SO2). Acessórios especiais para este detector Seu cabo extensor único permite ao sensor ser anexado ao fim de um cabo de 10 pés (+/- 3 m) para monitoramento remoto e resposta rápida. Exemplos do detector multigás:

47 confidencial 4 de Março de Avisos Sobre Concentrações Perigosas de Gás Os detectores de gás 1 a 4 detectam com segurança gases e vapores combustíveis como O2, CO e H2S. Tem um modelo compacto - não maior que um telefone celular - e o baixo peso torna o dispositivo o companheiro ideal em seu trabalho diário. Acessórios especiais para este detector Uma bomba externa, que pode ser operada com uma mangueira com comprimento de 20 m, é a solução perfeita para aplicações de medidas remotas como tanques, poços, etc. Atenção : Ao usar bombas externas para extrair o gás dos taques leva um longo tempo para medir os gases corretos. Exemplos de 4 detectores de gás:

48 confidencial 4 de Março de Monitor de Quatro Gases em Espaço Confinado O detector de 1 a 4 gases detecta com segurança 4 gases simultaneamente, LEL, O2, H2S e CO O modelo bastante compacto - não maior que um telefone celular - e o peso leve torna o dispositivo o companheiro ideal em seu trabalho diário. Acessórios especiais para o detector Uma bomba externa, que pode ser operada com uma mangueira com comprimento de 20 m, é a solução perfeita para aplicações de medidas remotas como tanques, poços, etc. Exemplos de detectores de 4 gases:

49 confidencial 4 de Março de Exemplo de controle do Espaço Confinado (1) Antes de entrar no Espaço Confinado, é obrigatório, controlar esse espaço com um detector de gás. Se a cavidade for funda, extensa,..., dispositivos especiais, como uma vara adaptada, haste, é utilizada para o controle da atmosfera. 8. Preparando para Entrar em um Espaço Confinado

50 confidencial 4 de Março de Como usar uma vara adaptada: Use a vara adaptada, fixe o detector de 4 gases nela, e segure por pelo menos 20 segundos dentro do espaço confinado, retire, leia o resultado e repita o teste nas quatro direções (acima, abaixo, esquerda ou direita e profundidade) Exemplo de controle do Espaço Confinado (2)

51 confidencial 4 de Março de Preparando para Entrar em um Espaço Confinado Antes de uma pessoa entrar em um espaço confinado, deve ser assegurado que; –os contaminantes atmosféricos no espaço confinado são reduzidos abaixo do padrões de exposição relevantes Se concentrações de materiais forem encontradas em níveis perigosos, o espaço confinado deve ser ventilado para removê-las antes de entrar. A ventilação deve ser contínua onde for possível porque em muitos espaços confinados a atmosfera perigosa irá se formar novamente quando o fluxo de ar parar. Todas as aberturas são abertas para ventilação incluindo a saída de emergência. Equilibrar o tanque não garante uma atmosfera segura. O teste na atmosfera ainda é necessário. Os ventiladores de gases inertes não devem ser usados para fornecer ventilação pois contaminantes das linhas de gases inertes podem entrar nos tanques. 8.1 Ventilação

52 confidencial 4 de Março de Use ventilação mecânica –Ventiladores –Buzinas a ar comprimido Assegure-se de que o fornecimento de ar não está contaminado –O fornecimento de ventilação de ar deve ser de ar fresco não contaminado com inflamáveis, toxinas, etc. –A ventilação de exaustor localizado é mais adequada para capturar gases (solda), poeira, e contaminantes químicos Formas de ventilação A ventilação deve ser contínua quando há uma atmosfera perigosa existente ou potencial.

53 confidencial 4 de Março de Ventoinhas e ventiladores fornecem diluição mecânica da ventilação. Assegure-se de que a ventoinha possui o tamanho apropriado, a prova de explosão, e sua entrada é localizada longe o suficiente de qualquer fonte de contaminação – como o cano de escapamento de um veículo! Funcional ? Um espaço abaixo da pressão positiva irá eventualmente expelir o contaminante através de uma abertura, mas o tempo necessário é a questão real. Possíveis problemas das Ventoinhas e Ventiladores:

54 confidencial 4 de Março de Respiradores devem ser usados em atmosferas com deficiência de oxigênio ou quando toxinas são capazes de causar morte, incapacitação, enfraquecimento da habilidade de auto salvamento, ferimento ou doença aguda devido aos seus efeitos à sua saúde. Um respirador de fornecimento de ar é necessário para deficiência de oxigênio ou níveis químicos tóxicos que são Imediatamente Perigosos para a Vida ou Saúde (IDLH). Um respirador purificador de ar (respiradores que filtram o ar contaminado) não podem ser usados nessas atmosferas. Funcionários devem ter o treinamento completo do uso próprio dos respiradores. Possíveis problemas de Proteção Respiratória

55 confidencial 4 de Março de Uma maneira de isolar o Espaço de todos os Perigos Fechar as Válvulas Em ordem de prioridade : –Remover fisicamente a conexão ao espaço –Placa cega (assegure-se que pode resistir à pressão e está em bom estado) –Travamentos duplos e vazamento como último recurso se os outros dois não estiverem disponíveis e somente sob a aprovação da hierarquia Cortar qualquer conexão que pode permitir a penetração de gás. Fechar as válvulas ou outras armações não é totalmente seguro, desconecte os fornecimentos. A desconexão é sempre necessária, em caso de atmosfera explosiva não pode ser excluído. O supervisor deve avaliar a necessidade e a maneira de como isolar o espaço confinado do serviço antes de entrar no local. 8.2 Isolamento do Espaço Confinado errado certo

56 confidencial 4 de Março de Esvazie o Espaço Confinado –Despressurize, ventile e drene,... Bloqueie/ Etiquetagem de Equipamento –Fontes elétricas –Partes rotacionais/ alternantes –Materiais perigosos –… Limpar resíduos do espaço (ex.: Expurgo de argônio) 8.2 Isolamento das possíveis energias no Espaço Confinado

57 confidencial 4 de Março de Supressão do fogo gasoso é um termo para descrever o uso dos gases inertes e agentes químicos para apagar o fogo. Também conhecido como Agente de Limpeza Supressor de Fogo. Bloqueio / Etiquetagem devem ser realizados no caso de trabalhar em um local servidor ou elétrico apagados por um gás inerte ( ex.: Argônio, CO 2,..) –Vários incidentes ocorreram onde indivíduos em Espaços Confinados foram mortos pela liberação de dióxido de carbono ou agente de Argônio. –Para evitar tais ocorrências, sistemas de segurança de vida adicionais são instalados com um alarme de aviso que precede a liberação do agente. O alerta, geralmente um alerta audível e visível, avisa a evacuação imediata do espaço fechado. –Acidentes também ocorreram durante a manutenção desses sistemas, então as precauções de segurança devem ser efetuadas antecipadamente Lembre-se, expurgar um espaço com gás inerte expulsa o inflamável, mas não deixa oxigênio. 8.2 Isolamento das possíveis energias no Espaço Confinado Evacuar assim que o alarme soar

58 confidencial 4 de Março de Uma pessoa de prontidão deve ser designada para permanecer do lado de fora do espaço confinado e estar em contato constante (visual ou comunicação bidirecional ex.: walkie talkie) com a equipe de pesquisa que está dentro. Rotinas para intervalos de comunicação com a equipe de pesquisa devem ser estabelecidas. A pessoa de prontidão: –não deve ter outras funções que não seja servir de prontidão e saber como deve ser informado em caso de emergência; –não deve deixar seu posto mesmo depois da ajuda chegar e é uma chave de comunicação com os outros que estão dentro; –deve ser capaz de se comunicar o suficiente em uma língua comum. A comunicação entre a equipe de vigilância (Ponte, Sala de Controle da Carga ou Sala de Controle de Energia) e a pessoa de prontidão deve ser estabelecida 8.3 Pessoa de Prontidão

59 confidencial 4 de Março de Socorristas devem ser treinados e seguir procedimentos de emergência estabelecidos e usar equipamento e técnicas apropriados (como corda de segurança, proteção respiratória, pessoas de prontidão). Procedimentos de emergência e evacuação devem ser concordados e compreendidos por todas as partes envolvidas em uma operação potencial de resgate. Etapas para resgate de segurança devem ser incluídas em todos os procedimentos de entrada do espaço confinado. O resgate deve ser bem planejado e evidências devem estar disponíveis, o que indica que as simulações foram frequentemente conduzidas em procedimentos de emergência 8.4 Resgate e Emergência Observação: Resgate não planejado, como quando alguém instintivamente corre para ajudar um companheiro de trabalho preso, pode resultar em uma dupla fatalidade ou múltipla fatalidade se há mais de um socorrista. Cerca de 50% dos funcionários em espaços confinados morrem em tentativas de resgatar outros trabalhadores. Um resgate não planejado pode ser o último!

60 confidencial 4 de Março de Se a situação chegar onde há uma condição perigosa e o trabalhador não sai ou não é capaz de sair do espaço confinado, procedimentos de resgate devem ser iniciados imediatamente. O Supervisor de Segurança é qualificado em procedimentos de resgate em espaços confinados e estará fora do espaço confinado imediatamente para fornecer auxílio na emergência, se necessário. O Supervisor de Segurança deve estar familiarizado com a concepção estrutural do espaço confinado. O Supervisor de Segurança está em comunicação constante com o trabalhador dentro do espaço confinado e irá: –Ter um alarme para pedir ajuda. –Ter todos os equipamentos de resgate necessários (por exemplo, protetores de segurança, equipamento de elevação, cabo-guia) disponíveis imediatamente e serem treinados para o uso. –Ter um certificado de primeiros socorros básicos. –Saber fazer Reanimação Cardiorrespiratória (RCP) Quais são algumas das precauções de resposta de emergência?

61 confidencial 4 de Março de O plano detalhado para resposta de emergência para ferimentos ou outra emergência dentro do espaço confinado deve ser descrita detalhadamente no Programa de Avaliação e Controle de Perigo do Espaço Confinado. Resgate as vítimas para fora do espaço confinado, se possível. Nenhum outro trabalhador deve entrar no espaço confinado para atender ao resgate a menos que o trabalhador esteja completamente treinado com os procedimentos de resgate e esteja utilizando o equipamento de proteção adequado. Mais de 60% das mortes nos espaços confinados são de possíveis socorristas, que não estão completamente treinados e equipados adequadamente. Outro trabalhador qualificado em resgates em espaços confinados deve estar presente fora do local antes que o primeiro socorrista entre no local. Não use o mesmo ar que os trabalhadores do espaço confinado que você está resgatando. Use o SCBA (aparelho de respiração autônomo) ou respirador fornecido com um cilindro de escape Quais são algumas das precauções de resposta de emergência?

62 confidencial 4 de Março de Equipamento de Proteção Individual (EPI) O EPI é tradicionalmente considerado a última linha de proteção com ênfase nos métodos de controle gerenciais apropriados e de prevenção. Entretanto, a natureza potencialmente perigosa e a posição isolada daqueles que entram em espaços confinados significa que, para o técnico, o EPI deve ser da primeira linha de proteção. Cada espaço confinado irá apresentar diferentes perigos e níveis de risco para a saúde e segurança, a condição final do EPI deve ser baseada na avaliação de risco. Como regra geral a seguinte operação é oferecida: –EPI básico do técnico deve incluir: –Proteção do corpo (Roupa de proteção completa com bolsos adequados para notebook, etc.); –Proteção para os pés (biqueira de aço (200 joules), palmilha de aço, boa aderência, resistente à óleo); –Proteção da cabeça (capacete com queixeira); –Proteção para as mãos (luvas resistentes); –Proteção para os olhos (óculos de proteção, óculos); –Proteção para os ouvidos (protetores auriculares - desgastado sujeito ao sistema de comunicação); –Medidor de gás - medidor de gases múltiplos para medir HC, H2S, CO, O2 é recomendado; –Iluminação (portátil com cordão de segurança e largura do feixe adequada).

63 confidencial 4 de Março de Limpar os respiradores desmontando / lavando-os em água morna e detergente suave. Guarde a máscara e os cartuchos em sacos com fecho. Use um armário para guardar respiradores e cartuchos. 9.1 Manutenção de EPI

64 confidencial 4 de Março de Sim, o treinamento apropriado é extremamente importante para trabalhar com segurança em espaços confinados. O treinamento prático deve ser uma parte essencial do treinamento do espaço confinado. Todo trabalhador que entra em um espaço confinado deve estar completamente treinado nas seguintes habilidades: –Reconhecimento e identificação dos perigos potenciais associados com os espaços confinados onde entrarão. –Procedimento de avaliação e controle para perigos potenciais ou identificados. –Todos os equipamentos como os de ventilação (ventoinhas), cintos e monitores de qualidade do ar (ex.: Medidores de oxigênio/combustível) que serão usados no espaço confinado. –Todos os equipamentos de proteção individual (ex., respiradores) que o trabalhador estará usando no espaço confinado. –Todos os procedimentos para entrar no espaço confinado estão resumidos no Programa de Avaliação de Perigo do Espaço Confinado do funcionário. –Procedimentos para seguir em caso de uma situação em desenvolvimento que possa apresentar risco adicional para o trabalhador ou uma emergência. –O trabalho específico a ser feito no espaço confinado. 10. O Treinamento de trabalhadores é importante?

65 confidencial 4 de Março de Trabalhadores com responsabilidades de resgate de emergência irão precisar de treinamento adicional especializado. Todo o treinamento do espaço confinado deve incluir treinamento prático com equipamentos de segurança incluindo o equipamento de proteção individual e cintos de segurança. Procedimentos de resgate devem ser praticados frequentemente para obter um alto nível de proficiência. Funcionários devem manter registros de todos os treinamentos em espaços confinados incluindo cursos de reciclagem. 10. O Treinamento de trabalhadores é importante?

66 confidencial 4 de Março de Visão geral dos Riscos Potenciais Perigos de Enclausuramento Materiais soltos e granulares armazenados em recipientes e funis - grãos, areia, carvão, etc. Crostas e depósitos de materiais abaixo do trabalhador. Inundação no espaço confinado. Água ou fluxo de esgoto. Substância mutável líquida ou sólida que prende o funcionário Extremos de Temperaturas Temperaturas extremamente quentes ou frias. Limpeza a vapor dos espaços confinados. Fatores de umidade. Líquidos extremamente frios. O trabalho que é processado dentro do espaço confinado pode aumentar os extremos de temperaturas. Equipamentos de proteção individual. Muito ou pouco Perigo do Oxigênio

67 confidencial 4 de Março de Perigos Tóxicos Gases, vapores ou fumaças (exemplos: sulfeto de hidrogênio, dióxido de enxofre, monóxido de carbono) Perigos Inflamáveis ou Explosivos Vapores ou poeiras em concentrações grandes o bastante para inflamarem Configuração Paredes ou pisos que se inclinem para baixo ou se afunilem podem prender um trabalhador. Perigos Físicos Contato com equipamento mecânico ou elétrico, vapor ou outras fontes de calor, partes móveis, energia. 11. Visão geral dos Riscos Potenciais

68 confidencial 4 de Março de Barulho –Amplificado devido à acústica do espaço. –Audição prejudicada, afeta a comunicação. Superfícies escorregadias/ molhadas –Escorregões e quedas. –Chance elevada de choque elétrico. Queda de Objetos –Aberturas na parte de cima expõem os trabalhadores do espaço confinado a queda de objetos. Esmagamentos 11. Visão geral dos Riscos Potenciais Perigos Especiais

69 confidencial 4 de Março de Falta de segurança organizacional Medidas de resgate insuficientes Falta da pessoa de prontidão Nenhum sistema de permissão de trabalho existente 2.Falta de isolamento 3.Deficiência de Oxigênio / Excesso de Oxigênio 4.Entrada / saída limitadas 5.Perigo devido à ferramentas elétricas 6.Eletricidade 7.Radiação 8.Superfícies / meios quentes ou frios 9.Substâncias químicas perigosas 10.Ar ruim fora e NENHUM ar fresco dentro Adicional a ser considerado: Cargas de trabalho físico reforçadas Reações químicas Fogo / explosões Barulho Queda 11. Visão geral dos Riscos Potenciais Exemplo de possíveis perigos ao trabalhar em um espaço confinado:

70 confidencial 4 de Março de Outros Perigos

71 confidencial 4 de Março de Outros Perigos

72 confidencial 4 de Março de Então, AO DUVIDAR, FIQUE DE FORA

73 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 1) Um espaço confinado significa um espaço que: A) É grande o bastante para que o funcionário possa entrar e realizar o trabalho B) Tem meios limitados ou restritos para entrada ou saída C) Ambas A e B D) Nenhuma das anteriores

74 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 2) São exemplos de espaços confinados: A) Tanques de armazenagem, poços, silos e tanques B) Túneis, esgotos, poços e dutos de exaustão C) Escritórios, transportes solidários e lojas de shopping D) A e B

75 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 3) Verdadeiro ou Falso: O funcionário deve avaliar o local de trabalho para determinar se há perigo presente que necessite do uso do EPI.

76 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 4) Quais são exemplos de perigos do espaço autorizado? A) Atmosfera perigosa, enclausuramento, eletrocussão e tensão térmica B) Tanques de armazenagem, poços, silos e tanques C) Túneis, esgotos, poços e dutos de exaustão D) Nenhuma das anteriores

77 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 5) Quais são algumas maneiras de reduzir os riscos de perigo? A) Colocar avisos e o uso de barreiras B)Desenvolver e usar um programa escrito C) Conduzir monitoramento e ventilação, eliminar ou controlar os perigos do espaço confinado D) Todas as Anteriores

78 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 6) Quais dos seguintes itens são necessários em uma autorização do espaço confinado? A) Espaço autorizado, finalidade, data e entradas autorizadas B) Perigos do espaço, métodos de controle, entrada permitida e resultados da entrada C) Serviços de resgate e emergência, procedimentos de comunicação e equipamentos D) Todas as anteriores

79 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 7) Verdadeiro ou Falso: Na preparação do espaço permitido, você deve informar todos os departamentos afetados, colocar avisos e barreiras para proteger quem entra e esvaziar o espaço confinado de quaisquer materiais perigosos.

80 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 8) Na preparação do espaço permitido, você deve: A)Cegar ou desconectar e tampar todas as linhas de entrada B) Verificar segurança de respiração testando o ar e adicionar números de telefone do controle de emergência C) Todas as anteriores D) Nenhuma das anteriores

81 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 9) Verdadeiro ou Falso: Durante o teste atmosférico, você deve avaliar potencial de tensão térmica e controlar qualquer perigo antes de entrar mas não precisa evacuar o espaço se o ar tornar-se perigoso.

82 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 10) Durante o teste atmosférico, você deve: A) Testar e monitorar continuamente o ar em todas as áreas antes de entrar B) Assegurar-se de que o teor de oxigênio está entre 19,5 e 25,5 por cento C) Listar quaisquer materiais tóxicos que possam estar presentes e suas exposições permitidas D) A e C

83 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 11) Em relação aos procedimentos para entrar no espaço confinado, qual dos seguintes itens são aplicáveis: A) Pessoas autorizadas podem entrar no espaço permitido somente depois de testado e assegurado B) Cada pessoa que entrar deve saber qual equipamento usar e como usá-lo C) Faça a tarefa o mais rápido e eficiente possível D) Todas as anteriores

84 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 12) Tarefas do supervisor de entrada incluem: A) Verificação da permissão e checagem da condição do espaço confinado B) Ver se pessoas não autorizadas são removidas C) Cancela a permissão quando o trabalho está feito D) Todas as anteriores

85 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 13) Tarefas da pessoa de prontidão incluem: A) Manter uma conta precisa de quem está no espaço, monitorar atividades do espaço e ficar em contato com quem entrar B) Manter pessoas não autorizadas fora do espaço ocupado permitido C) Comanda a evacuação do espaço permitido e convoca o resgate quando necessário D) Todas as anteriores

86 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 14) Tarefas de quem entra incluem: A) Conhecimento dos perigos do espaço e sinais de exposição B) Segue seu treinamento do equipamento de proteção individual e mantém contato com o assistente C) Todas as anteriores D) Nenhuma das anteriores

87 confidencial 4 de Março de Questionário do Espaço Confinado 15) Verdadeiro ou Falso: Somente trabalhadores treinados em resgate podem entrar no espaço com o propósito de resgatar caso o assistente esteja presente ou não.


Carregar ppt "Saúde e Segurança Corporativa ArcelorMittal 4 de Março de 2011 Treinamento Espaços Confinados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google