A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A velocidade das reacções químicas. Existem muitas reacções químicas que ocorrem com diversas velocidades umas ocorrem num ápice (a combustão que ocorre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A velocidade das reacções químicas. Existem muitas reacções químicas que ocorrem com diversas velocidades umas ocorrem num ápice (a combustão que ocorre."— Transcrição da apresentação:

1 A velocidade das reacções químicas

2 Existem muitas reacções químicas que ocorrem com diversas velocidades umas ocorrem num ápice (a combustão que ocorre num fósforo), enquanto outras demoram anos, por vezes mais tempo do que a nossa idade, (as reacções químicas que ocorrem no interior da terra responsáveis pela formação de rochas). Existem muitas reacções químicas que ocorrem com diversas velocidades umas ocorrem num ápice (a combustão que ocorre num fósforo), enquanto outras demoram anos, por vezes mais tempo do que a nossa idade, (as reacções químicas que ocorrem no interior da terra responsáveis pela formação de rochas).

3 A ciência que estuda a velocidade das reacções química é a cinética química. A ciência que estuda a velocidade das reacções química é a cinética química.

4 Velocidade média das reacções químicas A velocidade de uma reacção química é a relação entre a quantidade consumida de reagentes, ou a quantidade formada de produtos, e o intervalo de tempo gasto para que isso ocorra. A velocidade de uma reacção química é a relação entre a quantidade consumida de reagentes, ou a quantidade formada de produtos, e o intervalo de tempo gasto para que isso ocorra.

5 gia de activação Energia de activação A energia de activação, é a energia que é necessária para a reacção ocorrer. É, normalmente em forma de calor, para favorecer a colisão das partículas, mas também rompe ligações entre os átomos de uma substância reagente para que se possam ligar com átomos de outras substâncias reagentes. A energia de activação, é a energia que é necessária para a reacção ocorrer. É, normalmente em forma de calor, para favorecer a colisão das partículas, mas também rompe ligações entre os átomos de uma substância reagente para que se possam ligar com átomos de outras substâncias reagentes.

6 Existe uma relação entre a velocidade das reacções e a energia de activação: Existe uma relação entre a velocidade das reacções e a energia de activação: Quanto menor a energia de activação mais rápida a reacção vai ser. Quanto menor a energia de activação mais rápida a reacção vai ser.

7 Factores

8 A concentração dos reagentes O aumento da concentração duma substância aumenta a velocidade da reacção. Porque quanto mais concentrada for uma substância, mais as partículas vão estar juntas, o que favorece o número de colisões, ou seja, maior velocidade O aumento da concentração duma substância aumenta a velocidade da reacção. Porque quanto mais concentrada for uma substância, mais as partículas vão estar juntas, o que favorece o número de colisões, ou seja, maior velocidade

9 Temperatura As reacções químicas e a reprodução feita pelos microrganismos decompositores são retardadas pela temperatura baixa. Com o aumento da temperatura, aumenta a energia das partículas, ou seja, vão mover-se mais depressa, então, vão chocar mais, aumentando a velocidade da reacção. As reacções químicas e a reprodução feita pelos microrganismos decompositores são retardadas pela temperatura baixa. Com o aumento da temperatura, aumenta a energia das partículas, ou seja, vão mover-se mais depressa, então, vão chocar mais, aumentando a velocidade da reacção.

10 Superfície de contacto O carvão em pó vai arder com mais facilidade do que carvão em pedaços, porque quando está reduzido a pó, maior vai ser a superfície de contacto entre as partículas, e assim as partículas vão entrar em contacto mais facilmente, o que vai aumentar a velocidade da reacção. O carvão em pó vai arder com mais facilidade do que carvão em pedaços, porque quando está reduzido a pó, maior vai ser a superfície de contacto entre as partículas, e assim as partículas vão entrar em contacto mais facilmente, o que vai aumentar a velocidade da reacção.

11 Pressão Pressão Este é um factor que só influencia a velocidade em reacções químicas em que pelo menos um reagente se encontra no estado gasoso. Quando a pressão aumenta, a concentração também vai aumentar porque diminui o volume. Este é um factor que só influencia a velocidade em reacções químicas em que pelo menos um reagente se encontra no estado gasoso. Quando a pressão aumenta, a concentração também vai aumentar porque diminui o volume.

12 As partículas vão estar mais juntas, então vão entrar em contacto mais facilmente, e entrando em contacto mais facilmente, vão-se romper as ligações mais facilmente, então, a reacção química vai ser mais rápida. As partículas vão estar mais juntas, então vão entrar em contacto mais facilmente, e entrando em contacto mais facilmente, vão-se romper as ligações mais facilmente, então, a reacção química vai ser mais rápida.

13 Presença de um catalisador Os catalisadores podem diminuir ou aumentar a energia de activação sem se transformarem, o que por sua vez, como falamos anteriormente no capítulo 3, pode aumentar ou diminuir a velocidade de uma reacção química. Os catalisadores podem diminuir ou aumentar a energia de activação sem se transformarem, o que por sua vez, como falamos anteriormente no capítulo 3, pode aumentar ou diminuir a velocidade de uma reacção química.

14 Alguns alimentos conservam-se durante muito tempo em óleo, azeite ou vinagre, porque são substâncias que tem um pH muito baixo, todos abaixo de um pH de 5, assim, impedem que as bactérias e fungos responsáveis pela deterioração dos alimentos sobrevivam, num ambiente tão ácido. Alguns alimentos conservam-se durante muito tempo em óleo, azeite ou vinagre, porque são substâncias que tem um pH muito baixo, todos abaixo de um pH de 5, assim, impedem que as bactérias e fungos responsáveis pela deterioração dos alimentos sobrevivam, num ambiente tão ácido.

15 Já o sal, desidrata os alimentos, e como todos sabem, não há nenhum ser vivo capaz de sobreviver muito tempo sem água, sem água os micróbios não só não sobrevivem durante muito tempo, como também não se multiplicam, ou seja, mais tempo conservado. Já o sal, desidrata os alimentos, e como todos sabem, não há nenhum ser vivo capaz de sobreviver muito tempo sem água, sem água os micróbios não só não sobrevivem durante muito tempo, como também não se multiplicam, ou seja, mais tempo conservado.

16 Enzimas Enzimas são moléculas orgânicas grandes, sendo sobretudo proteínas que funcionam como catalisadores biológicos, actuando sobre macromoléculas, como os lípidos e os glícidos.

17 Como as enzimas são catalisadoras, vão aumentar ou diminuir a velocidade de uma reacção sem se nela consumirem. Pensa-se que em cada célula viva do nosso corpo existam cerca de 3000 enzimas, cada uma com a sua função. Como as enzimas são catalisadoras, vão aumentar ou diminuir a velocidade de uma reacção sem se nela consumirem. Pensa-se que em cada célula viva do nosso corpo existam cerca de 3000 enzimas, cada uma com a sua função.

18 As enzimas tem uma forma correspondente á sua função, porque cada molécula tem a sua forma, como uma chave e uma fechadura, assim só um tipo de molécula poderá reagir com uma determinada enzima, e dar origem ao produto pretendido. As enzimas tem uma forma correspondente á sua função, porque cada molécula tem a sua forma, como uma chave e uma fechadura, assim só um tipo de molécula poderá reagir com uma determinada enzima, e dar origem ao produto pretendido.

19 As enzimas têm várias denominações, dependendo da função que exercem: As enzimas têm várias denominações, dependendo da função que exercem: Protease – Actua sobre proteínas; Protease – Actua sobre proteínas; Amilase - Actua sobre glícidos (amido); Amilase - Actua sobre glícidos (amido); Lipase – Actua sobre lípidos. Lipase – Actua sobre lípidos. Estes são apenas alguns exemplos de enzimas (estes exemplos, são de enzimas que actuam no nosso estômago, facilitando a absorção dos nutrientes no sistema digestivo). Estes são apenas alguns exemplos de enzimas (estes exemplos, são de enzimas que actuam no nosso estômago, facilitando a absorção dos nutrientes no sistema digestivo).

20 Importância Sua importância abrange muitos temas, já que se relaciona com a rapidez com que um medicamento actua no organismo (medicina) ou com problemas industriais (industria), tais como a descoberta de catalisadores para acelerar a concepção de algum produto novo, assim produz-se mais produto em menos tempo. Sua importância abrange muitos temas, já que se relaciona com a rapidez com que um medicamento actua no organismo (medicina) ou com problemas industriais (industria), tais como a descoberta de catalisadores para acelerar a concepção de algum produto novo, assim produz-se mais produto em menos tempo.

21 Conclusão Conclusão Podemos concluir que as reacções químicas podem ocorrer a várias velocidades, dependendo de vários factores, tais como a temperatura, a concentração dos reagentes, a superfície de contacto, a pressão, as propriedades das substâncias reagentes, as características do local onde a acção decorre e a presença de um catalisador. Podemos concluir que as reacções químicas podem ocorrer a várias velocidades, dependendo de vários factores, tais como a temperatura, a concentração dos reagentes, a superfície de contacto, a pressão, as propriedades das substâncias reagentes, as características do local onde a acção decorre e a presença de um catalisador.

22 Para ocorrer uma reacção química é necessário haver uma certa quantidade de energia (energia de activação), necessária para que as partículas colidam, o que vai favorecer que se rompam as ligações químicas, para que uns átomos se liguem com outros átomos de substâncias diferentes. Para ocorrer uma reacção química é necessário haver uma certa quantidade de energia (energia de activação), necessária para que as partículas colidam, o que vai favorecer que se rompam as ligações químicas, para que uns átomos se liguem com outros átomos de substâncias diferentes.

23 As enzimas são muito importantes para os seres vivos, pois sem elas não existiria vida, já que elas retiram da comida que ingerimos, produtos que necessitamos para a vida. As enzimas são muito importantes para os seres vivos, pois sem elas não existiria vida, já que elas retiram da comida que ingerimos, produtos que necessitamos para a vida.

24 Também podemos concluir que o estudo da velocidade das reacções químicas, veio ajudar na nossa sociedade, porque ajudou a perceber quanto tempo leva um medicamento a actuar no nosso organismo, ajudou a fazer novos produtos, na indústria, em menos tempo e em maior quantidade Também podemos concluir que o estudo da velocidade das reacções químicas, veio ajudar na nossa sociedade, porque ajudou a perceber quanto tempo leva um medicamento a actuar no nosso organismo, ajudou a fazer novos produtos, na indústria, em menos tempo e em maior quantidade

25 Trabalho realizado por: Trabalho realizado por: Diogo Lopes Nº 8 Diogo Lopes Nº 8 Duarte Policarpo Nº11 Duarte Policarpo Nº11 Fábio Samouco Nº13 Fábio Samouco Nº13 8º C 8º C


Carregar ppt "A velocidade das reacções químicas. Existem muitas reacções químicas que ocorrem com diversas velocidades umas ocorrem num ápice (a combustão que ocorre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google