A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Pragas Grupo de Jovens Renovação em Cristo. Moises Herodes ( solicitou aos Soldados para que Feri-se todos as crianças nascidas Homens) Tradução do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Pragas Grupo de Jovens Renovação em Cristo. Moises Herodes ( solicitou aos Soldados para que Feri-se todos as crianças nascidas Homens) Tradução do."— Transcrição da apresentação:

1 As Pragas Grupo de Jovens Renovação em Cristo

2 Moises Herodes ( solicitou aos Soldados para que Feri-se todos as crianças nascidas Homens) Tradução do Nome Moises :______________ Foi feito Príncipe dentre Egípcio. Se revoltou com o Faraó após saber sua verdadeira Origem. Se Retirou para o deserto.

3

4 As 10 Pragas enviada ao Egito 1ª PRAGA – AS AGUAS SE TORNAM EM SANGUE. 2ª PRAGA – A INVASÃO DAS RÃS NO EGITO. 3ª – PRAGA – PIOLHOS. 4ª – PRAGA – MOSCAS. 5ª – PRAGA – PESTE MORTAL NOS ANIMAIS.

5 6ª – PRAGA – ÚLCERAS NOS ANIMAIS E NO POVO EGÍPCIO 7ª – PRAGA – CHUVA DE PEDRA OU GRANIZO. 8ª – PRAGA- GAFANHOTOS. 9ª – PRAGA – TREVAS SOBRE O EGITO. 10ª PRAGA – MORTE DOS PRIMOGENITOS DOS EGIPCIOS

6

7 1ª PRAGA – AS AGUAS SE TORNAM EM SANGUE. Após endurecer o coração de Faraó, ele foi avisado mais uma vez, desta vez o Senhor lhe daria uma prova muito mais forte de que ELE é o Senhor, e iria transformar as águas do Egito em sangue. Então, pela manhã eis que o Senhor ordenou a Arão que estendesse a sua vara as águas do Egito, e assim o fez, na frente de Faraó, e se tornou em sangue todas as águas do Egito, desde os rios até as empoçadas. De modo que os peixes que estavam no rio morreram, e os egípcios não podiam beber da água do rio, e houve sangue por toda a terra do Egito. Mas o mesmo fizeram também os magos do Egito com os seus encantamentos, de maneira que o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Senhor tinha dito. Assim se passaram sete dias, depois que o Senhor ferira as águas.

8 2ª PRAGA – A INVASÃO DAS RÃS NO EGITO. Novamente o senhor diz a Faraó por intermédio de Moisés, que ele deveria deixar o povo de Israel ir e servir a DEUS. Mas se recusares deixa-lo ir, ferirei com rãs todos os teus termos. O rio produzirá rãs em abundância, que subirão e virão à tua casa, e ao teu dormitório, e sobre a tua cama, e às casas dos teus servos, e sobre o teu povo, e aos teus fornos, e às tuas amassadeiras. E foi assim, Arão estendeu sua vara sobre as correntes, e sobre os rios e sobre as lagoas, como o Senhor havia lhe ordenado, e fez subir rãs sobre a terra do Egito. Faraó chamou a Moisés e a Arão, e disse: Rogai ao Senhor que tire as rãs de mim e do meu povo, depois deixarei ir o povo, para que ofereça sacrifícios ao Senhor.

9 E Moisés clamou ao Senhor por causa das rãs que tinha trazido sobre Faraó, e o Senhor, pois, fez conforme a palavra de Moisés, e as rãs morreram nas casas, nos pátios, e nos campos. E ajuntaram-nas em montes, e a terra, cheirou mal. Mas vendo Faraó que tinha descanso, endureceu seu coração, e não os ouviu, como o Senhor tinha dito.

10 3ª – PRAGA – PIOLHOS. O Senhor ordena a Arão, através de Moisés, que estendesse sua vara, no pó da terra, para que se tornasse em piolhos. E assim fizeram, Arão estendeu sua vara sobre o pó da terra, e feriu-a, e houve piolhos nos homens e nos animais, todo o pó da terra se tornou em piolhos em todo o Egito. Também, os magos fizeram assim com os seus encantamentos para produzirem piolhos, mas não puderam. Foi quando os magos disseram a Faraó, que aquilo era o dedo de DEUS. No entanto o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o Senhor tinha dito.

11 4ª – PRAGA – MOSCAS. Mas uma vez o Senhor diz a Moisés que vá até Faraó, pela manhã cedo, e dize -lhe: - Deixa o meu povo ir para que me sirva. Porque se não deixares ir o meu povo, enviarei enxames de moscas sobre ti, e sobre teus servos, e sobre teu povo, e nas tuas casas, e as casas dos egípcios se encheram destes enxames, bem como a terra em que eles estiverem. Mas naquele dia separei a terra de Gósem em que o meu povo habita, a fim de que não haja enxames de moscas, para que saibas que eu sou o Senhor no meio desta terra. Assim farei distinção entre o meu povo e o teu povo. Amanhã se fará este milagre.

12 E assim o fez. Entraram grandes enxames de moscas na casa de Faraó e nas casas dos seus servos, e em toda a parte do Egito. E Faraó pediu que Moisés e a Arão fizesse oferecesse sacrifícios a DEUS. Mas Moisés respondeu que não era certo. Deveriam caminhar três dias no deserto, para que oferecessem sacrifícios ao Senhor, como ELE nos ordenar. E Faraó permitiu que eles fossem ao deserto, mas que não fossem muito longe, e orassem por ele. E foram ao deserto e oraram ao Senhor, para que apartassem os enxames de moscas de Faraó, e do Egito.

13 E fez o Senhor conforme a palavra de Moisés, apartando os enxames de moscas do Egito, não ficou nenhuma sequer. Mas endureceu o coração de Faraó ainda esta vez, e não deixou ir o povo.

14 5ª – PRAGA – PESTE MORTAL NOS ANIMAIS. Mas o Senhor disse a Moisés: Vá a Faraó e disse-lhe: Assim diz o Senhor Deus dos hebreus: Deixa ir o meu povo, para que me sirva, porque se recusares deixá-los ir, e ainda o retiveres, eis que a mão do Senhor será sobre teu gado, que está no campo: sobre os cavalos, sobre os jumentos, sobre os camelos, sobre os bois, e sobre as ovelhas, haverá uma pestilência muito grave. Mas o Senhor fará distinção entre o gado de Israel e o gado do Egito, e não morrerá nada de tudo o que pertence aos filhos de Israel. E o Senhor confirmou dizendo que seria no próximo dia. E o fez, no outro dia todo o gado dos egípcios morreram, porém do gado dos filhos de Israel não morreu nenhum. Mesmo depois de tudo isso o coração do Faraó se obstinou, e não deixou o povo sair.

15 6ª – PRAGA – ÚLCERAS NOS ANIMAIS E NO POVO EGÍPCIO Então o Senhor ordenou a Moisés e Arão que tomasse mancheias de cinza do forno, e espalhasse para o céu diante dos olhos de Faraó. E eles fizeram, e diante dos olhos de Faraó, tomaram cinza do forno e Moisés espalhou para o Céu, e ela se tornou em tumores que arrebentavam em úlceras nos homens e no gado. Os magos não podiam manter-se diante de Moisés, por causa dos tumores, porque havia tumores nos magos, e em todos os egípcios.

16 Mas o Senhor endureceu o coração de Faraó, e este não os ouviu, como o Senhor tinha dito a Moisés. Novamente o Senhor enviou Moisés a Faraó e solicitou a soltura de seu povo. Porque desta vez o Senhor iria enviar todas as pragas sobre o coração de Faraó, e sobre os servos dele, e sobre o povo egípcio para que saibas que não há outro como ELE na terra.

17 7ª – PRAGA – CHUVA DE PEDRA OU GRANIZO. Depois de dizer tudo isso a Faraó, o Senhor ainda disse que estava poupando a vida de Faraó, só para ele sentir o tamanho do poder de DEUS. Mas o Faraó continuava irredutível, e foi assim que o Senhor ordenou a Moisés que falasse a Faraó, que se ele não retirasse todos seus animais do campo, eles morreriam, devido a chuva que estava por vir. Quem dos servos de Faraó temia ao Senhor, retirou seu gado, mas aqueles que não davam a importância para a palavra do Senhor, deixou seu godo nos campos.

18 Foi quando DEUS ordenou que Moisés estendesse sua mão para o céu, para que derramasse saraiva em toda a terra do Egito. Assim foi feito, e havia saraiva misturada com fogo, saraiva tão grande qual nunca houvera em toda a terra do Egito, desde que veio a ser uma nação. Somente na terra de Gósem onde se achavam os filhos de Israel, não houve saraiva. Então Faraó mandou chamar Moisés e Arão, e disse-lhes:

19 Esta vez pequei, o Senhor é justo, mas eu e o meu povo somos ímpios. Orai ao Senhor, pois já bastam estes trovões da parte de DEUS e esta saraiva, eu vos deixarei ir, e não permanecereis mais aqui. Assim Moisés o fez, logo que saiu da cidade estendeu as mão ao Senhor, e os trovões e a saraiva cessarão. Vendo Faraó que a chuva e os trovões cessaram, continuou a pecar, e endureceu seu coração, e não deixou os filhos de Israel partir.

20 8ª – PRAGA- GAFANHOTOS. O Senhor enviou novamente Moisés e Arão, até ao encontro de Faraó, e avisou mais uma vez a Faraó, para deixar o povo dele sair, porque desta vez ELE iria enviar gafanhotos ao Egito, e desta vez eles destruirão tudo o que escapou da saraiva. Foi quando os servos de Faraó lhe disseram: Deixa logo ir os homens, para que sirva seu DEUS, porventura não sabes que o Egito está destruido? Então o Faraó chamou Moisés e Arão, e permitiu que eles fossem servir ao Senhor seu DEUS, e ainda perguntou quem eles iriam levar com eles.

21 Moisés respondeu então que levaria os jovens e os velhos, com filhos e filhas, além dos rebanhos e gados, todos iriam celebrar uma festa ao Senhor. Mas Faraó replicou, e não permitiu ir todo mundo, apenas os homens. Sendo assim o Senhor mandou Moisés estender suas mãos a terra do Egito e derramar os gafanhotos sobre a terra, para que destruam tudo o que restou. Então subiram os gafanhotos a terra do Egito e cobriram a face de toda a terra, de modo que a terra se escureceu. Nada verde ficou, nem árvores, nem erva verde no campo, por toda a terra do Egito.

22 Mais do que depressa Faraó mandou chamar Moisés e Arão e lhes disse: Pequei contra o Senhor vosso DEUS, e contra vós. Agora pois, perdoai-me peço-vós somente esta vez o meu pecado, e orai ao Senhor vosso DEUS que tire de mim mais esta morte. Saiu então Moisés da presença de Faraó, e orou ao Senhor. Foi quando o Senhor trouxe um vento fortíssimo que levantou os gafanhotos e os lançou no Mar Vermelho, não ficou um só gafanhoto no Egito. E o Senhor endureceu o coração de Faraó, e este não deixou ir os filhos de Israel.

23 9ª – PRAGA – TREVAS SOBRE O EGITO. Logo após, o Senhor falou a Moisés para estender suas mãos para o céu. Ele fez, e houve trevas no Egito, trevas que se podiam apalpar. Durou três dias. Não se viam uns aos outros, e ninguém se levantou de seu lugar por três dias. Mas para os filhos de Israel havia luz nas suas habitações. Faraó mandou chamar Moisés novamente e ordenou que ele fosse servir ao Senhor vosso, mas não permitiu que levasse seus rebanhos e vosso gado, e os pequeninos foram liberados para ir junto.

24 Moisés não concordou em ir somente com os pequeninos, e sugeriu que Faraó desse em vossas mãos sacrifícios e holocaustos, e liberar o rebanhos e os gados. Em vão, pois, Faraó com o coração endurecido pelo Senhor não quis deixá-los-ir. E ainda disse a Moisés: Retira-te de mim, guarda-te que não mais vejas o meu rosto; pois no dia em que me vires o rosto morrerá. Moisés respondeu que certamente não veria mais seu rosto.

25 10ª PRAGA – MORTE DOS PRIMOGENITOS DOS EGIPCIOS Então disse o Senhor a Moisés, que ainda traria mais uma praga sobre Faraó, e sobre o Egito, e que depois ele deixaria os filhos de Israel partir. A praga seria a morte de todos os primogênitos do Egito, inclusive o filho primogênito de Faraó, além de todos os primogênitos dos animais.

26 Antes dos primogênitos serem mortos, DEUS fala com Moisés e manda que seus filhos separem um cordeiro sem defeito. Naquela noite eles teriam em sua ceia, além do cordeiro, pães sem fermento e ervas amargas (para lembrar seu sofrimento na escravidão). O sangue desse cordeiro deveria ser passado nas portas de suas casas. Esse seria o sinal para que o anjo da morte não passasse por ali. A carne do cordeiro foi comida pelos filhos de Israel para que o povo tivesse força na fuga. Assim eles fizeram e foram poupados por obedecer.

27 Um anjo exterminador, naquela noite, feriu de morte o primeiro filho de cada egípcio, incluindo o filho do Faraó, que por fim aceitou liberar o povo hebreu. Depois que os israelitas saíram, Faraó se arrependeu e foi junto com seus exércitos atrás deles para recapturá-los com carros e cavalos. O povo de DEUS, chegou perto do mar, as águas do mar se abriram formando um caminho seco e seguro em mais uma demonstração do poder de DEUS.

28 Quando os egípcios foram passar, as águas voltaram ao normal afogando-os. Desta maneira ficou instituída a PASCOA – um memorial de libertação. Essa data é importante para todos os cristãos, porque é o tipo de (símbolo profético) de toda a redenção que temos em CRISTO.

29 As 7 pragas Apocalíptica

30 Apoc 16:1-2: E ouvi, vinda do santuário, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete taças, da ira de Deus. Então foi o primeiro e derramou a sua taça sobre a terra; e apareceu uma chaga ruim e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem.

31 A Primeira Praga semelhante ao deus Tiffon do Egito e cairá sobre os adoradores do Anticristo (De acordo com a Bíblia é a mulher infiel que está sentada sobre a cidade de 7 colinas = Roma). Veja Apocalipse 17:8 e II Tessalonicenses 2:3-8.

32 Apoc 16:3 O segundo anjo derramou a sua taça no mar, que se tornou em sangue como de um morto, e morreu todo ser vivente que estava no mar.

33 A Segunda Praga cai sobre o mar. Na Babilônia tínhamos a deusa Tia-Mat = deusa dos mares. Hoje nós temos Iemanjá e muitas outras santas dos mares. Deus as ferirás como fez com o Nilo no Egito.

34 Apoc 16:4-7: O terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue. E ouvi o anjo das águas dizer: Justo és tu, que és e que eras, o Santo; porque julgaste estas coisas; porque derramaram o sangue de santos e de profetas, e tu lhes tens dado sangue a beber; eles o merecem. E ouvi uma voz do altar, que dizia: Na verdade, ó Senhor Deus Todo-Poderoso, verdadeiros e justos são os teus juízos.

35 A Terceira Praga atinge os rios que se tornam sangue. As nações beberão sangue porque se virarão contra os santos do Senhor, que guardam os mandamentos de Deus e tem a fé em Jesus (Apoc 14:12). São acusadas de fazer o mesmo com que os ímpios fizeram com os profetas da antiguidade

36 Apoc 16:8-9: O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo. E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória.

37 Quarta Praga atinge o sol que passa a queimar os seres humanos. Aqui é atingido os astrólogos e os que adoram ao deus falso no primeiro dia da semana (SUNDAY), pisando o quarto mandamento de sua eterna lei (Exodo 20:8-11, Lucas 23:56) e obedecendo mais as Igrejas rebeldes do que a Deus. Igualmente todas as pessoas que não aceitaram a Cristo como Filho de Deus e Senhor de suas vidas serão atingidas.

38 Apoc 16:10-11: O quinto anjo derramou a sua taça sobre o trono da besta, e o seu reino se fez tenebroso; e os homens mordiam de dor as suas línguas. E por causa das suas dores, e por causa das suas chagas, blasfemaram o Deus do céu; e não se arrependeram das suas obras.

39 Quinta Praga atinge em trevas o trono da Besta (Vaticano). O Senhor do Sábado mostra que o deus que ela professava fé não passa de um ídolo que não exprime Seu verdadeiro caráter. Os homens ainda assim não se arrependem de seus roubos, assassinatos, adultério, idolatria e ataque ao 4° mandamento da Lei de Deus etc…

40 Quinta Praga No entanto, na 5° Praga se torna claro que Deus julgou a Mulher Prostituta de Apocalipse 17 e a considerou culpada de crimes contra Ele e seu projeto de salvação da humanidade.

41 Apoc 16:12-16: O sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou- se, para que se preparasse o caminho dos reis que vêm do oriente. E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Pois são espíritos de demônios, que operam sinais; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso. (Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua nudez.) E eles os congregaram no lugar que em hebraico se chama Armagedom.

42 Sexta Praga Ao se verem perdidas por causa da queda das 5 pragas anteriores, as nações se unirão para fazer guerra contra os santos (que não receberam nenhuma praga). 3 Grandes religiões controladas por demônios irão aos reis de toda a Terra os convencer da necessidade da guerra.

43 Sexta Praga 1- A QUE SAÍ DA BOCA DO DRAGÃO = Espíritismo/ Paganismo. 2- A QUE SAÍ DA BOCA DA BESTA = Catolicismo medieval. 3- A QUE SAÍ DA BOCA DO FALSO PROFETA = O falso profeta é símbolo das igrejas

44 Durante esta época SATANÁS SE DISFARÇARÁ DE CRISTO e induzirá o povo a matar os santos. O mundo estará em convulsão social pior do que a que houve na Crise de 1929 e na Segunda Guerra Mundial. O sexto anjo derrama sua taça sobre o Eufrates e seca o rio. Esta é uma parábola do que já aconteceu uma vez no antigo testamento. O Eufrates já foi secado por Ciro, Rei dos Medos quando ele atacou Babilônia e a conquistou usando técnicas de desvio do rio.

45 No Apocalipse Jesus secará o Rio Eufrates (Apocalipse 16:12-16). Aguas em profecia simboliza povos, nações conforme Apoc 17:15. O Eufrates simboliza os povos que dão apoio as religiões apóstatas. Isso significa que elas perderão o apoio financeiro das nações. A sexta Praga é um esforço desesperado para e manter no poder. como não se pode atacar a Deus com as armas, quem devemos atacar? Naturalmente aqueles que anunciaram as pragas e ainda por cima não a receberam! O povo de Deus!

46 Lembrando que antes de cair a primeira Praga o povo de Deus em todo o mundo anunciará a segunda vinda e os juízos de Deus e será ridicularizado. Depois com a marca da Besta são proibidos de comprar e vender (Apoc 13:11-17) e isso leva Deus a enviar as 7 Pragas. Por fim na sexta Praga as nações partem para aplicar o DECRETO DE MORTE CONTRA OS SANTOS (Apoc 13:15)

47 Apoc 16:17-21: O sétimo anjo derramou a sua taça no ar; e saiu uma grande voz do santuário, da parte do trono, dizendo: Está feito. E houve relâmpagos e vozes e trovões; houve também um grande terremoto, qual nunca houvera desde que há homens sobre a terra, terremoto tão forte quão grande; e a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e Deus lembrou-se da grande Babilônia, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira. Todas ilhas fugiram, e os montes não mais se acharam. E sobre os homens caiu do céu uma grande saraivada, pedras quase do peso de um talento; e os homens blasfemaram de Deus por causa da praga da saraivada; porque a sua praga era muito grande.

48 Sétima Praga: A Arca da aliança com os 10 mandamentos aparece no céu mostrando a ira da justiça divina (Apocalipse 11:19). Cai uma Chuva de Pedras de gelo com cada pedra pesando cerca de 1 talento ou 35 kilos cada; ocorre um grande Terremoto e Jesus retorna Como Rei ferindo as Nações (Apocalipse 19:11-21) e destruindo a Terra (Isaias 24:1-23). Os santos mortos são ressuscitados e junto com os santos vivos são elevados ao céu. (I Tessalonicenses 4:13-18) Na sétima Praga Jesus destrói a ofensiva das nações contra os santos com a Chuva de Pedras e o Grande terremoto.

49 Salmo 91 1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo- Poderoso descansará. 2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. 3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa. 4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel. 5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia, 6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. 7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. 8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. 9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, 10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda..

50 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. 12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra. 13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. 14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome. 15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei. 16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação.


Carregar ppt "As Pragas Grupo de Jovens Renovação em Cristo. Moises Herodes ( solicitou aos Soldados para que Feri-se todos as crianças nascidas Homens) Tradução do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google