A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODELO OSI Prof. Baroni Cel.: 9108.7973.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODELO OSI Prof. Baroni Cel.: 9108.7973."— Transcrição da apresentação:

1 MODELO OSI Prof. Baroni Cel.:

2 Modelo OSI Proposto pela ISO (1984) Em camadas Define as funções de cada camada e facilita a criação de novos padrões de protocolo: funções bem definidas em cada camada permitem novos padrões desenvolvidos de forma independente para cada camada mudanças de protocolo em uma camada não afetam software que já existe em outra camada

3 Modelo OSI Sete camadas dividem as funções de comunicação As interfaces entre os módulos são simples Princípio do ocultamento da informação: camadas inferiores tratam com uma quantidade grande de detalhes camadas superiores são independentes destes detalhes

4 Modelo OSI Cada camada fornece serviços para camada superior e solicita serviços da camada inferior Cada camada de uma entidade possui um protocolo que se comunica com o mesmo protocolo na camada correspondente de outra entidade Cada camada realiza um subconjunto de funções relacionadas a comunicação entre sistemas

5 Modelo OSI Camada Física É a camada responsável por enviar os bits de um computador para o outro por fio ou por outro tipo de conexão. Ela lida com os sinais elétricos que representam os estados 0 (desativado) ou 1 (ativado) de um bit que viaja pelo cabeamento da rede

6 Modelo OSI Camada de Enlace de Dados É a camada que lida com pacotes, grupo de bits transmitidos pela rede. Ela depende da camada Física para enviar os bits A camada de Enlace de Dados assegura que os pacotes enviados pela rede serão recebidos e, se necessário, os envia de novo

7 Modelo OSI Camada de Rede É a camada que lida com datagramas, que podem ser maiores ou menores que os frames. Esta camada lida com o roteamento de datagramas entre os computadores (host) da rede, e conhece os endereços desses hosts na rede.

8 Modelo OSI Camada de Transporte É a camada que lida com segmentos, que pode ser menor ou maior que os datagramas Essa camada assegura (ou não) que as segmentos viajarão entre os hosts sem perda de dados, se haverá estabelecimento de conexão, e, se necessário, organiza o reenvio dos datagramas

9 Modelo OSI Camada de Sessão Essa camada estabelece e mantém uma sessão entre aplicativos que estão sendo executados em computadores diferentes Ela trata questões de sincronismo de comunicação

10 Modelo OSI Camada de Apresentação Fornece serviços que vários aplicativos diferentes utilizam, tais como criptografia, compressão ou conversão de caracteres (de ASCII para EBCDIC da IBM)

11 Modelo OSI Camada de Aplicativo É a camada que lida com as solicitações dos aplicativos que requerem comunicações de rede, como o acesso a um banco de dados ou o envio de um correio eletrônico. Esta camada oferece acesso direto aos aplicativos que estão sendo executados em computadores ligados em rede

12

13 Modelo OSI Rede ARede B HOST AHOST B Roteador Físico Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação

14 Modelo OSI As camadas rede, enlace e físico podem não estabelecer comunicação fim-a-fim A camada de rede estabelece comunicação entre nó de origem e nó de destino, passando por nós roteadores se necessário, estabelecendo na comunicação de um nó a outro comunicações ponto-a-ponto

15 Modelo OSI Físico Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação Camada N Serviços para a camada N+1 Serviços da camada N-1 Protocolo com a camada N par

16 Modelo OSI Camada N Ponto de Acesso a Serviços (SAP) Especificação de Serviços Especificação do protocolo

17 Modelo OSI Especificação de protocolos: 2 entidades de uma mesma camada em sistemas diferentes cooperam e interatuam por um protocolo. Este deve ser especificado de forma precisa: sintática, semântica e timing. Definição de serviços: padronização dos serviços a serem ofertados para a camada superior Endereçamento: cada camada provê serviços a superior que são acessíveis por meio de um SAP

18 Modelo OSI Os serviços entre as camadas OSI são expressos em termos de: primitivas: especificam a função a ser executada parâmetros: passam dados ou informações de controle

19 Modelo OSI Request: Emitida pelo usuário de um serviço para invocá-lo e passar os parâmetros necessários para especificar completamente o serviço Indication: A primitiva usada por um provedor de serviço para: indicar que um procedimento foi invocado pelo usuário de camada par e fornecer os parâmetros associados e notificar o usuário do serviço de uma ação iniciada no provedor

20 Modelo OSI Response: Primitiva emitida por um usuário do serviço para reconhecer ou completar algum procedimento invocado previamente por meio de um Indication para esse usuário Confirm: Primitiva usada pelo provedor de serviço para reconhecer ou completar algum procedimento invocado previamente por meio de um Request pelo usuário do serviço

21 Modelo OSI n Essas primitivas são geradas em todas as camadas t1 t2 t4 t3 X.Request X.Indication X.Response X.Confirm

22 Camada de Rede Serviços da Camada de Rede oferecidos a camada de transporte: serviço orientado a conexão serviço não orientado a conexão serviço confiável serviço não confiável Normalmente, serviços orientados a conexão possuem confiabilidade

23 Camada de Rede Serviços da Camada de Rede: conexão (orientado ou não) roteamento controle de congestionamento No serviço com conexão estabelece-se circuito virtual O circuito virtual determina o roteamento uma única vez para a conexão se estabelece a rota para todos os pacotes da conexão, podendo- se reservar banda para a conexão No serviço sem conexão as rotas podem se alterar cada pacote é roteado de forma independente dos demais

24 Roteamento Tabela de Roteamento: manualmente: inicialização do SO do roteador dinamicamente: tempo de execução Flooding Roteador envia pacotes para todas as suas interfaces Inunda a rede Tráfego desnecessário


Carregar ppt "MODELO OSI Prof. Baroni Cel.: 9108.7973."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google