A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A INFLUÊNCIA DAS PESQUISAS ELEITORAIS NA DECISÃO DE VOTO Profa Ms Genilda Alves de Souza X FÓRUM DE PESQUISA CÁSPER LÍBERO 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A INFLUÊNCIA DAS PESQUISAS ELEITORAIS NA DECISÃO DE VOTO Profa Ms Genilda Alves de Souza X FÓRUM DE PESQUISA CÁSPER LÍBERO 1."— Transcrição da apresentação:

1 A INFLUÊNCIA DAS PESQUISAS ELEITORAIS NA DECISÃO DE VOTO Profa Ms Genilda Alves de Souza X FÓRUM DE PESQUISA CÁSPER LÍBERO 1

2 Metodologia A fundamentação teórica da pesquisa está baseada nos conceitos de G. Debord sobre a espetacularização da sociedade e de P. Charaudeau sobre a construção da notícia. Os conceitos sobre as pesquisas eleitorais têm como base as formulações de A. Almeida. O trabalho de campo foi desenvolvido através de entrevistas com eleitores no ano de

3 A quantificação da notícia Nos meios de comunicação encontramos inúmeras mensagens com números nas mais variadas formas. Em períodos eleitorais a publicação dos resultados das pesquisas de intenção de voto aumenta e passa a ser um elemento cotidiano das notícias, em todos os veículos de mídia. 3

4 A quantificação da notícia Os números passam a representar a objetividade. Os números simbolizam um conhecer externo e prévio que se leva aos objetos. (SENRA, 2005) A força de verdade que está contida nos números, faz da Estatística uma ferramenta muito valorizada nas discussões e nas elaborações. 4

5 A midiatização da notícia A linguagem do espetáculo se constitui por [...] signos da produção reinante, que são ao mesmo tempo a finalidade última desta produção. (DEBORD, 1991). A realidade traduzida em signos se converte em imagem e esta se confunde com o real, ou melhor, é percebida pelo indivíduo como a objetivação da própria realidade. 5

6 O brasileiro, as pesquisas eleitorais e o voto A intenção e a decisão de voto são fenômenos complexos para o qual concorrem muitas causas: identidade partidária, imagem dos candidatos, avaliações políticas e econômicas, variáveis demográficas, sociais, culturais e geográficas. 6

7 Como vota o brasileiro A avaliação do governo.A identidade dos candidatos.O nível de lembrança (recall) dos candidatos. O currículo dos candidatos e se eles utilizam-no para mostrar ao eleitor que podem resolver o principal problema que aflige o eleitorado. O potencial de crescimento dos candidatos, que combina a rejeição de cada um deles com seu respectivo nível de conhecimento; E o fato de não ser possível contar com os apoios, ou seja, popularidade e simpatia não se transferem. (ALMEIDA, 2008) 7

8 A influência das pesquisas eleitorais sobre o eleitor Os estudos sobre a influência das pesquisas eleitorais sobre a decisão de voto não são conclusivas, embora a maioria dos autores que se debruçam sobre este tema afirme que, se ela existe, é muito pequena. 8

9 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos A pesquisa foi feita com 55 eleitores da cidade de SP, em 2010, que tinham ou não definido o voto para presidente da república, de ambos os sexos, pertencentes a qualquer classe social e com idades acima de 16 anos. 9

10 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos Definição do voto, 67% dos entrevistados havia definido seu voto para presidente na época da realização da pesquisa e 33% não havia definido. As mídias mais procuradas pelos entrevistados para se informarem sobre a campanha eleitoral foram: jornal (33%), horário eleitoral gratuito - HEG, Internet e TV (com 29% cada) e as conversas com os familiares (27%). 10

11 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos Os fatores de maior influência na escolha do candidato a Presidência da República: as propostas dos partidos políticos (62%), os debates na TV entre os candidatos (29%), as entrevistas dos candidatos (25%), os noticiários (18%), a opinião de lideranças políticas e o HEG (com 15% cada). As pesquisas eleitorais foram citadas por 5% do total dos entrevistados como um fator de influência do voto. 11

12 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos A maioria dos entrevistados – 53%, afirmou que acompanhava os resultados das pesquisas eleitorais divulgadas na mídia. Quanto ao entendimento dos resultados das pesquisas eleitorais, 90% disseram que entendiam estes resultados, contra 7% que afirmaram não entender o significado dos resultados das pesquisas eleitorais. 12

13 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos Quanto à confiança nos resultados das pesquisas eleitorais, 56% dos entrevistados não confiavam nos resultados, enquanto 40% confiavam. Quanto ao papel das pesquisas eleitorais sobre a intenção de voto, 42% dos entrevistados disseram que as pesquisas eleitorais atrapalham o eleitor a escolher o seu candidato. 13

14 Resultados da pesquisa com eleitores paulistanos Quanto à possibilidade de mudar ou não de voto por causa das pesquisas eleitorais, 89% dos entrevistados disse que as pesquisas eleitorais não o fariam mudar de voto. Para 11% isto poderia acontecer. 14

15 As pesquisas erram? 15

16 Conclusão Esta pesquisa reafirma aquilo que outros estudos teóricos já demonstraram sobre as pesquisas eleitorais, isto é, de que elas não têm influência na decisão de voto, da maioria do eleitorado brasileiro, mesmo porque a maioria não confia nos resultados destas pesquisas. 16

17 Conclusão O fato de não ter grande influência sobre a decisão de voto, não invalida a importância das pesquisas eleitorais como uma importante ferramenta que o eleitor dispõe para se informar sobre as eleições, na medida em que podemos conhecer a tendência de voto dos eleitores, desde que não tomemos essa tendência como fato imutável, mas sim como uma referência dos possíveis resultados das eleições. 17

18 Conclusão As pesquisas eleitorais nos ajudam a entender as tendências de opinião do eleitorado, que estará sempre determinada por variáveis estruturais e conjunturais, dando ao processo eleitoral um grau de previsibilidade, desde que seus resultados não sejam tomados como estáticos e imutáveis, mas sim como relativos, uma fotografia de um momento específico da realidade. 18

19 Bibliografia ALMEIDA, Alberto C. A cabeça do eleitor: estratégia de campanha, pesquisa e vitória eleitoral. Rio de Janeiro: Record, ______. Como são feitas as pesquisas eleitorais e de opinião. 2ª ed. Rio de Janeiro: FGV Editora, CHARAUDEAU, P. Informar sobre o que? O acontecimento como visão social do mundo. In: CHARAUDEAU, P. Discurso das Mídias. Tradução Ângela M. S. Corrêa. São Paulo: Contexto, ______. A construção da notícia: um mundo filtrado. In: CHARAUDEAU, P. Discurso das Mídias. Tradução Ângela M. S. Corrêa. São Paulo: Contexto, DEBORD, G. E. A sociedade do espetáculo. Lisboa: Mobilis in Mobile, HERNANDES, Nilton. A mídia e seus truques: o que jornal, revista, TV, rádio e internet fazem para captar e manter a atenção do público. São Paulo: Contexto, SENRA, N. O saber e o poder das estatísticas: uma história da relação dos estaticistas com os estados nacionais e com a ciência. v. 1 e 2, Rio de Janeiro:IBGE, SOUZA, Genilda Alves. A conotação dos dados estatísticos pela mídia impressa. Dissertação de mestrado apresentada na Faculdade Cásper Líbero, São Paulo, ALMEIDA, Alberto C. A cabeça do eleitor: estratégia de campanha, pesquisa e vitória eleitoral. Rio de Janeiro: Record, ______. Como são feitas as pesquisas eleitorais e de opinião. 2ª ed. Rio de Janeiro: FGV Editora, CHARAUDEAU, P. Informar sobre o que? O acontecimento como visão social do mundo. In: CHARAUDEAU, P. Discurso das Mídias. Tradução Ângela M. S. Corrêa. São Paulo: Contexto, ______. A construção da notícia: um mundo filtrado. In: CHARAUDEAU, P. Discurso das Mídias. Tradução Ângela M. S. Corrêa. São Paulo: Contexto, DEBORD, G. E. A sociedade do espetáculo. Lisboa: Mobilis in Mobile, HERNANDES, Nilton. A mídia e seus truques: o que jornal, revista, TV, rádio e internet fazem para captar e manter a atenção do público. São Paulo: Contexto, SENRA, N. O saber e o poder das estatísticas: uma história da relação dos estaticistas com os estados nacionais e com a ciência. v. 1 e 2, Rio de Janeiro:IBGE, SOUZA, Genilda Alves. A conotação dos dados estatísticos pela mídia impressa. Dissertação de mestrado apresentada na Faculdade Cásper Líbero, São Paulo,

20 OBRIGADO! Quem vencerá as eleições para a prefeitura de SP? Acompanhe as pesquisas eleitorais! 20


Carregar ppt "A INFLUÊNCIA DAS PESQUISAS ELEITORAIS NA DECISÃO DE VOTO Profa Ms Genilda Alves de Souza X FÓRUM DE PESQUISA CÁSPER LÍBERO 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google