A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH UICC HPV e CÂNCER CERVICAL CURRÍCULO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH UICC HPV e CÂNCER CERVICAL CURRÍCULO."— Transcrição da apresentação:

1 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH UICC HPV e CÂNCER CERVICAL CURRÍCULO

2 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 01 Capítulo 2.e. Triagem e diagnóstico - Estadiamento Prof. Achim Schneider, MD, MPH Charité Universitätsmedizin Berlim, Alemanha

3 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 02 Câncer cervical Diagnósticos Estadiamento Terapia Cirurgia Radiação Quimioterapia Prognóstico Acompanhamento do tratamento

4 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 03 Sistema de Estadiamento FIGO Estádio IEstádio II Estádio IIIEstádio IV

5 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 04 Estádio I (1) TNMFIGO TXO tumor primário não pode ser avaliado T0Nenhuma evidência de tumor primário. Tis0Carcinoma in situ (câncer pré-invasivo) T1ICarcinoma cervical confinado ao útero (extensão ao corpo deve ser descartada) T1aI ACâncer invasivo diagnosticado apenas por microscopia. Todas as lesões macroscopicamente visíveis (mesmo com a invasão superficial) são estádio IB/T1b T1a1I A1A invasão do estroma não é maior que 3 mm em profundidade e não é mais larga que 7 mm de diâmetro T1a2I A2A invasão do estroma é maior que 3 mm, mas não é maior que 5 mm em profundidade e não é mais larga que 7 mm de diâmetro T1bI BLesão clinicamente visível confinada ao colo do útero ou lesão microscópica maior que IA2 T = Tumor primário; N = nódulos linfáticos regionais; M = metástase distante FIGO: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia Fonte:

6 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 05 Estádio I (2)

7 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 06 Estádio I (3) TNMFIGO T1bI BLesão clinicamente visível confinada ao colo do útero ou lesão microscópica maior que IA2 T1b1I B1Lesão clinicamente visível inferior a 4 cm em tamanho T1b2I B2Lesão clinicamente visível maior que 4 cm em tamanho T = Tumor primário; N = nódulos linfáticos regionais; M = metástase distante FIGO: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia Fonte:

8 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 07 Estádio I (4)

9 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 08 Estágio II TNMFIGO T2IIO tumor invade além do útero, mas não chega à parede pélvica nem ao terço inferior da vagina T2aIISem invasão paramétrica T2bII BCom invasão paramétrica T = Tumor primário; N = nódulos linfáticos regionais; M = metástase distante FIGO: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia Fonte:

10 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 09 Estádio III TNMFIGO T3IIIO tumor se estende à parede pélvica e/ou envolve o terço inferior da vagina e/ou provoca hidronefrose ou um mal funcionamento do rim T3aIII ANão se estende à parede pélvica O tumor envolve o terço inferior da vagina T3bIII BO tumor se estende à parede pélvica e/ou provoca hidronefrose ou um mal funcionamento do rim T = Tumor primário; N = nódulos linfáticos regionais; M = metástase distante FIGO: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia Fonte:

11 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 10 Estágio IV TNMFIGO T4IVO tumor se infiltra na mucosa da bexiga ou do reto e/ou se estende além da pelve pequena e/ou doença distante T4IV AO tumor invade a mucosa da bexiga ou do reto e/ou se estende além da pelve verdadeira. T4IVMetástase distante T = Tumor primário; N = nódulos linfáticos regionais; M = metástase distante FIGO: Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia Fonte:

12 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 11 Estadiamento - problemas O câncer cervical é o único tumor ginecológico que é clinicamente estadiado! A consideração é dada apenas aos resultados do exame manual, citoscopia, retoscopia, biopsia ou conização e imagem de raio-X (urograma i.v., raio-X do tórax) As informações de TC, cintilografia, linfografia, MRI e/ou laparoscopia não apresentam influência sobre o estádio primário

13 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 12 Sistema de Estadiamento FIGO FIGO não considera: O status do nódulo linfático O envolvimento da bexiga e/ou do reto Disseminação intra-abdominal

14 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 13 Diagnóstico por imagem

15 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 14 Infiltração da bexiga

16 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 15 Infiltração da parede retal

17 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 16 Infiltração do fundo de saco de Douglas

18 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 17 Avaliação do nódulo linfático para- aórtico

19 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 18 Nódulo linfático pélvico esquerdo positivo

20 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 19 Remoção de um nódulo linfático para-aórtico infiltrado pelo tumor

21 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 20 Nódulo linfático sentinela no câncer cervical - marcação com padrão azul

22 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 21 Nódulo linfático sentinela no câncer cervical - marcação com Technetium e detecção de sonda gama

23 UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH Slide 22 Obrigado Esta apresentação está disponível em


Carregar ppt "UICC HPV and Cervical Cancer Curriculum Chapter 2.e. Screening and diagnosis - Staging Prof. Achim Schneider, MD, MPH UICC HPV e CÂNCER CERVICAL CURRÍCULO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google