A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Discípulo, o que lança a mão no arado Escola Bíblica Ministry: Pr. Valdison B. Neves – Typist: Jussara Miranda LC 8 NOVEMBER 26,2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Discípulo, o que lança a mão no arado Escola Bíblica Ministry: Pr. Valdison B. Neves – Typist: Jussara Miranda LC 8 NOVEMBER 26,2011."— Transcrição da apresentação:

1 Discípulo, o que lança a mão no arado Escola Bíblica Ministry: Pr. Valdison B. Neves – Typist: Jussara Miranda LC 8 NOVEMBER 26,2011

2 Conteúdo Base bíblica: Lc 9:57-62 Introdução I- O Precipitado (Lc 9:57-58) II- O ocupado (Lc 9:59-60) III- O tranquilo (Lc )

3 Introdução Muitos que começam a seguir a Cristo, depois de um tempo desanimam diante das dificuldade ou seguem outros caminhos que surgem diante deles. O mundo e Satanás não desitem com facilidade daqueles que se entregam a Jesus, e tentarão fazer retroceder aqueles que decidiram seguir o caminho da renúncia própria e da cruz. No texto de Lucas há uma notável ilustração de três candidatos a discípulos que permitiram que outras vozes falassem mais que a voz de Cristo. Três homens, cujos nomes não foram mencionados, mas que estiveram cara a cara com Jesus. Tiveram o desejo de segui-Lo, mas permitiram que algo ou alguém interferisse entre o chamado e a decisão.

4 I.O Precipitado - (Lc ) O primeiro voluntário para seguir a Jesus disse: "Seguir-te-ei para onde quer que fores". Isto é que é decisão. Parece que nenhum preço é alto demais. Nenhuma cruz é pesado demais. Nenhum caminho é áspero demais. Jesus lhe respondeu: "As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça". O que Cristo quis dizer com isso? Podemos deduzir o seguinte: "Você diz que está disposto a seguir-Me por toda parte, mas não está disposto a fazer isto sem as comodidades materiais da vida. Até as rapozas e as aves têm um mínimo de comodidade, mas Eu não tenho nada; sou um peregrino sem lar neste mundo que Eu mesmo creio. Você está mesmo disposto a sacrificar a segurança e comodidade de sua casa para seguir-Me? Voc6e está pronto para abrir mão dos seus direitos para seguir-Me e servir-Me incondicionamente? Parece que o "precipitado" não estava disposto a isso, porque não ouvimos mais falar dele na Bíblia! O verdadeiro discípulo considera maior a sua dedicação a Cristo do que as comodidades terrenas.

5 II.O ocupado - (Lc ) Este não foi voluntário como o primeiro, foi convocado. O Próprio Jesus o chamou para ser seguidor. Sua resposta não foi um "não" por completo. Não demonstra um desinteresse pela oferta, mas havia algo que ele queria fazer primeiro e este foi o seu pecado: colocou "algo ou alguém" acima de Cristo. "Permita-me ir primeiro sepultar meu pai". É perfeitamente aceitável e legítimo que um filho mostre respeito a seus pais, ainda mais quando o pai morre espera-se que ele receba um enterro decente. Mas, até o que é legítimo se torna pecaminoso quando é prioridade acima de Cristo. A verdadeira ambição da vida deste homem não era seguir a Jesus. Isso se vê no pedido que fez: "Permite-me ir PRIMEIRO..." As outras palavras que disse eram simples camuflagem para ocultar o verdadeiro desejo de colocar o seu "EU" em primeiro lugar.

6 O "ocupado" tinha um trabalho a fazer e deixou que este ficasse em primeiro lugar. Por isso a resposta de Jesus: "Deixa aos mortos a sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus".. ou "Há certas certas coisas que os espiritualmente mortos podem fazer tanto quanto os crentes. Mas há coisas na vida que somente o crente pode fazer. Tome cuidado para não passar a vida fazendo o que alguém que não conhece a Cristo faz até melhor. Deixe que os espiritualmente mortos enterrem os fisicamente mortos. Você deve fazer o que só os crentes podem fazer, que é promover o progresso da minha causa na terra".Parece que o preço era alto demais para o "ocupado" pagar. Deixou o que só ele podia fazer, para fazer o que qualquer um poderia fazer. Se o primeiro homem ilustra as comodidades materiais como um obstáculo para o discipulado, o segundo homem ilustra uma ocupação tomando o lugar do verdadeiro propósito da existência de um cristão. Deus não nos salvou para sermos médicos, advogados, engenheiros, comerciantes ou qualquer outro profissional. Deus nos salvou para que fossêmos Seus servos e discípulos, e como discípulos de Cristo sirvamos a Deus como médico, um discípulo de Cristo que sirva como advogado, um discípulo de Cristo que sirva como engenheiro, comerciante, funcinário público, etc. A verdadeira função do discípulo de Cristo é pregar o Reino de Deus.

7 III - O tranquilo (Lc ) Sob determinado aspecto, este homem é parecido com o primeiro que também se apresentou voluntariamente. Por outro lado, é parecido com o segundo em relação às suas prioridades. "Seguir-te-ei, Senhor; mas deixa-me primeiro despedir-me dos de casa". Novamente, vemos que o pedido não é ilegal ou imoral. Não é pecado. Não é contrário à Lei de Deus mostra interesse pela família. Qual foi o erro Desse homem? Ele permitiu que laços afetivos usurpassem o lugar de Cristo. Jesus lhe disse: "Niguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus". Em outras palavras: "Os Meus discípulos são chamados para avançar e não para retroceder. O coração deles é totalmente Meu de tal maneira que nenhum namorado ou namorada, parente ou amigo será mais importante do que obedecer a Minha palavra; nenhuma pessoa que deixe ocupar o Meu lugar no seu coração por outra pessoa pode ser Meu discípulo. Somos forçados a concluir que o "tranquilo" deixou Jesus e se foi. Suas mais confiantes aspirações ao discipulados se quebrarm nas rochas do envolvimento sentimental e afetivo. O que sabemos é que a Bíbllia contundentemente evita dar o nome deste indivíduo que, voltando atrás, perdeu a maior oportunidade de sua vida, e ganhou uma inscrição no seu túmulo: "Perdeu a oportunidade de ser um discípulo de Cristo".

8 Conclusão Estas são as principais formas de desvio do discipulados, ilustradas por três homens que não estivereram dispostos a percorrem todo o caminho com o Senhor Jesus. 1. "O precipitado" - prioridade às comodidades terrenas. 2. "O ocupado" - prioridade a uma ocupação. 3. "O tranquilo" - prioridade a um envolvimento sentimental ou afetivo. O Senhor Jesus ainda chama, como sempre chamou. Convida homens e mulheres para segui-Lo imediata, completa e heroicamente. As placas para desistir e as rotas de fuga também continuam dizendo: "larga a mão disso", "isso é coisa de fanático", "você é muito jovem, tem toda uma vida pela frente". Mas, o chamado ao verdadeiro discipulado não pode ser adiado. Venha!

9 Seguidor Discípulo Espera por pães e peixes Luta por crescer Entrega parte dos seus desejos Gosta de afago Vale porque soma É condicionado pelas circunstâncias É valioso É um pescador Luta por reproduzir-se Entrega toda a vida Gosta de servir sacrificialmente Vale porque multiplica Aproveita as circunstâncias para exercitar a sua fé É indispensável! Os Seguidores e Os Dicípulos Estes dois grupos são diferentes em essência, porque: Dois grupos de pessoas que conviviam com o Senhor Jesus nos Seus anos de ministério:. Observe as qualificações deste dois grupos e pergunte-se: Como crente, tenho sido um SEGUIDOR ou um DISCÍPULO?

10 Ministry: Pr. Valdison B. Neves – Typist: Jussara Miranda


Carregar ppt "Discípulo, o que lança a mão no arado Escola Bíblica Ministry: Pr. Valdison B. Neves – Typist: Jussara Miranda LC 8 NOVEMBER 26,2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google