A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROVÍNCIA CRISTO REI Porto Alegre - RS Ir. Isaura Paviani Coord. Provincial da Rede ESI e Diretora do Medianeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROVÍNCIA CRISTO REI Porto Alegre - RS Ir. Isaura Paviani Coord. Provincial da Rede ESI e Diretora do Medianeira."— Transcrição da apresentação:

1 PROVÍNCIA CRISTO REI Porto Alegre - RS Ir. Isaura Paviani Coord. Provincial da Rede ESI e Diretora do Medianeira

2 REDE ESI Educação Scalabriniana Integrada

3 A EDUCAÇAO FORMA OS HOMENS VIRTUOSOS. Bem aventurado João Batista Scalabrini

4 Promover uma educação de excelência na sua diversidade, formando pessoas comprometidas com a cidadania universal, fundamentada nos valores cristãos. MISSÃO

5 Ser referência em educação e na acolhida personalizada. VISÃO

6 A escola é um Sistema Aberto Um Organismo vivo Um centro de aprendizagem

7 Coord. Pedagógica Gestora COORD. ADMINISTRATIV A Recepção SOE SPE Conselho de Classe Secretaria Serviço de Cantina Coord. de curso SOP Gestão do RH Serviço de Tecnologia e Informação Informática e marketing ASSITENTE SOCIAL Bibliotecária Recursos Financeiros e RH Serviço de Conservação e Manutenção Gestora e coordenações Serviços de apoio administrativo Serviços de apoio pedagógico ORGANOGRAMA

8 Acolhida, Esperança, Itinerância, Comunhão na diversidade. VALORES

9 ACOLHIDA

10 ESPERANÇA

11 ITINERÂNCIA

12 COMUNHAO NA DIVERSIDADE

13 Conjunto de valores, percepções, conceitos e práticas que um grupo compartilha, e a partir do qual se chega a uma forma de enxergar o mundo e interagir com ele, e em torno do qual o grupo se organiza. (Thomas Kuhn) Conjunto de valores, percepções, conceitos e práticas que um grupo compartilha, e a partir do qual se chega a uma forma de enxergar o mundo e interagir com ele, e em torno do qual o grupo se organiza. (Thomas Kuhn)

14 Leis Educacionais Brasileiras Lei 5692/1971 Regime Militar Lei 9394/1996 Regime Democrático Foco Conteúdos Habilidades, Competências. RCNs Referenciais Curriculares Nacionais (Educação Infantil) PCNs Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Fundamental e Médio)

15 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DA ESCOLA QUADRO TEÓRICO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO GESTÃO DA ESCOLA 1. Identificação da Instituição 2. Pressupostos Teóricos 3. Gestão Administrativa 4. Gestão das Pessoas 5. Gestão Pedagógica Liderança Planejamento Estratégico Foco no cliente e no mercado Informação e análise Gestão das Pessoas Gestão dos processos Resultados da Organização

16 Manter e atualizar Monitorar Cantina Biblioteca Serviços Laboratórios Educação Infantil Centro Convivência Acessos à escola Processo de Matrículas SOP – SOE - SPE Processo Avaliativo Projetos socais Lousas e redes sociais Processo de seleção de RH Assessoria do SINEPE Assessoria Pedagógica Positivo Avaliação Ensinar Aprender Pesquisas Especialização Mudanças metodológicas Seminários, cursos Meios, suportes

17 Ensinar Aprender Especialização docentes Seminários e cursos internos e externos Mudanças Metodológicas Assessoria do SINEPE Avaliação Institucional e Pedagógica Assessoria Pedagógica Positivo Pesquisa de Opinião PEIES ENEM OBA OM/PB... O CENTRO O ALUNO!

18 Aprendizagem Significativa Atividade Mental Significativa Perspectiva Construtivista Relação da Teoria com a Realidade Psicologia Genética Sócio Interacionismo Papel da Afetividade Piaget VygotskiAusubel Vallon

19 DOCUMENTOS IMPORTANTES REGIMENTO ESCOLAR. PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO. PLANO ESTRATÉGICO. PLANO DE GESTAO DE PESSOAS. PROPOSTA SCALABRINIANA DE PASTORAL ESCOLAR. DIRETRIZES GERAIS DO APOSTOLADO DA MSCS.

20 PLANOS TÁTICOS E OPERACIONAIS. PLANOS DE ESTUDOS. MANUAL DA FAMÍLIA. CÓDIGO DE ÉTICA DO PROFESSOR E FUNCIONÁRIO. CÓDIGO DE ÉTICA DOS ALUNOS. LEGISLAÇAO : LDB; FILANTROPIA, PARECERES (CFE E CEE); RESOLUÇOES, PROCON.

21 ESTRATÉGIAS PASTORAIS CELEBRAÇAO DA SEMANA DO MIGRANTE CELEBRAÇAO DA SEMANA DA FAMÍLIA PROJETOS : DIVERSIDADE RELIGIOSA, FESTA DAS NAÇÕES, PESQUISA COM MIGRANTES, CAMPANHAS PARA MIGRANTES INVERNO, SEMANA DA CRIANÇA E NATAL GESTAO DE SALA DE AULA, ENFOQUE EM VALORES SCALABRINIANOS E OUTROS. FOCO NA FORMAÇAO INTEGRAL COM ASSERTIVIDADE E NOS RESULTADOS.

22 ATIVIDADES DOS COLEGIOS QUE GARANTEM A ESPIRITUALIDADE SCALABRINIANA ORAÇOES DIÁRIAS COM ALUNOS NAS ENTRADAS CELEBRAÇOES EUCARISTICAS SEMANAIS RETIROS COM ALUNOS POR SERIE/ TURMAS RETIROS DOS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS CURSOS DE TEOLOGIA A NIVEL DE EDU. INFANTIL E ENS. FUND. I. REUNIÕES MENSAIS DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS

23 \ DIRETRIZES 1. Vivência do Carisma Scalabriniano pelos colaboradores, alunos e familiares. 2. Excelência em todos os serviços prestados. 3.Trabalho em equipe com ética e responsabilidade nas relações. 4. Desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico e analítico. 5. Estimulo ao desenvolvimento das potencialidades, habilidades e competências dos agentes da educação.

24 6. Educar / aprender com amor e firmeza. 7. Utilização de metodologias atualizadas e contextualizadas no processo ensino- aprendizagem. 8.Formaçao continuada dos colaboradores. 9.Buscar o autoconhecimento e o conhecimento cientifico do fazer pedagógico. 10.Cultivo de um ambiente adequado ao crescimento humano, intelectual e ao desenvolvimento profissional.

25 11. Aplicação das diretrizes do PISA, MEC, ENEM, CFE e conselhos dos respectivos estados. 12. Interdisciplinaridade enquanto força motriz. 13. Aplicação da compreensão de que o homem é complexo, único em sua diversidade, conserva a unidade do múltiplo e a multiplicidade do uno. 14. Compreensão de que um projeto pedagógico articula três aspectos importantes: 1º ÉTICO-POLITICOS, 2º EPISTEMOLÓGICO, 3º DIDATICO-PEDAGÓGICOS, 15.Das diretrizes acima resulta o processo de avaliação pedagógica sendo que a mesma não é conclusiva, mas indicativa do grau de conhecimento que o aluno obteve para sua aplicação em diferentes situações práticas.

26 A EDUCAÇAO AINDA É O MELHOR INVESTIMENTO JOSE LUIZ ROSSI A CLASSE C TORNOU-SE EM 2010 A MAJORITÁRIA COM + OU – 100 MILHOES DE BRASILEIROS. DADOS DO MINISTÉRIO DA FAZENDA ATÉ 2014 AS CLASSES D E E CONTINUARÃO A ENCOLHER DE 44 A 29 MILHOES PARA 40 A 16 MILHOES RESPECTIVAMENTE, REPRESENTANDO MENOS DE 30% DA POPULAÇAO TOTAL DO PAIS.

27 ...É um processo dialético que começa pelo conhecimento de si mesmo para se abrir, em seguida, à relação com o outro. Neste sentido, educação é antes de mais nada uma viagem interior, cujas etapas correspondem às da maturação continua da personalidade. Na hipótese de uma experiência profissional de sucesso, a educação como meio para uma tal realização é, ao mesmo tempo um processo individualizado e uma construção social interativa. (Jacques Delors)

28 PROCESSO PEDAGOGICO DADOS INFORMAÇÃO CONHECIMENTO SABEDORIA A PRÁTICA DOS COLEGIOS

29 Não esqueçais nunca, a escola para que alcance verdadeiramente seu objetivo, deve estar em harmonia com os afetos da família, e o ensinamento da família deve estar em harmonia com o ensinamento que as crianças recebem do Colégio. João B. Scalabrini, 1892

30 EDUCAR É UM ATO DE AMOR!

31 O POVO É SÁBIO E JÁ APRENDEU QUE O ÚNICO CAMINHO PARA A ASCENSÃO SOCIAL É A EDUCACÃO. JOSÉ LUIZ ROSSI

32 A PESQUISA FOI APLICADA PELAS ESCOLAS. O PROCESSO RESTANTE FOI ASSUMIDO PELO CSEM COM O AUXILIO DA COORD. PROVINCIAL DO APOSTOLADO E DA REDE ESI-PCR. O OBJETIVO DA MESMA ERA E É RESPONDER O QUE SEGUE: O que sustenta a educação scalabriniana? Como ser scalabriniana na Educação? Que diferenciais temos como escolas scalabrinianas? Qual a mística que perpassa a Educação scalabriniana? PESQUISA DE CAMPO APLICADA NAS 4 CIDADES ONDE ATUAMOS COMO MISSIONÁRIAS SCALABRINIANAS

33 AS MUDANÇAS SÃO A ÚNICA CERTEZA QUE TEMOS. ALVIN TOFFLER

34


Carregar ppt "PROVÍNCIA CRISTO REI Porto Alegre - RS Ir. Isaura Paviani Coord. Provincial da Rede ESI e Diretora do Medianeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google