A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parasitismo Parasitas transmitidos através da água ou dos alimentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parasitismo Parasitas transmitidos através da água ou dos alimentos."— Transcrição da apresentação:

1 Parasitismo Parasitas transmitidos através da água ou dos alimentos

2 Mariline / Marlene / Hugo2

3 3 Amibas Lösch, 1895 utilizando o postulado de Koch, descreveu e demonstrou ser um protozoário presente nas fezes de pacientes com disenteria, o agente etiológico da doença. Reproduziu a doença em cães sadios inoculando fezes do paciente e posteriormente, demonstrando a presença do protozoário nas fezes do cão infectado.

4 Mariline / Marlene / Hugo4 Formas de vida Trofozoíto forma activa, que se alimenta e se reproduz muito rapidamente, instalando a infecção em pouco tempo. Quisto forma de resistência, é disseminado para o meio pelas fezes.

5 Mariline / Marlene / Hugo5 Amibas

6 Mariline / Marlene / Hugo6 Ingestão de quistos a partir de água ou alimento contaminado. Algumas amibas apresentam comportamento invasivo, podendo dar origem a quadros clínicos de amebíase extra-intestinal Ciclo de vida das Amibas

7 Mariline / Marlene / Hugo7 Patologia e Diagnóstico das Amibas Quadro assintomático; Dores abdominais (cólicas); Diarreia; Invasão tecidular Intestinal e Extra-intestinal. O exame clínico indica suspeita de parasitas. Procuram-se quistos em fezes sólidas ou trofozoítos em fezes líquidas. Como caso extremo, fazem-se testes serológicos para verificar formas extra-intestinais (no fígado, pulmões ou cérebro).

8 Mariline / Marlene / Hugo8 Metazoários Mais vulgarmente conhecidos por vermes, são os que mais prevalecem como agentes de infecção Têm como características comuns: 1. grande tamanho (visíveis macroscopicamente) 2. não se multiplicam exclusivamente no Homem, 3. a doença humana resulta da exposição repetida 4. Quando a resposta imunitária produzida é incompleta ou ausente pode existir uma nova infecção

9 Mariline / Marlene / Hugo9 Nematelmintes O ciclo de vida de cada um dos grupos difere nas vias de transmissão e de infecção. São vermes cilíndricos IntestinaisTecidulares

10 Mariline / Marlene / Hugo10 Nemátodos Ciclo de vida genérico

11 Mariline / Marlene / Hugo11 Ascaris lumbricoides É o mais abundante dos nemátodos. Mede 15 a 30 cm (pode chegar aos 45). A fêmea é maior que o macho, que possui uma extremidade caudal encurvada. Nemátodes

12 Mariline / Marlene / Hugo12 Ciclo de vida do Ascaris lumbricoides

13 Mariline / Marlene / Hugo13 Ascaris lumbricoides : diagnóstico diagnóstico laboratorial: pela pesquisa de ovos nas fezes e/ou observação de vermes eliminados Em casos extremos, por eosinofilia (sorologia)

14 Mariline / Marlene / Hugo14 São vermes achatados, tipo folha. Têm como habitat ambientes muito húmidos, a água doce e o mar. Também parasitam alguns animais. Alguns Platelmintes são parasitas, entretanto, existem outros de vida livre, que se alimentam de pequenos insectos e vivem em locais húmidos no meio ambiente. Platelmintes

15 Mariline / Marlene / Hugo15 Tremátodes: São parasitas do Homem e têm por exemplo o caracol como hospedeiro intermediário. O seu diagnóstico é efectuado através das fezes e urina. Céstodos As ténias são parasitas complexos, com distribuição geográfica variada e eu são transmitidas ao Homem a partir de animais. A doença pode ser causada pelo parasita adulto, funcionando o Homem como hospedeiro definitivo. Platelmintes

16 Mariline / Marlene / Hugo16 Trichuris trichiura – ciclo de vida

17 Mariline / Marlene / Hugo17 Trichuris trichiura : Infecção Frequentemente assintomática Sintomas inespecíficos, incluindo alteração do trânsito intestinal, dores abdominais, quadros diarreicos.

18 Mariline / Marlene / Hugo18 Trichuriase: diagnóstico O diagnóstico laboratorial faz-se pela observação de ovos nas fezes.

19 Mariline / Marlene / Hugo19 Nemátodos Intestinais

20 Mariline / Marlene / Hugo20 TENIASESPlatelmintes

21 Mariline / Marlene / Hugo21 Do ponto de vista epidemiológico e de controle da doença, é preciso lembrar que os portadores assintomáticos são os transmissores da doença, uma vez que disseminam quistos nas fezes.

22 Mariline / Marlene / Hugo22 Controlo sanitário População: 1. Educação sanitária - uso de fossas ou rede de esgoto eficaz. 2. Tratamento de água. 3. Controle de alimentos. Pessoais: 1. Cuidados com alimentos (lavar e desinfectar frutas e verduras). 2. Cuidados com higiene pessoal (lavar as mãos com detergente anti-bacteriano).


Carregar ppt "Parasitismo Parasitas transmitidos através da água ou dos alimentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google