A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O sangue e seus constituintes O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O sangue e seus constituintes O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano."— Transcrição da apresentação:

1 O sangue e seus constituintes O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano

2 O sangue e seus constituintes É através da circulação sangüínea que as inúmeras células do organismo recebem sua alimentação como proteínas, açúcares, gordura, água e sais minerais. O sangue retornando dos tecidos, conduz o gás carbônico e os resíduos das células, eliminando-as através da respiração, do suor, da urina e das fezes.

3 O sangue e seus constituintes Todo sistema de defesa encontra-se no sangue Controle de temperatura do corpo Equilíbrio da distribuição de água Oxigenação das células por meio das moléculas de hemoglobina existentes nos glóbulos vermelhos

4 O sangue e seus constituintes Os elementos celulares que constituem o sangue tem forma, tamanho e funções distintas. São eles: - glóbulos vermelhos - glóbulos brancos Plaquetas (fragmentos de células) e a parte líquida chamada de plasma

5 O sangue e seus constituintes Os glóbulos vermelhos, também chamados de hemácias ou eritrócitos, são as células que existem em maior quantidade no sangue, cerca de 4,5 milhões na mulher e 5 a 5,5 milhões nos homens por milímetro cúbico de sangue. No interior das hemácias encontramos um pigmento denominado hemoglobina responsável pela coloração avermelhada do sangue

6 O sangue e seus constituintes Função da hemácia: transportar oxigênio para os tecidos Saturada de oxigênio = vermelho vivo (sangue arterial) Saturada de gás carbônico = vermelho escuro (sangue venoso)

7 O sangue e seus constituintes Os glóbulos brancos, ou leucócitos, distinguem-se em cinco variedades chamadas neutrófilos, eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos. O sangue possui um número menor de glóbulos brancos do que vermelhos (de 6000 a 8000 leucócitos em cada mililitro de sangue) São os principais agentes de defesa contra o ataque de vírus, bactérias, fungos, etc.

8 O sangue e seus constituintes Leucócitos granulosos: Neutrófilos = são atraídos pelos produtos químicos liberados pelos invasores, fagocitam bactérias e corpos estranhos Eosinófilos = participam das reações alérgicas liberando histamina Basófilos = impedem a coagulação do sangue para a chegada de novos leucócitos

9 O sangue e seus constituintes Leucócitos agranulosos: Linfócitos = participam do processo de defesa produzindo e regulando a formação de anticorpos Monócitos = originam os macrófagos especializados em fagocitar

10 O sangue e seus constituintes As plaquetas são fragmentos de uma célula maior chamada megacariócito localizada na medula óssea São discos arredondados com plaquetas por ml no sangue circulante. Participam de processos para interromper a perda do sangue. A diminuição das plaquetas leva a hemorragia pela pele ou mucosa

11 O sangue e seus constituintes O plasma sangüíneo é formado por toda parte líquida e não celular do sangue. A água é o principal componente do plasma correspondendo a 91% do seu volume, 7% de proteínas (albumina, globulinas e fibrinogênio) e 2% de outras substâncias como enzimas, anticorpos, hormônios, vitaminas, glicose, sódio, potássio, cálcio e fosfatos.

12 O sangue e seus constituintes Soro = corresponde ao plasma do qual foram removidos as proteínas do sistema de coagulação e outras que foram utilizadas para a formação do coágulo quando coletado em frascos sem anticoagulante.

13 A importância do anticoagulante / conservante Impedir a coagulação do sangue coletado e manter a viabilidade e função de cada célula durante a estocagem Proporção de 1,4 ml de anticoagulante para cada 10 ml de sangue coletado

14 Solução anticoagulante / conservante Mais usados: ACD – citrato, ácido cítrico e dextrose(mantém as hemácias por 21 dias) CPD – citrato, fosfato e dextrose (mantém as hemácias por 21 dias) CPDA1 – citrato, fosfato, dextrose e adenina (mantém as hemácias por 35 dias)

15 Solução anticoagulante / conservante Citrato – anticoagulante, quelante de cálcio (fator IV) Ácido cítrico – estabiliza a dextrose Fosfato – previne a redução do pH durante o armazenamento Dextrose – suporte para a formação de ATP Adenina – substrato para produção de ATP pelas hemácias

16 Solução aditiva Solução que aumenta a sobrevida e possibilita a estocagem das hemácias por 42 dias Sistema de bolsas que contém a solução anticoagulante/conservante e solução aditiva em uma das bolsas satélites Sag – manitol e adsol = cloreto de sódio, adenina, glicose e manitol

17 Sangue total Hemocomponente coletado do sistema venoso de um só doador, em uma única doação, em sistema fechado, apirogênico e estéril, em recipiente único, contendo solução anticoagulante e/ou conservante. Constituído de hemácias, plasma, leucócitos e plaquetas

18 Concentrado de hemácias Hemocomponente preparado a partir de uma unidade de Sangue Total através da remoção de ml de plasma, e estocado entre 1°C - 6°C em solução anticoagulante/preservante. Constituído de hemácias, pouco plasma, leucócitos e plaquetas

19 Plasma fresco congelado Consiste da porção fluída do sangue que é separada através de sedimentação e centrifugação e armazenada a -18 ºC ou menos dentro de 8 horas após a coleta do sangue total Constituído de todos os fatores de coagulação

20 Crioprecipitado É preparado a partir do plasma fresco congelamento em até 8 horas, seguido de descongelamento e centrifugação, que remove o crioprecipitado. Constituído de proteínas plasmáticas (fator VIII, fator V e fibrinogênio) que não se dissolvem no plasma em temperaturas baixas e formam um precipitado de coloração branca

21 Concentrado de plaquetas Obtido através do plasma rico em plaquetas ou por aférese Constituído de plaquetas, leucócitos e plasma

22 Plasma simples Obtido após estocagem do sangue total ou após retirada do criprecipitado Constituído de plasma e proteínas

23 Princípio do fracionamento A preparação dos hemocomponentes ocorre através da separação dos elementos constituintes do sangue total pelo processo de centrifugação controlado (tempo, força gravitacional e temperatura) baseado nas densidades das células

24 Densidade celular A densidade nos informa se a substância de que é feito um corpo é mais ou menos compacta Ouro = possui muita massa e pouco volume, porque apresenta grande densidade Isopor = possui pequena massa em grande volume, porque apresentam pequena densidade

25 Densidade celular Densidade é a massa em gramas dividida pelo volume em mL D = m(g)/v(mL)

26 Densidade celular Sangue total – 1,053 Plasma – 1,026 Plaquetas – 1,058 Monócitos – 1,062 Linfócitos – 1,070 Basófilos – 1,075 Neutrófilos 1,082 Eosinófilos – 1,087 Hemácias – 1,060 a 1,100

27 Como se obter um bom produto Recrutamento e triagem adequadas dos doadores Limpeza eficiente do local da venopunção Coleta rápida, não excedendo 15 minutos Homogeneização da bolsa durante a coleta

28 Recebimento das bolsas de sangue total no fracionamento Recolhimento das unidades de sangue total Observação da integridade física da bolsa Separação pelo peso em gramas < 316 = descarte do sangue total 316 a 426 = CHBV e plasma 426 a 527 CH, CP, PFC ou CH e PDC >527 = plasma simples e descarte da hemácia Deixar a bolsa em repouso por aproximadamente 1 hora

29 Processamento de sangue Métodos para preparação Manual sedimentação espontânea centrifugação seguida da expressão manual do plasma sobrenadante

30 Centrifugação de sangue total Balanceamento das unidades de sangue total Introdução das bolsas nas caçapas, par a par Ajuste da rotação e o tempo desejado

31 centrifugação 2500 rpm / 4 min. CH STCH PRP Método clássico Primeira fase Processamento de sangue

32 Retirar a bolsa de sangue total da centrífuga cuidadosamente e colocar no extrator de plasma Bloquear a bolsa satélite com exceção da bolsa de plaquetas, quebrar o lacre de transferência para o escoamento do plasma sobrenadante Deixar volume suficiente de plasma para manutenção do hematócrito Retirar do extrator e separar o concentrado de hemácias do plasma rico em plaquetas

33 centrifugação 3000 rpm / 12 min PRP PFC CP Método clássico Preparação do concentrado de plaquetas Processamento de sangue

34 Retirar a bolsa de sangue total da centrífuga cuidadosamente e colocar no extrator de plasma Soltar o nó da bolsa satélite e deixar o plasma escoar Deixar aproximadamente 50 a 70 mL de plasma na bolsa que contém o concentrado de plaquetas

35 ST centrifugação CH PFC PD 4000 rpm / 10 min. Método clássico segunda fase Processamento de sangue

36 Retirar a bolsa de sangue total da centrífuga cuidadosamente e colocar no extrator de plasma Quebrar o lacre de transferência para o escoamento do plasma sobrenadante Selar o concentrado de hemácias e congelar rapidamente o plasma fresco com a bolsa satélite

37 centrifugação 4000 rpm / 10 min. PD PSCrio Método clássico preparação do crioprecipitado Processamento de sangue

38 Descongelar o plasma fresco conectado a bolsa satélite em banho de água à 4ºC sob contínua agitação por aproximadamente 2 horas Centrifugar à 0ºC Colocar a bolsa contendo o crioprecipitado sobre o balcão superior e a bolsa satélite no balcão inferior Desfazer o nó da bolsa satélite e deixar escoar o plasma por gravidade Deixar aproximadamente 10 a 30 mL de plasma na bolsa

39 Hemocomponente / hemoderivado Hemocomponente – produto obtido a partir do Sangue total por centrifugação e separação dos elementos constituintes Hemoderivado – produto obtido através do processamento de pools de plasma obtidos a partir do sangue total (concentrado de fator VIII, concentrado de fator IV, albumina etc)


Carregar ppt "O sangue e seus constituintes O sangue executa tantas funções que, sem ele, de nada valeria a complexa organização do corpo humano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google