A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pressuposição Designa tudo aquilo que o falante pressupõe que o ouvinte sabe. São conhecimentos prévios, implícitos, partilhados, que não necessitam de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pressuposição Designa tudo aquilo que o falante pressupõe que o ouvinte sabe. São conhecimentos prévios, implícitos, partilhados, que não necessitam de."— Transcrição da apresentação:

1

2 Pressuposição Designa tudo aquilo que o falante pressupõe que o ouvinte sabe. São conhecimentos prévios, implícitos, partilhados, que não necessitam de ser mencionados directamente no acto comunicativo, mas imprescindíveis para o seu sucesso. Concerne pois a indicações acerca do saber, crenças, mundivisão e mundividência partilhadas pelo falante com outros interactantes e que são inferidas a partir do contexto.

3 Pressuposição O Pedro desistiu de ir ao futebol. Esta frase dá-nos dois tipos de informação: Uma explícita: o Pedro abandonou a ideia de assistir a um jogo de futebol; Uma implícita: o Pedro pensou ir a um jogo de futebol. Podemos, portanto, dizer que a frase O Pedro desisitiu de ir ao futebol pressupõe uma outra, a que nos informa que O Pedro pensou ir a um jogo de futebol.

4 Pressuposição Outros exemplos: A frase Os amigos do Pedro jogam futebol. Pressupõe que o Pedro tem amigos; A frase A Luísa lamenta ter escrito aquele texto. Pressupõe que a Luísa escreveu um texto; A frase Nem a joana foi simpática. Pressupõe que ninguém foi simpático e dá a entender que a Joana é normalmente simpática; A frase Até o Pedro foi simpático. Pressupõe que todos foram simpáticos e dá a entender que o Pedro normalmente não é simpático.

5 Implicatura À implicatura está subjacente o implicar, ou seja, o emissor pode com uma palavra, uma expressão ou um enunciado, exprimir, incluir um significado adicional ao significado literal do que diz. Assim, o falante ao implicar algo, diz mais do que aquilo que realmente diz, acrescenta uma informação suplementar.

6 Implicatura Ex: A) - Que horas são? B) - O professor já entrou na sala. O enunciado do locutor B implica que ele não sabe as horas, mas afirma que o professor entra na sala mais ou menos à mesma hora e que já passa da hora em que o professor entrou. Ex: A) – Gosto imenso de ir ao cinema, hoje, no tivoli, está o Lua Nova. B) – Tenho de concluir este relatório para amanhã.

7 Implicatura O que B quer dar a entender, sem o dizer explicitamente, é que não está muito interessado em ir ao cinema. Ora, esta informação não está explicitada nas palavras que profere. Estamos aqui perante uma implicatura conversacional, uma informação implícita que surge da troca de palavras entre dois interlocutores.

8 Implicatura A implicatura conversacional apresenta três características: - É anulável, quer dizer, pode desaparecer com a continuação da conversa; A) – nesse caso, não vamos à noite, vamos à sessão da tarde. B) – Claro, não quero perder esse filme por nada. - Pode revelar-se falsa: A) – O relatório é para entregar amanhã? O professor disse que tínhamos uma semana! B) – Olha, a verdade é que não me quero encontrar com o Pedro.

9 Implicatura Conclusão: num texto (oral ou escrito), a informação é veiculada a nível explícito e implícito. De entre a informação implícita podemos distinguir a pressuposição e a implicatura conversacional. Diz-se que um enunciado pressupõe outro se a verdade do segundo é condição prévia da verdade do primeiro. Na implicatura conversacional, a informação implícita tem origem nas trocas linguísticas realizadas pelos interlocutores.


Carregar ppt "Pressuposição Designa tudo aquilo que o falante pressupõe que o ouvinte sabe. São conhecimentos prévios, implícitos, partilhados, que não necessitam de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google