A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Patologias Podais em Bovinos

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Patologias Podais em Bovinos"— Transcrição da apresentação:

1 Patologias Podais em Bovinos
O que são e como resolver Pedro Cunha da Silva, de Janeiro de 2012

2 Conformação Externa e Interna do Pé

3

4 Patologias Podais em Bovinos
Afecções Primárias Afecções Secundárias Como resolver? Corte curativo Corte funcional Cirurgia (pouco usual) Aplicação de tacos Como prevenir? Nutrição Pedilúvio

5 Afecções Primárias Dermatite Digital Dermatite Interdigital
Fleimão Interdigital Laminite

6 Dermatite Digital Ferida superficial circunscrita
Na pele plantar da quartela entre os talões ou na pele plantar dorsal Provocada por bactérias e é contagiosa Falta de higiene e humidade favorecem o seu aparecimento Provoca hemorragias, dor e coxeia Tratamento: corte curativo e limpeza da ferida Grau de coxeia vai de leve a grave consoante o tamanho da ferida

7

8 Dermatite Interdigital
Inflamação superficial da pele do espaço interdigital Provocada por bactérias Falta de higiene e humidade favorecem o seu aparecimento As lesões estão limitadas à pele que fica espessa, ligeiramente inchada e com crostas Tratamento: corte curativo e limpeza da ferida Fase inicial: coxeira ligeira. Deformações da córnea dos talões provocam aumento da dor e agravam a coxeira

9

10 Fleimão Interdigital Inflamação profunda da pele do espaço interdigital Aparece principalmente em animais em pastoreio e em animais estabulados com camas de palha Provocado por bactérias e traumatismos Início com coxeira ligeira, com aparecimento de inflamação da coroa, dos talões e quartela, com posterior afastamento dos dedos Tratamento: administração de antibióticos, corte curativo e limpeza geral do casco Coxeiam de um ou mais pés pouco depois de aparecer a doença.

11

12 Laminite Doença metabólica que origina deformações no casco, caracterizadas por crescimento anormal do mesmo Principal causa é a alimentação: quando rica em hidratos de carbono (grãos) e pobre em fibra 3 tipos: Agudas (graves) – animal não anda Crónicas (curadas) – sola amarela, mole e hemorrágica Sub-clínicas (menos graves) – paredes do casco deformadas Tratamento: evitar excesso de alimentos com grão, evitar alterações alimentares perto do parto e corte funcional

13

14 Afecções Secundárias Úlcera da Sola Abcessos Podais Tiloma
Erosão do Talão Fissuras Verticais Fissuras Horizontais

15 Úlcera da Sola Inflamação do córion localizada e caracterizada, muitas vezes, por uma ferida na sola Causas: Maus pisos Laminite sub-clínica Falta de cuidado com os cascos Maus aprumos Cubículos pequenos Começa por pequena hemorragia na parte interna da união da sola com o talão, evoluindo para coxeira e com uma ferida na sola Aparece geralmente nos pés e no dedo de fora Tratamento: corte curativo do casco e colocação de taco (opcional) Maus aprumos – vacas fechadas de curvilhão Com o pé mais virado para fora

16

17 Abcessos Podais Inflamação supurada, difusa ou localizada do córion, que provoca coxeira moderada ou severa Principal causa é a penetração de corpo estranho no casco Coxeira depende do local e extensão da lesão, bem como do tecido lesionado Tratamento: corte curativo para drenagem e colocação de taco (opcional) Abcesso na pinça provoca coxeira mais intensa que no talão

18

19 Tiloma Massa dura formada pela reacção da pele do espaço interdigital e/ou to tecido subcutâneo Principal causa é a irritação crónica no local devido à DI ou FI. Nas raças de carne é hereditário A coxeira depende do tamanho e localização da lesão Tratamento: corte curativo e, em casos mais complicados, recomenda-se a remoção cirúrgica

20

21 Erosão do Talão Destruição irregular do talão sob a forma de sulcos ou depressões formando um “V” preto Principais causas: Bactérias que causam a DI Contacto do casco com produtos irritantes Laminite Quando os sulcos são profundos a destruição dos talões provoca um apoio defeituoso, causando coxeira intensa Tratamento: corte curativo

22

23 Fissura Vertical Fenda vertical na parede frontal do casco. Em alguns casos o córion fica a descoberto Os factores que provocam a desidratação do casco e os traumatismos são as principais causas Se for pouco profunda, as lâminas não estão afectadas e por isso não há coxeira Tratamento: cirurgia é o melhor tratamento Fissuras profundas atingem lâminas e provocam coxeira

24

25 Fissura Horizontal Sulco transversal paralelo ao bordo coronal
Afecção rara e a causa principal é o stress Stress muitas vezes relacionado com alimentação

26

27 Como resolver? Corte curativo Corte funcional Cirurgia (pouco usual)
Aplicação de tacos

28 Corte Curativo Limpeza da(s) ferida(s) e/para drenagem
Correcção do casco Aplicação de desinfectante Aplicação de antibiótico em spray Administração de antibiótico injectável

29 Corte Funcional

30

31 Cirurgia

32

33 Aplicação de tacos

34

35 Como prevenir? Nutrição Corte funcional Pedilúvio

36 Nutrição Não fazer alterações bruscas na alimentação
O pós-parto têm influencia na incidência das afecções podais, visto estar relacionado com o stress metabólico e o aumento da produção leiteira Nutrientes como o Zinco, Enxofre e Biotina (Vit. H/B7/B8) são importantes na prevenção de coxeiras

37 Corte Funcional Intervenção que visa reduzir as lesões podais por sobrecarga dos cascos Correcção do comprimento, largura e nivelamento do casco para melhor distribuição do peso corporal Remoção da sola solta para evitar traumatismos e a penetração de corpos estranhos

38 Pedilúvio Medida complementar de prevenção de patologias podais
Mais usuais: Formol Sulfato de Cobre Sulfato de Zinco

39

40 Notas finais Melhorar o conforto dos animais Melhorar as instalações
Melhorar a higiene Melhorar a alimentação, a nutrição e o maneio Correcção funcional periódica dos cascos Utilizar pedilúvios


Carregar ppt "Patologias Podais em Bovinos"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google