A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENOTURISMO VISÃO ESTRATÉGICA BAIRRADA, 25 DE NOVEMBRO 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENOTURISMO VISÃO ESTRATÉGICA BAIRRADA, 25 DE NOVEMBRO 2010."— Transcrição da apresentação:

1 ENOTURISMO VISÃO ESTRATÉGICA BAIRRADA, 25 DE NOVEMBRO 2010

2 1. NOVOS PRODUTOS TURÍSTICOS TURISMO CINEGÉTICO TURISMO CINEGÉTICO TURISMO DE MORTE TURISMO DE MORTE TURISMO TRÁGICO TURISMO TRÁGICO TURISMO DE PESCA TURISMO DE PESCA BIRDWATCHING BIRDWATCHING TURISMO DE PINTURA TURISMO DE PINTURA TURISMO WITH NO KIDS TURISMO WITH NO KIDS TURISMO DE EXPERIÊNCIAS TURISMO DE EXPERIÊNCIAS TURISMO DE VINHOS TURISMO DE VINHOS

3 ENOTURISMO O QUE É???? Enoturismo é composto por deslocações realizadas pela motivação de visitar e conhecer adegas, caves e regiões vitivinícolas, considerado como uma ferramenta de marketing e um meio para promover o desenvolvimento do destino, representando uma oportunidade para realizar vendas à porta e proceder a iniciativas de marketing directo para as unidades do sector vitivinícola. Enoturismo é composto por deslocações realizadas pela motivação de visitar e conhecer adegas, caves e regiões vitivinícolas, considerado como uma ferramenta de marketing e um meio para promover o desenvolvimento do destino, representando uma oportunidade para realizar vendas à porta e proceder a iniciativas de marketing directo para as unidades do sector vitivinícola. ( GETZ )

4 AS PERGUNTAS ? SERÁ O ENOTURISMO UMA FONTE DE RECEITA? SERÁ O ENOTURISMO UMA FONTE DE RECEITA? COMO COMEÇAR O ENOTURISMO OU COMO MELHORAR ESTA ÁREA? COMO COMEÇAR O ENOTURISMO OU COMO MELHORAR ESTA ÁREA? TENHO FERRAMENTAS DE PLANEAMENTO E GESTÃO PARA UMA OFERTA DE QUALIDADE? TENHO FERRAMENTAS DE PLANEAMENTO E GESTÃO PARA UMA OFERTA DE QUALIDADE?

5 AS PERGUNTAS OS NOSSOS SERVIÇOS SÃO ATRACTIVOS, RENTAVEIS E PROPORCIONAM MAIS VALIAS PARA A MINHA MARCA? OS NOSSOS SERVIÇOS SÃO ATRACTIVOS, RENTAVEIS E PROPORCIONAM MAIS VALIAS PARA A MINHA MARCA? VALE A PENA ENSINAR PROFISSIONAIS NESTA ÁREA? VALE A PENA ENSINAR PROFISSIONAIS NESTA ÁREA? CONHECEMOS AS NECESSIDADES DOS NOSSOS POTENCIAIS CLIENTES? CONHECEMOS AS NECESSIDADES DOS NOSSOS POTENCIAIS CLIENTES?

6 COMO COMEÇAR? ANÁLISE FINANCEIRA ANÁLISE FINANCEIRA GASTOS GASTOS PROVEITOS PROVEITOS CONSTRUÇÃO DAS INFRAESTRUTURAS CONSTRUÇÃO DAS INFRAESTRUTURAS DEFINIR O TIPO DE ENOTURISMO DEFINIR O TIPO DE ENOTURISMO

7 ENOTURISMO 1* NÃO INTERESSA PASSA Á FRENTE!!!!

8 ENOTURISMO 2* ADEGA ADEGA ACTIVIDADES: ACTIVIDADES: - VISITAS GUIADAS - PROVAS DE VINHOS - PROVAS DE VINHOS

9 ENOTURISMO 3* ADEGA E LOJA ADEGA E LOJA OFERTA: OFERTA: - VISITAS GUIADAS - VISITAS GUIADAS - PROVAS DE VINHOS - PROVAS DE VINHOS - VENDA DE VINHOS - VENDA DE VINHOS

10 ENOTURISMO 4* ADEGA, LOJA E RESTAURANTE ADEGA, LOJA E RESTAURANTE OFERTA: OFERTA: - VISITAS GUIADAS - VISITAS GUIADAS - PROVAS DE VINHOS - PROVAS DE VINHOS - VENDA DE VINHOS - VENDA DE VINHOS - GASTRONOMIA - GASTRONOMIA

11 ENOTURISMO 5* ADEGA, LOJA, RESTAURANTE, HOTEL E SPA ADEGA, LOJA, RESTAURANTE, HOTEL E SPA OFERTA: TODAS AS OUTRAS OFERTA: TODAS AS OUTRAS - ALOJAMENTO - VINOTERAPIA - VINOTERAPIA

12 ADEGA IDEAL PARA ENOTURISMO FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS STAFF TÉCNICO E MOTIVADO STAFF TÉCNICO E MOTIVADO VISITAS ADEQUADAS VISITAS ADEQUADAS ADEGA ACTRACTIVA ADEGA ACTRACTIVA SALA DE PROVAS SALA DE PROVAS FLEXIBILIDADE DE PROVAS FLEXIBILIDADE DE PROVAS LOJA DE VINHOS LOJA DE VINHOS PERCURSO DE VISITA LÓGICO PERCURSO DE VISITA LÓGICO FACILIDADE DE IDIOMAS FACILIDADE DE IDIOMAS BONS VINHOS BONS VINHOS TRILOGIA: DRINK, EAT AND STAY TRILOGIA: DRINK, EAT AND STAY

13 PROFISSIONAL DO ENOTURISMO DOMÍNIO COMPLETO DOS PROCESSOS VÍNICOS DOMÍNIO COMPLETO DOS PROCESSOS VÍNICOS EXCELÊNCIA NO SERVIÇO DE VINHOS EXCELÊNCIA NO SERVIÇO DE VINHOS ENQUADRAR VINHO c/ GASTRONOMIA ENQUADRAR VINHO c/ GASTRONOMIA CONHECIMENTO DOS VINHOS DA ADEGA CONHECIMENTO DOS VINHOS DA ADEGA IDIOMAS IDIOMAS INFORMAÇÕES ADICIONAIS INFORMAÇÕES ADICIONAIS FLEXIBILIDADE DE HORÁRIO FLEXIBILIDADE DE HORÁRIO ESTIMULAR O SENTIDO DE COMPRA ESTIMULAR O SENTIDO DE COMPRA APRENDIZAGEM CONTÍNUA ( NOVOS VINHOS ) APRENDIZAGEM CONTÍNUA ( NOVOS VINHOS ) VOCAÇÃO VOCAÇÃO

14 DESTINO ENOTURÍSTICO IDEAL DIVERSIDADE DE ADEGAS DIVERSIDADE DE ADEGAS CURTA DISTÂNCIA ENTRE ADEGAS CURTA DISTÂNCIA ENTRE ADEGAS PROXIMIDADE DE UM NÚCLEO URBANO PROXIMIDADE DE UM NÚCLEO URBANO ENVOLVENTE PAISAGÍSTICA ENVOLVENTE PAISAGÍSTICA DIVERSIDADE DE ALOJAMENTOS DIVERSIDADE DE ALOJAMENTOS DIVERSIDADE DE RESTAURANTES DIVERSIDADE DE RESTAURANTES FACILITIES DE APOIO FACILITIES DE APOIO POSSIBILIDADE DE OUTROS PRODUTOS POSSIBILIDADE DE OUTROS PRODUTOS

15 5.Vantagens do Enoturismo Aumento das vendas Eliminação da intermediação das vendas Divulgação dos produtos Diversidade de produtos Nova oportunidade de negócio Teste de Produtos Auditar a concorrência Educação dos Consumidores Sazonalidade equilibrada Marketing Sensorial

16 6.Desvantangens do Enoturismo Aumento dos Custos de Funcionamento Debilidade dos espaços Retorno a longo Prazo As receitas indirectas não se consegue contabilizar Formação RH

17 BARATO E EFICAZ MERCHANDISING MERCHANDISING SINALIZAÇÃO DA ADEGA SINALIZAÇÃO DA ADEGA NECESSIDADES DO CLIENTE NECESSIDADES DO CLIENTE OFERTA DE WIFI GRÁTIS OFERTA DE WIFI GRÁTIS PARCERIAS PARCERIAS

18 TIPOS DE ENOTURISTAS VISITA vs TIPO CURIOSOS CURIOSOS MOTIVO CASUAL MOTIVO CASUAL POUCO INTERESSE EM VINHO POUCO INTERESSE EM VINHO VISITA LAZER E PROFISSIONAL VISITA LAZER E PROFISSIONAL AFICCIONADOS AFICCIONADOS FACTOR DIFERENCIADOR NA VIAGEM FACTOR DIFERENCIADOR NA VIAGEM VALORIZAM A ENOGASTRONOMIA VALORIZAM A ENOGASTRONOMIA VISITA POUCO TÉCNICA, MAIS EMOTIVA COM PROVAS VISITA POUCO TÉCNICA, MAIS EMOTIVA COM PROVAS AMANTES DO VINHO AMANTES DO VINHO MAIS EXIGENTES MAIS EXIGENTES PRETENDEM APRENDER TUDO SOBRE O VINHO PRETENDEM APRENDER TUDO SOBRE O VINHO VISITA MUITO TÉCNICA VISITA MUITO TÉCNICA VISITAM VÁRIAS ADEGAS VISITAM VÁRIAS ADEGAS

19 GLOBAL WINES/DÃO SUL UM EXEMPLO A SEGUIR

20 1. A Empresa 1990 – Início 1990 – Início 1996 – Criação do novo centro de vinificação 1996 – Criação do novo centro de vinificação 1996 – Abertura do Enoturismo 1996 – Abertura do Enoturismo 2000 – Expansão para outras regiões 2000 – Expansão para outras regiões 2001 – Empresa do ano 2001 – Empresa do ano 2002 – Vinibrasil 2002 – Vinibrasil 2002 – Primeira empresa com um NITEC (Projectos de investigação aplicada) 2002 – Primeira empresa com um NITEC (Projectos de investigação aplicada) 2006 – Empresa do Ano 2006 – Empresa do Ano 2006 – Atribuição do prémio FINEP para a Categoria Processo, no Brasil 2006 – Atribuição do prémio FINEP para a Categoria Processo, no Brasil 2007 – Casa de Santar – Produtor do Ano 2007 – Casa de Santar – Produtor do Ano 2007 – Carlos Lucas – Enólogo do Ano 2007 – Carlos Lucas – Enólogo do Ano 2008 – Abertura QE, PCS, HMC 2008 – Abertura QE, PCS, HMC 2008 – Enoturismo do Ano – Paço 2008 – Enoturismo do Ano – Paço

21 Algumas das Quintas Quinta do Encontro ( Bairrada ) Herdade do Monte da Cal ( Alentejo ) Quinta do Solar ( Dão ) Quinta S á de Baixo ( Douro ) Quinta das Tecedeiras ( Douro ) Casa de Santar ( Dão ) Pa ç o dos Cunhas de Santar ( Dão ) Quinta de Cabriz (Dão )

22 Vinibrasil: Uma nova atitude numa nova latitude 8° Sul 40° Sul 40° Norte

23 2. Definição de Enoturismo Enoturismo é a deslocação de pessoas, que têm interesse na cultura vínica, realizando experiências vínicas, tornando-se assim, uma importante ferramenta de Marketing, para a construção de uma imagem positiva dos nossos vinhos. ( Enoturismo Dão Sul, 2009 )

24 2. OFERTA ENOTURÍSTICA exemplo a seguir Diversidade de espaços Formação permanente dos RH Disponibilidade Rota Própria de Enoturismo Trinómio: Gastronomia, Vinhos e Alojamento

25 VISITAS GUIADAS VISITAS GUIADAS 3. PRODUTOS ENOTURÍSTICOS

26 PRODUTOS ENOTURÍSTICOS PROVAS DE VINHOS PROVAS DE VINHOS

27 PRODUTOS ENOTURÍSTICOS MENUS DE DEGUSTAÇÃO MENUS DE DEGUSTAÇÃO

28 PRODUTOS ENOTURÍSTICOS LOJAS DE VINHO LOJAS DE VINHO

29 PRODUTOS ENOTURÍSTICOS EXPERIÊNCIAS VÍNICAS EXPERIÊNCIAS VÍNICAS

30 2.1 - PRODUTOS ENOTURÍSTICOS Cursos de Vinhos ( Sábados Vínicos ) Cursos de Vinhos ( Sábados Vínicos ) Workshops de Cozinha Workshops de Cozinha Show Cookings Show Cookings Club Barrica Club Barrica Provas de Azeites Provas de Azeites Dão Sul Gourmet Dão Sul Gourmet Exposições Exposições Concertos de música Concertos de música Alojamento Alojamento

31 2.2 – Valores Enoturismo Principais Mercados Estrangeiros: Espanha, Holanda, Bélgica De Junho 2008 a Agosto 2009 – pax Média por mês: 2500 pax Ano 2009: 1,200, % Portugueses

32 3. Canais de Comunicação Publicidade especializada ( vinhos, cozinha, património ) Publicidade especializada ( vinhos, cozinha, património )

33 Canais de Comunicação Feiras como meio para a promoção dos vinhos da empresa junto do consumidor Nacionais Encontro com o Vinho Essência do Vinho Feira de Nelas/Tondela BTL Vindouro Internacionais Vinexpo Prowein

34 Canais de Comunicação Rótulos dos Vinhos Rótulos dos Vinhos

35 3.1.Outros Canais de Comunicação Proximidade com os Opinion Leaders Internet Organizações ( Rotas, RT, Clubes de Vinho ) Boca-a-Boca Tour Operator Gerais e Especializados Hotelaria na proximidade ( Criação de packages )

36 4.Perfil do Enoturista Dão SUL Idade: 35 aos 60 anos Origem: Portuguesa Classe média alta e alta Elevado nível sóciocultural Conhecimento através dos Vinhos ou opinions makers Motivo de Visita: Vinhos Conhecedor da matéria Julho, Agosto, Setembro e Outubro

37 1º Enoturismo em Portugal Imagem – Enoturismo

38 Quinta do Encontro Uma adega de design na Nova Bairrada

39 PAÇO DOS CUNHAS DE SANTAR

40

41 Imagem – Enoturismo Herdade Monte da Cal

42 Formação

43 DOURO ENOTURISMO VALE A PENA APOSTAR????

44 ENOTURISMO PROBLEMAS FALTA DE VISÃO DAS ADEGAS FALTA DE VISÃO DAS ADEGAS VIAJANTE SEM CULTURA VÍNICA VIAJANTE SEM CULTURA VÍNICA ADEGAS FECHADAS ADEGAS FECHADAS INEXISTÊNCIA DE INFRAESTRUTURAS DE APOIO Á RECEPÇÃO INEXISTÊNCIA DE INFRAESTRUTURAS DE APOIO Á RECEPÇÃO MÁS ACESSIBILIDADES MÁS ACESSIBILIDADES FALTA TRANSPORTES PÚBLICOS ENTRE ADEGAS FALTA TRANSPORTES PÚBLICOS ENTRE ADEGAS FALTA DE SINALIZAÇÃO FALTA DE SINALIZAÇÃO IMPOSSIBILIDADE DE LEVAR VINHOS IMPOSSIBILIDADE DE LEVAR VINHOS FALTA DE PROMOÇÃO FALTA DE PROMOÇÃO

45 ENOTURISMO OPORTUNIDADES GRANDE EMBAIXADOR: VINHO DO PORTO GRANDE EMBAIXADOR: VINHO DO PORTO COZINHA REGIONAL SEDUTORA COZINHA REGIONAL SEDUTORA ALTERNATIVA SOL E PRAIA ALTERNATIVA SOL E PRAIA PROXIMIDADE DE NÚCLEOS URBANOS PROXIMIDADE DE NÚCLEOS URBANOS DISTÂNCIAS CURTAS DISTÂNCIAS CURTAS 1ª REGIÃO DEMARCADA NO MUNDO 1ª REGIÃO DEMARCADA NO MUNDO POVO HOSPITALEIRO E CLIMA AGRADÁVEL POVO HOSPITALEIRO E CLIMA AGRADÁVEL FESTIVAIS VÍNICOS E GASTRONÓMICO FESTIVAIS VÍNICOS E GASTRONÓMICO PAÍS SEGURO PAÍS SEGURO

46 Será que o vinho poderia viver sem o enoturismo. Podia, mas não era a mesma coisa…

47 CONTACTO JOÃO CARVALHO DEPT. ENOTURISMO


Carregar ppt "ENOTURISMO VISÃO ESTRATÉGICA BAIRRADA, 25 DE NOVEMBRO 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google