A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 O Codigo Da Vinci O fenómeno Best-seller mundial Best-seller mundial Mais de 45 milhões de copias impressas Mais de 45 milhões de copias impressas O.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 O Codigo Da Vinci O fenómeno Best-seller mundial Best-seller mundial Mais de 45 milhões de copias impressas Mais de 45 milhões de copias impressas O."— Transcrição da apresentação:

1 1 O Codigo Da Vinci O fenómeno Best-seller mundial Best-seller mundial Mais de 45 milhões de copias impressas Mais de 45 milhões de copias impressas O Filme estriou a 19 de março 2006 O Filme estriou a 19 de março 2006 Ganhou $750 milhões Ganhou $750 milhões De dólares

2 2 Afirma basear-se em factos Todas as descrições de arte, edifícios, documentos e rituais secretos que aparecem neste romance são verdadeiras. – Nota preliminar, de O Código Da Vinci – Nota preliminar, de O Código Da Vinci

3 3 O autor afirma com convicção que o livro é real Comecei como séptico. Entretanto comecei a investigar o Código Da Vinci, na realidade pensei que poria em baixo muito da teoria acerca de Maria Madalena, o sangue santo e tudo isso. Cheguei a ser crente Dan Brown, ABC News Special: Jesus, Mary and Da Vinci, November 3, 2003

4 4 Afirmações centrais Jesus teve um filho com Maria Madalena Jesus teve um filho com Maria Madalena Jesus esperava que Maria Madalena seria a sua principal Apostola Jesus esperava que Maria Madalena seria a sua principal Apostola Evangelhos rivais reportam esses factos, porém foram suprimidos Evangelhos rivais reportam esses factos, porém foram suprimidos A Bíblia está cheia de fabricações e discrepâncias A Bíblia está cheia de fabricações e discrepâncias Constantino no Concílio de Niceia (325 DC) inventou a doutrina da deidade de Cristo O Priorado de Sião protegeu o segredo de Jesus, criando e protegendo uma menina, sua filha Sara Leonardo Da Vinci foi Grão Mestre do O Priorado de Sião e incluiu esses segredos na pintura da Última Ceia

5 5 Importa saber se o cristianismo é historicamente verdadeiro ? Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram a entre nós, conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra. Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram a entre nós, conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra. Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas. Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas. Lucas 1:1-4

6 6 Dan Brown fala sobre o Priorato de Sião O Priorado de Sião – Sociedade secreta europeia fundada em 1099 – é uma organização real. Em 1975, foram descobertos na Biblioteca Nacional de Paris uns pergaminhos conhecidos como Les Dossiers Secrets, neles destacam-se Isaac Newton, Sandro Boticelli, Victor Hugo, e Leonardo da Vinci, como membros da organização. O Priorado de Sião – Sociedade secreta europeia fundada em 1099 – é uma organização real. Em 1975, foram descobertos na Biblioteca Nacional de Paris uns pergaminhos conhecidos como Les Dossiers Secrets, neles destacam-se Isaac Newton, Sandro Boticelli, Victor Hugo, e Leonardo da Vinci, como membros da organização. – Nota preliminar, O Código Da Vinci

7 7 Será o Priorado de Sião uma organização antiga, estabelecida em 1099? Les Dossiers Secrets foram expostos como uma fraude perpetuada nos aos 50 (Sec XX). Les Dossiers Secrets foram expostos como uma fraude perpetuada nos aos 50 (Sec XX). Pierre Plantard confessou ter falsificado os documentos em 1993 Pierre Plantard confessou ter falsificado os documentos em 1993 Brown baseou a sua especulação nos livros anteriormente publicados e desacreditados: Brown baseou a sua especulação nos livros anteriormente publicados e desacreditados: Michael Baigent, Holy Blood, Holy Grail, 1983 Michael Baigent, Holy Blood, Holy Grail, 1983 Lynn Picknett, The Templar Revelation, 1998 Lynn Picknett, The Templar Revelation, 1998

8 8 Pistas na A última ceia de Da Vinci?

9 9 João ou Maria Madalena? Leonardo Da Vinci (detalhe), 1497

10 10 O que diz O Código Da Vinci acerca de A última ceia Sophie fixou-se naquela figura, observando-a com determinação. Ao estudar o rosto e o corpo, recorreu-lhe uma olhada de desconcerto. Aquela personagem tinha uma longa cabeleira ruiva, umas delicadas mãos entrelaçadas e a curva de uns seios. Era sem duvida …uma mulher. O Código Da Vinci, cap. 58

11 11 O que diz O Código Da Vinci acerca de A última ceia A última ceia prácticamente está gritando ao mundo que Jesus e Madalena são um casal. A última ceia prácticamente está gritando ao mundo que Jesus e Madalena são um casal. O Código Da Vinci, cap. 58

12 12 João ou Maria Madalena? A figura à mão direita de Jesus não tem barba e tem aparência feminina A figura à mão direita de Jesus não tem barba e tem aparência feminina A forma de V supostamente simboliza o ventre de Maria como o Santo Gral A forma de V supostamente simboliza o ventre de Maria como o Santo Gral A mão ameaçadora de Pedro indica que está invejoso de Maria Madalena A mão ameaçadora de Pedro indica que está invejoso de Maria Madalena

13 13 Problemas com a interpretação desta pintura As posições e os gestos foram baseados no evangelho de João cap. 13:21-24 As posições e os gestos foram baseados no evangelho de João cap. 13:21-24 Pintar desta forma era típico para os artistas italianos desse período Pintar desta forma era típico para os artistas italianos desse período As características femininas são questionáveis As características femininas são questionáveis A pintura nunca foi controversa no seu tempo A pintura nunca foi controversa no seu tempo Esta pintura foi restaurada 9 vezes Esta pintura foi restaurada 9 vezes

14 14 "A Última Ceia" Bruce Broucher, conservador do Art Institute de Chicago, lançando por terra as teorias de Brown. A mesma opinião é tida pela historiadora Sandra Miesel (New York Daily News, 4/09/03), que, em tom de ironia, acha curioso que "esta faceta não tenha sido descoberta até agora" por nenhum outro historiador.

15 15 Pinturas da Última ceia por outros artistas Italianos Domenico Ghirlandaio (detalhe), c. 1486

16 16 Pinturas da Última ceia por outros artistas Italianos Jacopo da Ponte (detalhe), 1542 Andrea del Castagno (detalhe),1447

17 17 Que evidencias teve Brown que Jesus foi casado? O casamento foi requerido para todo o homem judeu do primeiro século O casamento foi requerido para todo o homem judeu do primeiro século O evangelho de Felipe insinua uma relação romântica entre Jesus e Maria Madalena O evangelho de Felipe insinua uma relação romântica entre Jesus e Maria Madalena O evangelho de Maria Madalena sugere que Jesus esperava que Maria tornasse-se sua apostola principal em vez de Pedro O evangelho de Maria Madalena sugere que Jesus esperava que Maria tornasse-se sua apostola principal em vez de Pedro

18 18 O engano de Brown sobre Jesus e o casamento O casamento não era requerido. João Baptista não se casou João Baptista não se casou O apóstolo Paulo não era casado O apóstolo Paulo não era casado O evangelho gnóstico de Felipe citado não trata de uma relação romântica, mas sim a transmissão de revelação O evangelho gnóstico de Felipe citado não trata de uma relação romântica, mas sim a transmissão de revelação Maria Madalena chama a Jesus Mestre, Rabi e Senhor, mesmo assim não se fala de um esposo ou amante Maria Madalena chama a Jesus Mestre, Rabi e Senhor, mesmo assim não se fala de um esposo ou amante

19 19 O evangelho gnóstico citado no CDV Evangelho de Felipe E a companheira do Salvador é [Maria Madalena]. Cristo a amava mais que todos os seus discípulos e beijava- lhe na [boca]. E a companheira do Salvador é [Maria Madalena]. Cristo a amava mais que todos os seus discípulos e beijava- lhe na [boca].

20 20 O evangelho gnóstico citado no CDV Evangelho de Maria Madalena E Pedro disse: o Salvador falou com uma mulher sem o nosso conhecimento? Devemos todos dar a volta e escutá-la? Ele prefere-a a nós?

21 21 O que o CDV diz dos evangelhos gnósticos e dos rolos do Mar Morto …deu finalmente com um exemplar enorme. Na tampa lia-se o titulo: Os evangelhos Gnósticos. … são as cópias dos rolos de Nag Hammadi e do Mar Morto e dos que falavam antes. Os primeiros documentos do cristianismo. Curiosamente, não coincidem com os evangelhos da Bíblia. O Código Da Vinci, Cap. 58, Pág. 305

22 22 CDV declara que a Bíblia está cheia de fabricações Com eles [os rolos] punha-se a descoberto maquinações e contradições e confirmava-se que a Bíblia moderna foi compilada e editada por homens que tinham motivações políticas; proclama a divindade de um homem, Jesus Cristo, e usara a influência de Jesus para fortalecer seu poder. Quase tudo o que nossos pais nos ensinaram sobre Jesus é falso.Com eles [os rolos] punha-se a descoberto maquinações e contradições e confirmava-se que a Bíblia moderna foi compilada e editada por homens que tinham motivações políticas; proclama a divindade de um homem, Jesus Cristo, e usara a influência de Jesus para fortalecer seu poder. Quase tudo o que nossos pais nos ensinaram sobre Jesus é falso. O Código Da Vinci, Cap. 55, Pág. 292

23 23 Brown confunde os rolos do Mar Morto e os códices de Nag Hammadi CÓDICES DE NAG HAMMADI Manuscritos heréticos Cristãos datados de 350 d.C. Manuscritos heréticos Cristãos datados de 350 d.C. Descobiertos em Nag Hammadi, Egipto em 1945 Descobiertos em Nag Hammadi, Egipto em 1945 Sua protecção em coro e escrita cóptica são datados de d.C. Sua protecção em coro e escrita cóptica são datados de d.C. ROLOS DO MAR MORTO Manuscritos judeus datados de 250 a.C. – d.C. 68 Descobertos em 1947 numa gruta perto do Mar Morto Incluem copias de cada livro do Antigo Testamento menos o livro de Ester Não faz menção a Jesus nem ao cristianismo

24 24 Textos Gnósticos de Nag Hammadi

25 25 CDV declara a superioridade dos evangelhos gnósticos Segundo estes evangelhos não manipulados, não foi a Pedro que Jesus encomendou cuidar da igreja cristã. Foi a Maria Madalena. Segundo estes evangelhos não manipulados, não foi a Pedro que Jesus encomendou cuidar da igreja cristã. Foi a Maria Madalena. O Código Da Vinci, Cap. 58, Pág. 308

26 26 Que são os evangelhos gnósticos? Textos heréticos escritos muito depois do Novo Testamento Textos heréticos escritos muito depois do Novo Testamento Escrito por gnósticos que punham a ênfase da salvação na busca do conhecimento transcendente Escrito por gnósticos que punham a ênfase da salvação na busca do conhecimento transcendente Apresentam a Jesus como mestre iluminado, porém não como Salvador do pecado Apresentam a Jesus como mestre iluminado, porém não como Salvador do pecado Não são escritos por pessoas cujas levam o nome: Não são escritos por pessoas cujas levam o nome: - Evangelho de Tomás - Evangelho de Tomás - Evangelho de Felipe - Evangelho de Felipe - Evangelho de Maria Madalena - Evangelho de Maria Madalena - Evangelho de Judas - Evangelho de Judas

27 27 Por que foram rejeitados os evangelhos gnósticos? Datados muito mais tarde que os evangelho bíblicos Datados muito mais tarde que os evangelho bíblicos Carecem de origem ou ligação apostólica Carecem de origem ou ligação apostólica Carecem de valor histórico para os detalhes da vida e dos ensinamentos de Jesus Carecem de valor histórico para os detalhes da vida e dos ensinamentos de Jesus Apresentam ensinos contrários aos apresentados no Novo Testamento Apresentam ensinos contrários aos apresentados no Novo Testamento

28 28 Exemplo contraditório Um bom exemplo das contradições entre estes escritos e a Bíblia encontra-se no Evangelho de Tomás onde este escrito gnóstico termina com o seguinte intercâmbio entre os discípulos e Jesus Cristo. Seus discípulos lhe disseram: Quando virá o reino? Não virá por esperá-lo. Não será coisa de dizer está aqui ou está ali. Mas vem, o Reino do Pai está estabelecido na terra e os homens não o vêem. Simão Pedro lhes disse: Deixa Maria ir se embora de nós, pois as mulheres não são dignas de Vida. Jesus disse: Eu mesmo a guiarei para faze-la varão, para que ele também possa ser um espirito vivente que se pareça convosco varões. Porque cada mulher que se faz homem poderá entrar no Reino dos Céus. Tradução da passagem do Evangelho de Tomás The Nag Hammadi Library, editor general James Robinson, Harper and Row, San Francisco, 1981, p Como esta passagem ilustra, os gnósticos tinham conceitos muito denegridos sobre as mulheres e a sua introdução ao Reino de Deus, e como as mulheres existem muitas contradições na Bíblia. Os cristãos do primeiro século, rejeitaram estes textos, por contrariar os ensinos de Jesus e dos seus apóstolos.

29 29 Cronologia de outras escrituras Livros apócrifos (grego. coisas escondidas, secretas) Incluidos na Bíblia CatólicaIncluidos na Bíblia Católica Escrito entre 433 a.C e o nascimento de JesusEscrito entre 433 a.C e o nascimento de Jesus Canonizado pela Igreja Católica em 1546 d.C.Canonizado pela Igreja Católica em 1546 d.C. Apócrifo – Antigo Testamento 435 a.C to 5 a.C 435 a.C 33 d.C. Rolos Mar Morto 200s a.C – 65 d.C Novo Testamento 50 d.C. – 95 d.C 95 d.C 65 d.C 180 d.C Escritos gnósticos 150 d.C – 250 d.C 250 d.C 200s a.C

30 30 Concilio de Nicéia DAN BROWN DECLARA: Jesus foi considerado somente um homem mortal antes do Concílio de Niceia em 325 d.C. Jesus foi considerado somente um homem mortal antes do Concílio de Niceia em 325 d.C. Constantino e o Vaticano inventaram a doutrina que Jesus é Deus por motivos políticos Constantino e o Vaticano inventaram a doutrina que Jesus é Deus por motivos políticos A deidade de Jesus foi determinada por voto A deidade de Jesus foi determinada por voto Constantino decidiu o conteúdo do Novo Testamento omitindo muitos evangelhos Constantino decidiu o conteúdo do Novo Testamento omitindo muitos evangelhos

31 31 Citação do CDV sobre O Concílio de Nicéia Citação do CDV sobre O Concílio de Nicéia Durante esse encontro – prosseguiu Teabing -, debateu-se e votou-se sobre muitos aspectos do cristianismo – a data da Páscoa, o papel dos bispos,… e, por consequência a divindade de Jesus. … até a este momento da história, Jesus era, para seus seguidores um profeta mortal … um grande homem, poderoso, porém um homem, um ser mortal.Durante esse encontro – prosseguiu Teabing -, debateu-se e votou-se sobre muitos aspectos do cristianismo – a data da Páscoa, o papel dos bispos,… e, por consequência a divindade de Jesus. … até a este momento da história, Jesus era, para seus seguidores um profeta mortal … um grande homem, poderoso, porém um homem, um ser mortal. O Código Da Vinci, Cap. 55, Pág. 290

32 32 Citação do CDV sobre o Concílio de Nicéia Como Constantino «subiu de categoria» a Jesus quatro séculos depois da sua morte, já existiam milhares de crónicas sobre Sua vida, em que era considerado um homem, um simples ser mortal. Para poder rescrever os livros de história, Constantino sabia que tinha que dar um golpe audaz. …Constantino encarregou e financiou a redacção de uma nova Bíblia que omitia os evangelhos em que falava dos aspectos «humanos» de Cristo e que exarara os que lhe acerbaram a sua divindade. E os evangelhos anteriores foram proibidos e queimados. Como Constantino «subiu de categoria» a Jesus quatro séculos depois da sua morte, já existiam milhares de crónicas sobre Sua vida, em que era considerado um homem, um simples ser mortal. Para poder rescrever os livros de história, Constantino sabia que tinha que dar um golpe audaz. …Constantino encarregou e financiou a redacção de uma nova Bíblia que omitia os evangelhos em que falava dos aspectos «humanos» de Cristo e que exarara os que lhe acerbaram a sua divindade. E os evangelhos anteriores foram proibidos e queimados. O Código Da Vinci, Cap. 55, Pág. 291

33 33 O que na realidade aconteceu no Concílio de Nicéia? O que na realidade aconteceu no Concílio de Nicéia? Assistiram mais de 200 bispos Assistiram mais de 200 bispos O Imperador Constantino assistiu porém não presidiu O Imperador Constantino assistiu porém não presidiu O assunto principal: responder às heresias de Ário, em relação à natureza de Cristo O assunto principal: responder às heresias de Ário, em relação à natureza de Cristo O Arianismo foi veemente rejeitado, numa afirmação forte da deidade de Jesus Cristo (Credo de Nicéia) O Arianismo foi veemente rejeitado, numa afirmação forte da deidade de Jesus Cristo (Credo de Nicéia) Confirmado por todos menos por 2 bispos Confirmado por todos menos por 2 bispos O cânon (ou o conteúdo) do Novo Testamento foi firmado O cânon (ou o conteúdo) do Novo Testamento foi firmado

34 34 Referências da Deidade de Cristo João 1:1-2; 5:18; 8:58-59; 20:28 João 1:1-2; 5:18; 8:58-59; 20:28 Actos 20:28 – a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue Actos 20:28 – a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue Romanos 9:5 – segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente Romanos 9:5 – segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente Filipenses 2:6 – o qual, sendo em forma de Deus Filipenses 2:6 – o qual, sendo em forma de Deus Tito 2:13 – nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo Tito 2:13 – nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo Hebreus 1:8-9 – O Filho diz: Teu trono oh Deus Hebreus 1:8-9 – O Filho diz: Teu trono oh Deus 2 Pedro 1:1 – pela justiça do nosso Deus e Salvador, Jesus Cristo 2 Pedro 1:1 – pela justiça do nosso Deus e Salvador, Jesus Cristo

35 35 O que é o cânon das escrituras? Duas maneiras de definir cânon: Duas maneiras de definir cânon: 1.º Uma lista autoritária de livros 2.º Uma lista de livros autoritários Qual a diferença entre ambas? Qual a diferença entre ambas? Onde está a autoridade? Onde está a autoridade?

36 36 O critério da igreja primitiva para canonicidade Ser escrito por um apóstolo Ser escrito por um apóstolo Ser utilizado de forma continua pelas congregações de crentes Ser utilizado de forma continua pelas congregações de crentes Em harmonia com os ensinos apostólicos e do Antigo Testamento Em harmonia com os ensinos apostólicos e do Antigo Testamento

37 37 ONovo Testamento afirma sua própria autoridade 2 Pedro 3:15-16 – como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras 2 Pedro 3:15-16 – como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras Mateus 16:18-19; 18:18 Mateus 16:18-19; 18:18 1 Coríntios 14:37 1 Coríntios 14:37 Colossenses 4:16 Colossenses 4:16

38 38 O estado do Cânon em 150 d.C. Reconhecimento universal dos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas, João e as Epistolas Paulo como escrituras inspiradas Reconhecimento universal dos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas, João e as Epistolas Paulo como escrituras inspiradas Mesmo entre os proponentes extremistas de um cristianismo judaico, nunca haviam duvidado acerca das epistolas Paulinas [as quais haviam sido] compiladas numa colecção nos finais do primeiro século. Os 3 evangelhos sinópticos foram amplamente aceites no princípio do segundo século, entretanto os «evangelhos» rivais (evangelho segundo os hebreus, evangelho segundo Tomás, etc.) não foram aceites. Mesmo entre os proponentes extremistas de um cristianismo judaico, nunca haviam duvidado acerca das epistolas Paulinas [as quais haviam sido] compiladas numa colecção nos finais do primeiro século. Os 3 evangelhos sinópticos foram amplamente aceites no princípio do segundo século, entretanto os «evangelhos» rivais (evangelho segundo os hebreus, evangelho segundo Tomás, etc.) não foram aceites. Robert M. Grant, in The Cambridge History of the Bible, 1:285 Robert M. Grant, in The Cambridge History of the Bible, 1:285

39 39 Os concílios da Igreja impulsionaram o cânon das escrituras? [Os concílios temporãs da igreja] não impulsionaram nenhuma inovação nas igrejas; simplesmente endossaram o que havia resultado como consenso geral das igrejas do ocidente e de grande parte das igrejas do oriente. F. F. Bruce, The Canon of Scripture, InterVarsity Press, 1988, p. 97

40 40 Maria Madalena no Novo Testamento Mulher de que Jesus expulsou sete demónios (Lucas 8:2) Mulher de que Jesus expulsou sete demónios (Lucas 8:2) Tornou-se seguidora de Jesus, apoiou o seu ministério (Lucas 8:3) Tornou-se seguidora de Jesus, apoiou o seu ministério (Lucas 8:3) Foi uma de entre as primeiras testemunhas oculares de Cristo ressuscitado – foi enviada a avisar os demais discípulos (João 20:11-18) Foi uma de entre as primeiras testemunhas oculares de Cristo ressuscitado – foi enviada a avisar os demais discípulos (João 20:11-18) Este é aspecto inesperado e fora das normas culturais deste relato apoia a sua autenticidade Este é aspecto inesperado e fora das normas culturais deste relato apoia a sua autenticidade

41 41 Como são representadas as mulheres no Novo Testamento? NT a ser pró mulher vai contra as normas culturais NT a ser pró mulher vai contra as normas culturais Jesus fala com a mulher Samaritana Jesus fala com a mulher Samaritana Maria de Betânea assenta-se os pés de Jesus rodeada de outros homens, para receber ensino de Jesus, essa atitude leva ser elogiada por Jesus Maria de Betânea assenta-se os pés de Jesus rodeada de outros homens, para receber ensino de Jesus, essa atitude leva ser elogiada por Jesus As mulheres são parte integrante do ministério de Jesus e presentes diante a cruz do Calvário As mulheres são parte integrante do ministério de Jesus e presentes diante a cruz do Calvário As mulheres são as primeiras testemunhas da ressurreição e são enviadas a dar a notícia aos homens As mulheres são as primeiras testemunhas da ressurreição e são enviadas a dar a notícia aos homens Mulheres são reconhecidas pelo papel desempenham no ministério da igreja primitiva (veja Romanos 16) Mulheres são reconhecidas pelo papel desempenham no ministério da igreja primitiva (veja Romanos 16) Em Cristo não há macho nem fêmea (Gálatas 3:28) Em Cristo não há macho nem fêmea (Gálatas 3:28)

42 42 Nota : A mulher na cultura neo-testamentária Muitas vezes pinta-se o Cristianismo como uma religião que reprime a mulher, porém na cultura primitiva do Novo Testamento nota-se que à mulher foi-lhe dada posição de dignidade e aceitação. Esta posição dada por Cristo e vivida pela igreja primitiva se destinguia da posição secular de então.

43 43 Evangelhos perdidos Evangelhos perdidos Priorado de Sião Código secreto na última ceia O fundamento débil do Código Da Vinci Concílio de Nicéia

44 44 Resposta Cristã ao CDV Usar o DVD O Código de Da Vinci é uma grande oportunidade para testemunhar de Jesus e da Bíblia. – porque não um jantar depois do filme para conversar sobre Jesus Usar o DVD O Código de Da Vinci é uma grande oportunidade para testemunhar de Jesus e da Bíblia. – porque não um jantar depois do filme para conversar sobre Jesus Fale da sua experiência pessoal com Jesus Cristo Ressuscitado Fale da sua experiência pessoal com Jesus Cristo Ressuscitado O Código de Da Vinci leva-nos a estudarmos mais a Bíblia e fixa-nos nas evidências e credibilidade histórica da Bíblia O Código de Da Vinci leva-nos a estudarmos mais a Bíblia e fixa-nos nas evidências e credibilidade histórica da Bíblia

45 45 RecursosRecursos


Carregar ppt "1 O Codigo Da Vinci O fenómeno Best-seller mundial Best-seller mundial Mais de 45 milhões de copias impressas Mais de 45 milhões de copias impressas O."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google