A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESCOLA E FAMÍLIA EM PARCERIA Educação que prepara cidadãos precisa da escola e da família.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESCOLA E FAMÍLIA EM PARCERIA Educação que prepara cidadãos precisa da escola e da família."— Transcrição da apresentação:

1 ESCOLA E FAMÍLIA EM PARCERIA Educação que prepara cidadãos precisa da escola e da família.

2 ALGUNS NÚMEROS SOBRE A EDUCAÇÃO INFANTIL NO PAÍS: - Há matrículas em creches; - Há na Pré-Escola Há nos anos iniciais; - E nos anos finais. - São no ensino médio; - São na EJA; - São na Educação Profissional - E na Educação Especial.

3 OUTRAS BOAS NOTÍCIAS:. Em um ano, o percentual de crianças de quatro e cinco anos que ingressaram na educação infantil aumentou de 67,6% para 70,1%. IBGE – 2007 Índices do Paraná: Matrículas em 2007: Taxa de Matrícula: 1991: 11,57% 2000: 24,39% 2007: 40,11%

4 A EDUCAÇÃO INFANTIL TORNOU-SE IMPORTANTE

5 A EI CRESCEU EM IMPORTÂNCIA PELA VIA LEGAL: -A Lei 9394/96 tornou a EI nível de ensino PELA VIA SOCIAL: -Ingresso das mulheres no mundo do trabalho -As mudanças na estrutura da família -A importância dada à escola

6 - Especialistas afirmam que a escola é decisiva na vida das criança; - A criança que inicia pela EI vai mais longe; - E a fase do desenvolvimento de inúmeras capacidades: físicas, cognitivas, afetivas, éticas, estéticas A escola é capaz de estimular a formação das crianças em várias áreas e de forma constante; A EI serve de alicerce para o conhecimento que vai ser adquirido durante a vida.

7 ESCOLA E FAMÍLIA COMO PARCEIRAS - Qual a importância dessa relação? - Educar depende de uma relação mais ampla entre os pais do aluno e os professores do que a prevista em uma mera prestação de serviços. - Parceria, colaboração, diálogo, discussão, abertura são aspectos decisivos na EI.

8 OS PAPÉIS DA FAMÍLIA E DA ESCOLA NA EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS. - Até o século 19, a separação de tarefas entre escola e família era clara: - A escola cuidava daquilo que à época se chamava Instrução", que na prática era a transmissão de conteúdos. - A família se dedicava à "Educação", o que significava o ensinamento de valores, hábitos e atitudes.

9 A Era Moderna deixa nebulosa essa divisão de papéis no trabalho educacional. - A educação torna-se um grande valor e passa a ser objeto de atenção da sociedade; - As expectativas em relação à escola se ampliam Na prática, a escola passou a ser reconhecida como um espaço de aprendizagem de conteúdos e de valores para a formação da criança. As fronteiras entre o que cabe à escola e o cabe à família se tornaram confusas.

10 QUANDO COMEÇAM A SURGIR AS DIFICULDADES NA RELAÇÃO ESCOLA E FAMÍLIA? 1. Quando se frustram as expectativas das pessoas em relação aos resultados esperados; 2. Professores percebem que não atingem resultados positivos de seu trabalho; 3. Defrontam-se com problemas para os quais não possuem respostas.

11 4. Quando a escola não pode contar com a família; 5. Quando as famílias deixam para a escolas aspectos da formação que antes eram seus; 6. Quando os professores se percebem impotentes diante de situações concretas; Existem muitas outras situações que desafiam a atuação dos professores.

12 DE QUE NATUREZA SÃO OS PROBLEMAS? 1. DE APRENDIZAGEM -Que podem ser de diversas naturezas. Pedagógicos. Psicológicos. Psicomotores DE CONDUTA -Indisciplina -Falta de limites -Rebeldia -Agressividade...

13 Diante disso: 1. Quando o assunto é aprendizagem, os papéis são mais claros: - da escola, ensinar, - dos pais, acompanhar e sugerir Se o tema é comportamento, as ações exigem cumplicidade redobrada. - normalmente a escola passa para a família, que também não sabe o que fazer.

14 O que está acontecendo? - O que mais se vê hoje em dia é a falta de limites dos pais com os filhos; - Conseqüência a agressividade, a violência Nota-se uma onda de violência em todas as camadas sociais, a imoralidade, a falta de ética, os programas de TV abusando de cenas de sexo, sensacionalismo...

15 O QUE GERA TANTA INDISCIPLINA? A falta de limites em casa? - Segundo Tania Zagury três fatores que contribuem para essa situação. - Em primeiro lugar, a insegurança dos pais. Criança que não espera a vez, que bate na porta, que grita para chamar a atenção, chega à escola e repete esse modelo. - A quantidade de estímulos que a criança recebe a faz mais articulada. - As mudanças ocorridas nas últimas décadas, na família, na escola e na sociedade ajudam a compor esse ambiente.

16 Vivemos numa sociedade pedagógica - Aprendemos com quase tudo o que está à nossa volta; - Muitos estímulos que recebemos são intencionalmente preparados para nos ensinar; - As nossas crianças estão expostas a muitas mensagens e captam seus conteúdos.

17 Como lidar com essa indisciplina? - Para a Profª Tânia Zagury: - Os problemas encontram saída através do educador, por sua formação; - Bom relacionamento com a família; - Equilíbrio entre autoridade, afeto e respeito. - Capacidade de diálogo A Pedagogia da sedução e do encantamento, exige esforço e amor.

18 Pais têm dificuldades em se relacionar com a escola – Razões: - Pais um dia foram alunos: - como foram suas experiências com a escola? - que lembranças têm de sua vida de estudante? As experiências vividas formam a pedagogia de base com a qual avaliam a escola dos seus filhos.

19 Muitos pais têm um histórico de exclusão e fracasso escolar, isso gera medo e vergonha de trocar idéias e conversar com os educadores. Há os que diante das dificuldades e problemas dos filhos não sabem o que fazer.

20 E os professores? Como é a sua Pedagogia de Base? - Como foram suas experiências educativas? Prazerosas ou conflitantes? - As suas vivências enquanto aluno, em que medida influenciam seu trabalho como educador hoje? Autores defendem que tendemos a repetir com nossos alunos as experiências que vivenciamos enquanto estudantes.

21 ALGUMAS EXPERIÊNCIAS PARA AUXILIAR A INTEGRAR ESCOLA E FAMÍLIA

22 1. TORNAR A ESCOLA CONHECIDA DOS PAIS - As instalações; - A Equipe Pedagógica; - Os Funcionários...

23 2. CONHECER A HISTÓRIA DAS FAMÍLIAS - Um bom relacionamento precisa do interesse, da compreensão, do respeito e valorização; - Querer conhecer a história dos alunos e da comunidade demonstra isso.

24 3. ASSEGURAR A PARTICIPAÇÃO NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO - No documento mais importante da escola estão previstas as possíveis contribuições das famílias. - Se os pais ajudarem a definir quais são suas contribuições com a escola, saberão como cumprí-las.

25 4. APROVEITAR AS REUNIÕES DE PAIS. - Ter uma pauta focada no processo de ensino; - Informar sobre a aprendizagem; - Mostrar as intenções educativas da escola; - Discutir as dificuldades encontradas; - Evitar comentários negativos.

26 - Nas reuniões de pais dá para discutir temas atuais e polêmicos, as novidades da ciência... - Não só o desempenho dos filhos, pedir a colaboração para APM, etc., - Podemos conviver com as duas propostas e com certeza a carga de problemas e conflitos escolares diminuirá E os pais conseguem acompanhar?

27 5. MOSTRAR A PRODUÇÃO DOS ALUNOS - Compartilhar o que as crianças fazem é mostrar para os pais o que é importante; - Mostrar as conquistas das crianças; - Valorizar o trabalho das crianças torna os pais mais receptivos.

28 6. ORGANIZAR OS PAIS - Incentivar o funcionamento do Conselho Escolar e da APM - Aliados para fazer uma boa escola; - Espaço para definir rumos e tomar decisões coletivas Atuação ampla na escola; - Pais aprendem a ser gestores;

29 7. ESCOLA: Um local público para uso da comunidade - Estímulo ao convívio social; - Escola é da comunidade - Comunidade aprende a respeitar a escola. - Receptividade, - Abertura; - Identificação...

30 8. Criar uma Escola de Pais com palestras e debates - A escola pode ser referência para as famílias, ajudá-las a compreender melhor os filhos e a realidade. - Levantar o debate sobre questões da comunidade.

31 - Muitos aspectos problemáticos que se manifestam na escola tem origem na família. - A superação destes passa pelo esclarecimento dos pais É a escola formadora da sociedade: primeiro dos alunos e por extensão dos seus pais.

32 - Esclarecendo os pais, problemas de comportamento ou dificuldade em sala de aula têm mais chances de ser compreendidos e resolvidos Ampliar o olhar sobre os pais pode aproximá-los mais da escola; - Ações diversas podem ser realizadas; - Ajuda a superar o medo e a resistência;

33 Parceria na aprendizagem Escola e família têm os mesmos objetivos: promover o desenvolvimento infantil em todos os aspectos e ter sucesso na aprendizagem. As escolas que conseguem tornar os pais parceiros diminuem os problemas e melhoram o rendimento das turmas de forma significativa.

34 A Profª Heloisa Zymanski nos orienta: - Não existe receita para a solução deste tipo de problemas; - Cada escola deve encontrar, a partir de sua realidade, as ações que podem ajudar a encaminhar suas dificuldades. O diálogo, a abertura, a ausência de preconceito são atitudes que podem ajudar.

35 A escola dos nossos sonhos é um trabalho conjunto dos educadores e dos pais respaldados na confiança mútua. Organização: Profª Msc. Norma Viapiana Golfeto


Carregar ppt "ESCOLA E FAMÍLIA EM PARCERIA Educação que prepara cidadãos precisa da escola e da família."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google