A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATIVIDADES ARTÍSTICAS NA EVANGELIZAÇÃO HUMBERTO COSTA Comunidade Espírita Esperança 26/02/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATIVIDADES ARTÍSTICAS NA EVANGELIZAÇÃO HUMBERTO COSTA Comunidade Espírita Esperança 26/02/2011."— Transcrição da apresentação:

1 ATIVIDADES ARTÍSTICAS NA EVANGELIZAÇÃO HUMBERTO COSTA Comunidade Espírita Esperança 26/02/2011

2 O que você espera desse encontro?

3 PERANTE A ARTE Colaborar na cristianização da arte, sempre que se lhe apresentar ocasião. A arte deve ser o Belo criando o Bom. Repelir, sem crítica azeda, as expressões artísticas torturadas que exaltem a animalidade ou a extravagância. O trabalho artístico que trai a Natureza nega a si próprio. Burilar incansavelmente as obras artísticas de qualquer gênero. Melhoria buscada, perfeição entrevista. Preferir as composições artísticas de feitura espírita integral, preservando-se a pureza doutrinária. A arte enobrecida estende o poder do amor.

4 PERANTE A ARTE Examinar com antecedência as apresentações artísticas para as reuniões festivas nos arraiais espíritas, dosando-as e localizando-as segundo as condições das assembléias a que se destinem. A apresentação artística é como o ensinamento: deve observar condições e lugar. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Paulo. (FILIPENSES, 4:7.) Perante a Arte – André Luiz – Conduta Espírita – Psicografia: Waldo Vieira

5 HUMBERTO COSTA e RICK DEBIAZZE Comunidade Espírita Esperança 26/02/2011 ATIVIDADES ARTÍSTICAS NA EVANGELIZAÇÃO

6 A ARTE ESPÍRITA Elaborado pela Comissão sobre Arte Espírita do Conselho Federativo Nacional - FEB O Que é Arte? As Artes não sairão do torpor em que jazem, senão por meio de uma reação no sentido das idéias espiritualistas. [...] É matematicamente certo dizer que, sem crença as artes carecem de vitalidade e que toda transformação filosófica acarreta necessariamente uma transformação artística paralela. Allan Kardec – Obras Póstumas

7 A ARTE ESPÍRITA Elaborado pela Comissão sobre Arte Espírita do Conselho Federativo Nacional - FEB O que é a Arte Espírita? A Arte Espírita é uma manifestação cultural dos ESPÍRITAS que se propõem a aliar os princípios e valores éticos e morais do Espiritismo às manifestações artísticas em geral.

8 Em quais circunstâncias podemos empregar a Arte Espírita? As diversas modalidades de expressão artística podem ser estimuladas ou desenvolvidas de uma maneira geral nos núcleos espíritas ou em eventos específicos, tais como: 1. Na divulgação de conteúdo doutrinário nas atividades de evangelização infanto-juvenil (teatro infantil, fantoches, músicas, dança, literatura infantil, jogral, etc.); A ARTE ESPÍRITA Elaborado pela Comissão sobre Arte Espírita do Conselho Federativo Nacional - FEB

9 VAMOS TRABALHAR??? MÚSICA – MÚSICA – 1. Paródia – Tema: Jesus e Lázaro; 2. Estudar a letra da música: Armadura – Grupo Arte Nascente – GAN/GO; TEATRO – TEATRO – 1. Criar o Argumento para uma peça teatral; 2. Apresentar um esquete – Fila;

10 E AI? CHEGOU ONDE QUERIA? JÁ PODEMOS IR EMBORA? - Conseguiu alcançar os objetivos traçados? - É possível fazer na Casa Espírita?

11 Certo dia, já bem tarde Jesus Cristo foi chamado Era Lázaro no túmulo Já morto e sepultado Será que dá pra reviver? A família já descrente Não sabia o que fazer Paródia – Peixe Vivo Mas Jesus não ficou triste Com a notícia do amigo Foi dizendo: Ele dorme, Tende fé no que vos digo Ele vai sobreviver... Pois é Deus que o comanda Ouve, Lázaro – confia Vem – levanta-te e anda

12 TEM ALGUÉM COM FOME? Nós estamos! Vamos comer?

13 CHEGA DE MOLEZA! MÚSICA – MÚSICA – 1. Paródia – Tema: Kardec e as Mesas Girantes; 2. Estudar a letra da música: O Primeiro Passo – Grupo BEM – Vitória/ES; TEATRO – TEATRO – 1. Criar o Argumento para uma peça teatral; 2. Apresentar um esquete – nononono;

14 ALGUM COMENTÁRIO? VAMOS EM FRENTE?

15 SE CONSELHO FOSSE BOM... Conhecer o grupo antes de mais nada, para depois escolher o recurso a ser usado; Conhecer o grupo antes de mais nada, para depois escolher o recurso a ser usado; Quando usar tais recursos? Em que momento? Quando usar tais recursos? Em que momento? Como usar arte na evangelização se não suporto arte? Como usar arte na evangelização se não suporto arte?

16 SE CONSELHO FOSSE BOM... Tenho que ser artista? Tenho que ser artista? Tenho que ter um mínimo de conhecimento ou vou seguir a apostila da FEB literalmente? Tenho que ter um mínimo de conhecimento ou vou seguir a apostila da FEB literalmente? Pesquisar os recursos é fundamental. Ter outros olhos, ficar atento às tendências. Pesquisar os recursos é fundamental. Ter outros olhos, ficar atento às tendências. Tenha muito jogo de cintura, pois a mesma fórmula que deu certo hoje pode ser um fracasso na próxima aula – Tenha muito jogo de cintura, pois a mesma fórmula que deu certo hoje pode ser um fracasso na próxima aula – e/ou vice versa;

17 Algumas dicas que deram certo... Escolher uma história curta para dramatização com o grupo; Escolher uma história curta para dramatização com o grupo; Estudar com o grupo a história; Estudar com o grupo a história; Definir com eles qual a importância da história para o contexto da aula; Definir com eles qual a importância da história para o contexto da aula; Encenar a história. Encenar a história. em outras situações, outras CE, outros evangelizandos: Dica 1 -

18 CICE – Cinema na Casa Espírita (GEJE) CICE – Cinema na Casa Espírita (GEJE) Ao fechamento de uma unidade, escolher um filme – não necessariamente com temática espírita - que fale sobre a unidade. Ao fechamento de uma unidade, escolher um filme – não necessariamente com temática espírita - que fale sobre a unidade. Ex.: 2012 – Lei de Destruição Ex.: 2012 – Lei de Destruição Preparar o espaço com pipoca, refrigerante; Preparar o espaço com pipoca, refrigerante; Após a apresentação do filme, discutir com o grupo se o conteúdo estudado pode ser observado no filme. Após a apresentação do filme, discutir com o grupo se o conteúdo estudado pode ser observado no filme. Obs.: Se todas as turmas estudarem a mesma unidade, juntar todos, como forma de integração. Obs.: Se todas as turmas estudarem a mesma unidade, juntar todos, como forma de integração. Dica 2 -

19 Cinema na Sala de Aula – Dina Lúcia/CEC Cinema na Sala de Aula – Dina Lúcia/CEC Na sala de aula, estava estudando Lições Evangélicas; Na sala de aula, estava estudando Lições Evangélicas; Levou papel e caneta para cada um dos evangelizandos; Levou papel e caneta para cada um dos evangelizandos; Apresentou o filme Toy Story I e pediu que cada um anotasse quais ensinamentos evangélicos poderiam ser tiradas do filme; Apresentou o filme Toy Story I e pediu que cada um anotasse quais ensinamentos evangélicos poderiam ser tiradas do filme; Se surpreendeu, pois muitas nem ela tinha percebido ao preparar a aula. Se surpreendeu, pois muitas nem ela tinha percebido ao preparar a aula. Dica 3.1 – O Rei Leão também foi muito bom. Dica 3.1 – O Rei Leão também foi muito bom. Dica 3 -

20 Música – Música – Escolher uma música – espírita ou não; Escolher uma música – espírita ou não; Pedir para pensarem numa outra letra – (Paródia); Pedir para pensarem numa outra letra – (Paródia); Pedir para dramatizarem a letra; Pedir para dramatizarem a letra; Pensar outras abordagens para esse mesmo recurso. Pensar outras abordagens para esse mesmo recurso. Dica 4 -

21 Pedir a grupos de dança, música, vídeo, teatro, não só do estado como de fora, material para ser usado na sala: Pedir a grupos de dança, música, vídeo, teatro, não só do estado como de fora, material para ser usado na sala: Ex.: Ex.: 3 Vidas – Grupo Anima 3 Vidas – Grupo Anima Da Lagarta à Borboleta – GEDRI Da Lagarta à Borboleta – GEDRI Um Tempo – Anga Produções Um Tempo – Anga Produções Tentar encontrar entre os evangelizandos, possíveis artistas, desenvolvedores de grupos e mídias; Tentar encontrar entre os evangelizandos, possíveis artistas, desenvolvedores de grupos e mídias; Os próprios evangelizadores prepararem uma peça/esquete para ser apresentada aos evangelizandos. Ex.: A Galinha Ruiva - CEE Os próprios evangelizadores prepararem uma peça/esquete para ser apresentada aos evangelizandos. Ex.: A Galinha Ruiva - CEE Outras dicas -

22 E PRA FECHAR O ARTISTA VERDADEIRO É SEMPRE O MÉDIUM DAS BELEZAS ETERNAS E O SEU TRABALHO, EM TODOS OS TEMPOS, FOI TANGER AS CORDAS MAIS VIBRÁTEIS DO SENTIMENTO HUMANO... Emmanuel


Carregar ppt "ATIVIDADES ARTÍSTICAS NA EVANGELIZAÇÃO HUMBERTO COSTA Comunidade Espírita Esperança 26/02/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google