A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Visão do Departamento de Ciência e Tecnologia. Sumário Introdução Questões Essenciais Perspectivas para curto prazo (2012) Perspectivas para médio prazo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Visão do Departamento de Ciência e Tecnologia. Sumário Introdução Questões Essenciais Perspectivas para curto prazo (2012) Perspectivas para médio prazo."— Transcrição da apresentação:

1 Visão do Departamento de Ciência e Tecnologia

2 Sumário Introdução Questões Essenciais Perspectivas para curto prazo (2012) Perspectivas para médio prazo (2022) Perspectivas para longo prazo (2033) Conclusão

3 Questões Essenciais Que documento do EME explicita os programas e projetos de P&D para o DCT executar? Seu conteúdo é claro e suficiente para os desdobramentos no ODS? Como o ODS tem respondido, na prática, a tal orientação (prazos e resultados)? Há deficiências normativas que afetam os projetos de investimentos em P&D do DCT? Quais? Quais os resultados de parcerias com instituições civis que envolvem investimentos em P&D? Quais as perspectivas de investimentos na IMBEL e de rentabilidade da empresa?

4 Questões Essenciais Que documento do EME explicita os programas e projetos de P&D para o DCT executar? Seu conteúdo é claro e suficiente para os desdobramentos no ODS?

5 Questões Essenciais Diretriz Estratégica de C&T Plano Estratégico de C&T Plano Básico de C&T (PBCT): atualizado em 2007 Em elaboração pelo EME

6 Questões Essenciais Como o ODS tem respondido, na prática, a tal orientação (prazos e resultados)?

7 Questões Essenciais

8 Há deficiências normativas que afetam os projetos de investimentos em P&D do DCT? Quais?

9 Questões Essenciais As Dtz Estrt (...) são um conjunto de instruções determinativas, onde são propostas ações concretas (...) e estabelecidas METAS DE CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZOS* (...) para permitir a evolução da F Ter e conformar aos poucos o 'Exército do Futuro'(Metodologia do SIPLEx, pág 40, aprovada Port Nr 19-EME de 22 Mar 07) * 4, 15 e 25 anos, respectivamente (SIPLEx 2008) - A principal deficiência normativa é a indefinição das Ações Estrt de Médio e Longo Prazos, previstas para serem incluídas na Diretriz Estratégica de C&T (Livro 4 do SIPLEx)

10 Questões Essenciais Motivação Central: Hiato Tecnológico 1. Inovação: - Equivalência científico-tecnológica; - Surpresa científico-tecnológica; 2. Plano Básico de Pesquisa Básica: - Recursos; - Definição de metas de longo prazo; - Prospecção tecnologica.

11 Questões Essenciais Hiato Tecnológico Doutrina Condop ROB MEM

12 Questões Essenciais Hiato Tecnológico DOUTRINA CONDOP ROB MEM

13 Questões Essenciais Quais os resultados de parcerias com instituições civis que envolvem investimentos em P&D?

14 Questões Essenciais

15 Quais as perspectivas de investimentos na IMBEL e de rentabilidade da empresa?

16 Questões Essenciais Investimentos: Inclusão da IMBEL no Orçamento Fiscal e da Seguridade Social, assegurando-lhe o valor de 108 milhões na fonte 300 (recursos do Tesouro) e mais 89 milhões na fonte 250 (recursos próprios) Produção da ALAC Produção do Fuzil 5,56 mm Produção de Munição de Mrt 120, 81 e 60 mm Desenvolvimento e produção da Munição 105 mm CC Rentabilidade: A rentabilidade futura da IMBEL vai depender de uma eventual redefinição de suas missões, de seu modelo organizacional, de sua constituição e do modelo de negócio a ser estabelecido Outras considerações: Seria muito importante para a IMBEL que o Exército aprovasse um PLANO DE AQUISIÇÕES, definindo anualmente os produtos a serem adquiridos pela empresa, pelos próximos anos. O Exército deve estudar as aquisições da IMBEL sob a modalidade de serviços.

17 Perspectiva para Curto Prazo (2012) Conclusão dos seguintes projetos (PBCT): VBTP-MR Radar SABER M-60 Sistema de Comando e Controle Míssil Anticarro MSS 1.2 Munição PRPA Morteiros Me e L e Munições (81 mm e 60 mm) Arma Leve Anticarro (ALAC) Equipamentos de Visão Noturna Sistema Tático de Guerra Eletrônica (SITAGE) Acessórios do Fuzil 5,56 mm Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT)

18 Orçamento para P&D: previsão Aum / ano ant Previsão de aumento

19 Conclusão dos atuais Pjt PBCT Conclusão dos atuais Pjt Recursos necessários R$ ,00 (Aumento de 13,9% a.a.) 2012

20 Conclusão dos atuais Pjt PBCT Conclusão dos atuais Pjt Recursos necessários R$ ,00 (Aumento de 10% a.a.) 2013

21 Conclusão dos atuais Pjt PBCT Conclusão dos atuais Pjt Recursos necessários R$ ,00 (Aumento de 5% a.a.)

22 Conclusão dos atuais Pjt PBCT Conclusão dos atuais Pjt Recursos necessários R$ ,

23 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Projetos atualmente definidos no Plano Estratégico de C&T: Conclusão do VANT 70 Conclusão da VBR, 8x8, Canhão de 105 mm (substituirá as VBR Cascavel)

24 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Novos Projetos Estratégicos (Proposta) Soldado do Futuro

25 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Novos Projetos Estratégicos (Proposta) VBCI (8x8, Can 30 mm, Inf Mtz transforma-se em Inf Mec)

26 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Novos Projetos Estratégicos (Proposta) MSA Média Altura (mobiliará GAAAe Me Alt)

27 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Novos Projetos Estratégicos (Proposta) Início do desenvolvimento da VBCC (Lagarta, Can 120 mm, substituirá o Leopard e o M60)

28 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Munições Inteligentes Munições de risco atenuado Novos propelentes e explosivos Guerra Cibernética Defesa QBN Armas não-letais

29 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Pesquisa Básica Estratégica: Nanotecnologia Robótica Simulação

30 Perspectiva para Médio Prazo: 2022 Pesquisa Básica Estratégica: Materiais compostos avançados Tecnologia da Informação Microeletrônica

31 Recursos necessários Pjt Prop Conclusão dos atuais Pjt Perspectivas Novos Pjt Recursos necessários: R$ ,00 (aumento de 13,9% a.a.)

32 Recursos necessários Pjt Prop Conclusão dos atuais Pjt Perspectivas Novos Pjt Recursos necessários: R$ ,00 (aumento de 10% a.a.)

33 Recursos necessários Pjt Prop Conclusão dos atuais Pjt Perspectivas Novos Pjt Recursos necessários: R$ ,00 (aumento de 5% a.a.)

34 Recursos necessários Pjt Prop Perspectivas Novos Pjt Recursos necessários: R$ ,

35 Perspectivas para Longo Prazo: 2033 Elaboração de Cenários prospectivos C&T em Cenários anos

36 Perspectivas para Longo Prazo: 2033 Novos Projetos Estratégicos (Proposta) HeliM (Helicóptero Multifunção, ataque e transporte - substituirá o Pantera e o Esquilo)

37 Conclusão PAC Defesa? Pensar grande? - Obter supremacia regional no âmbito da AL? - Conquistar e manter capacidade de dissuasão a nível mundial?

38 Conclusão Novas situações recentes: - instabilidade no cone sul; - investment grade; - campos gigantes de petróleo; - produção agrícola; - biocombustíveis; - pressões ambientais; - terras indígenas.

39 Conclusão A definição, pelo EME, das Ações Estratégicas de Médio e Longo Prazo é FCS para que o DCT alcance as metas previstas para o EB/2022 e além; Ações paralelas de formulação de Doutrina com P&D inovadora (GAAAe Me Alt, Soldado do Futuro, Inf Mec)

40 Conclusão - Otimização da estrutura de C&T do Exército - Possível aumento de efetivo do SCTEx - Contratação de técnicos especializados e engenheiros civis pós-graduados - Garantia de recursos orçamentários para atender os compromissos assumidos - Prospecção de recursos extra-orçamentários - Aumento das atividades em conjunto com ICT civis

41 Se consegui enxergar mais longe, foi porque me apoiei sobre os ombros dos gigantes. Isaac Newton* *Em uma pesquisa promovida pela renomada instituição Royal Society, Newton foi considerado o cientista que causou maior impacto na história da ciência


Carregar ppt "Visão do Departamento de Ciência e Tecnologia. Sumário Introdução Questões Essenciais Perspectivas para curto prazo (2012) Perspectivas para médio prazo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google