A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL AGRÍCOLA Universidade Federal RURAL do Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL AGRÍCOLA Universidade Federal RURAL do Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL AGRÍCOLA Universidade Federal RURAL do Rio de Janeiro

2 APRESENTAÇÃO Construção do Programa Dissertações de mestrado (UFRRJ) Tese de doutorado (UFRRJ) Pós-Doutorado (ENFA - FRANÇA)

3 JUSTIFICATIVAS Ausência de um programa em educação profissional; Docentes das Escolas Profissionais realizam formação em cursos com outros objetivos; Reforma do Sistema Nacional de Educação Profissional; Escolas Profissionais ocupam o centro dinamizador do desenvolvimento.

4 DESAFIOS DO PROGRAMA 1- Ser fiel aos padrões e critérios de excelência da Pós-Graduação Nacional; 2- Levar em consideração a baixa mobilidade dos quadros funcionais das Escolas Profissionais; 3- Observar o preceito da igualdade de oportunidade de formação para todos os docentes do ensino profissional.

5 ORGANIZAÇÃO DA PESQUISA Organização de cadeias produtivasEconomia aplicada à educação profissional Inserção profissionalPolíticas públicas aplicadas à educação profissional Gestão e autonomia administrativaGestão e avaliação de sistemas educacionais POLÍTICAS, PLANEJAMENTO E GESTÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Processos interdisciplinares e práticas educativas; Novas tecnologias aplicadas à educação profissional Metodologia do ensino e da pesquisa RELAÇÕES DO MUNDO DO TRABALHO E DA EDUCA- ÇÃO PROFISSIONAL Psicologia e educação no ensino profissional; Comunicação nas relações com a escola Ensino-aprendizagem Teoria geral de planejamento e desenvolvimento curricular; Tipos específicos de formação profissional Engenharia de formaçãoFORMAÇÃO DE DOCENTES DA EDUCAÇÃO PROFIS- SIONAL ProjetosLinhas de PesquisaÁreas de Concentração

6 METODOLOGIA PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA EDUCAÇÃO ASSISTIDA PEDAGOGIA DE PROJETOS INTERDISCIPLINARIDADE

7 Strito sensu Mestrado NÍVEL DO PROGRAMA

8 PERFIL DO CANDIDATO 1- Docentes da Educação Profissional das Áreas Curriculares de Códigos e Linguagem, Sociedade e Cultura, Ciência e Tecnologia, em pleno exercício da função; 2- Candidatos a Docentes da Educação Profissional

9 Módulo I Construção, reforço, revisão e atualização do saber e fazer pedagógico. A competência docente. O aprender a aprender docente Módulo II Revisão, atualização e construção do saber e fazer profissional (área de especialização de cada docente). Aprender a aprender profissional Módulo III Estágios Módulo IV Trabalho individual Módulo V Avaliação ARQUITETURA DO PROGRAMA

10 CONDIÇÕES MÍNIMAS DE TITULAÇÃO MESTRADO Realização e integralização de todos os módulos

11 Período de 18 a 24 meses (72 a 96 semanas) 16 semanas: Na UFRRJ 4 semanas: Estágios. 2 semanas - Escola 2 semanas - Empresa 51 semanas: Trabalho individual (Educação assistida) 1 semana: Avaliação MESTRADO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO

12 TRAJETÓRIA INDIVIDUAL DE FORMAÇÃO (TIF)

13 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR EIXOS DE CONTEÚDOS A PARTIR DOS QUAIS SERÃO DESENVOLVIDAS AS DISTINTAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DA PÓS-GRADUAÇÃO E SUA CARGA HORÁRIA

14 H ORIENTAÇÃO (40 horas) G PRÁTICA DOCENTE E TECNOLÓGICA (160 horas) F PESQUISA (88 horas) E HISTÓRICO, POLÍTICO E ECONÔMICO (48 horas) D SOCIOLÓGICO (88 horas) C EPISTEMOLÓGICO (64 horas) B TECNOLÓGICO (288 horas) A PEDAGÓGICO- DIDÁTICO (160 horas)

15 MESTRADO: Total de 936 horas Eixos Curriculares

16 PROGRESSÃO DOS EIXOS CURRICULARES

17 SEDE DO PROGRAMA O programa terá como sede a UFRRJ, que será responsável pela sua implantação e execução.

18 PARCERIAS REGIONAIS Norte CEFET - Amazonas Nordeste CEFET - João Pessoa Centro-Oeste CEFET - Urutaí Sudeste CTUR CEFET - Uberaba Sul CEFET - Bento Gonçalves Regiões Rio de Janeiro Bento Gonçalves Uberaba João Pessoa Belém Manaus Urutaí

19 DIREÇÃO DO PROGRAMA O programa é gerenciado dentro de um modelo de organização onde as atividades de planejamento, estabelecimento de normas e regras, mudanças e gerência são discutidos e decididos pelo Colegiado.

20 COLEGIADO PLENO Coordenador Geral Coordenador Substituto Representante das áreas: - Ciência da Educação; - Produção Animal; - Produção Vegetal; - Agroindústria; - Meio Ambiente e Corpo Discente

21 Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenação Geral UFRRJ Representantes das Áreas de Educação e Sociedade, Produção Vegetal, Produção Animal Representantes das Áreas de Agroindústria, Meio Ambiente, Relações Internacionais Sub-Coordenação UFRRJ - Uberaba Sub-Coordenação UFRRJ - Urutaí Sub-Coordenação UFRRJ Sub-Coordenação UFRRJ - Bento Gonçalves CEFET - UberabaCEFET - Urutaí CEFET - Bento Gonçalves Reitoria CTUR - UFRRJ ORGANOGRAMA

22 ORÇAMENTO

23 CALENDÁRIO DE ATIVIDADES (TURMA 2003)

24 Solenidade de Abertura do Programa Mesa (direita para esquerda): Decano de Pesquisa e Pós-Graduação Diretor da FAUBA Reitor do UFRRJ Diretora da ENFA Coordenador do Programa Presidente do CONCEFET Prof. Mauro Wilson de Souza - USP Conferência: Sociedade do conhecimento Plenário

25 PROGRAMAÇÃO

26

27 ATIVIDADES (2003 – 2004)

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38 Letras Matemática Física Multimeios Educação Física Pedagogia

39 CTUR CEFET-Uberaba CEFET-Urutaí C. U. de Volta Redonda Embrapa-Agrobiologia Pesagro-Rio UCG UFMG UNIRIO

40 Prof. Gabriel de Araújo Santos Instituto de Agronomia Seropédica - RJ Tel/Fax: (21) e Prof. Gabriel de Araújo Santos Instituto de Agronomia Seropédica - RJ Tel/Fax: (21) e


Carregar ppt "PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL AGRÍCOLA Universidade Federal RURAL do Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google